Gestão do prefeito Edivaldo requalifica iluminação do Espigão Costeiro da Ponta d’Areia

A Prefeitura de São Luís está requalificando a iluminação pública do Espigão Costeiro da Ponta d’Areia, espaço turístico da capital que recebe todos os dias um grande número de visitantes, entre ludovicenses e turistas. O trabalho, que integra o Programa de Expansão, Melhoria e Modernização do Parque de Iluminação de São Luís, implantado pelo prefeito Edivaldo, tem por objetivo garantir maior segurança e conforto para os visitantes e mais beleza ao espaço. O serviço, que consiste na substituição de luminárias em mais de 250 pontos de luz, é coordenado pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

Em plena expansão, os serviços de revitalização e modernização do sistema de iluminação pública da capital, executados pela Prefeitura de São Luís têm proporcionado à cidade um novo aspecto, com ruas e avenidas melhor iluminadas, mais bonitas e seguras à circulação de pessoas e veículos.

Com o programa, a gestão do prefeito Edivaldo realiza a substituição de lâmpadas de vapor de sódio por luminárias brancas à base de vapor metálico, que são mais econômicas, eficientes e proporcionam ao espaço uma incidência luminosa de maior alcance. Com o trabalho, a Prefeitura alcança diversos bairros garantindo à população mais visibilidade e segurança, além de conferir maior destaque às belezas da cidade.

Além do Espigão Costeiro, outro ponto turístico que está recebendo obras de iluminação é a Praça Benedito Leite, localizada no Centro Histórico. No local, equipes trabalham com a implantação da iluminação artística. O projeto inclui a instalação de 24 lampiões estilo colonial e 42 projetores de piso que darão destaque às palmeiras da praça. Com uma iluminação mais moderna e artística, a intenção do poder público municipal é ressaltar a beleza do Centro Histórico de São Luís, que guarda parte importante da história da capital maranhense.

Iluminação da Praça Benedito Leite também está sendo modernizada

A revitalização de espaços públicos e a implantação de nova iluminação já contemplou várias regiões da capital maranhense. Nesta semana, na Rua 24 do bairro Cohama, por exemplo, está sendo realizada a melhoria em 54 pontos luminosos com a instalação de luminárias. Nas Ruas 22 e 24 do Habitacional Turu a melhoria será em 14 pontos de luz. A Rua do Campo, no Alto da Esperança; a Rua 55, no Vinhais, também recebem serviços de melhoria. Já na Rua Alto do Pinho, no Anil, será instalado um quadro de comando; e a Avenida dos Holandeses, na Ponta d’Areia, recebe 273 metros de cabeamento e substituição de luminárias.

PROGRAMA

Na gestão do prefeito Edivaldo foi implantado o maior programa de melhoria e modernização da iluminação já realizado na capital. São mais de 60 km de rede de iluminação de LED nas avenidas. No total, a cidade já recebeu mais de 15 mil pontos de luz branca. A meta fixada pelo prefeito é chegar ao final de 2020 com 80 mil pontos de luz branca.

O programa de revitalização da iluminação já contemplou dezenas de bairros sendo que em muitos deles o sistema apresentava-se bastante deficiente, como na Cidade Olímpica, Cidade Operária, Ilhinha, Cohama, Renascença, Forquilha, Coroadinho, Planalto Pingão, Residencial Pinheiros, Vila Brasil, São Bernardo, São Cristóvão, Jardim São Cristóvão, Ipem São Cristóvão, Residencial Nestor, Jardim São Raimundo, Apeadouro, Liberdade, Vila Passos, Madre Deus, Monte Castelo, Fé em Deus, Cruzeiro de Santa Bárbara, São Raimundo, Vila Vitória, Residencial Nova Vida, Nova Jerusalém, Anjo da Guarda, entre outros bairros que deixaram para trás a triste realidade de vias escuras ou mal iluminadas.

Criançada teve programação exclusiva no Carnaval de Todos 2018

Foi com música, brincadeiras e muito confete e serpentina, que a edição 2018 do Bailinho de Carnaval para o público infantil foi realizada no sábado (10), na Lagoa da Jansen, e na tarde deste domingo (11), no Espigão da Ponta d’Areia. A alegria deu o tom da farra dos pequeninos, que se revezaram entre aproveitar os brinquedos que fazem parte dos espaços públicos e pular ao som de marchinhas de carnaval.

O sonho infantil de fazer parte de um conto de fadas, ou mesmo de ser um super-herói se tornou realidade. Os pais e a criançada puderam usar de toda a criatividade nas fantasias carnavalescas para os dois encontros da folia momesca. Os pequeninos contaram com uma programação exclusiva só para eles, com muita música e marchinhas, todas adequadas à idade para que a festa pudesse ficar ainda mais divertida e didática.

No sábado, a animação do Bailinho à Fantasia começou com o Cordão Carnavalesco Foliões de Momo, que adequou tradicionais músicas carnavalescas para os pequenos foliões. Os membros do Cordão estavam fantasiados e proporcionaram o clima que o Bailinho de Carnaval precisava para que a festa ficasse cada vez mais divertida.

Acompanhado da esposa e dos filhos, o governador Flávio Dino também participou do evento. Ele destacou a importância de ter, na programação do Carnaval de Todos, momentos dedicados também ao público mirim.

“Esse é o espírito do carnaval. Sendo este um governo que luta pela igualdade, valorizamos os espaços públicos e as festas populares. Temos a preocupação de fazer com que todos os públicos se sintam participantes da festa, por isso é importante ter uma programação infantil como esta que o Carnaval de Todos realiza aqui. Quero convidar todo mundo a participar deste e de todos os demais dias, em todos os nossos circuitos de carnaval, bem como nos bairros e nas diversas cidades do Maranhão”, disse o governador.

Os foliões aproveitaram a festa. Dançando e correndo de um lado para o outro, a pequena Maria Eduarda, de 8 anos, escolheu a fantasia de odalisca para se divertir. “É a segunda vez que venho ao bailinho, eu gosto daqui porque posso dançar à vontade, inclusive adoro dançar e conhecer novos amiguinhos”, festejou a pequena. Sua mãe, a advogada Thaís Alves, conta que Maria Eduarda gostou tanto do baile do ano passado que pediu para repetir esse ano. “Ela não gosta de ficar parada, gosta de brincar, se fantasiar e cair na folia. Quando tem uma oportunidade como está, ela se realiza”, conta a mãe.

Outra atração que fez a alegria dos pequenos foliões foi a Banda Unidunitê, com um repertório recheado de canções já conhecidas pela meninada para que todos pudessem cantar com o grupo. A Banda Unidunitê deu oportunidade para que as crianças subissem ao palco e cantassem junto algumas cantigas de roda.

Além do show da banda Unidunitê e do Cordão Carnavalesco Foliões de Momo, o Bailinho de Carnaval contou também com a presença da equipe do Laborarte, que faz o Carnaval de Segunda no centro da cidade. O grupo montou uma performance voltada para o público infantil. Segundo Thayla Kadigi, integrante do grupo, a intenção é apresentar as crianças elementos da cultura maranhense. “Estamos tentando encaixar, no Carnaval, elementos de teatro e dança, apresentar para as crianças esse universo dos nossos personagens e manifestações culturais”, explicou ela.

Já no domingo, o Bailinho à Fantasia aconteceu no Espigão Costeiro, na Ponta d’ Areia, com o show da Banda Maria Vitória que trouxe em seu repertório uma vasta homenagem à música maranhense por meio de seus compositores ilustres, com músicas como “Mutuca” de César Teixeira, “O chico chegou” de  Chico Maranhão, “Pisa na Fulô” de João do Vale e “Na cabecinha da Doca” de Antônio Vieira, dentre outras.

Para a empresária Daniella Barros, que veio com o marido e os três filhos, o bailinho é um incentivo para fazer com que as crianças conheçam a música maranhense de um jeito alegre de acordo com a idade deles. “Achei uma excelente iniciativa aliar nossa cultura a brincadeiras infantis. É um excelente espaço para as crianças extravasarem e curtirem o carnaval”, disse.

O Bailinho de Carnaval é realizado pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), em parceria com a Prefeitura de São Luís, com mobilização de vários órgãos e secretarias ligadas a cultura, turismo, saúde e segurança.

Concurso de fantasias

Durante os dois dias de Bailinho de Carnaval foi realizado um concurso de fantasias, em que a meninada demonstrou alegria e criatividade no momento da passarela. Mais de 300 crianças receberam o certificado de participação do desfile, além de serem premiados com um troféu aqueles que tivessem a fantasia mais chamativa. A disputa foi acirrada com dezenas de fantasias divertidas e diferentes.

Karla Bianca Rocha, 7 anos, estava fantasiada de unicórnio e foi uma das vencedoras do concurso de fantasias do bailinho.

“Fiquei muito feliz que ganhei o troféu de primeiro lugar, minha mãe que comprou a fantasia, mas fui eu que escolhi, porque gosto muito do unicórnio”, festejou a pequena.

Diego Galdino, secretário de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), disse que se sentia feliz com a realização do evento destinado ao público infantil e que programações culturais fazem parte de outros projetos como o Mais Cultura e Turismo.

“A programação deste carnaval foi pensada para divertir, reunir diversas faixas etárias e garantir a diversão do público que vai brincar o período”, destacou o secretário Diego Galdino. “A exemplo dos anos anteriores, o Governo do Estado vem organizando as festividades carnavalescas para que as pessoas possam curtir com segurança”, reforçou.

A Polícia Militar (PMMA) esteve presente em posições estratégicas para garantir a segurança de quem participou da folia, assim como o Corpo de Bombeiros, em caso de alguma eventualidade.

Raio atinge embarcação no Espigão Costeiro

Um raio atingiu duas pessoas que estavam em uma embarcação pequena no Espigão Costeiro, na tarde desta sexta-feira (28), na Ponta d’Areia, em São Luís. O Corpo de Bombeiros foi chamado até o local e atendeu a ocorrência.

As duas vítimas foram socorridas e encaminhadas para o Hospital Djalma Marques, Socorrão I, no Centro. Segundo informações, apesar do susto, estão fora de perigo.

Este é o terceiro caso de pessoas atingidas por raios no Maranhão em poucos dias. Dez pessoas no estado já sofreram com as descargas elétricas este ano. Destas, seis morreram em decorrência, incluindo uma família com mãe e duas crianças em Cachoeira Grande.