Manifestantes lotam ruas pelo Brasil inteiro contra contingenciamento de recursos para educação

Manifestantes do Brasil inteiro se reuniram nesta quarta-feira (15), para protestar contra o bloqueio de recursos destinados às instituições de ensino superior anunciado pelo Ministério da Educação. Em São Luís, a concentração ocorreu por volta das 15h na Praça Deodoro. De lá os manifestantes caminharam pela Praça Maria Aragão e chegaram na Praça dos Catraieiros, onde se concentraram até as 18h, quando a manifestação encerrou.

 

Na Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e no Instituto Federal do Maranhão (IFMA) as aulas foram canceladas hoje. Na manhã de hoje, um outro protesto já havia sido realizado na porta da UFMA.

Vários manifestantes carregavam cartazes favor da educação, alguns faziam referência à declaração dada pelo presidente Jair Bolsonaro na qual ele chamou os manifestantes de “idiotas”, “imbecis” e “massa de manobra“.

Ao todo, os manifestantes contabilizaram cerca de 20 mil pessoas no protesto. A Polícia Militar contabilizou 5 mil pessoas. Além de São Luís, foram realizados atos nos municípios de Pinheiro, Balsas, Santa Inês e Imperatriz.

De acordo com o Ministério da Educação, o bloqueio é de 24,84% das chamadas despesas discricionárias — aquelas consideradas não obrigatórias, que incluem gastos como contas de água, luz, compra de material básico, contratação de terceirizados e realização de pesquisas. O valor total contingenciado, considerando todas as universidades, é de R$ 1,7 bilhão, ou 3,43% do orçamento completo — incluindo despesas obrigatórias.

Em 2019, as verbas discricionárias representam 13,83% do orçamento total das universidades. Os 86,17% restantes são as chamadas verbas obrigatórias, que não deverão ser afetadas. Elas correspondem, por exemplo, aos pagamentos de salários de professores, funcionários e das aposentadorias e pensões.

Segundo o governo federal, a queda na arrecadação obrigou a contenção de recursos. O bloqueio poderá ser reavaliado posteriormente caso a arrecadação volte a subir. O contingenciamento, apenas com despesas não obrigatórias, é um mecanismo para retardar ou deixar de executar parte da peça orçamentária devido à insuficiência de receitas e já ocorreu em outros governos.

Manifestantes vão às ruas nesta quarta-feira (15), em São Luís, contra bloqueio de recursos destinados à educação

Estudantes e servidores da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), realizaram na manhã desta quarta-feira (15) manifestações contra o bloqueio de verbas destinadas à educação. Durante o ato, os manifestantes bloquearam a entrada da UFMA e o trânsito da Avenida dos Portugueses, em São Luís, ficou parado. Uma nova manifestação deve ser realizada ainda hoje na capital, às 15h, com concentração na Praça Deodoro. A UFMA e o IFMA cancelaram as aulas de hoje para realizar o protesto.

Em abril, o Ministério da Educação divulgou que  todas as universidades e institutos federais teriam bloqueio 30% de recursos.  De acordo com o Ministério, o bloqueio é de 24,84% das chamadas despesas discricionárias — aquelas consideradas não obrigatórias, que incluem gastos como contas de água, luz, compra de material básico, contratação de terceirizados e realização de pesquisas. O valor total contingenciado, considerando todas as universidades, é de R$ 1,7 bilhão, ou 3,43% do orçamento completo — incluindo despesas obrigatórias.

Em 2019, as verbas discricionárias representam 13,83% do orçamento total das universidades. Os 86,17% restantes são as chamadas verbas obrigatórias, que não deverão ser afetadas. Elas correspondem, por exemplo, aos pagamentos de salários de professores, funcionários e das aposentadorias e pensões.

Segundo o governo federal, a queda na arrecadação obrigou a contenção de recursos e o bloqueio poderá ser reavaliado posteriormente caso a arrecadação volte a subir.

No início de maio, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) informou sobre a suspensão da concessão de bolsas de mestrado e doutorado.

 

IFMA Campus São Luís – Maracanã abre seletivo para professor e tutor

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus São Luís – Maracanã está com vagas abertas para professor formador e para tutor para atuação como bolsista no curso de Licenciatura em Geografia (modalidade a distância) no âmbito da Universidade Aberta do Brasil – UAB.

As inscrições estarão abertas de 20 a 23 de maio, das 14h às 17h, no Laboratório de Informática da Educação a distância do campus.

Para a atuar como professor, há vagas para candidatos com Licenciatura em Pedagogia; Licenciatura em Estatística, Matemática ou Física; Letras/Língua Inglesa; Geografia; e Licenciatura em História. É necessário ainda ter mestrado e/ou doutorado em áreas afins e experiência mínima de um ano no magistério superior.

Para a vaga de Tutor, o candidato precisa ser experiência mínima de 1 (um) ano de magistério e ser licenciado em Pedagogia ou em outra área com pós-graduação em Educação.

A seleção será composta por uma fase de caráter eliminatório e outra de caráter classificatório. A fase eliminatória corresponderá à análise da ficha de inscrição e dos documentos comprobatórios entregues pelo candidato no ato da inscrição. Já a fase classificatória corresponderá à avaliação de títulos.
O resultado provisório será divulgado a partir do dia 28 de maio.

IFMA lança edital com 1800 vagas EaD em 18 municípios

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus São Luís – Maracanã lançou edital de seleção ao curso de educação profissional técnica de nível médio em Agropecuária na forma subsequente, na modalidade a distância. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas entre os dias 11 e 21 de maio na coordenação dos municípios – polo da Educação a Distância do IFMA Campus São Luís – Maracanã, em dias úteis. Ao todo, são ofertadas 1800 vagas distribuídas em 18 municípios – polo.

Os documentos a serem entregues nos municípios para a inscrição são o requerimento de inscrição preenchido, cópia de identidade e CPF (com apresentação de originais), certificado ou declaração de conclusão de ensino médio e requerimento de condições especiais (para candidatos com deficiência). O processo seletivo será em duas etapas: prova objetiva (língua portuguesa e matemática) e análise dos documentos.

Há 100 vagas disponíveis em cada um dos municípios – polo, que são Brejo, Buriti Bravo, Cajari, Cururupu, Humberto de Campos, Igarapé do Meio, Matinha, Matões do Norte, Nina Rodrigues, Paço do Lumiar, Palmeirândia, Paraibano, Pedro do Rosário, Presidente Sarney, Santa Luzia, Santa Luzia do Paruá, Santa Rita e Tutóia.

Confira todos os detalhes do edital acessando a página.

IFMA abre seletivo para professores formadores do Parfor

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) lançou, nesta terça-feira (24), edital para contratação temporária de professores formadores dos cursos do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor). As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas de 2 a 15 de maio, de forma presencial nos campi ofertantes.

São 49 vagas para profissionais atuarem nos cursos de licenciatura em Biologia, Matemática e Química das unidades do IFMA em Açailândia, Bacabal, Buriticupu, Caxias, São Raimundo das Mangabeiras e Zé Doca. Cada bolsa vale de R$ 1.100 a R$ 1.300, e a quantidade de bolsas recebidas depende da carga horária do professor, conforme estabelece o edital.

O critério para seleção será uma análise de títulos dos candidatos. Para verificar a oferta de disciplinas, bem como mais detalhes sobre o processo seletivo, acesse o edital de abertura.

Governo presta apoio a maranhense que fará curso em Yale, nos EUA

O governador Flávio Dino recebeu nesta sexta-feira (20), no Palácio dos Leões, o estudante do terceiro ano do curso Técnico em Agroindústria do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), do Campus de Barreirinhas, Willy Ernandes Costa Batista, de 17 anos.  O encontro teve a finalidade selar o apoio financeiro prestado pelo Governo do Maranhão ao estudante, que vai participar do programa Young Global Scholars (YYGS), oferecido pela Universidade de Yale, nos Estados Unidos.

O aluno participará do programa de 17 a 30 de junho deste ano, frequentando sessões de seminários e debates na área de Relações Internacionais e Segurança.

O governador o ressaltou o Programa Escola Digna, que é um dos compromissos que garantem infraestrutura educacional de qualidade e apoio à formação dos jovens e crianças em todos os níveis.

“Nós acompanhamos a luta pessoal do Willy e do IFMA para que ele obtivesse êxito na seleção, oferecendo todo apoio, por intermédio da Fapema, para que ele pudesse realizar o sonho dele, que é o sonho de milhares de jovens: ter uma oportunidade de ter uma formação mais adequada”, disse Flávio.

O governador destacou ainda as ações realizadas pela Federação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) para os estudantes maranhenses: “Temos um rigoroso programa de bolsas, em que dobramos o número total, e isso se traduz no apoio concreto para que jovens estudantes de diversos níveis de ensino possam ter acesso a maiores oportunidades”.

O estudante Willy está ansioso por conhecer Yale: “Eu sempre sonhei em ter uma oportunidade de estudar em um outro país e agora chegou a hora. Agradeço muito o apoio da minha professora Michele, do IFMA e do Governo do Maranhão, que é essencial para que eu me mantenha nos Estados Unidos. Estou muito feliz”.

O estudante foi selecionado para o curso na Universidade Yale com o incentivo da orientação da professora Michelle Bahury, professora de inglês do Campus Barreirinhas do IFMA.

IFMA abre inscrições para vagas ociosas dos cursos técnicos

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Pinheiro divulgou nessa sexta-feira (23) o Edital de convocação dos candidatos aprovados como excedentes e ainda não convocados no Processo Seletivo 2018. As vagas são para os cursos técnicos em Informática e Logística nas formas integrada e subsequente. Ao todo, são 22 vagas e os candidatos terão de 26 a 28 de fevereiro, das 8h às 11hh30 e das 14h às 17h30, para manifestar interesse de forma presencial no Campus Pinheiro.

A lista de candidatos será publicada no dia 1º de março, de acordo com o limite de vagas. Os convocados deverão fazer a matrícula nos dias 2, 5 e 6 de março, munidos de documentação especificados no item 5 do edital.

Governo e IFMA discutem parceria para capacitar profissionais de saúde em 52 municípios maranhenses

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), iniciou diálogo com o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) para capacitação destinada aos profissionais da saúde que atuam com população em vulnerabilidade social em 52 cidades maranhenses. A proposta de parceria foi apresentada em reunião nesta quarta-feira (7), na sede da SES.

“A proposta é fazer uma grande capacitação em 52 municípios do estado, com uma previsão de mais de 5 mil pessoas. O projeto propõe atuar em conjunto com o IFMA para que possamos melhorar a qualificação dos nossos profissionais”, destacou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

O reitor do IFMA, Roberto Brandão, ressaltou a importância da aproximação das entidades da saúde e da educação para capacitar os profissionais que lidam diariamente com a população em vulnerabilidade social. “É uma parceria que aproxima as entidades para que a gente capacite os profissionais e chegue ao lugares mais distantes do Maranhão. Daí a importância da Secretaria de Estado da Saúde e do apoio do secretário que abraçou o projeto, quando veio agregar forças a nós, junto com os municípios, para fazer essa multiplicação de informação chegar ao nosso público-alvo”, afirmou.

Com a proposta de parceria, o primeiro contato com a SES teve o objetivo de definir a agenda para reunir os secretários municipais de saúde das 52 cidades previstas no projeto. A finalidade do encontro foi apresentar as diretrizes e metas do projeto para depois iniciar a etapa de seleção dos profissionais que irão trabalhar na produção dos materiais para os cursos de formação.

A meta é realizar um plano de capacitação que funcionará em duas etapas: a primeira por meio dos Fóruns Integradores que serão presenciais em 52 cidades do estado e que vai integrar os cinco eixos do projeto, com base na política de equidade. Ainda na etapa inicial, serão realizadas oficinas de formação aos profissionais da saúde e aos atores que lidam com a população de vulnerabilidade social dos municípios selecionados. Também acompanhou a reunião com representantes do IFMA a subsecretária de Estado da Saúde, Karla Trindade.

A segunda etapa do projeto vai acontecer através do módulo de formação online do IFMA, onde esses profissionais e atores sociais estarão fazendo a segunda parte da formação. “A nossa agenda para esses dois primeiros meses é exatamente articular com os municípios e selecionar os profissionais para a produção dos materiais informativos. O projeto já está acontecendo e a nossa previsão é de que o Fórum Integrador aconteça até julho deste ano. A plataforma digital seja iniciada a partir do segundo semestre de 2018”, explicou Simone Santos, professora e coordenadora do projeto.

IFMA abre 250 vagas em pós-graduação a distância

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) abriu processo seletivo para ingresso no curso de Especialização em Informática na Educação, na modalidade de educação a distância. As inscrições foram abertas na quarta-feira (6) e se prolongam, gratuitamente, até às 23:30 h do dia 17 de dezembro, exclusivamente via formulário eletrônico, no portal do IFMA (www.ifma.edu.br).  A aula inaugural está prevista para acontecer no dia 27 de janeiro de 2018.

São ofertadas 250 vagas para o curso que terá duração de 18 meses, distribuídas entre os polos presenciais localizados nos municípios de Barra do Corda, Humberto de Campos, São Luís, Santa Rita e Itapecuru.

São 34 vagas para ampla concorrência em cada polo, além de cotas para candidatos com deficiência (3 vagas por polo), autodeclarados indígenas (3 vagas por polo) e pretos, partos (10 vagas por polo).

As atividades acadêmicas serão realizadas por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA Moodle) e de encontros presenciais obrigatórios, preferencialmente aos sábados e domingos, nos polos de apoio, com frequência e horários estabelecidos pela instituição.

Para acessar o edital e se inscrever clique nos links abaixo:

– Polos de Barra do Corda, Humberto de Campos, São Luís

– Polos de Santa Rita e Itapecuru.

Classificação e matrícula

A classificação dos candidatos adotará como critério a pontuação alcançada com o currículo comprovado, que deve ser encaminhado, virtualmente, no momento da inscrição.

O resultado provisório do processo seletivo será divulgado no dia 22 de dezembro, com prazo de dois dias uteis para interposição de recurso. O resultado final, após julgamento dos recursos, será divulgado no dia 26 de dezembro. Os candidatos aprovados devem realizar matrícula nos polos de apoio presencial entre os dias 2 e 8 de janeiro.

Quem não realizar a sua matrícula perderá a vaga que será ocupada pelo classificado seguinte, de acordo com a lista de excedentes a ser divulgada no dia 9 de janeiro. O excedente convocado deverá realizar matrícula nos polos de apoio presencial entre os dias 9 a 12 de janeiro. A segunda lista de excedentes será conhecida no dia 15 de janeiro e o candidato deverá realizar matrícula até o dia 18.

 

IFMA seleciona professores para o Pronatec

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus São Luís-Centro Histórico abriu seleção para profissionais atuarem como professores nos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

São oferecidas quatro vagas para servidores ativos e inativos do IFMA e três vagas para professores de outras instituições. As inscrições vão de 29 de novembro a 7 de dezembro no site do IFMA.

Edital para outros profissionais | Inscrição

Edital para servidores ativos e inativos do IFMA | Inscrição

Podem participar profissionais com formação superior nas áreas exigidas para cada disciplina, conforme os editais. Os selecionados vão ministrar aulas para os cursos técnicos em Eletroeletrônica, Logística, Segurança do Trabalho, Refrigeração e Eletrônica. A carga horária varia de 20h a 60h, de acordo com a disciplina ministrada.

Com informações do IFMA.