Criança é encontrada morta em matagal

O corpo de uma criança foi encontrado por populares. Ele estava em avançado estado de decomposição, nas proximidades do povoado Vinagre, em Itapecuru-Mirim, na última sexta-feira (3).

Uma dona de casa, que mora próximo à área, sentiu um mau cheiro vindo do matagal e pediu para o marido verificar o que era. O homem acabou encontrando o corpo da criança, que já estava em estado avançado de putrefação. O casal acionou a Polícia Militar, a qual fez a remoção do corpo.

Não há informações sobre o sexo da criança nem sobre a idade. A polícia já iniciou as investigações para saber quem deixou a criança no matagal e o que causou a morte.

Criança de 1 ano morre afogada dentro de piscina no Maranhão

Uma criança de apenas um ano e seis meses, que não teve a sua identidade revelada, morreu afogada na quarta-feira (1º) dentro de uma piscina no município de Santa Inês, a 250 km de São Luís.

Segundo informações da família, a menina estava em sua casa com os seus pais quando de repente ela sumiu e já foi encontrada boiando dentro da piscina da residência. A criança ainda foi levada para o hospital do município de Santa Inês, mas já estava morta quando chegou ao local.

Este é o segundo caso de afogamento na cidade este ano com essas mesmas características. No começo do ano outra menina com um mais de dois anos se afogou e morreu ao cair na piscina de sua casa sem que os pais percebessem o acidente.

ACIDENTE: motorista tem a cabeça esmagada por poste em São Luís

Um acidente de trânsito deixou uma pessoa morta em São Luís. A fatalidade aconteceu envolvendo uma caminhonete Frontier após colidir com um poste de iluminação pública na avenida dos Holandeses, a vítima teve sua cabeça esmagada e morreu no local.,

O motorista tinha 28 anos de idade e não teve o nome divulgado. Ele seguia no sentido da rotatória do quartel da Polícia Militar, quando perdeu o controle do veículo, subiu no canteiro central e bateu a lateral no poste. Testemunhas informaram que o motorista estava sem cinto de segurança, por isso, foi arremessado para fora do carro no momento do acidente, morrendo no local.

Caminhonete cai em rio e ocupantes morrem afogados no MA

Dois ocupantes de uma caminhonete foram encontrados mortos em rio situado na estrada vicinal situada no município de Alto Alegre do Maranhão, a 205 km de São Luís.

Segundo informações da polícia as vítimas, que não tiveram as suas identidades reveladas, sofreram o acidente no Povoado Centro dos Messias, na zona rural de Alto Alegre do Maranhão. Eles tinham passado boa parte do domingo bebendo e ao voltarem para a cidade de Alto Alegre, onde estavam hospedados quando a caminhonete caiu de uma ponte e eles se afogaram no rio.

Os corpos dos dois homens foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML), na capital, já que no local não foram encontrados documentos que pudesse ser feita a identificação deles.

Família que morreu em desabamento será sepultada no Maranhão

Serão sepultados na cidade de Pinheiro, no Maranhão, os corpos de Hiltonberto Rodrigues Souza, Maria de Nazaré e do filho Hilton Guilherme, de 12 anos, parte da família que morreu após o desabamento de prédios na Muzema, Zona Oeste do Rio. Isabele, 4 anos, a caçula da família foi a única sobrevivente da tragédia, ela foi retirada pelo pai minutos antes do prédio vir abaixo.

Contudo, ainda não há previsão para o velório, pois os parentes da família aqui no Maranhão, ainda tentam trazer os corpos para o Estado.
Maria Nazaré Sodré e Hiltonberto Rodrigues Souza, foram retirados já sem vida dos escombros. No entanto, os corpos só foram reconhecidos na manhã de sábado, 13. O filho Hilton Guilherme foi retirado dos com fratura em uma das pernas e ferimentos no rosto. Hilton foi levado para o hospital, mas não resistiu e morreu na manhã deste sábado, 13.

O desabamento ocorreu na manhã da última sexta-feira, 12, e as causas ainda estão sendo investigadas.

Jovem é morta a facadas no interior do estado

Kelrry Mouzinho, de 25 anos, foi morta a facadas, no município de Matinha, a 222 km de São Luís. Segundo a polícia, as principais suspeitas de terem cometido o crime são duas irmãs identificadas como Tainara e Tainá, que estão foragidas. De acordo com o delegado David Noleto, durante uma festa no último domingo (7) em um povoado do município, a vítima teria se envolvido em uma discussão com as duas suspeitas, e em seguida, trocaram ofensas por meio de uma rede social.

Segundo a polícia, as duas suspeitas chegaram armadas na casa da vítima por volta das 11h. A mulher foi atingida por aproximadamente, seis golpes de faca. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. A PM realiza buscas na região para tentar localizar as suspeitas.

Pai e dois filhos morrem afogados em riacho em Timon

Um homem identificado como Cristiano Oliveira, de 35 anos, e os dois filhos Michel Oliveira, 5, e Yago Railan, 6, morreram afogados na terça-feira (26) enquanto tomavam banho em um riacho na zona rural de Timon, a 450 km de São Luís.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, uma das crianças entrou na parte mais funda e em seguida, o outro garoto. As duas crianças começaram a se afogar, o pai tentou salvá-las, mas acabou se afogando também.

O riacho do Pinto é considerado de águas rasas durante quase todo ano, mas no período de chuvas fica cheio com áreas onde a profundidade atinge cinco metros. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) e depois liberados para sepultamento.

Passageiro é morto após reagir a assalto em ônibus no Monte Castelo em São Luís

Alexsandre Dias Rodrigues, de 40 anos, morreu nessa segunda-feira, dia 25, após reagir a uma tentativa de assalto a um coletivo na Avenida Getúlio Vargas, no Monte Castelo, em São Luís. A vítima estava em um ônibus da linha Santa Clara que foi abordado por meliantes. Ao tentar reagir, acabou sendo baleado na cabeça. As informações foram repassadas pelo subcomandante da Polícia Militar, coronel Pedro Ribeiro,
em entrevista a uma rádio local. A polícia está em busca dos criminosos.

Bebê de 1 ano morre após ser vítima de atropelamento em São Luís

Uma criança de um ano e quatro meses identificada como Hudson Ruan morreu na terça-feira (19) após não resistir aos ferimentos. Hudson estava internado em estado grave após ser atropelado no último domingo (17) na Avenida Carlos Cunha.

De acordo com informações da família, o pai que estava presente no momento do acidente enquanto tentavam atravessar a avenida, continua internado no hospital e fora de perigo, mas ainda não sabe que o filho morreu.

A criança está sendo velada em uma igreja no bairro Jaracaty e a família pede que providências sejam tomadas. No local onde ocorreu o acidente existe uma câmera do sistema de videomonitoramento da Secretaria de Segurança Pública (SSP/MA), mas segundo a comunidade, ela não gravou imagens que poderiam ajudar na identificação do motorista envolvido no atropelamento.

Sobre a câmera de videomonitoramento que os moradores dizem não funcionar, a SSP não respondeu. A Secretaria Municipal de Trânsito (SMTT) também não se manifestou sobre os problemas de sinalização da Avenida Carlos Cunha.

ENTENDA O CASO

Um menino e o pai foram atropelados no domingo (17) durante tentativa de atravessar a Avenida Carlos Cunha, a criança morreu e o pai permanece internado em observação. Durante a manhã de terça-feira (19), os moradores fizeram um protesto na avenida onde o acidente aconteceu, deixando o trânsito congestionado na região do Jaracaty e bairros próximos.

O trecho onde ocorreu o acidente possui oito pistas, sendo quatro de cada lado e o risco é permanente por causa do fluxo de veículos. De acordo com as informações, o rapaz que dirigia o veículo fugiu sem prestar socorro às vítimas e isso motivou o protesto que causou transtornos no tráfego dos veículos.

Professor da UEMA é encontrado morto em Presidente Sarney

Foi encontrado morto no fim da tarde desta terça-feira, dia 19, Algenir dos Santos Ferreira, professor da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e ex-secretário de cultura e turismo da cidade de Pinheiro. O cadáver foi encontrado pela Polícia Civil e segundo informações preliminares como latrocínio a causa da morte.

O corpo do professor foi encontrado com perfurações de faca na MA-337, no Povoado Santa Luzia, município de Presidente Sarney, a 123 km de São Luís.

Ainda segundo a Polícia Civil, a morte ocorreu na residência da vítima, em Pinheiro, na noite de segunda, dia 18. Após o crime, o carro da vítima foi roubado e o corpo foi enrolado em um lençol até a cidade de Presidente Sarney. A polícia iniciou as investigações e busca identificar o autor e as circunstâncias do crime.