Governo do Estado inicia reforma em escola na cidade de Bom Lugar

O Governo do Estado iniciou, nesta quinta-feira (8), a reforma do Centro de Ensino Teresa Leite de Miranda, na cidade de Bom Lugar. Por determinação do governador Flávio Dino, o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, esteve no município para dar notícia do início das obras.

“Vim aqui, em nome do governador Flávio Dino, anunciar a reforma do Centro de Ensino Teresa Leite de Miranda. Sonho de toda a comunidade escolar e nossa prioridade”, ressaltou o secretário. A escola, localizada na região do Médio Mearim, funciona em três turnos e possui seis salas de aula, dois laboratórios, biblioteca, sala de professores, secretaria, diretoria, quadra poliesportiva, entre outros espaços.

A obra, com valor aproximado de R$ 400 mil será realizada pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), com o prazo total de 100 dias para a sua conclusão. Nesse período, os alunos terão aula em prédio escolar cedido pelo município.

O anúncio da reforma foi feito na sede da escola e contou com a participação da comunidade escolar e de autoridades locais como a prefeita Luciene Costa e o esposo Rogério Costa, vereadores e lideranças como a professora Marilene Miranda.

“Estamos hoje muito gratos com a presença do secretário Felipe Camarão aqui, em nome do governador Flávio Dino, para iniciar a reforma da nossa escola, obra tão sonhada por toda a comunidade escolar. O que nós almejamos é ter a nossa escola reformada, com a quadra, com salas novas, carteiras novas, banheiros, enfim, oferecendo a toda a nossa comunidade, aquilo que todos nós desejamos, que é na verdade uma escola digna”, comemorou o vereador e gestor escolar, Agamenon Sampaio.

Reforma em Olho D’água das Cunhãs

O secretário Felipe Camarão também esteve na cidade de Olho D’Água das Cunhãs, para fazer a vistoria das obras que estão sendo executadas no Centro de Ensino José de Matos. Na ocasião, ele aproveitou para conversar com alunos e gestores. “Em breve, professores e estudantes terão uma escola digna para desenvolverem com mais conforto as suas atividades”, concluiu.

Governo entrega a primeira escola de ensino médio da rede estadual em São Roberto

“Um sonho realizado”. Essas foram as palavras mais ouvidas na entrega do novo Centro de Ensino Professora Gracilde Lima, a primeira escola de ensino médio do município de São Roberto, entregue à comunidade escolar nesta quarta-feira (24).

A escola foi construída pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), e possui seis amplas salas de aula, laboratório de informática, sala de leitura, sala dos professores, secretaria, diretoria, cantina, pátio e sala de professores, com investimentos da ordem de R$ 968.894,02.

Antes, a realidade era muito diferente. A escola funcionava em um prédio cedido pela prefeitura, onde, pela manhã, estudavam estudantes da educação infantil e fundamental e, à tarde, os do ensino médio.

Para a estudante Lorrana Sousa de Castro Ferreira, 14 anos, estudante do 2°ano, o fato de não ter um prédio próprio dificultava o aprendizado. “O  modo de aprendizado era diferente por conta do ambiente. Se a gente precisasse fazer um trabalho e tivesse que colocar nas paredes, ‘tipo’ fazer um mural, não podia, porque como a escola era do município, tinha o trabalho das crianças do turno da manhã”, revelou Lorrana.

Alguns outros alunos estudavam na cidade mais próxima, Esperantinópolis, como a filha da professora de Biologia, Elinete Sá, em busca de melhor oportunidade de ensino. “A minha filha não teve a oportunidade de estudar nesse prédio novo, mas eu fico muito feliz porque outros alunos terão essa oportunidade, esse é um sonho que estamos realizando hoje”, disse.

A cerimônia de entrega da escola foi marcada pela emoção. Na ocasião, o secretário de Educação, Felipe Camarão, em nome do governador Flávio Dino, assinou a ordem de serviço para a construção de uma quadra poliesportiva e de uma Academia de Saúde. E anunciou ainda que o Centro de Ensino Professora Gracilde Lima deixará  de ser anexo de Esperantinópolis para ser uma escola sede.

“São Roberto, assim como o Maranhão, vive um momento ímpar em toda a sua história. E eu vim aqui, em nome do governador Flávio Dino trazer essas boas notícias”, afirmou o secretário.

Para a gestora escolar, Elisângela Castro, a nova escola representa a realização de um sonho. “Hoje eu e todos os professores e alunos realizamos um grande sonho. Que é o de ter uma escola bonita, nova e equipada. Agradeço ao governador Flávio Dino, por essa conquista”, destacou.

O aluno do 3° ano, e secretário geral do grêmio estudantil, João Marcos Rocha, de 16 anos, já está ansioso para o início do ano letivo 2018. “As expectativas são as melhores. Agora vamos poder realizar o projeto da professora Elisangela Castro, que é o nosso projeto de arborização. Eu ‘tô’ muito feliz. Uma das melhores sensações do mundo é estudar em um prédio totalmente nosso”, enfatizou João.

Participaram do ato de inauguração o prefeito Raimundo Gomes de Lima; o procurador do Estado e presidente da Empresa Maranhense de Serviços  Hospitalares, Vanderley Ramos Santos, autoridades locais e a comunidade em geral.

III Conferência Municipal de Educação 

O secretário Felipe Camarão participou ainda, da III Conferência Municipal de Educação de São Roberto, promovida pela prefeitura como etapa preparatória para a Conferência Maranhense de Educação (Comae) 2018, que ocorrerá no mês de abril.

Na ocasião o secretário parabenizou a gestão municipal pela iniciativa. “É fundamental esse momento de debate pela educação. São Roberto e o Maranhão vivem um momento histórico e muito importante para a educação dos jovens maranhenses”, finalizou.

Escola no Dia D do Mais IDH, em Água Doce do Maranhão, será reformada

As ações do Escola Digna também chegaram ao Centro de Ensino Vereadora Neide Costa, em Cana Brava, maior povoado de Água Doce do Maranhão. A escola será totalmente recuperada, com a reforma do telhado, instalação de forro, revestimento cerâmico, novo piso, revitalização do pátio e dos banheiros, construção da biblioteca, dentre outros serviços.

O anúncio foi feito neste sábado (20) pelo secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, que depois de participar das ações do Dia D do Mais IDH, na sede de Água Doce do Maranhão, acompanhado da prefeita Thalita Dias e suas respectivas equipes, visitou a escola e se reuniu com estudantes, professores e o gestor escolar.

No encontro com a comunidade escolar, Felipe Camarão destacou que o governador Flávio Dino não tem medido esforços para garantir educação de qualidade aos maranhenses.

“É compromisso do governador Flavio Dino garantir educação de qualidade a cada maranhense que precise do ensino público. E um dos caminhos para isso é a reestruturação das escolas da rede estadual. Por meio do Escola Digna já reformamos uma escola, aqui em Água Doce do Maranhão, e agora estamos anunciando a reforma desta escola que é muito especial para a nossa rede, porque é a unidade educacional com melhor desempenho na Unidade Regional de Educação de Chapadinha, com um ótimo desempenho no ENEM e em Olimpíadas Educacionais. Isso mostra que, quando há compromisso os resultados aparecem”, destacou o secretário Felipe Camarão.

“Nós estamos muito felizes, porque a reforma dessa escola vai significar muito para nós. A gente vê que, se com ela nestas condições os alunos têm um bom desempenho, com ela reformada vai melhorar ainda mais”, disse, cheia de esperança, a estudante Brenda Costa e Silva, do 3º ano do Ensino Médio.

A obra da escola será iniciada tão logo a gestão escolar e a URE encontrem um prédio adequado para que os alunos possam iniciar o ano letivo, já que a reforma será complexa e um pouco demorada.

Escola de resultado 

Apesar da estrutura precária, por causa dos muitos anos sem reformas, o Centro de Ensino Vereadora Neide Costa é referência na rede estadual de ensino pelo desempenho de seus alunos no ENEM e em olimpíadas estudantis. O número de alunos da escola, aprovados para o Ensino Superior em instituições como: Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Universidade Federal do Piauí (UFPI), entre outras universidades públicas, cresceu de 10, em 2013, para 51 em 2017. E a escola já celebra o resultado do Enem que acaba de sair. Todos os 90 alunos do 3º ano fizeram as provas, e destes, 29 alcançaram resultados acima de 600 pontos, o que os coloca em condições de entrar para a universidade.

Sandynária Oliveira Costa e o marido, José Venâncio Lima Souza, estão entre os alunos da escola aprovados em 2017.  Ele vai fazer Química Licenciatura. E ela cursa Linguagens e Códigos\Língua Portuguesa.

“Nós somos muito gratos pela qualidade do ensino que essa escola deu para nós, com uma metodologia de ensino que sempre buscou levar seus alunos a aprenderem, a pensarem. E o resultado é que, da minha turma, vários alunos conquistaram uma vaga na faculdade. Eu não estarei mais aqui para desfrutar da escola que será reformada, mas, espero que meus colegas aproveitem ao máximo”, disse Sandynária Oliveira Costa, ex-aluna da escola.

Outro detalhe é que quem chega ao C.E. Vereadora Neide Costa encontra um cartão de visita que impressiona, pela criatividade e pelo zelo com a escola. Nas paredes internas do pátio, na entrada da escola, estão painéis gigantescos pintados pelos alunos. Algumas são pinturas originais criadas por eles, outras são reproduções de obras de grandes pintores como, Tarsila do Amaral. Todo o pátio é ocupado por plantas, tudo organizado com técnicas de jardinagem.

“Nós temos uma gincana anual, que é desenvolvida durante o ano inteiro. Então os alunos recebem tarefas voltadas pra essa coisa da arte, e que estimulem o carinho, cuidado com a escola. É assim surgiram essas telas nas paredes e esse jardim que encanta todo mundo que chega”, disse o professor de geografia e ex-gestor geral da escola, José Anchieta.

“Essa escola é muito importante para nós. Apesar dela estar assim, em péssimas condições, o ensino que a gente tem aqui é muito bom. Então, a gente quer retribuir cuidando dela. O que a gente pode fazer, faz para ter um lugar melhor”, disse o estudante Elienai de Oliveira Souza, presidente do Grêmio Estudantil do CE Vereadora Neide Costa.

“Eu fiquei impressionado, também, com esse zelo, com o trabalho que alunos e professores fizeram aqui, apesar da estrutura não ser, ainda, das melhores. Por isso, mais do que nunca, essa escola merece a atenção do governador e a minha atenção”, destacou Felipe Camarão.

ARTIGO | Escola Digna para mudar nossa história

Paulo Freire é reconhecido no mundo todo por uma ideia transformadora: a de que a Educação é capaz de fazer as pessoas entenderem melhor o mundo à sua volta, e assim mudá-lo. Os ensinamentos deste mestre me inspiraram na decisão de ter lançado o Escola Digna, maior programa de investimento em educação da história de nosso estado. Porque tenho convicção de que é a educação o melhor instrumento de superar perversas desigualdades e obter desenvolvimento verdadeiro.

Também me inspiro na história do saudoso Leonel Brizola, que quando governou o Rio Grande do Sul, priorizou a educação, criando uma verdadeira rede de educação pública. Esse investimento criou as condições para que seu estado se transformasse em referência na qualidade do ensino ao longo das décadas seguintes. Aqui ao lado, desde que rompeu o ciclo oligárquico nos anos 90, o Ceará passou a investir em educação, construindo um caminho de melhorias em seus índices de qualidade de vida.

No Maranhão, só recentemente pudemos vencer os 50 anos de domínio oligárquico que se abateram sobre nosso estado, nos ceifando as oportunidades de desenvolvimento. Ao longo dessas cinco décadas, tentaram ludibriar a população com recorrentes promessas mirabolantes de investimentos em “grandes projetos” que nunca saíram do papel.

Não tenho dúvidas de que o processo mais seguro, para alcançar uma etapa de desenvolvimento para nosso estado, é a educação. Por isso, estamos reformando ou reconstruindo mais de 600 escolas, que representam mais da metade da rede estadual de ensino. Também assumimos a responsabilidade de colaborar com os municípios, construindo 300 Escolas Dignas onde antes as crianças aprendiam em prédios precários.

Dignidade também significa colocar lápis e caderno nas mãos das crianças. O Bolsa Escola, do Governo do Estado, já investiu R$ 100 milhões no maior programa estadual de apoio à compra de material escolar do País, que também gera negócios em milhares de pequenas empresas em todos os municípios.

Criamos 18 escolas de tempo integral, sendo 7 IEMAs (Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão), número este que será dobrado no próximo ano. Democratizamos a gestão das escolas, com a eleição direta de gestores e com as escutas pedagógicas. E valorizamos os professores, pagando um dos maiores salários do país para docentes com carga horária de 40 horas semanais.

Nossas ações, ainda em etapa inicial, já começam a dar resultados. É o que pode ser visto pelo IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Revertemos uma tendência de queda no índice e já avançamos em 2016. Em 2018, tenho a convicção de que vamos colher o mais alto índice da nossa história.

Não vamos parar até que a educação do nosso Estado saia dos últimos lugares. Ontem mesmo estava em Santo Antônio dos Lopes, inaugurando mais uma Escola Digna, de um total de cinco inauguradas em uma semana. Lá vi professores chorando, alunos cantando e declamando poemas, funcionários orgulhosos. Garanto a vocês: não há presente maior para mim, pois em cada jovem estudante vejo os jardineiros que estão a semear uma sociedade mais justa e fraterna.

Advogado, 49 anos, Governador do Maranhão. Foi presidente da Embratur, deputado federal e juiz federal.

‘Onde tem maranhense, o Governo está presente’, diz Flávio Dino ao entregar obras

Nesta sexta-feira (8), foi a vez dos municípios de Lagoa Grande, Lago do Junco e Lago dos Rodrigues receberem a visita do governador Flávio Dino e comitiva de secretários.

Juntos, eles inauguraram obras do Mais Asfalto, Escola Digna, sistema de abastecimento de água e entregaram importantes incentivos para a agricultura, como mais de 15 toneladas de sementes, kits de irrigação e títulos de regularização fundiária para agricultores.

“Onde tem maranhense o Governo tem que estar presente. Não importa se no município são duas mil, dez mil pessoas. Só se governa bem pisando no chão da realidade”, afirmou o governador sobre as entregas.

Lagoa Grande
Na primeira parada do dia, o município de Lagoa Grande recebeu importantes inaugurações, como a de uma Escola Digna, que foi entregue pelo secretário de Educação Felipe Camarão no Projeto de Assentamento (PA) Cigra – Vila Kênio. Essa foi a primeira escola em campo de assentamento construída pelo Governo do Maranhão.

“Agora a gente tem a força do Estado no campo. Para muita gente, ter uma escola com uma geladeira, um freezer, sala de aula equipada parece pouco, mas para nós representa muito. Hoje o Governo Flávio Dino deixa sua marca na história da Educação do Campo do Maranhão”, afirmou a professora Maria Leomar Pereira de Sousa, durante a entrega da Unidade Integrada Roseli Nunes.

Enquanto isso, na sede do município, o governador Flávio Dino inaugurava um ginásio poliesportivo, 8 km de estrada vicinal que vai até o Povoado Baixão dos Caboclos, entregava cinco títulos de terra e também a inauguração de um sistema de abastecimento de água que resolveu os problemas de falta água na cidade.

Dona Iracema Souza, 53 anos, falou da alegria de ter o problema sanado com a rede plena de distribuição construída pela Caema: “A gente está bem animado com essas coisas, porque estão vindo para cá. Aqui antigamente faltava água demais, a gente ia buscar água lá embaixo. Agora não, graças a Deus!”.

O governador também vistoriou as obras de uma cozinha comunitária que vai fornecer 300 refeições por dia ao preço de R$ 2,00.

Lagoa Grande é integrante do Plano Mais IDH e por isso também foi contemplada com as entregas de 2.000 kg de sementes de arroz e 5.000 kg de sementes de milho, 204 itens esportivos, além de sete kits de irrigação de 500 m² para agricultores familiares.

Entre as novas obras, houve assinatura de ordem de serviço para construção de dois poços em povoados e um reservatório de água com capacidade de 300 mil litros para a sede, investimento de R$ 546.358. Foi também autorizada a construção de uma escola de ensino médio.

Para incentivar oportunidades de trabalho, houve também entrega de 15 certificados do Curso de Mecânica e Manutenção de Motos pelo Programa Mais Qualificação para o Trabalho, assinatura de contrato para realização de ações de qualificação profissional a 149 trabalhadores e trabalhadoras nas áreas de Artesanato e Turismo, assinatura de termo de doação de dois terrenos no Centro para construção da Delegacia de Polícia Civil e do Comando da Polícia Militar, além das entregas de um kit de irrigação de 1000 m², um motocultivador e uma forrageira.

“É o melhor governador que já tivemos, é o melhor Governo que Lagoa Grande já viu”, comentou o prefeito do município, Chico Freitas.

Lago do Junco
No segundo município visitado no dia, o governador inaugurou obras e mais uma escola na Região dos Lagos. Dessa vez, foi a reforma do Centro de Ensino José Malaquias e a revitalização da quadra poliesportiva da escola, uma parceria entre as secretarias de Infraestrutura (Sinfra) e de Educação (Seduc).

A escola existe desde 1978 e homenageia um alfabetizador da cidade. A última reforma foi em 2010. A antiga gestora realizava pequenas obras com apoio de rifas e da comunidade. São 333 alunos beneficiados pela atual reforma promovida pelo Governo, como contou Tonicilva Nena da Silva, gestor da unidade escolar.

“Estava deteriorada, e agora com certeza melhora o desenvolvimento estudantil quando o aluno se sente bem, num ambiente agradável como esse aqui”, afirmou.

O município também foi contemplado com o início das obras de pavimentação do Programa Mais Asfalto, entrega de 204 itens esportivos, de 1.500 kg de sementes de arroz e 3.000 kg de sementes de milho e assinatura de ordem de serviço para construção de dois sistemas de abastecimento de água em povoados.

Raimundo Menezes, 52 anos, beneficiado com o Mais Asfalto: “A situação estava precária e agora não é promessa, está iniciando e a população está muito feliz com esse asfalto chegando”.

Lago dos Rodrigues
Em Lago dos Rodrigues, o governador também acompanhou o início das obras do Mais Asfalto e realizou a entrega de 204 itens esportivos, de 1.000 kg de sementes de arroz e 3.000 kg de sementes de milho, além da assinatura de ordem de serviço para dois sistemas de abastecimento de água.

O prefeito Edjaci Leite falou das obras e de outras ações do Governo do Maranhão que estão sendo realizadas no município: “Estamos na véspera do Natal e estamos recebendo um presente do governador Flávio Dino. Nós tínhamos povoados sem abastecimento de água e já temos e fomos presenteados com duas Escolas Dignas que estão em fase de construção; era a ajuda que nós precisávamos”.

Dino entrega Escola Digna e anuncia mais três unidades de ensino em Bom Jardim

O povoado de Barraca Comprida, em Bom Jardim, recebeu pela primeira vez a visita de um governador do Estado. Neste sábado (11), o governador Flávio Dino esteve na comunidade e entregou uma escola digna, um sistema de abastecimento de água, kits esportivos e anunciou a construção de três novas escolas no município.

“É um projeto inovador, já entregamos centenas de escolas, novas, reformadas e, sempre que entregamos uma nova escola, é como se fosse a primeira vez. Cada escola que nós inauguramos é uma semente de um futuro melhor que deixamos plantada”, afirmou.

Sementes como a estudante Luzia Mariana de Carvalho Alves, que vendo os profissionais trabalharem na construção do prédio, decidiu que vai realizar muitos sonhos também. “Quero ser arquiteta porque achei o trabalho dela incrível e quero ajudar a realizar o sonho de muitas crianças que sofreram como eu”.

A menina é uma das 42 crianças beneficiadas com a entrega da Escola Municipal São Raimundo.

A professora Eliana Pereira dos Santos, que dá aula há 23 anos na comunidade, contou o que a entrega significou: “Aqui foram 23 anos vividos e sofridos. Trabalhei na igreja, na casinha em que quando chovia eu tinha que mandar os maiorzinhos para casa e os menores eu ficava pegando chuva no pé da parede”.

“Hoje para mim está sendo realizado um sonho, foram muitos anos de espera, mas quem espera sempre alcança e hoje realizamos um sonho da comunidade”, contou.

Sistema de água 
Junto com a escola foi construído um sistema de abastecimento que levou água encanada para todas as residências. Com isso, 34 famílias foram beneficiadas.

“Melhorou muita coisa aqui pra gente porque nem todo mundo tinha poço e os que tinham às vezes a gente só conseguia tirar água uma vez por dia”, afirmou o agricultor do município, José Ivo Carvalho.

O governador também entregou kits esportivos com mais de 600 itens ao município, benefício que somado às escolas, Mais Asfalto, ambulância e equipamentos já entregues, tem feito a diferença para a população de Bom Jardim, como destacou o prefeito DR. Francisco.

“A gente vê que tem um Governo que tem uma preocupação para dar um ambiente de aconchego para as crianças, um estímulo, e é isso que a gente precisa”, afirmou.

Flávio Dino leva delegacia, asfalto e escola digna a Barreirinhas

Mais segurança, infraestrutura e educação chegam pelas mãos do governador Flávio Dino a povoados de Barreirinhas, distante mais de 250 quilômetros de São Luís. Com os investimentos, melhoram a vida de moradores e o acesso de turistas à cidade porta de entrada dos Lençóis Maranhenses.

As entregas começaram na noite de sexta-feira (13), quando Flávio Dino inaugurou uma Delegacia de Polícia Civil no município, que passou por reforma. “Nós temos aqui um investimento bastante intenso na qualificação da PM, Bombeiros e agora chegou a vez da Polícia Civil”, disse o governador.

A entrega foi comemorada pelo prefeito da cidade, Albérico Filho: “Isso é uma prova de que o Governo trabalha para trazer o melhor para o nosso povo: Segurança”, afirmou.

A inauguração da delegacia foi seguida de entrega das obras do Programa Mais Asfalto na Rua Santo Antônio e nas vias que integram a segunda etapa da ação de Governo em Barreirinhas. A pavimentação melhora o trânsito entre o povoado Santo Antônio e a sede do município.

Ainda em Barreririnhas, já na manhã de sábado (14), o governador vistoriou as obras do aeroporto em construção para, em seguida, inaugurar uma unidade do Programa Escola Digna no povoado Passagem do Gado.

A 65 quilômetros da sede da cidade, a região de difícil acesso ganhou, além de um prédio escolar bem equipado, um poço de abastecimento de água, beneficiando as famílias da comunidade por muitos anos esquecida. 

“Estamos trazendo a presença do Governo a lugares distantes, onde nunca houve ação do Estado. Aqui em Barreirinhas temos oito escolas dignas planejadas, três já entregues e outras cinco em construção”, relatou Flávio Dino durante a entrega da escola.

“Nessa comunidade, além da escola, também foi entregue um sistema de água, trazendo benefícios para as crianças da escola, para toda a comunidade e povoados vizinhos”, frisou o governador.

Dona Maria Ferreira dos Santos, que no passado viu os filhos estudarem em um barracão improvisado, comentou como era a antiga escola: “Era um barracão, as crianças sentavam em banquinhos, até que uma senhora alugou a casa pra receber os alunos”, lembrou.

“A gente via escolas sendo entregues em outros lugares e pensava: será se algum dia vai acontecer uma coisa dessa no nosso povoado? E aconteceu. Agradeço pela escola muito linda que recebemos hoje”, disse.

Francisca Nascimento, gestora escolar, ressaltou emocionada a importância da escola: “Temos muito o que agradecer. Isso é um sonho realizado. Foram 19 anos de luta. Todos nós temos que agradecer. Ganhamos uma escola digna que vai servir tanto pra gente quanto para os outros povoados”.

O prefeito Albérico Filho agradeceu o apoio do Governo do Estado. “Essa é a terceira escola digna que está sendo inaugurada em nosso município. Estamos fortalecendo a parceria com o Governo pela qualidade de vida do povo de Barreirinhas”.

Nova estrutura
Fundada em 3 de março de 1988, a escola de Passagem do Gado funcionou em dois barracões e, ultimamente, em uma casa pequena, de três cômodos.

A nova escola conta agora com quatro salas de aula, secretaria, banheiros e cozinha, bem diferente de antes, quando era de palha e taipa e não tinha banheiros. A estrutura beneficia 65 crianças da comunidade.

A obra, construída com recursos do BNDES, recebeu investimentos na ordem de R$ 511.351,90. Em parceria com a Secretária de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), a comunidade também ganhou um poço artesiano com rede de distribuição que, além da escola, atenderá os demais moradores do povoado.

Mais cinco escolas dignas transformam a realidade de comunidades de três municípios

Mais cinco realidades de povoados distintos foram transformadas ao longo desta semana, pelo Programa Escola Digna. Com investimentos de aproximadamente R$ 2 milhões, a população de povoados de Vitorino Freire, Lago da Pedra e Bom Jesus das Selvas viu a esperança por dias melhores ser erguida com a construção de novas unidades em substituição a espaços inadequados que funcionavam como escolas em povoados desses municípios.

O dia a dia de aprendizagem desses estudantes, normalmente decorriam em casebres de taipa, varandas de casas ou espaços cedidos por moradores, que queriam ver as crianças de seus povoados estudarem e seguirem em busca de um futuro com mais oportunidades, que muitas vezes foram negadas para seus pais, como conta dona Maria José, do povoado Centro Novo, em Vitorino Freire.

“Nós pais não temos nada bom para dar para nossos filhos. O que temos para dar para nossos filhos é o estudo. Eu sou analfabeta, aprendi só a fazer meu nome. Queria ter tido a oportunidade que meus filhos hoje têm. Estou mandando meus filhos [para a escola nova], porque é uma herança que estou dando”, declarou a moradora.

Em Lago da Pedra, no povoado Centro dos Chagas, a estudante Mayara Silva do Nascimento, de 12 anos, conta que acompanhava, da janela de casa, a evolução de uma obra tão esperada por toda a comunidade. “Todo dia acordava e ia na janela olhar as obras da escola. Acompanhei tudo e hoje percebo o quanto essa nova escola vai mudar nossas vidas”, diz a aluna, enquanto conhece a nova escola.

Para os moradores dessas comunidades, a entrega das escolas dignas representa a realização de sonhos antigos de todos que sempre lutaram para manter a educação de crianças e jovens nesses povoados. “Às vezes eu ia para o mato tirar madeira ‘pra’ fazer as casinhas de taipa, ‘pra’ eles terem onde estudar”. A gente sonhava há muito tempo com uma escola digna. A gente ‘tá’ muito feliz, as crianças estão muito felizes e agradecidas por estarem vendo um lugar onde vamos estudar, ensinar com mais dignidade. Isso é muito maravilhoso, gratificante”, disse a professora Maria de Fátima, do povoado de Centro dos Colados, em Lago da Pedra.

“Melhora tudo com essa nova escola porque a gente não vai mais ter que passar calor e nem ter que beber água trazida de casa. Sempre sonhei com uma escola bonita e muito boa, mas nunca imaginei que teria uma assim”, explica a aluna Jayne Santos de Jesus, de 14 anos, uma das beneficiados com as novas escolas.

Em Bom Jesus das Selvas, município contemplado com duas escolas dignas para os povoados Chapéu e Nova Vida, o sentimento era de orgulho nas duas comunidades. “A gente está realizando um sonho. Todos os pais e alunos estão orgulhosos, realizando um sonho de muitos e muitos anos.  É uma escola que a gente olha e enche os olhos. A gente vê que a estrutura está acima do nosso ‘nível’, não estou dizendo que a gente não mereça, merecemos, mas é porque veio além do que esperávamos e toda a comunidade agradece ao nosso governador Flávio Dino”, falou a gestora da E.M. Beatriz de Melo Gomes, Anatália do Nascimento.

As escolas entregues pelo Governo possuem em sua estrutura salas de aulas, secretaria, banheiros, cozinha com cantina e pátio, todos os ambientes mobiliados para alunos e professores desenvolverem suas atividades escolares no dia a dia, com mais conforto e qualidade.

“O Escola Digna é um programa formidável que tem contribuído para que pessoas antes esquecidas de nosso estado possam sonhar com um futuro de mais oportunidades, por meio da educação. O governador Flávio Dino tem a convicção de que este é o caminho para mudar a vida das pessoas, com acesso ao conhecimento e ao saber, e não tem medido esforços para continuar esse processo de transformação social”, afirmou o secretário Felipe Camarão.

Escola Digna

Nesta semana, no dia 11 de agosto, celebramos o Dia do Estudante. Tenho alegria de dizer que construí minha carreira profissional com base no estudo. Foi assim que passei nos concursos em que concorri, para professor universitário e para juiz federal. Por isso, acredito de verdade que a educação é o que existe de mais transformador na vida das pessoas. E tenho convicção de que é o melhor instrumento de emancipação de um povo e a melhor forma de construir uma sociedade desenvolvida e justa.

Por isso, ao receber da sociedade a missão de comandar o Governo do Maranhão, criei o Escola Digna, o maior programa educacional da história do nosso estado. É este programa que já reformou ou reconstruiu mais de 600 escolas, o que representa metade da rede estadual de ensino. E que está entregando 300 escolas novas até o final do próximo ano, inclusive substituindo muitas escolas de taipa.

Escola Digna também significa pagar um salário digno para professores. Hoje o docente da rede estadual que leciona 40 horas semanais é o mais bem pago do Brasil e continuaremos a avançar, como comprovei com 5.600 progressões funcionais que fiz recentemente.

Dignidade também é colocar lápis e caderno de graça nas mãos das crianças. O Bolsa Escola, do Governo do Estado, já investiu R$ 100 milhões no maior programa de apoio à compra de material escolar do País, que também gera negócios em milhares de pequenas empresas em todos os municípios.

Criamos o IEMA (Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão). São 7 unidades de ensino integral, além de 15 unidades vocacionais. Ao estudar em tempo integral, os jovens têm uma estrutura de aprendizado só comparada com a dos melhores colégios privados do estado. E os resultados já estão aí, como é demonstrado pelos prêmios que nossos estudantes tem recebido no Brasil e até em outros países.

Com o Programa Cidadão do Mundo, já levamos centenas de jovens oriundos de escolas públicas para estudar em outros países, com tudo pago. É uma oportunidade antes restrita a quem as famílias podiam pagar, que hoje é oferecida a estudantes da escola pública. Exemplo do caminho pelo qual o Governo do Maranhão está oferecendo como direito o que antes era privilégio de poucos.

Os resultados dessas ações podem ser medidos pelo IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Revertemos uma tendência de queda no índice, um dos escândalos do governo passado. No IDEB divulgado em 2016, tivemos o segundo maior crescimento do país. Isso graças à redução das taxas de reprovação e de abandono da rede de ensino, bem como a melhora da proficiência dos alunos em Língua Portuguesa e Matemática medida pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Tudo isso está ocorrendo aqui no Maranhão, enquanto em outros estados vemos escolas e até universidades sendo fechadas e os salários de professores sendo parcelados ou pagos com imenso atraso.

Fazemos tudo isso com convicção, escolhendo as prioridades certas para investimento, porque temos certeza de que a educação fará o Maranhão do tamanho que ele merece ser. Gigante pela beleza e, principalmente, pela grandeza de um povo que luta há décadas contra o domínio de umas poucas famílias que se acham donas do mar, das terras, dos nossos destinos. Mas não são e nem serão.

Advogado, 49 anos, Governador do Maranhão. Foi presidente da Embratur, deputado federal e juiz federal.

Governar com sentimento de humanidade

Manhã ensolarada de 26 de julho. Povoado Novo Horizonte, município de Buriti. Mais uma Escola Digna entregue pelo governador Flávio Dino, que anuncia também a reforma da escola de ensino médio do município, aguardada há uma década. Uma jovem senhora chora. É Alcilene. Diretora da escola. Lágrimas descem pelo rosto da professora. Emoção e esperança se misturam.

Cenas como esta têm sido comuns no Maranhão de todos nós. Nos mais longínquos lugares, onde a pobreza fez morada agora chega a mão amiga e o cuidado do Estado. Nas casas de pais e mães desesperançados, os profissionais da Força Estadual de Saúde estão presentes. No tratamento digno aos pequeninos com microcefalia e problemas de neurodesenvolvimento, na Casa Ninar. Gente simples, que jamais pensou em ser atendida no metro quadrado mais caro de São Luís.

Novos ares que movem sonhos de jovens cidadãos do mundo, que, pela primeira vez, conhecem outros países, culturas e adquirem conhecimento.

Pequenos produtores rurais desiludidos a deixar suas famílias pelas incertezas do subemprego em outros estados vêem a realidade modificada e esperança devolvida com projetos, que estimulam a produção da agricultura familiar.

Os mutirões de rua digna e os milhares contemplados com “Cheque Minha Casa” para reformar suas residências. Oportunidade em tempos de escassez. Ciclo que movimenta a economia e cria empregos.

Investimento no ser humano com o Bolsa Escola, que confere estímulo à educação e dignidade às crianças e adolescentes. Muitos se evadem da escola por falta de material escolar. Agora, recebem também uniformes gratuitos.

O combate às desumanas procissões de ambulâncias é feito com hospitais regionais, de verdade, com atendimento de média e alta complexidade, próximo de quem mais precisa.

A segunda chance para quem cometeu erros, que lhes custaram a liberdade. A condenação à morte por decapitações de apenados substituída pelo trabalho. A humanização e ressocialização progressiva do sistema penitenciário do estado.

A união capaz de tornar concreta a melhoria da qualidade de vida da população, com investimentos em Mais Asfalto e urbanização das cidades maranhenses.

São apenas dois anos e meio de governo, que parecem décadas. Por uma razão simples: há sentimento, amor, humanidade na concepção e execução das políticas públicas.

“Deixe-me dizer, mesmo com o risco de parecer ridículo, que o verdadeiro revolucionário é guiado por grandes sentimentos de amor. É preciso lutar todos os dias para que esse amor à humanidade viva se transforme em atos concretos que sirvam de exemplo e mobilizem”, Che Guevara.

Comove ver a alegria, por vezes transformada em lágrimas, resultante da mudança na vida de quem quase capitulou ao ceticismo, de tanto ver triunfar o desamor e a ganância.

O livro de Eclesiastes no capítulo 3, versículo 12, nos ensina que “nada de bom existe senão alegrar-se e fazer o bem durante a vida”. Preceito praticado pelo governo Flávio Dino, que há de contagiar o nosso país.

Radialista, jornalista. Secretário adjunto de Comunicação Social e diretor-geral da Nova 1290 Timbira AM