Hospital Carlos Macieira debate prevenção do HIV/Aids

O Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM), da rede de unidades da Secretaria de Estado da Saúde (SES), iniciou ações preventivas alusivas ao Dezembro Vermelho. As ações, promovidas pela Comissão de Humanização do hospital, intensificam o combate ao Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) e da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids).

Os profissionais do hospital, na última sexta-feira (1º), Dia Mundial de Luta contra Aids, vestiram literalmente a camisa da campanha, formando um laço vermelho humano, em alusão ao símbolo da luta contra as infecções sexualmente transmissíveis.

“O Hospital Dr. Carlos Macieira não foi escolhido à toa, já que é a instituição pioneira do estado em internar pessoas com HIV. E hoje é um momento emocionante, ao darmos início a essa campanha, com os colaboradores todos abraçando a causa de maneira tão participativa”, disse a diretora administrativa do HCM, Ana Carolina Santos.

As atividades tiveram início com um seminário sobre infecções sexualmente transmissíveis, proferida pelo coordenador do Programa Municipal de IST/Aids e Hepatites Virais de São Luís, Wendel Alencar Oliveira.

“Essa dinâmica já trabalha a política de humanização junto aos profissionais e gestores, do ponto de vista do acolhimento e da necessidade de fortalecer também a pauta internamente, junto aos profissionais. E também acaba amarrando agendas para o futuro, como, por exemplo, a implantação da profilaxia pós-exposição”, pontuou o Wendel. “Então, o laço tem diversos significados na luta contra a Aids”.

Segurança do Trabalho
O Dia D do Dezembro Vermelho também consolidou o encerramento da Semana Interna de Prevenção de Acidentes do HCM. Entre os dias 27 de novembro e 1º de dezembro, o Serviço Especial de Medicina e Segurança do Trabalho (SESMT) realizou uma série de palestras voltadas a colaboradores da instituição, como participação de grupos de musicoterapia e teatro, ginástica laboral mesa redonda, avaliação nutricional e palestras dos mais variados temas, a exemplo de segurança do trabalho, higiene bucal, biossegurança, sustentabilidade e outros.

Durante o encerramento da SIPAT, a nutricionista Márcia Cristina Ferreira apresentou a palestra “Dietas da moda x alimentação saudável”, e a enfermeira Flávia Fernanda Corrêa Mendes, expôs o tema “A conscientização dos profissionais da saúde nas medidas de prevenção”.  A ação contou com apresentação do grupo de teatro Cia Artdam.