Centro de Capacitação em Culinária Típica criado pela gestão Edivaldo abre inscrição para nova oficina

A Prefeitura de São Luís, em mais uma iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior, oferece à população, nos dias 22 e 23 deste mês, a oficina de macaxeira e seus derivados. A ação, que acontece no Centro de Capacitação em Culinária Tipica, que funciona no Museu da Gastronomia Maranhense, tem objetivo de resgatar as bases gastronômicas do Maranhão e, ao mesmo tempo, oferecer oportunidade gratuita de capacitação para a geração de emprego e renda por meio da exploração da culinária tipicamente maranhense. A oficina faz parte do programa Férias Culturais e as inscrições poderão ser realizadas gratuitamente na sede do Museu da Gastronomia (Rua da Estrela, nº. 83, Centro Histórico de São Luís) de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

A oficina, que contará com a presença de um chef de cozinha do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), oferecerá aos inscritos a parte teórica, na qual serão levadas aos participantes a história e importância da gastronomia maranhense. Um tour pelo Museu da Gastronomia e aulas multimídia também fazem parte desta etapa da oficina. Em seguida, todos serão levados para a cozinha industrial do Centro de Capacitação em Culinária Típica, para a produção de pratos muito comuns no Maranhão como bolo de macaxeira, beiju de coco e mingau de tapioca.

A macaxeira, assim como o milho (produto escolhido na primeira edição da oficina), faz parte da base gastronômica do maranhense. “Nós buscamos trazer para a cidade uma oportunidade de aprendizado prático voltado para ser focado, posteriormente, em novos negócios no Estado. Os participantes obtêm os conhecimentos sobre a produção e podem comercializar tudo que produzirem a partir da oficina”, explica a secretária municipal de turismo, Socorro Araújo.

Serão 20 vagas disponibilizadas e a oficina ocorrerá na segunda-feira (22) das 14h às 18h, e na terça-feira (23), da 13h às 18h. A proposta do Museu da Gastronomia, que já recebeu um grande número de visitantes no primeiro mês de funcionamento, é contar a história da culinária maranhense a moradores da cidade e a turistas, além de ser local permanente de capacitação na área da gastronomia.

Prefeito Edivaldo vistoria obras no Centro de São Luís

As obras estão sendo realizadas pela Prefeitura de São Luís, sob coordenação da Fundação Municipal do Patrimônio Histórico (Fumph), em parceria com Iphan. O casarão da rua da Palma é uma construção do século XIX e após a restauração e requalificação do prédio, a Prefeitura irá dividir o espaço interno em 14 apartamentos, que serão destinados ao público-alvo do programa habitacional na região do Centro Histórico de São Luís. Com área de 800 metros quadrados, distribuídos nos dois pavimentos, os 14 apartamentos que serão construídos seguem três modelos, com sala e um a três quartos e banheiro social, além de cozinha e lavanderia integrada à sala.

A obra integra um conjunto de intervenções realizadas no Centro Histórico pela gestão do prefeito Edivaldo. Além deste casarão, a Prefeitura realizará obras em mais três casarões. Serão revitalizados o prédio da Rua do Giz, onde serão construídos oito apartamentos; e também na Rua da Palma, com projeto para edificação de 19 residências. No total, as ações, que têm como característica a requalificação dos espaços urbanos, contribuindo para a elevação da qualidade de vida da população, devem contemplar 41 famílias em situação de vulnerabilidade, que atualmente estão abrigadas em cortiços de casarões.

O superintendente do Iphan no Maranhão, Maurício Itapary, considera a revitalização dos casarões destinados ao programa de habitação uma medida de vários alcances, contribuindo para o fortalecimento da identidade cultural da cidade, ao mesmo tempo promovendo uma política de amparo social às famílias. “Este imóvel de habitação de interesse social é mais uma obra que modifica para melhor o Centro Histórico. Esta é mais um resultado da parceria de sucesso entre a Prefeitura de São Luís e o Iphan. É o maior investimento realizado no Centro Histórico, a exemplo do Complexo Deodoro e da Praça Pedro II”, comentou o superintendente.

Para o presidente da Câmara, Osmar Filho, a obra é de grande alcance e reforça a política habitacional que tem sido implementada na gestão do prefeito Edivaldo, buscando reduzir o déficit de moradia na cidade e contemplando quem mais precisa. “O sonho da casa própria de dezenas de pessoas será materializado a partir do momento que este equipamento social e habitacional for entregue. Na condição de vereador, estamos acompanhando a evolução da obra”, destacou Osmar Filho.

O presidente da União de Moradores do Centro Histórico, Cláudio Nogueira, está acompanhando de perto o andamento das obras. Junto com a Fundação Municipal do Patrimônio Histórico, a união que reúne moradores dos bairros Desterro, Portinho e Praia Grande, realizou o cadastro dos moradores que participarão do sorteio dos apartamentos. Este é o segundo móvel do programa de habitação de Interesse Social realizado na região. O sorteio vai considerar critérios de prioridades por faixa etária, condições de mobilidade e antiguidade de moradia no Centro.

Segundo o presidente da Fumph, os investimentos em revitalização e restauração de prédios do casario histórico de São Luís que a Prefeitura vêm realizando tem como aspecto positivo a valorização do patrimônio humano. “A reabilitação de um território deste tão importante para a cidade de São Luís só pode acontecer se forem realizadas diversas ações paralelamente. Tem sido visível a mudança no centro e a quantidade de investimentos que estão sendo aplicados”, afirmou Aquiles Andrade, presidente da Fumph.

Em parceria com o Iphan, a Prefeitura tem promovido a revitalização de espaços, prédios e monumentos do Centro Histórico. Espaços como a Praça da Alegria, Complexo Deodoro, Rua Grande, Praça da mãe D´Água e Avenida Pedro II são algumas das obras que realçam a beleza arquitetônica da cidade reconhecida como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.

Além da criação de habitações para atender a famílias que vivem no local em situação vulnerabilidade social, o processo de revitalização do espaço visa ainda desenvolver projetos de caráter institucional, econômico e cultural, para promover o desenvolvimento dessas áreas e propiciar uma dinâmica maior ao local, como foi a criação da Casa do Bairro, instituição voltada ao desenvolvimento de atividades sociais destinadas aos moradores da região.

Já na visita às obras da Rua Grande, o prefeito Edivaldo e o superintendente do Iphan, Maurício Itapary, foram vistoriados os serviços de intervenções da última quadra das dez que compõem a mais importante via comercial da cidade. “Nesta fase estão sendo colocadas as canaletas de drenagem e a tubulação elétrica. Posteriormente será feita toda a parte de pavimentação e colocação do mobiliário urbano”, afirmou Maurício Itapary.

O prefeito também acompanhou os serviços de lavagem hidrotérmica em escadarias do Centro Histórico. Com a utilização de equipamento importado, de tecnologia alemã, a lavagem tem resultado mais eficiente na limpeza de praças, escadarias e ruas com pavimentação em pedras como no Centro Histórico. O trabalho foi acompanhado pelo prefeito Edivaldo, que tem investido constantemente nas ações de limpeza urbana e já contabiliza importantes resultados na área.

Com incentivo da gestão do prefeito Edivaldo, mães e chefes de família realizam o sonho da casa própria

O Dia das Mães será especial para a jovem Dayane Martins Coelho, 20 anos, uma das mães e mulheres chefes de família contempladas com uma das 1.414 casas do Residencial Morada do Sol I, cujos endereços foram sorteados pela Prefeitura de São Luís, na manhã desta sexta-feira (10). Com mais estas unidades, próximas a serem entregues, a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior segue contabilizando números significativos na condução da política habitacional de São Luís, executada em favor dos menos favorecidos e contribuindo com a redução do déficit habitacional na capital. A Prefeitura de São Luís, na gestão do prefeito Edivaldo, já beneficiou quase 60 mil pessoas com cerca de 16.126 imóveis na capital entregues por meio do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’.Além do Morada do Sol, outras unidades estão em fase de obras ou no aguardo da liberação para serem entregues

O sorteio do Residencial Morada do Sol I, atendeu a critérios de prevalência do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ que destina 12% das unidades a mulheres chefes de família. “Entendemos a importância dessas mulheres, mães de família, que conduzem com muito afinco e amor a educação de seus filhos e a vida em seus lares. A nossa gestão tem procurado valorizar e oportunizar a essas mulheres uma vida mais digna. E nada melhor para essas mães que serem contempladas com a tão sonhada casa própria”, disse o prefeito Edivaldo.

Além de beneficiar mulheres chefes de família, o Residencial Morada do Sol I, localizado no bairro Maracanã, também vai agraciar outros públicos em situação de vulnerabilidade social. Das famílias sorteadas a uma das unidades desse habitacional, 200 são oriundas de palafitas de São Luís, que serão retiradas da situação degradante em que vivem atualmente. Também são público prioritários moradores de áreas de risco; idosos e pessoas com deficiência.

O Residencial Morada do Sol I faz parte do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, executado pelo Governo Federal, em parceria com a Prefeitura de São Luís. Juntos, os residenciais Morada do Sol I e II possuem 2.176 unidades com sala, dois quartos, banheiro, cozinha e área de serviço, além de área de lazer, guarita e quadra esportiva. A iniciativa integra a política habitacional da gestão do prefeito Edivaldo que ainda vai entregar 6.204 imóveis na capital.

“Não poderia ter presente melhor de Dia das Mães que conhecer o endereço da nossa casa nova. Estou imensamente feliz em poder agora morar dignamente com meus dois filhos e me livrar para sempre do aluguel tão penoso que sempre paguei”, disse Dayane Martins, que é mãe dos meninos Luan Rafael, 4 anos, e Antony Levy, de 3 meses.

IMÓVEIS

Segundo o secretário municipal de Urbanismo e Habitação, Mádison Leonardo Andrade, parte das unidades que faltam ser entregues está pronta e em conclusão dos procedimentos legais para disponibilização dos imóveis ao sorteio. Já outras unidades estão em fase de construção.

“Com o sorteio dos endereços dessas novas unidades habitacionais, avançamos em nossa meta de contemplar o maior número de famílias com a sua casa própria. Com orientação do prefeito Edivaldo, temos ampliado de forma significativa o acesso a moradia digna no município, tudo feito com muito trabalho e planejamento para que essa tão importante ação chegue de fato aos menos favorecidos e lhes contemple com a tão esperada moradia própria”, observou Mádison Leonardo.

Conforme o secretário, a lista com os endereços do Morada do Sol I, sorteados nesta sexta-feira (10), será disponibilizada na Central de Atendimento da Habitação entre os dias 13 a 15 de maio, onde cada beneficiário deve se fazer presente para recebimento da guia de encaminhamento para vistoria do imóvel. Após o sorteio dos endereços, a etapa seguinte no processo será a realização das visitas de vistoria das condições do imóvel. No caso de alguma imperfeição seja identificada, o sorteado poderá solicitação correção, antes da assinatura do contrato, garantia de aquisição definitiva.

Desde o início da gestão do prefeito Edivaldo, foram entregues no município mais de 16 mil unidades habitacionais, distribuídas em cerca de 10 conjuntos residenciais localizados em áreas como Maracanã, Santa Bárbara, Piancó, Ribeira, Vila Maranhão, Tajaçoaba, entre outras regiões da cidade.

No ano passado, a Prefeitura de São Luís realizou o Cadastro Habitacional de Interesse Social. As informações obtidas a partir da realização desse levantamento são utilizadas como um novo banco de dados para seleção de pessoas interessadas nos imóveis do ‘Minha Casa, Minha Vida’ ou outros projetos habitacionais que a Prefeitura de São Luís venha realizar na cidade. O último cadastro realizado com essa finalidade havia sido feito em 2009 e apresentava defasagem de informações relativas à renda e endereço dos inscritos.

MÃES

Também mãe e chefe de família beneficiada com uma unidade do Morada do Sol, a dona de casa Geny da Cruz Santos, 30 anos, mãe da pequena Alice Santos, 8, acompanhou de perto o sorteio do endereço de seu novo lar, realizado na Central de Atendimento da Habitação. “Eu moro de aluguel. E estar aqui aguardando para conhecer o endereço da nossa casa própria parece um sonho. Não vejo a hora de me instalar definitivamente no imóvel com minha família”, relatou ela.

Outra que não se contentava de felicidade era a dona de casa Marilene Alves dos Santos, 37 anos, mãe de três filhos. Acompanhada do pequeno Davi Lucas, 6 anos, que tem microcefalia, ela fez questão de participar do ato de sorteio dos endereços. “Receber esse imóvel é uma dádiva. Pagamos aluguel e atualmente está cada vez mais difícil custear esse gasto com a crise que vivemos. Mas é um percalço que está acabando e logo estaremos em nosso próprio lar”, disse.

Edivaldo descarta aumento de passagem; Procon-MA vai notificar empresas e SET

O prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior, garantiu na noite desta quarta-feira (31), que as tarifas do transporte coletivo não serão reajustadas este ano. “Não haverá aumento da passagem dos ônibus em São Luís em 2018”, descartou, em sua conta nas redes sociais.

Ele afirmou que a discussão acerca do reajuste de salário dos trabalhadores do transporte diz respeito aos sindicatos dos trabalhadores e das empresas de transporte coletivo (SET).

A Prefeitura de São Luís garantiu na Justiça a circulação da frota do transporte urbano durante as negociações entre o SET e os rodoviários, segundo Edivaldo, para resguardar o direito de ir e vir do cidadão.

A diretora presidente do Instituto de Proteção ao Consumidor (Procon-MA), Karen Taveira Barros, anunciou em seu perfil no Twitter que as empresas do sistema de transporte público e o SET serão notificados nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (1).

“Amanhã, logo nas primeiras horas, notificaremos as empresas que atuam no sistema de transporte público da capital e o Sindicato das Empresas de Transporte para impedir que os consumidores sejam onerados indevidamente e garantir a melhoria na qualidade dos serviços prestados.”, afirmou.

Leia mais

URGENTE: tarifa de ônibus em São Luís poderá custar até R$ 4,00

“O Centro já está com uma nova paisagem urbana”, diz Edivaldo ao vistoriar obras do Complexo Deodoro

Em nova vistoria às obras do Centro, o prefeito Edivaldo, acompanhado do superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Mauricio Itapary, disse que “o Centro de São Luís já está com uma nova paisagem urbana”, se referindo ao avanço das obras de requalificação que já podem ser percebidas pela população. A vistoria aconteceu na manhã desta sexta-feira (19) nas praças Deodoro e Pantheon e alamedas Silva Maia e Gomes de Castro, que compõem um conjunto de serviços que estão sendo executados na região do Centro da capital. A previsão de entrega do complexo é até o fim deste ano. As obras estão sendo executadas pelo Iphan em parceria com a Prefeitura de São Luís.

As alamedas Silva Maia e Gomes de Castro estão finalizadas, enquanto os serviços na Praça do Pantheon estão com mais de 90% concluídos e as obras na Praça Deodoro estão com 70% dos serviços feitos. A vistoria técnica para acompanhar o andamento das obras foi realizada em todo o canteiro de obras do Complexo Deodoro.

Durante a vistoria, o prefeito Edivaldo destacou os avanços do trabalho e a importância que a restauração do espaço tem para a promoção do desenvolvimento econômico, turístico e cultural da cidade. Esta semana, o gestor, também acompanhado de Maurício Itapary, vistoriou a Rua Grande, onde as obras de revitalização estão em pleno andamento e dentro do cronograma previsto para entregar à população, amplamente restaurado, o maior centro de comércio popular da capital.

“Estamos voltando ao canteiro de obras para acompanhar de perto o andamento dos serviços desse importante projeto urbanístico que é a requalificação de todo o Complexo Deodoro realizado pelo Iphan em parceria com a Prefeitura. Temos aqui um volume grandioso de serviços que, sem dúvida alguma, é o maior investimento já realizado nos últimos 30 anos na área central da nossa cidade, o que muito nos alegra porque a restauração desse espaço era um clamor antigo da população que, em muito breve, vai poder usufruir plenamente desses espaços que fazem parte da memória histórica e comercial da capital”, afirmou Edivaldo, que esteve acompanhado também da primeira-dama Camila Holanda, e do vice-prefeito Julio Pinheiro. O presidente do Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur), Fábio Henrique Cardoso e o secretário municipal de Urbanismo e Habitação, Mádison Leonardo Andrade estiveram presentes na vistoria.

No local, o superintendente do Iphan, Mauricio Itapary, analisou o andamento dos serviços e disse que as obras estão dentro do cronograma estipulado. “Além de acompanhar de perto o andamento dos serviços, nossas vistorias técnicas visam analisar o cumprimento do cronograma e pedir celeridade à execução das obras que entendemos ser de suma importância para a cidade e a população. E contar com a parceria da Prefeitura nesse processo foi fundamental, pois sem esse apoio logístico seria impossível concretizar a contento esse grandioso projeto urbanístico na cidade”, observou Maurício Itapary.

OBRAS

As obras nas alamedas Silva Maia e Gomes de Castro, que também compõem o Complexo Deodoro, estão 100% finalizadas, segundo informou Itapary. Já os serviços na Praça do Pantheon estão com mais de 90% concluídos, faltando apenas a colocação de parte do mobiliário urbano, como lixeiras e bancos; a instalação das novas luminárias, a recolocação dos bustos e a pintura e iluminação artística da Biblioteca Benedito Leite, serviço que foi incluído ao projeto para promover melhor harmonização do monumento ao novo aspecto urbanístico do espaço requalificado.

As obras na Praça Deodoro estão com 70% dos serviços feitos. No local, estão em pleno andamento os serviços de construção de 18 banheiros com fraldários; a colocação da nova pavimentação de concreto lapidado e acessibilidade; e a construção da estrutura de concreto da esplanada, uma espécie de elevação que dará uma nova característica urbanística ao espaço.

A Praça Deodoro também já recebeu obras de drenagem e tratamento sanitário, além de preparação para receber o novo calçamento, mobiliário e sistema de iluminação; fiação subterrânea e dutos de passagem de fibra ótica. O projeto da Deodoro contempla ainda a construção de canteiros com espaço mais amplos para maior permeabilidade do solo às plantas e demarcação das áreas de estacionamento com acessibilidade e sinalização; criação de um centro administrativo para uso de equipes de fiscalização e segurança. O centro administrativo vai contar com um mirante para servir como área de vivência e contemplação pública.

RUA GRANDE

A Rua Grande, outro espaço integrante do Complexo Deodoro com obras em pleno andamento, já está com mais de 60% dos serviços concluídos. Esta semana, foram terminados os trabalhos de acabamento na segunda quadra da via e iniciados os serviços de concretagem da terceira e da quarta quadras. Os trabalhos de finalização também avançaram para a Rua de Santaninha, que corta a Rua Grande, na altura das Lojas Americanas. A previsão de entrega da obra da Rua Grande é primeiro semestre de 2019.

Edivaldo lança novo Portal da Transparência e reafirma compromisso com gestão dos recursos públicos

O prefeito Edivaldo lançou, nesta quinta-feira (27), o novo Portal da Transparência da Prefeitura de São Luís que pode ser acessado no endereço http://transparencia.saoluis.ma.gov.br/. A ferramenta foi aperfeiçoada e disponibiliza ao público novas informações, de forma ainda mais detalhada, integração entre consultas, visualização em gráficos e novos canais com o cidadão, por meio do qual este pode solicitar informações e documentos (e-SIC) e efetuar denúncias, reclamações, elogios e solicitação de serviços (e-Ouv). Com a reformulação do portal, a gestão do prefeito Edivaldo avança na politica de transparência e controle social.

“O lançamento do novo Portal da Transparência, mais moderno e com mais canais de interação, amplia as ações da gestão para que o cidadão tenha as ferramentas adequadas para o exercício do controle social. Quando assumimos a Prefeitura, não existiam mecanismos de controle interno e de acesso à informação ao cidadão. Além do Portal da Transparência, realizamos concurso, nomeamos novos auditores e fizemos outros investimentos na área. Ainda na nossa primeira gestão nos tornamos referência em transparência, e vamos seguir avançando cada vez mais”, disse o prefeito Edivaldo.

A reformulação do Portal da Transparência faz parte das ações da Prefeitura de São Luís para reforçar a transparência e ampliar o acesso às informações da gestão municipal que são de interesse público. O novo portal foi desenvolvido pela Secretaria Municipal de Informação e Tecnologia (Semit) e é gerido pela Controladoria-Geral do Município (CGM).

O controlador-geral do Município, Jackson Castro, reforçou a importância do portal na administração municipal. “A transparência pública fortalece o controle da sociedade, ao dotá-la de informações claras, relevantes e úteis que permitem o efetivo acompanhamento e a fiscalização das ações de governo. O portal da transparência, os canais de acesso à informação e também de ouvidoria são valiosas ferramentas que criam as condições necessárias para que o cidadão possa exercer ativamente o controle social”, afirmou.

Além do novo layout, o portal traz informações inéditas como os mapas georreferenciados, que indicam a localização de institutos, secretarias, fundações municipais, escolas e unidades de saúde. O portal disponibiliza, ainda, informações detalhadas sobre receita e despesa públicas, licitações e contratos, convênios e outros repasses. Também constam entre as informações dados sobre atos e deliberações e regularidades municipais. Há ainda informações que dizem respeito à responsabilidade fiscal, com demonstrativos contábeis e fiscais e dados sobre a prestação de contas ao Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA).

A secretária municipal de Informação e Tecnologia, Tati Lima, enfatizou a acessibilidade às informações. “Ao longo da gestão do prefeito Edivaldo o portal da transparência tem evoluído bastante. Com a reestruturação do portal, as informações disponíveis ao cidadão estão cada vez mais atualizadas e acessíveis. Hoje, o cidadão pode acessar os dados por meio do celular em um portal ainda mais completo”, observou a titular da Semit.

O Portal da Transparência da Prefeitura Municipal de São Luis, cuja finalidade é uniformizar e facilitar o acompanhamento e a fiscalização pelo cidadão das ações da administração pública municipal, foi regulamentado pelo Decreto Municipal nº 48.665, de 2016 e, posteriormente, estabelecido por meio da Lei Municipal nº 6.174, de 2017. Como reflexo da promoção da transparência por meio do portal eletrônico, este encerrou o exercício de 2017 com 21.864 acessos.

O lançamento do portal contou com a presença de representantes de órgãos estaduais e municipais, secretário substituto do Tribunal de Contas da União do Estado do Maranhão, Felipe Calvet; a superintendente da Controladoria Regional do Estado do Maranhão, Leilane Maria da Silva; o diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais do Ministério Público Estadual, Marco Antônio Amorim; o secretário adjunto de Transparência do Estado, Steferson Ferreira; o auditor de controle interno da Controladoria Regional da União no Estado do Maranhão, Wellington Silva; e os secretários municipais Fatima Ribeiro (Segurança Alimentar), Madison Leonardo (Urbanismo e Habitação), José Cursino Moreira (Planejamento), Mittiz Rodrigues (Administração), Rommeo Amim (Desporto e Lazer) e Conceição Castro (Comunicação).

AVANÇO EM TRANSPARÊNCIA

O Portal da Transparência da Prefeitura já havia sido reformulado, considerando pesquisas em outros portais reputados bem-avaliados, de modo a atender completamente à Lei da Transparência e Lei de Acesso à Informação. Desde essa reformulação, o portal contempla tanto a transparência ativa (o município disponibilizando informações) quanto a passiva (canal para que o cidadão solicite informações ao poder público).

São Luís é um dos poucos municípios maranhenses que mantêm o Portal da Transparência regular, segundo avaliação trimestral realizada pelo TCE. A Prefeitura de São Luís tem se sobressaído pela manutenção do instrumento de transparência de maneira satisfatória. Ao se manter regular na avaliação do TCE, a Prefeitura de São Luís se distingue por ser cumpridora de todos os critérios legais e os de atendimento verificado pelo Tribunal, o que mantém a Prefeitura apta a receber transferências voluntárias e celebrar convênios com os governos Federal e do Estado.

“Toda a cidade tem de valorizar e cuidar deste belo cartão-postal”, diz Edivaldo sobre Praça Dom Pedro II

O prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) usou as suas redes sociais nesta terça-feira (11) para sensibilizar a população ludovicense para a preservação do patrimônio da capital maranhense. O pedetista publicou imagem da Praça Dom Pedro II, entregue totalmente revitalizada na sexta-feira (7), e pediu para os internautas: “#VamosCuidarDoQueÉNosso”. A sua gestão é a que mais tem investido na revitalização e reocupação dos espaços históricos.

“Com a restauração da Praça Dom Pedro II, realizada pelo Iphan em parceria com a Prefeitura, estamos devolvendo para a população um espaço público para que ela ame e se aproprie. Agora, cabe a todos nós, ludovicenses, a missão de valorizar e cuidar deste que é um dos mais belos cartões-postais da nossa cidade. Conto com o apoio e a dedicação de todos para que possamos preservar este lindo espaço, tão importante para a nossa história e cultura”, disse o prefeito.

Logo após a publicação, o pedido do prefeito ganhou repercussão nas redes sociais, com centenas de curtidas, comentários e compartilhamentos. “Parabéns, prefeito. Temos que cuidar do que é nosso. É questão de consciência de cada um”, “Obrigada por mais essa vitória! Ficou lindo! Realmente espero que as pessoas valorizem”, “Não adianta ter um espaço tão bonito como este se a população não fizer sua parte”, “Isso mesmo, todo mundo fazendo sua parte”, comentaram alguns internautas. “Toda a cidade tem de valorizar e cuidar deste belo cartão-postal”, escreveu o prefeito em interação com os seguidores.

A requalificação de praças é um dos legados da gestão do prefeito Edivaldo. Em toda a cidade, já são mais de 40 espaços reformados, muitos deles no Centro da cidade, como a Dom Pedro II, da Alegria, do Pescador, Nauro Machado, da Faustina, Valdelino Cécio, Joãosinho Trinta, Gomes de Sousa, entre outros em parceria com o Governo e o Iphan. Atualmente o Centro recebe o maior volume de investimentos dos últimos 30 anos, incluindo a revitalização das praças Deodoro e Pantheon, das alamedas Silva Maia e Gomes de Castro e da Rua Grande, que estão com obras em andamento, executadas pelo Iphan em parceria com a Prefeitura de São Luís.

Ainda no Centro, o prefeito Edivaldo promove em sua gestão importantes ações de reocupação qualitativa. Aos domingos, na Praça Benedito Leite, acontece a Feirinha São Luís, que tem levado milhares de ludovicenses e turistas para apreciarem a cultura, gastronomia, artesanato e literatura local. Já com o programa Reviva – Sarau Histórico, o Passeio Serenata e o Roteiro do Reggae -, o pedetista tem fortalecido a relação da população com o lugar e o sentimento de pertencimento e a consciência de preservação do mesmo. As ações além de trazerem programações em que os visitantes são convidados a conhecer mais sobre as riquezas históricas, culturais e arquitetônicas do lugar, também movimentam a economia da região e ampliam os ambientes de negócios. Nesta quarta-feira (12), acontece mais uma edição do Reviva, com o Roteiro Reggae, saindo às 19h da Praça Benedito Leite e seguindo em cortejo pelas ruas do Centro Histórico.

Edivaldo anuncia shows dos 406 anos com artistas da terra e Alceu Valença cantando São Luís

O prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) anunciou nesta segunda-feira (27) em suas redes sociais as atrações do Show de 406 anos, em comemoração ao aniversário de São Luís. No dia 7 de setembro, na Praça Maria Aragão, se apresentarão Alceu Valença, Carlinhos Veloz, Mano Borges, Tutuca, Fernando de Carvalho, Trio 1, 2, 3 e César Teixeira.

“São Luís merece todas as homenagens, e a música é uma delas. Estão todos convidados para esse grande show para juntos cantarem o que a nossa cidade tem de mais belo. Fizemos uma programação toda especial para todos os públicos, que segue durante todo o mês de setembro, com shows, entregas de obras e outras atividades comemorativas”, disse o prefeito.

Entre as programações culturais que também ocorrerão em setembro está o Sarau Histórico, na Praça Benedito Leite, no dia 6, a partir das 19h, com o tema “Ilha Encantada”. No dia 12 tem o Roteiro Reggae e no dia 26 o Passeio Serenata, ambos saindo às 19h da Praça Benedito Leite e percorrendo as ruas do Centro Histórico.

A programação comemorativa pelos 406 anos da cidade teve início ainda neste mês de agosto, com ações como a inauguração de ponte na Rua do Comércio, na Vila Isabel; entrega de 540 unidades do Residencial Eco Tajaçuaba, na Santa Bárbara; entrega de bibliotecas móveis e girotecas para escolas da rede municipal; entre outras. Durante todo o mês de setembro estão previstas mais inaugurações em comemoração ao aniversário da cidade.

“O pagamento do salário em dia valoriza o servidor e movimenta a economia”, diz prefeito Edivaldo

Mantendo o compromisso com os servidores municipais, mais um vez o prefeito Edivaldo antecipa o pagamento do salário para esta quarta-feira (1°), que estava previsto para o dia 4 de agosto. Com o cumprimento rigoroso do pagamento da folha, nos últimos sete meses o pagamento foi antecipado seis vezes. A regularidade faz parte da política de valorização do servidor, colocada em prática desde o início da gestão do prefeito Edivaldo, em 2013, e comprova o respeito ao trabalho desempenhado pelos profissionais.

Com a antecipação do vencimento, entre 29 de junho e 1º de agosto, os servidores municipais receberam três entradas de proventos: o pagamento do mês de junho no dia 29, a antecipação da primeira parcela do 13°, em 20 de julho, e o pagamento do mês de julho, neste primeiro de agosto. São quase R$ 230 milhões injetados na economia.

“É nosso compromisso de gestão manter o pagamento do salário em dia. Com planejamento e responsabilidade mantemos a regularidade, honrando o trabalho desempenhado pelos servidores. O pagamento do salário em dia valoriza o servidor e movimenta a econômica”, destaca o prefeito Edivaldo.

Apesar da situação de crise, em que muitas prefeituras não têm conseguido manter os vencimentos do funcionalismo em dias, em São Luís, a gestão cumpre ou até antecipa os salários. A regularidade é fruto do planejamento financeiro da gestão, fazendo com que a capital maranhense seja uma das poucas no país a manter em dia o pagamento dos servidores municipais. E ainda, antecipando as datas previstas para o exercício de 2018, de acordo com o Decreto nº 50.181 de 31 de janeiro de 2018.

Para o titular da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), Delcio Rodrigues, o pagamento em dia do funcionalismo municipal é uma das prioridades da atual gestão. “O que temos feito em São Luís é algo que está muito distante da realidade de grandes capitais brasileiras como o Rio de Janeiro. A organização e o planejamento financeiro da nossa gestão são constantes e tem dado resultados muito positivos”, garantiu o secretário.

A gestão do prefeito Edivaldo tem realizado investimentos em todas as áreas, refletindo na organização financeira e na consolidação dos pagamentos dos servidores. Todos os meses são mais de R$ 90 milhões injetados na economia da capital.

MAIS INFORMAÇÕES

Os servidores municipais podem ter acesso às informações dos seus vencimentos em todos os terminais de autoatendimento do Banco do Brasil e efetuar o saque do seu benefício. Outras informações relativas ao seu contracheque também podem ser obtidas acessando a opção Outros Serviços, escolhendo a opção Contracheque BB e, depois, informando o número da matrícula e o mês desejado do documento.

Além dos terminais do Banco do Brasil, a informação dos vencimentos também pode ser acessada através do site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br), no Portal do Servidor, no menu esquerdo da home, informando a matrícula e a senha.

Edivaldo anuncia usina de beneficiamento de resíduos da construção civil e pátio de compostagem

O prefeito Edivaldo anunciou, na manhã desta quarta-feira (25), a construção de uma usina de beneficiamento de resíduos inertes – para beneficiamento de restos da construção civil – e de um pátio de compostagem para transformação dos resíduos sólidos em novos insumos. O anuncio foi feito durante visita realizada à área de recuperação ambiental do antigo Aterro da Ribeira, que nesta quarta-feira completa três anos de desativação, um marco da política de gestão de resíduos sólidos colocada em prática pela Prefeitura de São Luís. Com a criação da usina e do pátio, o município avança mais nesta área, contribui para a preservação ambiental e estimula a geração de emprego e renda no setor.

Durante a visita ao aterro, que hoje é uma área em permanente processo de tratamento, monitoramento e recuperação ambiental, além de ponto de transbordo para transporte do lixo coletado na cidade, destinado atualmente à Central de Gerenciamento Ambiental Titara, o prefeito Edivaldo destacou os avanços na área e lembrou que a desativação do antigo aterro sanitário representou uma grande mudança, um marco para a capital e para a melhoria da qualidade de vida dos moradores, principalmente das comunidades do entorno.

“Contabilizamos mudanças significativas na área da gestão dos resíduos sólidos. Nossa cidade é, hoje, uma das poucas capitais brasileiras que conseguem cumprir integralmente o que prevê a Política Nacional de Resíduos Sólidos, legislação que determinou, inclusive, o ano de 2018 como o prazo final para que todas as prefeituras fechem seus lixões. E nós conseguimos cumprir essa meta três anos antes do previsto por lei. Portanto, estamos muito à frente também nessa área”, destacou o prefeito. “Agora, com a construção da usina de beneficiamento de resíduos inertes e do pátio de compostagem, vamos fechar o círculo de destinação do resíduo. Isso é desenvolvimento sustentável, isso é economia circular em benefício de toda a sociedade”, afirmou o prefeito Edivaldo, ao percorrer parte da área monitorada e acompanhar o trabalho nas estações de transbordo da Ribeira, serviço atualmente operacionalizado no terreno do antigo aterro sanitário.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, que também acompanhou o prefeito na visita, frisou os benefícios da usina de beneficiamento de resíduos inertes e do pátio de compostagem, que serão construídos no local. A gestora detalhou a funcionalidade de ambos os projetos e assinalou que o serviço dará início a um novo processo no ciclo de destinação adequada dos resíduos em São Luís.

“O projeto de execução da usina e do pátio está na fase de licenciamento ambiental e em seguida daremos início às obras. Com isso, o espaço do antigo Aterro da Ribeira, que era uma área degrada, passa a ser uma área de beneficiamento de resíduos sólidos. O propósito é encaminhar para a Central de Gerenciamento Ambiental Titara somente aquilo que é rejeito, ou seja, que não tenha mais utilidade para a cadeia de produção”, observou Carolina Moraes Estrela.

A presidente do Comitê Gestor explicou que o pátio de compostagem vai fazer o processamento do material orgânico coletado para transformá-lo em insumos naturais a serem utilizados como adubo na agricultura familiar, nos projetos paisagísticos desenvolvidos pela Prefeitura e no cultivo de mudas.

Os materiais orgânicos recebidos pelo pátio serão provenientes de feiras e mercados (frutas e legumes), comidas descartadas, entre outros produtos. Já a usina de beneficiamento de resíduos inertes será estruturada para receber entulho de materiais de construção civil, para que também sejam processados e transformados em outros materiais como britas e tijolos, por exemplo, gerando emprego e renda no município.

NOVA ÁREA

Três anos após a desativação das atividades de deposição inadequada de lixo no Aterro da Ribeira, a realidade atual na área comprova os inúmeros benefícios gerados com a iniciativa de fechar o lixão. Atualmente, o aterro ganhou características de um imenso jardim, onde é realizado permanentemente o acompanhamento ambiental da área, com monitoramento dos lençóis freáticos, do solo, do ar e da fauna, com controle da população de aves, entre outras ações estabelecidas pelo Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD), documento aprovado pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema).

O monitoramento visa eliminar os danos ao meio ambiente ocasionados pelos anos de utilização inadequada da área. Conforme a secretária municipal de Meio Ambiente, Maluda Fialho, que também acompanhou o prefeito na visita ao local, o encerramento das atividades do antigo Aterro da Ribeira representou para a capital melhores condições higiênico-sanitárias e ambientais e menos riscos de doenças e contaminações à população.

“Agora, os resíduos são destinados para um local ambientalmente correto, moderno, que atende a todas as exigências legais. A sua desativação marcou o início de uma nova etapa nas políticas públicas relacionadas ao meio ambiente”, frisou Maluda Fialho.

Desde 2015, ano em que a Prefeitura de São Luís desativou o aterro, os resíduos sólidos produzidos na capital maranhense, uma média de 1,3 mil toneladas por dia, são conduzidos para a Central de Gerenciamento Ambiental. A central conta com estrutura adequada de recebimento e tratamento, e em acordo com as legislações sanitárias e ambientais vigentes.

RECUPERAÇÃO

A partir da desativação, a antiga área do aterro passou por diversos procedimentos de recuperação a fim de minimizar os impactos deixados ao longo dos anos. Todo o trabalho é realizado pelo Comitê Gestor de Limpeza Urbana de São Luís e consiste na instalação de sistemas de proteção ambiental e um conjunto de intervenções de infraestrutura.

Para a recuperação e controle do aterro, a Prefeitura implantou sistemas de drenagem de águas pluviais, drenagem superficial de gases e de líquidos percolados (chorume), manutenção de acessos e serviços para estabilizar taludes (ribanceiras) e cobertura vegetal. Todas as ações atendem ao Plano de Recuperação de Áreas Degradadas. O plano contempla ainda levantamento de uma série de indicadores de qualidade. Entre estes o monitoramento geotécnico, de qualidade de águas superficiais e subterrâneas, do processo de tratamento do chorume e ainda, controle da presença de animais que possam transmitir doenças, como os urubus.

Hoje, o trabalho realizado na Central de Gerenciamento Ambiental Titara envolve tecnologias e profissionais capacitados no ramo. Uma vez recolhidos, os resíduos são dispostos e cobertos de forma adequada e os líquidos percolados (chorume) gerados são tratados na Estação de Tratamento de Efluentes (ETE). A ETE possui sistema de controle e monitoramento de acordo com os padrões de qualidade estabelecidos pelos órgãos responsáveis.