Prefeito Edivaldo vistoria obras de infraestrutura na Vila Brasil e Jardim São Cristóvão

O prefeito Edivaldo está expandindo as obras de infraestrutura urbana para novos setores da capital. Na manhã desta sexta-feira (24), o gestor acompanhou os trabalhos na Vila Brasil e no Jardim São Cristóvão II, em mais um dia de vistoria a obras de pavimentação asfáltica de vias realizadas por meio do Programa Asfalto na Rua, ação executada pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp). Os serviços integram o pacote de ações da Prefeitura por ocasião dos 406 anos de fundação de São Luís, celebrados dia 8 de setembro.

“Estamos acompanhando de perto os trabalhos de infraestrutura realizados em dezenas de bairros da nossa cidade, verificando o andamento dos serviços e todas as etapas de execução das obras. Parte dessa região aqui sofria com alagamentos constantes e também enfrentava problemas de mobilidade urbana. Com esses serviços, estamos proporcionando uma nova realidade a essa região, atendendo a anseios antigos da comunidade de viver com melhor estrutura em sua rua, em seu bairro”, afirmou Edivaldo que estava acompanhado dos secretários municipais Antonio Araújo (Obras e serviços Públicos) e Ivaldo Rodrigues (gestão política). Os vereadores Raimundo Penha e Osmar Filho também estavam presentes.

A primeira obra vistoriada pelo prefeito Edivaldo foram os serviços de terraplanagem realizados na Rua 31-A do Jardim São Cristóvão II, que está estruturando a via para receber, pela primeira vez, a pavimentação asfáltica, em mais de 40 anos de existência do bairro. A Rua 31-A é mais uma das dezenas de vias da região do Jardim São Cristóvão a receber melhorias em sua infraestrutura urbana, a exemplo do que já foi realizado também nas ruas 31 de Dezembro, Nunes Freire, Nova Jerusalém, Piquizeiro, São Cristóvão, Avenida 3, entre outras.

Do Jardim São Cristóvão II, o prefeito e sua equipe seguiram para a Vila Brasil, onde acompanharam os serviços de pavimentação asfáltica executados na Rua do Sítio, mais uma via do bairro contemplada por melhorias em sua infraestrutura. Ainda na Vila Brasil, Edivaldo também verificou os serviços de concretagem já realizados nas ruas Guanabara, Barão de Tefé, Getúlio Vargas e Tiradentes. A concretagem feita nesses pontos integra os serviços de drenagem superficial realizados para melhorar estruturar as vias para os impactos causados pelas fortes chuvas.

Na Avenida Tiradentes, uma das principais vias de fluxo da Vila Brasil e que há cerca de 10 anos não recebia qualquer serviço de pavimentação, foi concluído o trabalho de asfaltamento. No local também foram construídas sarjetas, passagem molhada, meios-fios e calçamento em concreto, nos pontos mais propícios a alagamentos. Entre as vias da Vila Brasil que também já receberam asfalto estão as ruas Epitácio Cafeteira, 25 de Fevereiro, Coelho Neto e Raimundo Cutrim, entre outras.

BENEFÍCIOS

Segundo o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araújo, além dos benefícios proporcionados à mobilidade urbana e à melhoria da qualidade de vida e de moradia da população, as intervenções realizadas na Vila Brasil e no Jardim São Cristóvão vão ajudar também a dinamizar a área, que passará a ter melhor infraestrutura para atender também outros setores como saúde e saneamento.

“A urbanização do bairro Vila Brasil vai promover o desenvolvimento social da região que faz essa interligação com os bairros São Bernardo, São Cristóvão e Parque Sabiás. Após a conclusão da obra, o cenário de alagamentos, restrições na mobilidade urbana, ruas enlameadas e saneamento básico precário dará lugar a um novo ambiente para seus moradores, com mais infraestrutura urbana, vias bem estruturadas e iluminadas, entre outros aspectos que contribuem para a melhoria da qualidade de vida da população”, afirmou Antonio Araújo.

Moradora há mais de 35 anos da Rua do Sítio e convivendo com todo o tipo de problema causado pela falta de infraestrutura urbana, a aposentada Maria Cleide Costa da Silva, 61 anos, diz que começa a viver dias melhores com a chegada do asfalto em sua rua. “Lutamos para ver esse serviço sendo realizado aqui, mas tudo não passava de promessa. Agora, sim, estamos vendo o trabalho avançar não somente aqui na nossa rua mas em diversas outras vias do nosso bairro”, disse.

Maria Cleide Costa é moradora da Vila Brasil há mais de 35 anos e está feliz com a chegada do asfalto ao bairro

Feliz também com a chegada do asfalto à Rua do Sítio, na Vila Brasil, o autônomo José Evangelista Rocha Veras, 60 anos, relata as suas expectativas de viver agora em rua melhor. “Eu fico até emocionado em ver que, enfim, chegaram os serviços que tanto desejamos e esperamos. Era necessário mesmo aparecer um gestor comprometido como o prefeito Edivaldo, para realizar esse grande sonho de todos os moradores da rua”, relatou ele.

Uma das moradoras mais antigas da Rua 31-A, no Jardim São Cristóvão II, a técnica de enfermagem Nelita Gomes, 51 anos, comemora as benfeitorias executadas pela Prefeitura em sua bairro. “Aqui sempre foi um transtorno, principalmente no período chuvoso, quando toda a rua virava um lamaçal só. Mas agora estamos todos muito felizes e esperançosos de dias melhores aqui”, disse.

ASFALTO NA RUA

As intervenções na Vila Brasil e Jardim São Cristóvão, onde o prefeito Edivaldo realizou vistoria a obras nesta sexta-feira (24), integram as ações do programa Asfalto na Rua, executado pela Prefeitura de São Luís. A iniciativa inclui implantação de nova pavimentação em centenas de vias da cidade, contemplando bairros de todas as regiões da capital.

O Asfalto na Rua já contemplou os bairros Anjo da Guarda, Gancharia, Cohaserma, Bela Vista, Primavera, Parque Shalon, Coelho Neto, Jardim São Cristóvão, João de Deus, São Bernardo, Parque Atenas, Estiva, entre outros; além das avenidas Jerônimo de Albuquerque, Daniel de La Touche e Avenida Principal do Jardim América; Estrada do Gapara e Estrada da Vitória; via de contorno da Universidade Federal do Maranhão (UFMA); e outros pontos.

“Nota dez para essa infraestrutura”, diz aluna sobre o Núcleo de Educação Integral em Vargem Grande

Uma das obras mais esperadas para a comunidade de Vargem Grande foi entregue, na manhã de quinta-feira (28), pelo Governo do Maranhão: o Núcleo de Educação Integral Profa Maria da Conceição C. Ribeiro.

Mais de 1.600 estudantes serão atendidos durante período integral, um deles é a aluna Alice Martins que disse estar surpresa com a qualidade do prédio.

“Hoje eu conheci a nova escola, com salas super organizadas e adequadas para nosso ensino. Vai ser muito bom, a estrutura está ótima! A nossa sala era muito apertada, a escola nova está muito organizada. Cada espaço vai ser muito bem aproveitado, nós estávamos precisando muito, nota dez para essa infraestrutura!”, disse.

Com investimento de mais de R$ 5 milhões, a obra realizada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) e Secretaria de Estado da Educação (Seduc) deu mais dignidade para a educação dos estudantes maranhenses, uma vez que esse é o primeiro núcleo em tempo integral para a comunidade.

“Temos o prazer em entregar obras como essa, que com certeza vai fazer a diferença na qualidade do ensino desses alunos”, disse Governador Flávio Dino.

O Centro de Ensino é um sonho dos alunos de Vargem Grande que, agora, poderão estudar em uma das maiores estruturas educacionais da região. São mais de 3 mil metros quadrados com 5 salas de ensino, biblioteca, salas de informática, idiomas, laboratório de física, informática, auditório, quadra de esportes, banheiros adaptados e vestiários.

Para quem vai trabalhar na nova unidade, ver toda a estrutura pronta, com espaços adequados, é ter um sonho realizado.

“O que a gente sempre fala é da falta de espaço para os alunos desenvolverem suas atividades, um espaço desses têm sala para todas as disciplinas! Esse prédio só vem engrandecer nossa cidade e melhorar o ensino-aprendizagem dos alunos”, completou Walterlindo Silva, coordenador de uma das escolas que estarão no núcleo.

“Temos a cada dia a convicção de que o Maranhão segue avançando no rumo certo. São obras maravilhosas como esta que estão mudando nosso estado, é um orgulho poder fazer parte disso”, disse o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto.

Durante a agenda, o governador entregou mais  de 4 mil uniformes e inaugurou o sistema Maranet, uma ferramenta que democratiza o acesso à informação através da internet, o sinal gratuito está disponível na Praça São Sebastião.

Flávio Dino também entregou simbolicamente mais 15 cisternas com capacidade para 52 mil litros de água, no âmbito do programa Cisterna nas Escolas. Já que muitos povoados receberam escolas, mas não tinham qualidade em suas atividades devido a falta de água nas localidades. As cisternas possuem tecnologia para captar água da chuva, suprindo as necessidades das atividades nas escolas, como uso nos banheiros, entre outras.

Estado investe R$ 73 milhões em infraestrutura no norte do MA e melhora qualidade de vida

“Era poeira demais, muita poeira, tinha que limpar duas, três vezes ao dia o comércio porque eu que comercializo comida, não posso deixar acumular poeira”. O depoimento é da comerciante Maria da Cruz, que há 20 anos é proprietária de uma padaria na rua Nestor Albuquerque, bairro Trizidela, em Itapecuru-Mirim. São experiências como a dela que reforçam a importância da chegada do Programa Mais Asfalto nas cidades maranhenses. Somente na região norte, o Governo do Estado investiu mais de R$ 73 milhões através do Mais Asfalto.

Assim como Itapecuru-Mirim, mais de vinte cidades dessa região também foram beneficiadas com a chegada de ruas pavimentadas e com acessos completamente revitalizados. Em Trizidela, por exemplo, há 50 anos o morador Antônio Mendes, esperava que o bairro Mutirão recebesse asfalto. “Estava cheio de buracos aí e estava muito ruim mesmo até para pedestre. Agora vamos poder fazer as atividades do dia com mais comodidade”, comemora.

As cidades de Alcântara, Barreirinhas e vários pontos de São Luís seguem com obras em execução. Para o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, levar asfalto para as várias regiões do Maranhão é um desafio que o Governo do Estado está empenhado em cumprir. “Nós estamos presentes em todas as regiões do estado, em todo canto tem asfalto chegando. É um prazer para todos nós ver o Maranhão sendo transformado, esse é o compromisso dessa gestão: fazer o que nunca foi feito pelo nosso estado. Vamos continuar intensificando os trabalhos para poder expandir as obras em mais cidades”, declarou.

A meta do governador Flávio Dino é até o final de 2018 levar o Programa Mais Asfalto para todos os municípios maranhenses, atualmente mais de 190 municípios já foram alcançados com as obras de pavimentação.

Governo leva ações de infraestrutura, saúde e educação para sete cidades da Região Tocantina

Em extensa agenda de entregas e vistorias de obras e ações para a população maranhense, o governador Flávio Dino visitará as cidades de Imperatriz, Campestre do Maranhão, Ribamar Fiquene, João Lisboa, Açailândia, São João dos Patos e Balsas na próxima semana.

Começando por Imperatriz, o governador participa na terça-feira (05) da Reunião do Colegiado da Região Metropolitana do Sudoeste Maranhense (AGEMSUL) e realiza as assinaturas das ordens de serviço no Centro de Artesanato e na Casa do Idoso de Imperatriz.

No mesmo dia, à tarde, é a vez da comitiva do Governo do Estado visitar as cidades de Campestre do Maranhão, Ribamar Fiquene e João Lisboa, onde a população vai ser beneficiada com o programa Mais Asfalto na primeira cidade e com a reinauguração do Hospital Municipal de Ribamar Fiquene, fruto de parceria entre o Governo e a Prefeitura da cidade; Assinatura de convênio para a construção da praça do Mercado, no valor de R$ 1.700.00. Ainda em Ribamar Fiquene, além de assinar ordem de serviço de início do recapeamento de 5 quilômetros de ruas e avenidas pelo programa Mais Asfalto, o governador Flávio Dino também entregará uma Escola de 06 salas e visitará às obras do C.E do bairro Vila Lobão.

Ainda na terça, a agenda segue para a cidade de João Lisboa, onde o Governo do Estado entrega a quadra Nicolau Dino, construída pela Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel), via Lei de Incentivo. Na cidade, Flávio Dino ainda participa da abertura dos Jem’s Regional, inaugura o Teatro da cidade e inicia a construção da Academia da Saúde e do Complexo Esportivo Mais Esporte, Mais Lazer da cidade.

Educação Profissional

Já na próxima quarta-feira (6), mais duas unidades vocacionais do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) serão inauguradas pelo Governo do Estado, sendo uma em Imperatriz e outra em Açailândia. O objetivo é ampliar a oferta de vagas para aqueles que desejam obter uma Formação Inicial e Continuada (FIC).

Começando a agenda às 10 horas, Flávio Dino entrega para a comunidade escolar a Unidade Vocacional de Imperatriz, que fica localizada na Rua Dom Evaristo, nº 1.000 A, no bairro Bom Sucesso. Com a inauguração, a nova unidade oferecerá cursos de Inglês Intermediário, Word Avançado, Jardineiro e Corte e Costura para 150 alunos do município. Com um investimento de R$ 499.686,68, a construção do IEMA de Imperatriz tem salas administrativas, quatro salas de aula, sala de professores, auditório, biblioteca, laboratório de informática, banheiros e cozinha.

Ainda na cidade, Flávio Dino profere a Palestra Magna na 3º Jornada Interdisciplinar de Direito e Justiça Social da Devry. No mesmo dia, a comitiva do Governo parte para a cidade de Açailândia, onde uma nova unidade Vocacional do IEMA será entregue. Localizada na Avenida Contorno Freire, s/n, bairro Jardim Glória, o IEMA ofertará os cursos de Inglês Intermediário, Operador de Máquinas para Construção Civil, Corte e Costura e Design de Moda para 105 alunos da região. O investimento na obra foi de R$ 289.798,98.

Anel da Soja
Na sexta-feira (08), o Governador segue para as cidades de São João dos Patos e São Francisco do Maranhão, levando ações e obras da gestão estadual.

No mesmo dia, já na cidade de Balsas, o Governo do Maranhão entrega a MA-140, que liga a BR 230 (Balsas) ao Entroncamento da MA-007, na localidade Ouro. São 67,58 km de extensão de via completamente revitalizado e sinalizado.

Esse é o primeiro trecho do Anel da Soja entregue completamente revitalizado pela gestão estadual que vai garantir o desenvolvimento da economia, do turismo e da mobilidade, beneficiando mais de 150 mil pessoas.

Prefeito Edivaldo reforça infraestrutura no Itaqui-Bacanga com finalização de ponte na Vila Isabel

A Prefeitura de São Luís está finalizando as obras de construção da nova ponte na Rua do Comércio, na Vila Isabel, região Itaqui-Bacanga. A obra deve ser entregue nos próximos dias pelo prefeito Edivaldo, garantido a melhoraria da mobilidade na área que, há mais de 40 anos, sofria com as dificuldades de acesso ao local. Nesta terça-feira (29), as equipes concluíram o trabalho de retirada das hastes de madeira usadas para dar sustentação à laje e colunas. Fizeram ainda os últimos arremates nos guarda-corpos para dar início aos serviços de pintura.

A obra está sendo coordenada pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh). O titular da pasta, Mádison Leonardo Andrade, destacou os benefícios que a obra vai proporcionar principalmente aos moradores da região, que reivindicavam pelo serviço, devido à precariedade da estrutura antiga, que era de madeira já um tanto envelhecida e deteriorada, representando perigo aos transeuntes.

“Chegamos à etapa final desta importante obra de mobilidade urbana. O prefeito Edivaldo determinou imediata solução para resolver esse problema antigo e facilitar a vida da comunidade local que circula diariamente pela via. Além de melhorar o acesso, que estava muito comprometido, a obra proporciona também mais segurança para carros e pedestres que trafegam sobre a ponte”, afirmou Mádison Leonardo.

MOBILIDADE E SEGURANÇA

A ponte construída sobre um córrego na Vila Isabel é mais um investimento da Prefeitura de São Luís para a melhoria da infraestrutura dos bairros da região Itaqui-Bacanga. A nova ponte possui nove metros em concreto e aço, com cinco metros de largura e 1,05 metros de passagem de pedestre, que também favorecerá a acessibilidade, permitindo o trânsito de pessoas com deficiência. Além de favorecer a mobilidade, a obra facilitará o acesso de políticas públicas na área da saúde e da segurança, permitindo o acesso de ambulâncias e viaturas.

Manoel Benedito Gomes diz já já sentir os efeitos positivos da obra

A população já sente os efeitos positivos da obra. Morador antigo da Vila Isabel, o aposentado Manoel Benedito Gomes, 71 anos, relata os benefícios que a nova ponte já está proporcionando à comunidade. “Melhorou em todos os aspectos. Agora podemos atravessar para o outro lado com segurança e tranquilidade. Antes, a estrutura antiga nos dava muito medo, principalmente para nós, idosos, que já não temos tanta destreza assim”, relatou ele.

O estudante Jean Saraiva Santos, 21 anos, também pontuou os benefícios da nova ponte. “O acesso sobre a ponte é muito utilizado por crianças indo e vindo da escola. A preocupação era constante com nossa segurança, principalmente quando chovia e a estrutura de madeira ficava encharcada. Agora, sim, temos uma ponte decente que nos permite transitar com segurança no local”, disse.

Também moradora antiga da Rua do Comércio, via onde foi construída a ponte, a dona de casa Maria José Matos, 58 anos, lembra o quão difícil era transitar sobre a estrutura antiga e enaltece a realização da obra no local. “Há muitos anos reivindicávamos pela construção de uma nova ponte aqui, o que, enfim, aconteceu. Nós, moradores da comunidade, estamos muito felizes com esse benefício, pois não teremos mais que fazer malabarismo sobre tábuas deterioradas para atravessar para o outro lado da via”, observou a dona de casa.

AÇÕES

Na Vila Isabel, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), tem realizado outras ações de infraestrutura urbana. Uma delas é a construção de uma galeria de concreto na Rua Senador Pompeu, que possibilitará o escoamento das águas pluviais de um córrego antes existente no local. O bairro Vila Isabel também já recebeu investimentos com colocação de pavimentação asfáltica, implantação de via Interbairros e melhoria da iluminação pública.

Assim como a nova ponte da Rua do Comércio, a construção da galeria e a pavimentação das ruas também são demandas antigas desta comunidade. “O bairro é cercado de córregos e mangues. Por isso, as ações realizadas aqui visam melhor estruturar a área para conter a erosão dos terrenos e facilitar o escoamento das águas pluviais”, destacou o titular da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Antonio Araújo.

Governador Flávio Dino anuncia investimentos em infraestrutura para a região Sul

Durante a 15ª Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec), o governador Flávio Dino anunciou novos investimentos na cidade de São Raimundo das Mangabeiras, na região Sul do Maranhão. O governador anunciou a pavimentação da estrada vicinal que interliga os povoados Morro do Chupé e Agrosserra, a recuperação da MA-375 e a construção de uma praça pública.

Serão 30 quilômetros de pavimentação da estrada vicinal, que vai interligar diversas comunidades, levar mais mobilidade, segurança e conforto durante o trajeto. Outra novidade é a recuperação dos 20 quilômetros da MA-375, que liga São Raimundo das Mangabeiras  à Sambaíba. Flávio Dino anunciou, também, a construção de uma praça, no bairro São Francisco, orçada em mais de R$ 2 milhões.

O prefeito da cidade, Rodrigo Coelho, disse estar satisfeito com os investimentos da gestão estadual. “Tenho muito orgulho de ser amigo de um governador que cumpre suas palavras e traz investimentos para o nosso povo”, acrescentou.

Segundo Flávio Dino, tantas ações são resultados de uma administração que apoia os municípios. “Temos um governo que sabe partilhar os recursos, por isso estamos entre os estados que mais crescem no Brasil e vamos continuar crescendo”, pontuou o governador.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, destacou outras obras que somam com as anunciadas durante a Agritec. “Temos em andamento a construção da ponte Sambaíba, com 60 metros de extensão e 13 metros de largura, facilitando a mobilidade a diversos municípios, como São Raimundo das Mangabeiras, Loreto, Balsas, Tasso Fragoso, Mirador, além do Mais Asfalto. São serviços importantes para melhorar a vida das pessoas”, frisou.

Governo investe na malha viária do estado e entrega novos trechos rodoviários em 2018

O Governo do Estado fechou o cronograma para entrega de novos trechos rodoviários em 2018. Ao todo, foram  21 trechos em andamento, desses 11 estão previstos para ser entregues este ano, informou o Leões.

Desde que assumiu a gestão, o governador Flávio Dino vem ampliando os investimentos na infraestrutura a cada ano. Em 2015 foram R$ 96 milhões, em 2016 subiu para R$ 151,2 milhões, 2017 foram mais de R$ 156 milhões e agora em 2018 o trabalho continua em mais 22 rodovias somando um valor total de R$ 888,7 milhões para a pavimentação de 1072 km de novas estradas.

As ações desenvolvidas por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) estão possibilitando desenvolvimento social e econômico ao estado, além de interligar as diversas regiões maranhenses, como destaca o secretário Clayton Noleto. “O Governo Flávio Dino investe de forma séria e racional os recursos públicos promovendo a integração, o desenvolvimento e a geração de emprego, renda e mais oportunidades para todos com a construção e melhoramento de nossas rodovias”.

Dos 11 trechos a serem entregues este ano, dois foram inaugurados este mês, somando 87 quilômetros de nova rodovia na Região dos Cocais, a MA-034 que agora interliga Buriti Bravo a Brejo de São Félix e Brejo de São Félix a Café Buriti. A nova estrada melhora a rota entre Timon, Colinas, Mirador, Passagem Franca, Nova York, Matões e Paraibano e ainda poderá ser utilizada como alternativa para chegar a Balsas, interligando o Leste ao Sul do Estado.

Dentro do cronograma de entrega, a Região dos Lençóis também está sendo beneficiada com a construção de uma nova rodovia na MA-320 entre povoado Sangue a Santo Amaro do Maranhão. Com a nova infraestrutura os turistas terão acesso fácil, rápido e seguro a um dos destinos mais procurados no mundo, o Parque dos Lençóis. O Governo também está construindo o acesso ao Aeroporto de Barreirinhas.

Outra região importante é a MA-307, que liga Presidente Médici a Centro do Guilherme. Serão 32 quilômetros de rodovia que ainda não havia recebido pavimentação asfáltica. Com o investimento, a Região Oeste do estado ganha uma nova rota para escoamento da produção, beneficiando diretamente três municípios: Centro do Guilherme, Maranhãozinho e Presidente Médici.

Na Região Sul duas obras importantes estão previstas para serem entregues no mês de abril. A Ponte sobre o Rio Balsas na cidade Sambaíba e a MA-140 no trecho entre Balsas ao Povoado Ouro. A MA-140 é parte integrante do Anel da Soja, importante corredor do transporte da safra de grãos na Região Sul do estado.

Enquanto finalizam as rodovias a serem entregues este ano, o Governo permanece trabalhando em outros trechos importantes como a MA-336 do Pov. Miranorte a Joselândia. Executada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), a estrada segue seu ritmo normal e o investimento de R$ 28,4 milhões garante a requalificação dos 38 quilômetros de extensão que interligam povoados da zona rural a sede do município.

Governo inicia obras de recuperação emergencial no Alto do Turu em São José de Ribamar

Auxiliando as prefeituras municipais, o Governo do Maranhão inicia em São José de Ribamar obras de recuperação emergencial com Operação Tapa-buracos na Av. 01 no bairro Alto do Turu. A ação tem o objetivo de garantir a trafegabilidade enquanto cessa o período chuvoso.

O secretário adjunto de Manutenção de Obras Rodoviárias, João de Luna vistoriou o início dos serviços na avenida e explica que as ações são emergenciais. “Nós temos um projeto para ser executado com drenagem profunda e pavimentação asfaltica nesta avenida. Enquanto isso estamos trabalhando com Operação Tapa-buracos para garantir a trafegabilidade enquanto aguardamos o final do período chuvoso”.

A Av. 01 no Alto Turu faz parte da rota de ônibus no bairro e também é uma via importante que interliga os municípios da Região Metropolitana de São Luís através dos bairros Parque Vitória, Parque Jair e Jardim Turu.

A dona de casa Maria Rosa explica que as obras são necessárias para garantir o fluxo dos moradores. “As ruas aqui são horríveis, a gente não pode sair, quando chove é tanta lama. Com esse serviço já melhora porque a pessoa já pode pegar um táxi, já pode sair e chegar mais tarde à noite porque o taxista pode vir deixar aqui, porque do jeito que tá eles nem querem vir”.

Morador antigo do bairro, Washington Sampaio Junior reforça a importância dos serviços para a comunidade. “Essa é uma reivindicação nossa e que o Governo tem atendido hoje acionando essas equipes para nos oferecer uma acessibilidade melhor enquanto sai as obras definitivas e nós precisamos mesmo desse apoio”, enfatiza.

Autorizada construção de ponte na Rua do Comércio, na Vila Isabel

Os moradores do bairro Vila Isabel, na área Itaqui-Bacanga, estão em festa. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), atendendo pedido feito pelo vereador Raimundo Penha (PDT), assinou, na noite da última quarta-feira (07), ordem de serviço autorizando o início das obras de construção da ponte da Rua do Comércio.

A nova ponte, que substituíra uma de madeira, é uma reivindicação antiga dos moradores e foi defendida por Penha durante todo o ano de 2017.

O parlamentar, inclusive, apresentou requerimento pleiteando o serviço e visitou o local várias vezes acompanhado do secretário municipal de Urbanismo e Habitação, Leonardo Andrade.

“Esta obra vem coroar todo o trabalho que vem sendo feito na Vila Isabel pelo prefeito Edivaldo, a exemplo da Rua Senador Pompeu. São 40 anos de espera por esta ponte. Agradeço ao vereador Penha por ajudar a levantar esta bandeira”, afirmou Michael Jackson Sousa, presidente da Associação de Moradores do bairro.

Raimundo Penha agradeceu a parceria do prefeito. De acordo com ele, Edivaldo realiza um grande trabalho na Vila Isabel e a construção da ponte é mais uma ação importante no setor da infraestrutura e mobilidade urbana.

Edivaldo agradeceu o apoio dos moradores e do Parlamento Municipal.

Para o prefeito, mesmo diante das dificuldades financeiras pelas quais passam todos os municípios brasileiros, a prefeitura de São Luís, com planejamento, vem conseguindo atender aos anseios da população.

Também participaram da solenidade de assinatura da ordem de serviço o deputado estadual Edivaldo Holanda (PTC); o vice-prefeito Júlio Pinheiro (PC do B); além de várias outras lideranças políticas e comunitárias.

De Assessoria.

Governo Flávio Dino investe R$ 1,2 bilhão em infraestrutura da educação básica a superior

Ampliar e melhorar a estrutura educacional do Maranhão é um dos principais compromissos do Governo do Estado, que investe R$ 1,2 bilhão de reais em reformas, construção e adequações de escolas, núcleos e universidades. As ações são executadas pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) em parceria com as secretarias estaduais de Educação (Seduc) e Ciência e Tecnologia (Secti).

As novas estruturas oferecem condições dignas para o aprendizado dos estudantes do ensino fundamental, médio e superior. “O governo que realmente se preocupa com as transformações sociais faz investimentos consistentes com planejamento a curto, médio e longo prazo, como é o caso do Governo Flávio Dino, que tem feito investimentos desde a base com o Programa Escola Digna até o ensino superior, com reformas e construções que estão ajudando a expandir o ensino superior estadual”, destaca Clayton Noleto, secretário de Estado da Infraestrutura.

Noleto complementa, afirmando que “tudo isso compõe um conjunto de investimentos que ajuda a melhorar a qualidade de vida da nossa população e descortina um novo horizonte para o nosso estado. É o Maranhão no rumo certo, avançando cada vez mais, para que a gente possa alcançar a verdadeira justiça social”.

Na educação básica, os repasses foram direcionados para 848 escolas de ensino fundamental e médio. Para oferecer aulas para educação básica, ensino fundamental menor e educação para jovens e adultos (EJA), as escolas de barro, taipa e palha foram substituídas por alvenaria. O Governo entregou 122 novas estruturas em povoados e municípios com difícil acesso, oferecendo a estrutura de Escola Dignas para mais de 18 mil estudantes nos três turnos. A previsão é que mais 101 sejam iniciadas.

Para o ensino médio, as prioridades foram as reformas de unidades nos municípios que apresentavam estruturas precárias. Foram praticamente reconstruídas 174 escolas, como o Centro de Ensino Aluízio Azevedo, que estava há 35 anos sem receber uma reforma completa. Nela foi instalado o sistema de climatização, forro, iluminação, pintura, construção de palco e urbanização interna, beneficiando 728 alunos.

Atendendo a demanda dos estudantes em vários municípios que não possuíam prédio próprio para educação de nível médio, o Governo ainda está construindo novas escolas em quilombos, comunidades indígenas e cidades. Um delas é a Escola Indígena Cacique Adebal na Aldeia EI Betel, em Jenipapo dos Vieiras, e no Quilombo Damásio em Guimarães, garantindo assim o direito à educação de todos os maranhenses.

“O governador Flávio Dino não tem medido esforços para mudar a realidade da educação no Maranhão, com ações e investimentos em todas as regiões do estado, incluindo lugarejos mais distantes que, por anos a fio, foram esquecidos pelo poder público. O Maranhão caminha hoje a passos largos rumo à educação de qualidade para todos. E o Escola Digna, comandado pelo governador Flávio Dino, é um vetor fundamental para garantir um futuro digno e justo ao povo maranhense”, disse o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Núcleos de Educação Integral

Priorizando a política de expansão educacional com acesso à educação em tempo integral, o Governo também está investindo na construção de Núcleos de Educação Integral, proporcionando aos jovens uma estrutura ampla, com condições de permanecerem mais tempo na escola, adquirindo mais qualidade do ensino. O primeiro núcleo foi construído em Barra do Corda e atende outras necessidades dos estudantes que podem exercer estudos complementares como atividades artísticas, esportivas, de laboratórios e reforço escolar.

Outros sete Núcleos de Educação Integral estão sendo construídos pelo Governo do Estado nas cidades de Santa Inês, Santa Luzia do Tide, Codó, Viana, Vargem Grande. As obras já foram iniciadas e mais dois serão construídos nas cidades de Zé Doca e Açailândia. O investimento, de R$ 46 milhões, beneficiará, aproximadamente, 25 mil estudantes da Rede Pública Estadual e das redes municipais.

Cada núcleo possui quadra, auditório, biblioteca e laboratórios de química, biologia e física. Os alunos terão acesso a salas de robótica, informática e matemática, artes e idiomas. Há salas de descanso para os professores, para os alunos, ambulatório, banheiros, sala de professores, almoxarifado e sala de direção.

IEMAs

Oferecendo além da formação básica, os Institutos de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMAs) estão sendo construídos para oferecer também educação profissional técnica de nível médio aos estudantes maranhenses. Atualmente foram implantados sete institutos em São Luís, Coroatá, Axixá, São José de Ribamar, Timon, Bacabeira e Pindaré. Este mês o Governo irá entregar mais uma unidade em Santa Inês.

Nos IEMAs, os estudantes, além do diploma do ensino médio, adquirem educação técnica em diversas áreas como Agricultura, Agropecuária, Administração, Eletromecânica, Eletrotécnica, Guia Turístico, Logística, Meio Ambiente, dentre outros, respeitando as necessidades locais e as prioridades estratégicas do Maranhão.

Além dos institutos que já foram entregues, o Governo continua trabalhando em mais 12 municípios, com investimento de R$ 129,8 milhões, e vai iniciar a construção em outros sete, somando mais R$ 90,8 milhões. Ao todo, serão 250,1 milhões de reais aplicados no ensino técnico.

“Os investimentos da Infraestrutura são chaves para e expansão dos IEMAs no Maranhão. E a Sinfra é a secretaria responsável e por essas construções. Nós temos muita confiança de que o IEMA irá contribuir para desenvolver o Maranhão ao formar uma nova geração de maranhenses preparados para o século 21 e capazes de alavancar esse estado dos últimos lugares dos principais indicadores sociais, econômicos, políticos. Nós acreditamos nisso, que esse investimento será determinante para o futuro do Maranhão”, destacou o reitor do IEMA, Jhonatan Almada.

Investimentos no ensino superior

Mantendo o compromisso com a educação, os estudantes que saírem do ensino básico também vão poder continuar os estudos em estruturas adequadas ao ensino com conforto e qualidade. Os repasses para o ensino superior somam R$ 25,9 milhões em adequações e construções de unidades da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

UEMA

Na capital, os investimentos de infraestrutura na UEMA foram concentrados na área externa com obras de melhorias na mobilidade urbana e drenagens profundas nos pontos de alagamentos, duas rotatórias e a pavimentação das ruas do Campus. Para finalizar a obra, a universidade vai ganhar um novo visual com a construção de um pórtico.

Em São Bento, o Governo vai instalar um novo campus. As obras de construção foram iniciadas com um investimento de R$ 12 milhões nas edificações que vão abrigar cursos voltados ao desenvolvimento regional com capacidade para receber 600 alunos por semestre. O novo campus contará com sete prédios e espaços como salas de aula, auditórios, refeitório, alojamentos e pontos de estágio.

UemaSul

Após as obras de adequação e ampliação na Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UemaSul), em Imperatriz, na Rua Godofredo Viana no Centro, as instalações da universidade ficaram modernizadas e agora a cidade também ganhará o novo campus próximo ao Parque de Exposições Lourenço Vieira da Silva.

Com um investimento de R$ 11,3 milhões de reais, o campus abrigará o Centro de Ciências Agrárias, atendendo diretamente aos cursos de Medicina Veterinária, Agronomia e Engenharia Florestal.

“A modernização da UemaSul e a construção do novo campus são passos importantes para a consolidação da mais nova universidade do Maranhão, que é uma demanda antiga da região, consolidada por meio da sensibilidade do governador Flávio Dino”, enfatizou Clayton Noleto.

O prédio terá 20 salas de aula, uma de controle, quatro para administração, uma de informática, quatro de manutenção técnica, 21 laboratórios, auditório, cantina, cozinha, oito banheiros, uma biblioteca e estacionamento. A nova estrutura vai permitir que novos cursos, como Medicina, por exemplo, sejam oferecidos pela universidade.