Flávio Dino e presidente da Ambev discutem ampliação de investimentos no Maranhão

O governador Flávio Dino recebeu o presidente da Ambev, Bernardo Paiva, na manhã desta terça-feira (16), no Palácio dos Leões. A reunião faz parte da rodada de negociações entre o Governo do Maranhão e investidores privados com objetivo de expandir negócios e gerar empregos no estado.

Na semana passada, o governador Flávio Dino já havia se reunido com o presidente da Vale, Fabio Schvartsman, e o da Suzano, Walter Shalka. O diálogo com grandes empresas visa dar prosseguimento a estratégia econômica do Governo baseada em investimentos públicos – a exemplo de programas como Mais Asfalto e Escola Digna – e privados.

O presidente da Ambev explicou que investe no Maranhão há anos e elogiou a forma como o governador Flávio Dino trata o empreendedor. Para ele, o Governo tem uma equipe aberta ao diálogo e que facilita os investimentos. “E a gente tem planos de investir mais. O apoio que o Governo do Estado dá ao empreendedor é fundamental para nos incentivar a continuar investindo. Novas coisas vão acontecer”, anunciou Paiva.

Ele fez questão de agradecer ao governador, “que é um excelente gestor e está facilitando investimento aqui no estado”, e disse que qualquer administrador, como é o caso de Flávio Dino, que faz um trabalho sério “para aumentar o investimento, para gerar emprego, para ter uma vida melhor para todo mundo, a Ambev está próxima”.

“A gente acredita no nosso país, no Brasil, e vejo com bons olhos ter um Governo que gere bem as contas públicas, que crie emprego e que faz um trabalho bem feito para todo mundo”, completou Bernardo Paiva.

Haddad recebe apoio de Flávio Dino e mais três governadores reeleitos

Os governadores reeleitos do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), da Bahia, Rui Costa, do Ceará Camilo Santana, e do Piauí, Wellington Dias, todos do PT, reafirmaram apoio ao candidato a presidente Fernando Haddad, durante reunião, na tarde desta terça-feira (9).

“Juntos pelo Brasil! Reunião hoje com os governadores reeleitos Wellington Dias, do Piauí, Camilo Santana, do Ceará, Rui Costa, da Bahia, e Flávio Dino, do Maranhão. Uma honra poder contar com vocês! Vamos juntos ganhar essa eleição!”, escreveu Haddad em sua conta nas redes sociais.

Após a vitória, no último domingo, 7, o governador Flávio Dino anunciou apoio ao candidato do PT à Presidência da República. “Sobre 2º turno para Presidente: a agenda econômica de Bolsonaro aponta para privatizações, perda de soberania nacional e redução de direitos sociais. Ou seja, continuação de Michel Temer. Em defesa do Brasil e dos mais pobres da Nação, farei ainda mais pela candidatura HADDAD”, afirmou por meio do Twitter.

Camilo Santana obteve a maior votação entre os governadores do país com 79% dos votos válidos. O governador da Bahia, Rui Costa, foi reeleito com mais de 75% dos votos válidos. O piauiense Wellington Dias foi reeleito com 55% dos votos válidos.

“Estamos gratos sobretudo ao povo simples e humilde”, diz Flávio Dino após ser reeleito

O governador reeleito Flávio Dino ressaltou neste domingo (7) a participação do povo na campanha vitoriosa que o levou a mais de 59% dos votos no primeiro turno.

“Nossas palavras são de gratidão, sobretudo ao nosso povo, ao povo simples, humilde, invisíveis, que foram destinatários das políticas públicas deste período. Sobretudo àqueles que menos têm, dos mais pobres, que conduziram nossa campanha e apoiaram em todo o momento a nossa caminhada”, disse Flávio em entrevista coletiva.

Com 97% das urnas apuradas até as 23h deste domingo, Flávio Dino conseguiu 59,37% dos votos. “Me comprometo a fazer um segundo mandato ainda melhor e mais realizador do que o primeiro”, acrescentou Flávio.

“Estamos muito felizes com essa grandiosa vitória, que não nos envaidece, e sim nos encoraja a continuar no caminho das transformações.”

O vice-governador reeleito Carlos Brandão lembrou que “pudemos constatar em todo os municípios pelos quais andamos o sentimento de que devemos continuar cumprindo essa missão”.

Senado

Os dois candidatos ao Senado da chapa de Flávio – Weverton Rocha e Eliziane Gama – também foram eleitos com votações expressivas. Weverton tem 35%; e Eliziane, 27,03%, mais que o dobro do terceiro colocado.

O governador afirmou que se trata de uma vitória histórica: “Sublinho a importância de termos conquistado duas vagas para o Senado. Cumprimos o grande objetivo que se refere à transição política no Maranhão. Os adversários principais deles [Weverton e Eliziane] são políticos que expressavam um modelo político ultrapassado. Por isso é uma vitória que qualificamos como completa”.

Weverton disse que, durante a campanha, “tentaram nos dividir muito, mas a gente andou de mãos dadas. Nos mantivemos unidos e vamos trazer muito resultado para o povo do Maranhão”.

Para Eliziane, o resultado da votação “foi uma demonstração clara de que o Maranhão deu um basta ao grupo que dominou esse Estado por 50 anos. O governador Flávio Dino consegue eleger seus dois senadores e confirma um novo ciclo de fato, sem rescaldo do passado”.

Segundo turno presidencial

Flávio Dino afirmou que vai “participar muito ativamente do segundo turno presidencial. Considero que Lula é o maior presidente da história do nosso país, como disse o tempo inteiro na campanha. Haddad é quem melhor expressa o que buscamos para retomar o desenvolvimento brasileiro com justiça”. O segundo turno será entre Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL).

“Considero de alta importância para o nosso Estado, para os pobres, para a classe trabalhadora, que Haddad vença o segundo turno. Vou dedicar enorme energia a esse objetivo”, afirmou Flávio.

O governador destacou a importância de Ciro Gomes, que ficou em terceiro lugar, no segundo turno. “Ciro Gomes tem um papel gigantesco a desempenhar com os demais governadores eleitos em primeiro turno. Tenho a convicção de que com nossas bancadas, movimentos populares, sindicalismo e liderança de patriotas como Ciro Gomes, podemos vencer a eleição presidencial.”

Flávio Dino vence no 1º turno; Weverton e Eliziane ampliam vantagem para o Senado

A última pesquisa Exata/JP mostra que o governador Flávio Dino mantém ampla vantagem sobre seus adversários e deve ser reeleito neste domingo no primeiro turno. De acordo com a pesquisa, Flávio tem 62% das intenções de votos válidos.

O levantamento foi publicado pelo Jornal Pequeno neste sábado (6), véspera da eleição.

Flávio tem mais que o dobro de Roseana Sarney, com 29%. Em seguida, vêm Maura Jorge (6%) e Roberto Rocha (3%). Odívio Neto e Ramon Zapata não pontuaram.

Senado

Para o Senado, a pesquisa mostra que os dois candidatos da chapa de Flávio ampliaram a vantagem sobre os demais concorrentes e lideram com folga. Eles têm mais de dez pontos de diferença sobre os candidatos das famílias Sarney e Lobão.

Neste ano, os eleitores votam em dois senadores.

Weverton cresceu de 31% para 36% de intenções de votos totais. Eliziane Gama subiu de 28% para 33%.

Já Edison Lobão foi de 26% para 24%. Sarney Filhou passou de 23% para 21%.

Depois vêm Zé Reinaldo (14%), Alexandre Almeida (10%), Samuel Campelo (2%) e Preta Lú (2%). Saulo Pinto e Saulo Arcangeli têm 1% cada. Iêgo Brunno não pontuou. Votos brancos e nulos somam 30%. Indecisos são 26%.

Registro

A pesquisa Exata/JP ouviu 1.400 pessoas entre os dias 2 e 4 de outubro. A margem de erro é de 3,3 pontos para mais ou para menos. O registro da pesquisa no TSE é o MA-07634/18.

Pesquisa Ibope/TV Mirante confirma vitória de Flávio Dino no primeiro turno

Até na nova pesquisa Ibope contratada pela TV Mirante, de propriedade da família Sarney, Flávio Dino (PCdoB) lidera com folga e vence no primeiro turno com 59% dos votos válidos, quase o dobro de Roseana Sarney (MDB), que aparece em segundo lugar com 32%.

Na sequência aparecem Maura Jorge (PSL), com 5% e Roberto Rocha (PSDB), com 2%. Ramon Zapata (PSTU) e Odívio Neto (PSOL) obtiverem 1% cada.

Dino cresceu 2% em relação ao levantamento anterior do Ibope, quando já despontava com 57% dos votos válidos. Já Roseana, que antes tinha 36%, agora caiu quatro pontos percentuais.

A três dias do pleito, o resultado do levantamento Ibope praticamente confirma que o grupo liderado pelo oligarca José Sarney “jogou a toalha”.

A pesquisa Ibope/TV Mirante foi registrada no TSE sob o nº MA-07570/2018. A amostragem ouviu 1.008 eleitores entre os dias 2 e 4 de outubro. A margem de erro da projeção é de três pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

“Neste sábado, vamos sair de casa com o 65”, pede Flávio Dino aos maranhenses

Em bate-papo com internautas na noite desta quinta-feira (4), o governador Flávio Dino fez um pedido especial para os maranhenses: que levem o número 65 para as ruas no sábado (6), véspera da eleição. O 65 é o número de Flávio nas urnas.

“Peço mais uma vez o empenho de todos vocês. Todas as pesquisas, sem exceção, mostram a nossa provável vitória no domingo. Mas queria pedir o máximo de cuidado e atenção para que levem nossa bandeira adiante. Vamos fazer campanha até sábado”, afirmou Flávio no último bate-papo nas redes sociais desta campanha.

“Eu estarei na rua no sábado o dia inteiro e quero pedir uma coisa muito especial para todos que nos acompanham. No sábado, vamos fazer campanha, vamos sair de casa com o 65, com o adesivo, com a bandeira”, acrescentou.

Ele ainda pediu que “quem puder organizar atividade na sua cidade organize. O mesmo vale para os partidos, os candidatos que nos apoiam. Vamos fazer um dia bonito, uma festa cívica, de quem acredita de verdade no Brasil e no Maranhão”.

O governador ainda ressaltou a importância de eleger os dois candidatos a senadores de sua chapa, Eliziane Gama e Weverton Rocha.

“O Brasil merece o nosso esforço, o Maranhão merece o nosso comparecimento na urna neste domingo. Peço o voto a vocês para que a gente possa confirmar a vitória do 65 e a vitória dos nossos dois senadores: Weverton 123 e Eliziane 232. Essa é a nossa chapa no Maranhão.”

Mais duas pesquisas mostram que Flávio Dino cresce e será eleito em 1º turno neste domingo

Duas novas pesquisas publicadas nesta quinta-feira (4) mostram que o governador Flávio Dino cresceu nas intenções de votos e será eleito neste domingo. Ele tem mais de 60% dos votos válidos nos levantamentos.

A pesquisa Data M, divulgada pelo Jornal Pequeno, mostra que Flávio subiu de 59,5% para 62% dos votos válidos.

O número é mais que o dobro do conseguido por Roseana Sarney, com 30,5%. Maura Jorge tem 5,6%, seguida por Roberto Rocha (1,5%), Ramon Zapata (0,3%) e Odívio Neto (0,1%).

O levantamento foi encomendado pelo Sindicato das Indústrias de Construção Civil do Maranhão (Sinduscon).

A pesquisa foi feita entre domingo (30) e quarta-feira (3), com 1.500 pessoas em todas as regiões do Maranhão. A margem de erro é de 3 pontos para mais ou para menos. O registro da pesquisa é MA-08386/2018.

Interpreta

Já a pesquisa Interpreta mostra que o governador cresceu e chegou a 63,03% das intenções de votos válidos.

A pesquisa, encomendada pelo Jornal Correio, foi feita em todas as regiões do Maranhão entre os dias 27 e 29 de setembro. Na pesquisa anterior, Flávio tinha 61,82%.

De acordo com a nova pesquisa, Roseana Sarney aparece com 27,65%, menos da metade dos votos de Flávio. Em seguida vêm Maura Jorge (5,98%), Roberto Rocha (2,31%), Odívio Neto (0,55%) e Ramon Zapata (0,48%).

Foram entrevistadas 1.500 pessoas na zona urbana e zona rural de municípios das regiões Norte, Sul, Leste, Oeste e Centro do estado. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é estimado em 95%. A pesquisa está registrada no TSE sob a identificação MA-09260/2018.

Flávio Dino critica ataques e convida: “Vamos à vitória”

O governador e candidato à reeleição Flávio Dino criticou a falta de propostas e os ataques dos candidatos Roseana Sarney (MDB), Maura Jorge (PSL) e Roberto Rocha (PSDB), no debate realizado pela TV Mirante, na noite desta terça-feira, 2.

“Apesar de ser alvo dos ataques de 3 contra 1, ontem no debate da TV Mirante apresentei nossa prestação de contas e nossas principais propostas para o período 2019-2022. Por isso, valeu a pena. E segue a Onda 65, rumo à vitória no 1º turno”, escreveu Flávio Dino em sua conta nas redes sociais.

No debate, Flávio Dino fez um balanço das realizações no Governo do Maranhão desde 2015 e apresentou novas propostas.

Flávio lembrou que construiu ou reformou mais de 800 Escolas Dignas em todo o Maranhão e que o programa vai continuar. Ele também destacou o aumento da nota das escolas estaduais, medida pelo Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).

“O Ideb do Maranhão, que é a qualidade do ensino, estava em queda. Ela [Roseana Sarney] pegou com nota 3 de Jackson Lago e conseguiu recuar para 2,8”, disse Flávio.

“Esse tipo de coisa nós não continuamos, como não continuamos as rebeliões em Pedrinhas, como não continuamos a corrupção desenfreada. Então é um governo diferente, um governo novo, sério responsável, que conclui obras e começa outras. É um governo que orgulha o Maranhão, e o G1 diz que é o melhor do Brasil”.

Policlínicas

O governador também falou das realizações da Saúde, como a entrega de oito grandes hospitais regionais, além do Hospital de Traumatologia e Ortopedia em São Luís.

De acordo com ele, uma das prioridades da próxima gestão são as Policlínicas Regionais, com consultas e exames para a população.

Flávio disse ainda que na Saúde houve um grande avanço com a transformação da antiga Casa de Veraneio na Casa de Apoio Ninar, para cuidar de crianças com problemas de neurodesenvolvimento.

“A Casa de Veraneio era usada para festanças, banquetes, lagosta, caviar. Nós pegamos essa casa, que era símbolo da ostentação com dinheiro público, e colocamos lá o Centro de Atendimento a Crianças com problemas de Neurodesenvolvimento, uma coisa extraordinária. Aquele palácio foi transformado numa casa para as mães, para as crianças. Já são 222 mil procedimentos que o Ninar já realizou”, contou o governador.

“Temos outros projetos extraordinários na área da saúde como o Sorrir, de atendimento odontológico, e a Força Estadual de Saúde, que já realizou mais 800 mil atendimentos domiciliares”, acrescentou.

Investimentos e empregos

Sobre a economia, Flávio citou grandes projetos que têm chegado ao Maranhão, gerando emprego e renda. “Temos a 2ª maior taxa de investimentos do Brasil, com o Parque Eólico da Ômega, a ampliação da Eneva, a retomada da pelotização da Vale, a ampliação da Suzano. São investimentos privados captados e trabalhados no nosso governo.”

Por essas e outras realizações, ressaltou o candidato, o site G1 o elegeu por duas vezes seguidas o melhor governador de todo o Brasil.

Isso inclui também o respeito aos servidores públicos: “Os professores tiveram aumento; os policiais, fizemos reajuste geral no começo do governo, em 2015. É um esforço sério, não atrasamos nenhum mês de salário, em meio à crise. Mantemos o Estado reconhecido com boa gestão, séria e honesta”.

O trabalho continua

No final, ele resumiu algumas das propostas para o próximo mandato: “O Escola Digna vai continuar, vamos chegar a 150 escolas de tempo integral, vamos fazer as policlínicas regionais, vamos ampliar os Restaurantes Populares, vamos continuar a fazer um governo ético, decente, Ficha Limpa”.

Flávio também pediu ajuda do eleitor para consolidar a grande vantagem que tem nas pesquisas eleitorais: “Vamos para uma grande vitória”.

Flávio Dino sai vencedor de debate da Mirante

O debate da TV Mirante foi marcado pela união de Roseana Sarney, Maura Jorge e Roberto Rocha contra o governador Flávio Dino. A estratégia foi fazer uma parceria para tentar desgastar o líder nas pesquisas. Mas os três candidatos mostraram pouca articulação e não conseguiram encurralar Flávio, que saiu vitorioso do debate.

Além de conseguir responder aos ataques dos rivais, Flávio Dino usou boa parte do tempo para falar de suas novas propostas e das realizações já feitas.

Um dos pontos altos do debate foi quando Flávio Dino deixou Roseana Sarney sem resposta ao falar da transformação da antiga Mansão de Festas na Casa Ninar.

Roseana disse que o lugar, à beira-mar, não era destinado a pobres. Algo que certamente repercutiu mal junto aos telespectadores. A Casa Ninar atende crianças com problemas de neurodesenvolvimento e seus familiares.

A Mansão de Festas era usada para grandes festas e banquetes com dinheiro público. Eram encontros regados a bebidas caras, lagostas e caviar. “Nunca comi lagosta”, respondeu Roseana, arrancando gargalhada da plateia.