Prefeito Edivaldo e população comemoram 406 anos da cidade em edição especial da Feirinha São Luís

O prefeito Edivaldo aproveitou o domingo para, ao lado da família, participar da programação especial da Feirinha São Luís em comemoração ao aniversário da cidade. A Feirinha, uma iniciativa da Prefeitura de São Luís, que acontece todos os domingos, foi transformada em mais um palco para as comemorações alusivas à data, reunindo grande público. Ao lado da população, o prefeito prestigiou as atrações que contaram com a presença de artistas locais e danças de bumba meu boi, entre outras manifestações da cultura genuinamente maranhense. Além de participar da programação da feirinha o prefeito levou a filha para conhecer a Praça Pedro II, entregue na última sexta-feira (07), também em comemoração aos 406 anos da capital maranhense. O novo espaço entregue pelo Iphan em parceria com a Prefeitura, imprimiu mais beleza a região do Centro Histórico, onde acontece a Feirinha.

O gestor municipal destacou a ação como mais um momento festivo em celebração ao aniversário da cidade e, também, de fomento à economia criativa local. “A Feirinha São Luís é, sem dúvida, um dos grandes legados que a nossa gestão deixa para a cidade, para incentivar o desenvolvimento da nossa produção agrícola, nossa gastronomia, nosso artesanato e valorizar nossas manifestações culturais mais genuínas. E sendo a Feirinha uma ação de tanto sucesso e consagrada pelo público como um dos melhores espaços também para o entretenimento da população, não poderia ficar fora dessa grande festa que promovemos para celebrar a nossa querida cidade em seu aniversário. De forma que vim com minha família para comemorarmos junto com a população esse importante momento para a cidade”, afirmou Edivaldo acrescentando que a reforma da praça Pedro II com certeza será um atrativo a mais para ludovicenses e turistas visitarem a região do Centro.

O Show “Canta São Luís” foi uma das atrações apresentadas na Feirinha São Luís especial de aniversário da cidade. O show contou com apresentação do artista maranhense Mano Borges, que fez o público dançar com sua canções conhecidas, como “Você é Tudo, Bangladesh, Melô de Danielle, Disfarço, entre outras. Também subiu ao palco da Feirinha o Trio 123, formado pelas cantoras Camila Boueri, Milla Camões e Tássia Campos. No repertório, o trio presenteou o público com músicas que enaltecem a cultura maranhense.

A programação festiva da Feirinha São Luís para celebrar o aniversário de São Luís contou ainda com apresentações do bumba meu boi Lendas e Magias, Tambor de Crioula Arte Nossa, Grupo de Capoeira Lealdade de Angola, Raiz Tribal e apresentação da Banda da Guarda Municipal.

O secretário municipal de Assuntos Políticos, Ivaldo Rodrigues, pontuou a ação como mais uma atividade de sucesso idealizada para movimentar o Centro Histórico nas festividades de comemorações de aniversário da cidade. “Elaboramos uma programação toda especial para chamarmos a população a celebrar conosco essa data tão importante para a nossa cidade. E o resultado foi alcançado, pois estamos com a praça cheia, festiva e alegre como sempre, estimulando a comercialização de produtos locais e fazendo do Centro Histórico um forte atrativo à visitação pública”, observou Ivaldo.

Visitando a feirinha pela quinta vez, a médica veterinária, Sonivalde Santana, disse que tem o espaço como uma das melhores alternativas de passeio, atualmente, em São Luís. “Venho sempre com minha família, gosto de tudo que vejo aqui, faço compras, curto as apresentações das bandas e aproveito o que há de melhor da nossa culinária aqui”, disse.

PRAÇA PEDRO II

Além das atividades da Feirinha São Luís, outro grande atrativo deste domingo foi a nova Praça Pedro II, entregue totalmente restaurada à população. A entrega foi realizada, na última sexta-feira (7), pela presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, pelo prefeito Edivaldo e pelo superintendente do instituto, Maurício Itapary.

Os participantes da feirinha aproveitaram para visitar também a nova praça (que fica ao lado da Benedito Leite e em frente à Catedral da Sé) e tirar fotos no chafariz da estátua da Mãe d´Água, um dos elementos que integram o conjunto arquitetônico do logradouro. O espaço restaurado faz parte do projeto de revitalização da Praça Pedro II, executado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parceria com a Prefeitura de São Luís.

“A praça é um presente para a cidade e representa também o nosso compromisso com a preservação da nossa história e com as futuras gerações”, destacou o prefeito Edivaldo enquanto visitava o espaço com a filha e a primeira-dama, Camila Holanda.

INVESTIMENTO

A Feirinha São Luís faz parte dos investimentos desenvolvidos pela gestão do prefeito Edivaldo para promover o aumento da movimentação na área do Centro Histórico e incrementar a economia na capital maranhense. A ação tem contribuído para alavancar os setores produtivos envolvidos no projeto e estimulado a geração de emprego e renda.

Realizada todos os domingos na Praça Benedito Leite, um dos logradouros do Centro Histórico da capital, a feirinha contribuiu para transformar o espaço em um dos maiores pontos de lazer, compras e entretenimento cultural e gastronômico da cidade.

Todos os domingos, o espaço é frequentado por dezenas de visitantes locais e turistas, famílias inteiras que convergem para lá no intuito de vivenciar a mais genuína das atrações realizadas na capital, onde o visitante pode encontrar um pouco de tudo e ter ali uma pequena mostra do modo de viver do ludovicense, através de suas manifestações culturais, sua música, danças, sua gastronomia, o artesanato e produtos regionais oriundos dos polos agrícolas locais.

Com a nova configuração dada ao espaço, além de estimular a economia criativa, a movimentação na área tem proporcionado um efeito em larga escala na produção e no faturamento dos comércios instalados no entorno, que veem a criação da Feirinha São Luís como uma iniciativa salutar de valorização da cultura local e um incremento substancial de estímulo ao comércio da região.

Além da Feirinha São Luís, o movimento no Centro Histórico da capital foi aquecido também por outras iniciativas culturais desenvolvidas pela Prefeitura de São Luís, como o Passeio Serenata, o Roteiro do Reggae e o Sarau Histórico.

Feirinha São Luís ganha selo comemorativo dos Correios por um ano de atividade

Em comemoração ao primeiro ano da Feirinha São Luís, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e os Correios lançaram nesta quarta-feira (25), o Selo Personalizado em homenagem à iniciativa da Prefeitura de São Luís. O selo circulará no Brasil e no exterior, propagando, por meio de sua imagem, o tema que originou a sua criação. O lançamento ocorreu no Palácio de La Ravardière, com a participação do prefeito Edivaldo, do vice-prefeito, Júlio Pinheiro, do coordenador regional de vendas dos Correios, Silvio Eduardo Silva e Silva, representando no ato o superintendente Ricardo Barros, e dos secretários Pablo Rebouças (Governo), Ivaldo Rodrigues (Gestão Política), Nonato Chocolate (Semapa) e Socorro Araújo (Turismo).

O prefeito Edivaldo comemorou o selo personalizado como ato simbólico das conquistas que envolvem o centro histórico da cidade, que recebe o maior volume de investimento dos últimos 30 anos em obras de revitalização executadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parcerias com a Prefeitura. “A Feirinha São Luís hoje é uma grande marca da cidade. Esse selo é um marco histórico que muito orgulha nossa gestão”, destacou o prefeito Edivaldo.

Criado sob um fundo amarelo, o selo traz a imagem da personificação do agricultor familiar, do artesão e do artista, segurando em suas mãos uma peça artesanal e coberto por uma veste, cuja estampa simboliza a arquitetura de São Luís com seus azulejos, os produtos agrícolas e a riqueza da flora ludovicense. No canto inferior esquerdo a logomarca da Prefeitura de São Luís. No canto superior esquerdo a descrição “1 ano” seguida da frase “Programa municipal de incentivo à agricultura familiar, economia criativa e promoção da cultura, gastronomia e turismo.

“O selo é algo de importância histórica que vem de séculos atrás, utilizado para consignar uma data histórica ou movimento festivo. Desde o início, demonstramos grande contentamento pelo lançamento do selo comemorativo de um ano da Feirinha São Luís”, disse Sílvio Silva e Silva. Segundo o superintendente dos Correios do Maranhão em exercício, a feirinha tem gerado um impacto positivo no centro histórico e na cidade.

Coordenador da da Feirinha São Luís, o ex-titular da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, o secretário Ivaldo Rodrigues, disse que o selo personalizado coroa uma ação idealizada pelo prefeito Edivaldo.

“Tenho certeza que a Feirinha São Luís agrega uma série de valores positivos. Considero este ato e o Selo Personalizado de um ano uma celebração. Como peça de importância histórica milenar, o selo é muito representativo. É um momento de extrema importância essa homenagem que a cidade, a prefeitura recebem dos Correios”, disse Ivaldo Rodrigues.

A peça filatélica, utilizada no primeiro porte de carte simples, circulará no Brasil e no exterior.
Para Ivaldo Rodrigues, a Feirinha além da geração de renda cumpri a tarefa de revitalizar o Centro Histórico de São Luís. “Tenho orgulho de poder conduzir esta ação”, afirmou Rodrigues.

O secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Nonato Chocolate, entende que a iniciativa da Prefeitura reflete em todo o comércio do entorno, com ganhos também para instituições como os Correios. “Acredito que está havendo um convergência de ações positivas”, disse Chocolate.

SOBRE A FEIRINHA

Inaugurada em 11 de junho de 2017, na Praça Benedito Leite, a feirinha realizou, até 22 de julho, 59 edições, sempre aos domingos das 7h às 15h. A feirinha tem uma estrutura básica de 90 pontos de empreendimento, sendo 59 barracas comercializando produtos da agricultura familiar e artesanato, 22 bancas de alimentação e mais 11 food trucks. Além de venda de produtos agroecológicos, a Feirinha São Luís tornou-se um ponto de compras.

Para a secretaria municipal de Turismo, Socorro Araújo, a Feirinha São Luís tem impulsionado o setor com um público crescente, principalmente nos finais de semana. “A Feirinha é um produto que traz alegria, desenvolvimento para o Centro Histórico. O turista sente que tem toda uma comunidade fazendo parte deste processo, com atrações, artesanato, gastronomia. Isso é muto importante”, observou a secretária.

Como entusiasta do projeto da Feirinha desde seu início, o secretário de Governo, Pablo Rebouças, acredita que, com o selo, a iniciativa terá reconhecimento de todo país.

Com programação junina Feirinha São Luís anima o Centro Histórico

Com a proposta de unir o período de férias escolares e estender o clima de São João na cidade, durante o mês de julho as atrações culturais da Feirinha São Luís continuam em clima junino. A estratégica visa, especialmente, à promoção da cultura local, considerando a grande movimentação de turistas e ludovicenses pelo Centro Histórico durante o mês de julho.

A Feirinha São Luís é uma ação da Prefeitura, executada na gestão do prefeito Edivaldo pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa). “Por determinação do prefeito Edivaldo o São João de São Luís continuará durante todo o mês de julho, mostrando para os visitantes toda a variedade cultural da nossa capital, além da hospitalidade do nosso povo e as delícias gastronômicas. A Feirinha São Luís já faz parte do calendário tradicional das atividades de lazer da população da cidade, e sempre surpreende com a quantidade e animação do público presente”, disse o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues.

Nessa 57ª edição da Feirinha, as brincadeiras e atrações que animaram o público foram o Boi Mocidade Axixaense, Quadrilha Fogueira Viva, Erickson Andrade e Banda. Além dos interativos aulão de zumba e roda de capoeira e, claro, a anfitriã Banda da Feirinha.

Guido Mancini é de Montechio na Itália e veio conhecer São Luís pela primeira vez. “Uma experiência enriquecedora. É a primeira vez que venho conhecer a cidade de minha esposa. Estou feliz por ter tido a oportunidade de vivenciar todas essas cores e danças tão belas. Posso dizer que minha vinda a São Luís está sendo surpreendente”, disse o turista.

FEIRINHA SÃO LUÍS

O Programa Feirinha São Luís nasceu em junho de 2017 e acontece todos os domingos na Praça Benedito Leite, de 7h as 15h, tendo como objetivo principal incentivar a venda de produtos agroecológicos oriundos da agricultura familiar, além de apresentar aos visitantes a cultura e gastronomia ludovicense.

Em apenas um ano de existência, a Feirinha movimentou mais de 20 toneladas de produtos e subprodutos da agricultura local, recebendo cerca de 240 mil pessoas que geraram um capital circulante de quase R$ 12 milhões nos mais de 120 pontos de comercialização dentro e no entorno da Praça. No palco montado em frente à Associação Comercial já foram realizadas aproximadamente 300 apresentações culturais.

Cerca de 100 barracas são distribuídas pela Praça Benedito Leite para compor a Feirinha São Luís, destinadas para venda de produtos oriundos da agricultura familiar, artesanato, alimentação e ainda conta com foodtrucks e foodbikes.

Arraial da Feirinha São Luís terá continuidade durante o mês de julho

Fortalecendo a agricultura familiar, o Programa Feirinha São Luís, iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo, realizado pela Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), vem há um ano agregando também setores como cultura, gastronomia, artesanato e literatura. O evento dominical da família ludovicense e dos turistas serve como vitrine para expor o que de melhor é produzido no Maranhão. Em junho, o evento destacou as festas juninas reunindo atrações da cultura popular do Maranhão no Arraial da Feirinha, iniciativa que prosseguirá em julho, durante as férias escolares.

Com a estratégia de unir o período de férias escolares com a extensão do São João, durante o mês de julho as atrações culturais continuam em clima junino. Nessa 56ª edição a animação ficou por conta dos bois Nina Rodrigues e Brilho do Sesc, com show de Beto Pereira e ainda Trio Brassali.

“A Feirinha São Luís agrega valores importantes da cidade, e é abraçada pela população com sentimento de pertencimento, que fica ainda mais forte durante o período junino. Pensando nisso, nada mais justo que estender as atrações culturais como os grupos de bumba meu boi”, destaca o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, acrescentando que a iniciativa segue orientação do prefeito Edivaldo.

A gerente de vendas, Selma Mendes esteve pela primeira vez na Feirinha e gostou de tudo. “Fiquei maravilhada com as comidas, eu adoro nossos pratos típicos, tudo o que provei estava delicioso e bem preparado. Não tem o que botar defeito, as atrações são um espetáculo, perfeito pra vir com a família”, garante Selma.

O programa Feirinha São Luís nasceu em junho de 2017, executado na gestão do prefeito Edivaldo, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), ocorre todos os domingos na Praça Benedito Leite, de 7h as 15h, tendo como objetivo principal incentivar a venda de produtos agroecológicos oriundos da agricultura familiar, além de apresentar aos visitantes a cultura e gastronomia ludovicense.

Em apenas um ano de existência a Feirinha movimentou mais de 20 toneladas de produtos e subprodutos da agricultura local, recebendo cerca de 240 mil pessoas que geraram um capital circulante de quase R$ 12 milhões nos mais de 120 pontos de comercialização dentro e no entorno da Praça. No palco montado em frente à Associação Comercial já foram realizadas aproximadamente 300 apresentações culturais.

Cerca de 100 barracas são distribuídas pela Praça Benedito Leite para compor a Feirinha São Luís, destinadas para venda de produtos oriundos da agricultura familiar, artesanato, alimentação e ainda conta com foodtrucks e foodbikes.

Prefeitura leva programa Dançando nos Bairros para a Feirinha São Luís

A programação da Feirinha São Luís neste domingo (3) terá novidade. Com o programa Dançando nos Bairros, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Desporto e Lazer (Semdel), leva para o espaço aulas de dança como zumba, fit dance e outros ritmos. Aberta ao público, a aula acontecerá das 8h às 9h. A atividade é mais um atrativo para os frequentadores e visitantes da Feirinha, organizada pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), que acontece aos domingos, das 7h às 15h, na Praça Benedito Leite (Centro).

O secretário municipal de Desporto e Lazer, Romeo Amim, afirma que a gestão do prefeito Edivaldo está investindo na expansão do programa, para que mais pessoas possam ser beneficiadas. “A Feirinha São Luís é um evento consolidado em nossa capital. Sempre proporciona boas atrações. A partir deste domingo (3), quem comparecer, poderá dançar com os nossos professores. Já atuamos em vários bairros da capital e quem nunca participou do Dançando nos Bairros, terá oportunidade de conhecer o programa e participar das atividades”, conta.

O trabalho intersetorial que vem sendo desenvolvido na gestão do prefeito Edivaldo para incrementar as atividades da Feirinha São Luís é destacado pelo secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Ivaldo Rodrigues. “É bem vinda mais essa parceria, que agrega valores para os dois programas da Prefeitura. Por determinação do prefeito Edivaldo, procuramos cada vez mais, através de um trabalho de gestão integrada, multiplicar as ações e gerar maior benefício para o público da Feirinha”, destaca.

A previsão é de que, inicialmente, as aulas do Dançando nos Bairros aconteçam na Ferinha todos os domingos do mês de junho. Com o programa, a Prefeitura de São Luís incentiva a prática de atividades físicas nas comunidades. Atualmente, as aulas são ministradas em bairros como Vila Bacanga, Janaína, Vila Embratel, Santo Antônio, Cohafuma, Ipase de Cima e Ipase de Baixo, Cohatrac Primavera, Planalto Pingão, Bom Milagre e Vinhais.

Oito professores fazem parte do programa e se revezarão para a ação na feirinha. Os instrutores que conduzem as atividades, além de estimularem a prática da dança como atividade física, promovem o bem-estar dos participantes, despertando sentimentos positivos como a alegria. “A proposta do programa é exatamente essa, incentivar a prática de exercícios, recomendada para quem deseja manter uma vida mais saudável”, explica a coordenadora do Dançando nos Bairros, Adriana Silva.

FEIRINHA SÃO LUÍS

Feirinha São Luís incentiva o escoamento da produção agroecológica da capital

A Feirinha São Luís iniciou em junho de 2017 e, desde então, ocorre todos os domingos na Praça Benedito Leite, das 7h às 15h, tendo como objetivo principal incentivar a venda de produtos agroecológicos oriundos da agricultura familiar, além de apresentar ao público a cultura e gastronomia ludovicense.

A comercialização no entorno de toda a Praça Benedito Leite conta com uma média de 90 pontos de empreendimentos, movimentando o turismo na capital e a renda na região. O programa vem conquistando cada vez mais o público ao longo das edições.

Neste domingo (03) a programação cultural será aberta às 8h com a Banda da Feirinha seguida das apresentações do Tambor de Crioula Arte Nossa, Boi de Leonardo, Boi Brilho da Ilha, show São João do Maranhão com Teresa Canto e Banda. As brincadeiras típicas do São João serão um atração a mais para os visitantes da Feirinha que vão poder ainda assistir uma apresentação especial do grupo de capoeira Arte Ancestral.

Prefeitura promove prévia junina na Feirinha São Luís

A Feirinha São Luís é ponto de compra, lazer e diversão de famílias, amigos e turistas que visitam a capital maranhense. A iniciativa da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), sob a orientação do prefeito Edivaldo, é realizada todos os domingos, das 7h às 15h, na Praça Benedito Leite. Na 51ª edição do programa, que aconteceu nesse domingo (27), a apresentação da Cia Encanto da Madre Deus trouxe as cores e os sons típicos do mês junino no Maranhão, anunciando que o bumba-meu-boi está chegando para alegrar a festa de São João.

Para o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, a união de setores da Feirinha fortalece o escoamento da agricultura familiar rural. “Os principais objetivos são a divulgação e escoamento da produção agrícola familiar da capital, unindo setores como artes plásticas, artesanato, cultura, gastronomia e literatura, abrindo espaço também para tratar de assuntos do interesse público”, disse o secretário.

O titular da pasta acrescentou que a cultura popular estará em evidência também nas próximas edições. “O São João do maranhão é uma tradição muito forte, que une as pessoas e com a estrutura da Feirinha São Luís nossos brincantes e o público estarão seguros para aproveitar em um único espaço tantas coisas boas que nossa cidade oferece, como a cultura e culinária típica. Esse é o pontapé inicial das brincadeiras juninas na Feirinha São Luís, que durante todo o mês de junho vai celebrar a diversidade cultural maranhense”, afirmou.

“A gente se prepara o ano todo para fazer um espetáculo bem bonito para a população. Temos muita novidade esse ano para a festa ser ainda mais bonita do que a do ano passado”, disse o dançarino da companhia, Richardison Cunha da Conceição, contando que a companhia está preparada para animar o público durante as festividades juninas. Além da Cia Encanto da Madre Deus, a programação cultural da feirinha contou com o grupo de reggae Upaon Attack e atrações como Maria Clara e Banda, Dubblack e a anfitriã Banda da Feirinha animando o público presente.

FEIRINHA SÃO LUÍS

A Feirinha São Luís iniciou em junho de 2017 e vem conquistando o público ao longo das edições. A comercialização no entorno de toda a Praça Benedito Leite conta com uma média de 90 pontos de empreendimentos, movimentando o turismo na capital e a renda na região. A iniciativa da Prefeitura fomenta a economia criativa aos produtores e microempreendedores, que oferecem seus produtos por preços justos.

Ações de combate ao abuso sexual infantil marcam Feirinha São Luís

A 50ª edição da Feirinha São Luís, realizada no domingo (20), foi marcada por ações sociais e educativas. A Feirinha São Luís é ponto de compra, lazer e diversão de famílias, amigos e turistas que visitam a capital maranhense. A iniciativa é da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), sob a orientação do prefeito Edivaldo, realizada todos os domingos, das 7h às 15h, na Praça Benedito Leite. Os principais objetivos são a divulgação e escoamento da produção agrícola familiar da capital, unindo setores como artes plásticas, artesanato, cultura, gastronomia e literatura, abrindo espaço também para tratar de assuntos do interesse público.

Uma das campanhas que teve espaço nessa edição na Feirinha São Luís foi a “Faça Bonito – proteja nossas crianças e adolescentes”, realizada pela Prefeitura e pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Luís (CMDCA), em alusão ao dia 18 de maio, instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A ação contou com a presença de diversos conselheiros tutelares da cidade.

Para o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, as ações reforçam o compromisso e apoio da gestão do prefeito Edivaldo com a cidadania e a promoção de diálogo com a comunidade. “A Feirinha São Luís como espaço público e democrático agrega diversos setores, desde o agroecológico até o cultural, sempre interagindo com o público. É uma orientação do prefeito Edivaldo, o fortalecimento das políticas públicas assistenciais e socioeducativas, que são abraçadas pelo projeto dominical voltado para o lazer da família ludovicense”, disse Ivaldo Rodrigues.

A Feirinha deste domingo (20) teve ainda a campanha “Nós somos o trânsito”, realizada pelo Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), que integra o Movimento Maio Amarelo. O tema de 2018 propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações e traz uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. O objetivo do movimento é fomentar discussões e atitudes voltadas à necessidade da redução do número de mortes e feridos graves no trânsito.

FEIRINHA SÃO LUÍS

Na programação cultural dessa edição, animaram o público Luciano Priss e Banda, Batuques do Maranhão, Thaty Estrela e Banda, Orquestra Popular da UFMA e a anfitriã Banda da Feirinha.

A Feirinha São Luís iniciou em junho de 2017 e vem conquistando o público ao longo das edições. A comercialização no entorno de toda a Praça Benedito Leite conta com uma média de 90 pontos de empreendimentos, movimentando o turismo na capital e a renda na região.

A iniciativa da Prefeitura fomenta a economia criativa aos produtores e microempreendedores, que oferecem seus produtos por preços justos. Ao longo das primeiras 40 edições, o programa já movimentou mais de nove milhões de reais.

Prefeitura atrai público com programação especial do Dia das Mães na Feirinha São Luís

A 49ª edição da Feirinha São Luís, realizada no domingo (13), foi especial para o Dia das Mães. Na edição especial da Feirinha, as mães foram recepcionadas com um café da manhã e puderam aproveitar as atrações culturais ao lado dos filhos e outros familiares. Foi o caso de Aida Melo e o pequeno Vitor Levi, com apenas um mês de nascido. Mãe de primeira viagem, a estudante que mora no bairro Jardim Turu esteve neste domingo na Feirinha com o filho e aproveitou a programação. “Ser mãe é uma grande alegria e estou comemorando este dia com meu filho”, disse, feliz, Aida Melo.

A Feirinha São Luís é ponto de compra, lazer e diversão de famílias, amigos e turistas que visitam a capital maranhense. A iniciativa é da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), sob a orientação do prefeito Edivaldo, realizada todos os domingos, das 7h às 15h, na Praça Benedito Leite. Na programação cultural dessa edição especial Dia das Mães, César Nascimento e Banda; Tutuca Viana e Trio; Grupo Nobre Simplicidade; banda da Guarda Municipal; Grupo de Capoeira Gira Mundo e, a anfitriã, Banda da Feirinha.

Segundo o líder da Semapa, Ivaldo Rodrigues, os principais objetivos do programa são a divulgação e escoamento da produção agrícola familiar da capital, unindo setores como artes plásticas, artesanato, cultura, gastronomia e literatura. “Uma data especial como é o dia das mães tinha que ser pensada com muito carinho para o público familiar. Pudemos observar famílias inteiras passeando e desfrutando de tudo o que a Feirinha proporciona”, destacou o secretário Ivaldo Rodrigues.

A família Ferreira esteve presente nessa edição da Feirinha São Luís, aproveitando a manhã de domingo ensolarado. “Nós somos oito no total agora, com o Victor Hugo de 5 meses, que chegou para abençoar ainda mais nossa família. Estávamos procurando um Dia das Mães especial e diferente, que nós encontramos aqui nesse espaço, seguro, familiar e com tanta representatividade regional. Essa é uma data que merece ser celebrada com quem amamos, e assim foi nosso domingo”, explicou a funcionária pública, Simone Ferreira.

FEIRINHA SÃO LUÍS

A Feirinha São Luís iniciou em junho de 2017 e vem conquistando o público ao longo das edições. A comercialização no entorno de toda a Praça Benedito Leite conta com uma média de 90 pontos de empreendimentos, movimentando o turismo na capital e a renda na região.

A iniciativa da Prefeitura fomenta economia criativa aos produtores e micro empreendedores, que oferecem seus produtos por preços justos. Ao longo das primeiras 40 edições, o programa já movimentou mais de nove milhões de reais, ajudando na renda de pessoas como o Miguel Angel Anibarro Moscoso, de 45 anos, nascido na Bolívia, que mora há 17 anos no Maranhão, trabalha como técnico ambiental e desenvolve trabalho artesanal, com reaproveitamento de material descartável para confecção de jarros de plantas.

“Aproveito esse espaço para divulgar meu trabalho e mostrar para as pessoas que podemos criar arte a partir de objetos do nosso cotidiano, como garrafas pet e até vasilhas de produtos de limpeza, contribuindo com o meio ambiente, fazendo peças de bom gosto com criatividade”, disse o ambientalista.

Segundo estimativa da Polícia Militar, a média de público para cada edição é de cerca de 4,5 mil pessoas. Além dos produtos agrícolas, quem vai à Feirinha pode encontrar artesanato para decorar a casa, boas leituras com obras de autores locais, ou tomar café da manhã e almoçar.

Agricultura familiar e atrações culturais são destaques da Feirinha São Luís

Movimentando o Centro Histórico, a Feirinha São Luís já é ponto de compra, lazer e diversão de famílias, amigos e turistas que visitam a capital maranhense. A iniciativa é da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), sob a orientação do prefeito Edivaldo, realizada todos os domingos, das 7h às 15h, na Praça Benedito Leite. O principal objetivo é divulgar e escoar a produção agrícola familiar da capital, mas o evento agrega ainda artes plásticas, artesanato, cultura, gastronomia e literatura.

Neste domingo (6), uma programação recheada de bons artistas e repertórios da melhor qualidade fizeram a animação do público presente à Feirinha São Luís. A programação cultural contou com o especial Tim Maia, com o cantor Zuza Maia e Banda; o pagode do Vamu di Samba; a mistura de ritmos com Carol Cunha e Ana Teresa, além do jazz com Regiane e Gabriela Marques e a participação do grupo de capoeira Acapus.

“Por determinação do prefeito Edivaldo, mantemos a Feirinha São Luís de forma contínua. O público abraçou o evento e está sempre presente, faça chuva ou faça sol, aproveitando a programação cultural, a gastronomia e o produtos vendidos na feirinha”, disse o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues..

Motivos para visitar o espaço montado na Praça Benedito Leite é o que não faltam. E um deles é abastecer a geladeira de produtos agroecológicos cultivados na região metropolitana. Em menos de um ano de realização, a Feirinha movimentou, em média, 15 toneladas de produtos e subprodutos agrícolas, tornando-se uma importante janela para o escoamento da produção da agricultura familiar da capital. São Luís tem 11 polos agrícolas, e a Feirinha fortalece a geração de renda do produtor, com o estímulo à venda do que é plantado e cultivado na região.

A Feirinha São Luís iniciou em junho de 2017 e conquistou o público ao longo das edições. A comercialização no entorno de toda a Praça Benedito Leite conta com uma média de 90 pontos de empreendimentos, movimentando o turismo na capital e a renda na região. Thomas Nadller é suíço, e mora em São Luís há menos de um ano. “Gostei aqui da Feirinha, tem muitos produtos e ainda a culinária da cidade, que é fantástica. A festa está muito boa, poder aproveitar dessa alegria que só o Brasil traz é uma experiência única, e pretendo voltar mais vezes”, afirmou.

A Feirinha São Luís fomenta economia criativa aos produtores e micro empreendedores, que oferecem seus produtos por preços justos. Ao longo das primeiras 40 edições, o programa já movimentou mais de nove milhões de reais.

Segundo estimativa da Polícia Militar, a média de público para cada edição é de cerca de 4,5 mil pessoas. Além dos produtos agrícolas, que vai à Feirinha pode encontrar artesanato para decorar a casa, boas leituras com obras de autores locais, ou tomar café da manhã e almoçar.

Feirinha São Luís é importante espaço de escoamento para agricultura familiar

A Feirinha São Luís, programa da Prefeitura executado na gestão do prefeito Edivaldo, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), ocorre todos os domingos na Praça Benedito Leite, de 7h as 15h, tendo como objetivo principal incentivar a venda de produtos agroecológicos oriundos da agricultura familiar, além de apresentar ao público a cultura e gastronomia ludovicense. No local é possível encontrar frutas, hortaliças e produtos oriundos dos pequenos produtores.

Em menos de um ano de realização, a Feirinha movimentou, em média, 15 toneladas de produtos e subprodutos agrícolas, tornando-se uma importante janela para o escoamento da agricultura familiar da capital. São Luís tem 11 polos agrícolas, fortalecendo a geração de renda do produtor, com o estímulo à venda do que é plantado e cultivado na região.

O secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Ivaldo Rodrigues, ressalta o apoio do prefeito Edivaldo à Feirinha São Luís. “Temos uma diversidade grande de setores na Feirinha, como agricultura, gastronomia, artesanato, cultura e literatura. Essa mistura de coisas boas feitas em nossa cidade é a receita que deu certo. O projeto já é sucesso e foi abraçado pela cidade, continuando a todo vapor, trazendo sempre novidades ao público”, destaca o titular da Semapa.

AÇÕES DE SAÚDE

Neste domingo (22), foi realizada a 46ª edição, com ações de prevenção à hipertensão arterial e de combate ao Aedes aegypti, com apoio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus). Quem foi ao evento, recebeu informações sobre os riscos de doenças como a hipertensão e também as causadas pelo mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Durante ação de saúde, as crianças puderam aprender, de forma lúdica e com a presença de uma pessoa fantasiada de mosquito, sobre a importância do combate ao Aedes aegypti.

Na ocasião, equipes da Semus falaram sobre as formas de prevenção e a importância do diagnóstico precoce da hipertensão, tão comum entre os brasileiros. Foram realizadas aferições de pressão arterial, avaliação e orientação alimentar, ação educativa abordando os cuidados com a saúde e prevenção da doença e atividades corporais. O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, acompanhou a ação.

A Feirinha São Luís é ponto de encontro, compras, lazer e diversão de famílias, amigos e turistas que visitam a capital maranhense. Motivos para visitar o espaço é o que não faltam: abastecer a geladeira de produtos agroecológicos cultivados na região metropolitana, encontrar artigos decorativos artesanais, boas leituras com obras de autores locais ou tomar café da manhã e almoçar. Tudo isso com diversas atrações culturais.

PROGRAMAÇÃO CULTURAL

O público que passou pela Feirinha São Luís dançou e cantou ao som de diversas bandas e artistas locais. Nesse domingo, a animação ficou por conta de Simone Mouzzy e Banda, Salomão de Pádua (forró pé de serra), o cantor Roberto Ricci, Grupo Marcados (gospel) e grupo de capoeira Siri.

A Feirinha São Luís iniciou em junho de 2017 e conquistou o público ao longo das edições. A comercialização no entorno de toda a Praça Benedito Leite conta com uma média de 90 pontos de empreendimentos, movimentando o turismo na capital e a renda na região.

Nádia Costa, designer de Imperatriz veio na Feirinha com o namorado e amigos pela primeira vez e gostou do que viu. “Um espaço como esse em uma capital turística é muito importante, reúne tanta coisa legal, como o artesanato diversificado, comidas e bebidas boas pra gente poder aproveitar as bandas locais que dão um show, eu adorei, e vou indicar pros amigos pra quando vierem aqui não perderem a feirinha”, disse.

Segundo estimativa da Polícia Militar, a média de público para cada edição é de cerca de 4.500 pessoas. A Feirinha São Luís fomenta economia criativa aos produtores e micro empreendedores, que oferecem seus produtos por preços justos. Ao longo das primeiras 40 edições já movimentou mais de nove milhões de reais.