Caema informa que reabastecimento está sendo normalizado

Após uma descarga atmosférica que atingiu atingiu o alimentador de energia elétrica, rompendo o cabo e desativando o Sistema Italuís, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), informa que o abastecimento dos 159 bairros atendidos pelo sistema está sendo normalizado.

Em nota, a Caema diz que desde o incidente, que ocorreu na quarta-feira (7), “as equipes da Caema trabalham para restabelecer o Sistema, que voltou a operar na manhã desta quinta-feira (8)”.

Caema concede desconto em contas de quem ficou sem água

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) concederá desconto nas faturas de água das pessoas que foram afetadas durante os seis dias de reparos na adutora do Sistema Italuís.

O desconto foi uma solicitação da Defensoria Pública do Estado, que notificou a Caema no dia 11 deste mês pela falta de água em 159 bairros da capital.

“Os descontos serão proporcionais à quantidade de dias que a população ficou sem água”, explica o defensor Alberto Bastos.

Segundo a Caema, os bairros afetados já estão sendo novamente atendidos pela Italuís e que os descontos serão de 20%, proporcional aos 6 dias sem água.

De Redação, com informações de O Imparcial.

Procon notifica Caema e empresas contratadas para obra na Italuís

Após o rompimento da nova adutora do Sistema Italuís, o Procon MA resolveu notificar a Caema e as empresas contratadas pela Companhia de Saneamento para a obra, MEMPS e o consórcio EDECONSIL, PB Construções e EIT Constrauções.

O Procon estabeleceu um praz de cinco dias para que todos apresentem os testes de segurança e confiabilidade da nova adutora.

Em nota, o Procon disse ainda estar “acompanhando de perto todos os procedimentos realizados em prol da garantia dos direitos dos consumidores.

Em coletiva de imprensa, a Caema disse que o fornecimento de água nos 159 bairros afetados pelo rompimento, e que serão os maiores beneficiados com a reforma, terão o reabastecimento normalizado gradativamente, começando nesta segunda e finalizado na quarta-feira (13).

De Redação.

Sistema Italuís será normalizado até quarta-feira, diz Caema

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira (11), o presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA), Carlos Rogério Araújo, falou sobre os problemas com a instalação da nova adutora do Sistema Italuís.

A instalação foi iniciada na quarta-feira (6) e terminada no sábado (9), mas houve um rompimento quando a água começou a ser bombeada para os 159 bairros que vai atender.

Carlos Rogério declarou que a completa normalização do abastecimento, que começou já nesta segunda pela manhã, deverá acontecer até quarta-feira (13).

Abastecimento de água deve ser normalizado ainda hoje, diz Caema

Após o rompimento da nova adutora do Sistema Italuís, na noite deste sábado (9), a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) informou que as empresas responsáveis pela obra foram cobradas sobre uma solução, e que o abastecimento de água dos 159 bairros deve ser normalizada nesta segunda-feira (11).

As obras na nova adutora começaram na quarta-feira (6), para melhorar o abastecimento de bairros que não recebiam água de forma adequada há décadas. Durante a religação, feita no sábado (9), houve um vazamento, que foi vistoriado de perto pelo governador do Estado, Flávio Dino.

Em seu Twitter, o chefe do executivo declarou que estava indo ao local acompanhar os trabalhos, e que o problema se deu por conta de uma peça feita por uma empresa privada, mas que seus responsáveis já estavam tomando providências.

Com o vazamento, o sistema foi novamente desligado para evitar desperdício. Em nota, a Caema disse que o reabastecimento começara a ser normalizado, gradativamente, nas primeiras horas desta segunda. “Após consultar as empresas Edeconsil Construções e Locações,  PB Construções,  EIT Construções e Memps, a CAEMA informa que a primeira previsão é de restabelecimento gradativo do abastecimento de água para as primeiras horas desta segunda-feira”, diz o comunicado.

De Redação.

Abastecimento de água começa a ser restabelecido nesta segunda (11), afirma Caema

Em nota, Companhia de Saneamento do Maranhão (Caema) informa que a primeira previsão é de restabelecimento gradativo do abastecimento de água para as primeiras horas desta segunda-feira (11).

Nota da Caema

Após consultar as empresas Edeconsil Construções e Locações, PB Construções, EIT Construções e Memps, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) informa que a primeira previsão é de restabelecimento gradativo do abastecimento de água para as primeiras horas desta segunda-feira (11).

GOVERNADOR PRESENTE

O governador Flávio Dino afirmou que os trabalhos para restabelecer o abastecimento de água na nova adutora do Sistema Italuís serão feitos de forma incessante até que o problema esteja resolvido. Ele supervisionou o trabalho dos engenheiros e técnicos da Caema na manhã deste domingo, 10.

Na noite de sábado (9) foi identificado um problema na conexão feita no novo Sistema Italuís. A falha foi detectada após o reinício do bombeamento de água na nova adutora. O problema está numa peça fabricada por uma das empresas contratadas para fazer a instalação da nova adutora.

 Veja entrevista do governador Flávio Dino:

Água da nova adutora de Italuís começa a chegar no fim da tarde deste sábado

A Caema informa que concluiu os serviços de interligação da nova adutora do Sistema Italuís no fim da tarde desta sexta-feira (8), antecipando os serviços em 12h.

A primeira bomba foi ligada às 18h do mesmo dia e as outras bombas foram ligadas gradativamente, à medida que aconteceu a estabilização do sistema.

O período de 12h para enchimento da linha já foi cumprido e o consumidor poderá sentir água nas torneiras de forma gradativa, dos locais mais baixos pros mais altos, a partir do fim da tarde deste sábado (9).

Caema finaliza interligação do novo Italuís antes do previsto

A Caema concluiu serviço de interligação da nova adutora da Italuís, que estava previsto para terminar somente na manhã de sábado, ainda na sexta-feira (8).

O bombeamento do Sistema Italuís, feito de forma gradativa para restabelecimento hidráulico do sistema, teve início às 18h desta sexta-feira (8), antecipando em 12h o tempo previsto para a execução dos serviços. A Caema concluiu a instalação de nova adutora do Italuís 12 horas antes do previsto.

A chegada da água às torneiras começa na manhã deste sábado, de forma gradativa. A operação fará que a água aumente na torneira de 600 mil pessoas em 159 bairros de São Luís. Além disso, a nova adutora põe fim aos vazamentos e interrupções constantes causados pela estrutura anterior, sucateada por falta de investimentos na última década.

De Secap.

Instalação da nova adutora do Italuís entra na reta final

O segundo dia de trabalho para interligar a nova adutora do Sistema Italuís, nesta quinta-feira (7), manteve os resultados positivos verificados desde o início das atividades. “A obra está avançando, nós vamos concluir o cronograma que foi estabelecido, de 72 horas”, diz o presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), Carlos Rogério.

A nova adutora tem 19 quilômetros de extensão e vai colocar a capital numa nova era em termos de abastecimento de água. A estrutura antiga se tornou precária por causa da falta de investimentos nas últimas décadas. Isso vinha causando vazamentos e cortes frequentes de água em São Luís.

Como a nova adutora é muito mais segura e robusta – feita em aço –, não vai mais haver essas interrupções rotineiras. “O sistema antigo tem 35 anos e agora nós estamos fazendo a nova estrutura com material mais nobre, com uma resistência muito maior”, acrescenta Carlos Rogério.

Depois de instalado, o novo sistema vai captar 500 litros a mais por segundo. Isso significa 30% a mais de água para 600 mil moradores em 159 bairros.

Para fazer a interligação da nova adutora, foi necessário paralisar o abastecimento nesses bairros desde as 6h de quarta-feira (6) até as 6h deste sábado (9).

Reta final

Nesta quinta-feira, as equipes que se revezam de modo a manter os trabalhos 24 horas por dia fizeram a chamada montagem mecânica, que é a concretagem para dar estabilidade ao novo sistema.

Nesta sexta-feira, após as 12h, deve ter início a fase conhecida como manobra, para começar o retorno do abastecimento.

A partir da conclusão dos trabalhos, no sábado, será retomado o abastecimento. Como sempre ocorre nessas ocasiões, a água chegará às residências de forma gradativa. “Á água tem toda uma trajetória. É preciso pressurizar as redes para a água chegar aos reservatórios”, explica o presidente da Caema, acrescentando que o abastecimento deve estar regularizado em toda a região atendida entre domingo e segunda-feira.

Abastecimento de água em São Luís será interrompido por 72 horas

O abastecimento de água de São Luís será interrompido à partir das 6h desta quarta-feira (6) para a instalação da nova adutora do Sistema Italupis, e vai até sábado (8).

Cerca de 159 bairros serão afetados com a fata de água por 72h. Segundo a Caema, entretanto, os 19km de aço vão ajudar o sistema de abastecimento e por fim às constantes interrupções.

Bairros que serão afetados e posteriormente beneficiados pela nova adutora:

ZONA 01
Centro; São Pantaleão; Madre Deus; Goiabal; Codozinho; Vila Bessa; Belira; Lira; Parte da Areinha; Macaúba; Apicum; Camboa; Vila Bangu; Diamante; Vila Passos; Coréia de Baixo; Coréia de Cima; Sítio do Meio; Alto da Boa Vista; Retiro Natal; Liberdade; Tomé de Sousa; Fé em Deus; Floresta; Retiro Natal e Monte Castelo.

ZONA 02
Apeadouro; Irmãos Coragem; Bairro de Fátima; Bom Milagre; Parque Amazonas; Alemanha; Caratatiua; Vila Ivar Saldanha; Alto da Vitória; João Paulo; Jordoa; Vila Palmeira; Barreto; Túnel do Sacavém; Santa Cruz; Vera Cruz; Cutrim; Radional; Coroado; Parque Pindorama; Parque do Nobres; Redenção; Barés; Filipinho; Sítio Leal; Sacavém; Coheb do Sacavém; Santo Antônio; Vila Conceição; Bom Jesus; Vila dos Frades; Parque Timbira; Alto do Parque Timbira; Primavera; Sítio do Pica Pau Amarelo; Coroadinho.

ZONA 04
São Cristóvão; Tirirical; Solar das Mangueiras; Parque Universitário; João de Deus; Sítio Pirapora; Vila Itamar; Parque Jaguarema; Parque Sielândia; Residencial Canaã; Alameda dos Sonhos; Vila Lobão; Parque Roseana Sarney; Santo Antônio; São Bernardo; Vila Brasil; Cohapan; Jardim São Cristóvão; Residencial João Alberto; Parque Sabiá.

ZONA 05
Alto do Calhau; Calhau; Cohafuma; Conjunto Basa; Ilhinha, Jaracaty; Jardim São Francisco; Loteamento Boa Vista; Loteamento Jaracaty; La ravardiere; Ponta D’Areia; Ponta do Farol; Residencial Novo Tempo; Recanto dos Nobres; Renascença I e II; Residencial Ana Jansen; São Marcos; São Francisco; Vila Conceição I e II; Av. Litorânea; Angelim Velho; Bequimão; Cohajoly; Cohama; Condomínio Villagio Esperança; Conjunto Angelim; Residencial Marfim; Conjunto Boa Morada; Conjunto Vinhais; Eco Villagio; Maranhão Novo; Parte do Primavera; Turu; Planalto Cohaserma; Planalto Vinhais I e II; Recanto Vinhais; Residencial Jaqueira; Residencial Vinhais II e III; Rio Anil; Vila Fialho; Villagio do Angelim; Vivendas da Cohama; Vinhais Velho; Olho D’água, Parte do Habitacional Turu.

ZONA 06
Jambeiro; Porto da Vovó; Sá Viana Novo; Sá Viana Velho; UFMA; Vila Bacanga; Vila Dom Luís; Vila Isabel; Vila Cerâmica; Vila Primavera; Vila Embratel; Vila Nova; Bonfim; Vila Verde; Fumacê; Anjo da Guarda; São Raimundo; Alto da Vitória; Gancharia; Vila São Luís; Vila Ariri; Vila Mauro Fecury I e II; Conjunto Taguatur.