Com ‘Meu Ônibus’ Prefeitura facilita mobilidade de passageiros do transporte urbano de São Luís

O universitário Nadison Nascimento Martins, que usa o App Meu Ônibus desde o lançamento da ferramenta, relata que o aplicativo funciona bem, o que o faz recomendar para familiares e colegas. “Uso três ônibus por dia, por conta da faculdade e do trabalho. Então estou sempre me informando sobre o destino dos coletivos que costumo utilizar nos percursos que preciso fazer ao longo do meu dia”, afirma o estudante.

A atendente Thais Pereira da Silva, moradora do bairro da Areinha, que durante o dia precisa utilizar três ônibus coletivos, conta que o aplicativo garante comodidade e segurança. “Já acesso o Meu Ônibus há nove meses e nesse tempo todo, os horários fornecidos sempre foram os mostrado no aplicativo. É um bom serviço para a população e acho que auxilia muito na hora da gente fazer precisar se deslocar de casa para o trabalho”, declara.

Rodrigues Oliveira, que estuda e trabalha, conta que faz uso do aplicativo nos aparelhos dos irmãos por conta de segurança, pois não gosta de ficar na rua com o celular exposto. “Faço a minha consulta antes de sair de casa. É um serviço que sempre que me pedem indicações, recomendo, porque sei que é muito prático e eficiente”, garante o acadêmico do curso de Administração.

O estudante de curso técnico e morador do Bairro do Coroadinho, Jonatas Pinho Pacheco, revela que ainda não baixou o aplicativo, mas como precisa fazer uso de até quatro coletivos por dia, costuma pedir dicas para colegas sobre os horários dos ônibus que utiliza para se deslocar pelos bairros de São Luís. “Ainda não tive como baixar o Meu Ônibus, mas sempre peço ajuda dos meus amigos para saber direitinho os horários e pontos de embarques para não me atrasar nos meus compromissos”, assegura.

DOWNLOADS

O Meu Ônibus é baixado facilmente tanto nos aparelhos Android e IOS. Para tanto, basta o passageiro de São Luís digitar o nome correto do App e fazer o download. Para baixar, a função GPS do aparelho precisa estar ativada para que o aplicativo consiga identificar a localização. Concluído o download, basta selecionar o ponto de ônibus de interesse para verificar em quantos minutos os coletivos chegarão ao local de interesse. O sistema permite localizar pontos de ônibus num raio de até dois quilômetros da localização do passageiro.

SEMIURBANOS

O Centro de Controle de Operações (CCO) da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) informa que somente ônibus que fazem parte da frota oficial do município de São Luís podem ser devidamente consultados e monitorados pelo aplicativo Meu Ônibus, da Prefeitura de São Luís. O esclarecimento se faz oportuno por conta do surgimento de reclamações de usuários de coletivos semiurbanos e do Expresso Metropolitano que rodam na ilha de São Luís mas que não integram o aplicativo.

“É comum recebermos relatos de passageiros que utilizam os semiurbanos, reclamando que o coletivo que estavam aguardando não chegou no horário que o aplicativo mostrava ou que não conseguem localizar o ônibus desejado para um determinado destino. A ferramenta Meu Ônibus gerencia os ônibus cadastrados na frota oficial da capital”, explica o engenheiro Rafael Portelada, do Centro de Controle de Operações da SMTT.

Mais de 20 motoniveladoras entregues aos municípios auxiliam na mobilidade urbana

Foram entregues 28 novas motoniveladoras que serão um reforço a mais para desenvolver ações de infraestrutura em vários municípios do interior do estado. Os equipamentos foram distribuídos durante solenidade realizada no auditório do Palácio Henrique de La Roque com a presença do Secretário de Estado da Infraestrutura – Sinfra, Clayton Noleto e demais autoridades.

A distribuição do maquinário tem o objetivo de melhorar as condições de tráfego, acessibilidade e mobilidade urbana nos municípios do interior do Maranhão. Montes Altos também foi uma das cidades contempladas.

Cidades contempladas
As 28 máquinas, adquiridas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), contemplaram as cidades de: Itaipava do Grajaú, São João dos Patos, São Félix de Balsas, Axixá, Penalva, Alto Parnaíba, Centro do Guilherme, Turilândia, Vargem Grande, Caxias, Tutóia, Pindaré, Igarapé Grande, Barra do Corda, Tufilândia, São Francisco do Brejão, Vila Nova dos Martírios, Mirinzal, Tasso Fragoso, São Mateus, Sucupira do Norte, Sucupira do Riachão, Cândido Mendes, Carutapera, Junco do Maranhão, Lago dos Rodrigues e Nova Colinas.

O Secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, ressaltou a importância das parcerias do Governo com as prefeituras de cada cidade. “Dando continuidade com as parcerias dentro dessa linha municipalista, está hoje cumprindo mais uma entrega de 28 motoniveladoras que são equipamentos muito importantes para o melhoramento de estradas vicinais nos municípios, que ajudam a melhorar a qualidade de vida do nosso povo”, completou.

Durante a solenidade, também foram distribuídos 10 kits com veículo, computador, impressora, bebedouro e refrigerador para os Conselheiros Tutelares.

Aplicativo ´Meu Ônibus` ganha atualização para celebrar um ano de funcionamento

Completando um ano de criação, o aplicativo Meu Ônibus, da Prefeitura de São Luís, já alcança 145 mil downloads. Pela ferramenta do sistema de transporte público urbano da capital, o passageiro sabe facilmente a hora em que o ônibus vai passar, podendo escolher a parada mais próxima. Para se tornar uma ferramenta ainda mais útil, o aplicativo foi atualizado e agora é possível localizar o coletivo pelo número da linha bem como saber os sentidos de ida e volta. O serviço, lançado pelo prefeito Edivaldo em março de 2017, soma-se a outras iniciativas implementadas pela Prefeitura de São Luís para modernização e melhoria do sistema de transporte público.

“Ficou ainda mais abrangente, facilitando para a população que utiliza o sistema urbano de transporte coletivo e assim, o aplicativo cumpre sua função de orientar e garantir ao passageiro economia de tempo e mais segurança”, reforça o secretário municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), Canindé Barros.

Quem utiliza a ferramenta, aponta aspectos positivos como a economia de tempo e garantia de mais segurança no uso do serviço. “Eu uso bastante. Antes, eu ficava um tempão na parada, agora, só saio uns minutos antes do ônibus chegar. Acesso sempre o aplicativo e vi que, realmente, é muito útil, preciso e fácil de acessar. Gosto bastante”, disse a estudante Joiciane Ferreira, 22 anos, moradora do Outeiro da Cruz.

“Saber a hora exata do ônibus é um grande benefício. A gente não perde tempo e pode se organizar sabendo que tem o horário para estar na parada e o ônibus vai realmente passar. É um aplicativo muito eficiente. Tudo de bom, ainda mais para mim que costumo pegar o mesmo ônibus no meu bairro”, afirma a estudante Josciely Rodrigues, 16 anos. O aplicativo Meu Ônibus reúne os dados por meio dos GPS instalados nos mais de 930 ônibus do sistema indicando o horário de chegada nas paradas da cidade.

SISTEMA EFICIENTE

O aplicativo pode ser baixado em aparelhos celulares que utilizem as plataformas Android e IOS. O celular precisa estar com o GPS acionado para o uso da ferramenta. Ao ser acionada, a ferramenta indica a localização do usuário.

No ícone de busca basta informar o destino desejado e aparecerá uma lista das linhas disponíveis nas proximidades e os respectivos horários em que o ônibus irá passar. A tecnologia veio para facilitar a vida dos passageiros do transporte na capital.

Projeto que regulamenta Uber é aprovado no Senado com modificações

O Senado aprovou na noite dessa terça (31) o projeto que regulamenta o uso dos aplicativos de transporte no país como Uber, Cabify e 99. Os senadores aprovaram o texto que veio da Câmara com duas principais alterações: retiraram a exigência da chamada placa vermelha e a obrigatoriedade de que os motoristas sejam proprietários dos veículos que utilizarem para a comercialização do serviço.

Como foi alterada, a proposta precisa agora ser apreciada novamente pelos deputados. Na votação, os parlamentares aprovaram duas emendas acolhidas pelo relator, senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), e rejeitaram outras sugestões de alteração do texto, como a que limitava a 5% o valor cobrado pelas empresas aos motoristas de aplicativos. O texto-base do projeto foi aprovado por 46 votos favoráveis, 10 contrários e uma abstenção. As demais votações foram feitas de forma simbólica, o que gerou confusões e discordâncias em plenário sobre o procedimento conduzido pelo presidente Eunício Oliveira (PMDB-CE).

Durante a discussão do projeto, protestos na Esplanada dos Ministérios ao longo da tarde reuniram 3 mil pessoas, entre taxistas e motoristas de aplicativos. Duas confusões foram registradas pelas forças de segurança, que chegaram a reter o trânsito por alguns minutos. Em uma delas, os taxistas que se dirigiam em direção aos motoristas de aplicativos foram contidos com spray de pimenta pela Polícia Militar, que prendeu um motorista por desacato.

Dentro do Congresso, o clima também ficou tenso. Em um dos corredores do Senado, o diretor de comunicação da empresa Uber, Fabio Sabba, foi agredido com um tapa no rosto enquanto concedia entrevista a um jornalista. Por meio de nota, a Uber repudiou o episódio e informou que o funcionário passa bem e registrou boletim de ocorrência na delegacia do Senado. “A Uber considera inaceitável o uso de violência. Acreditamos que qualquer conflito deve ser administrado pelo debate de ideias entre todas as partes”, afirmou.

De Agência Brasil.

24 mil pessoas são beneficiadas com obras de asfalto em Carolina

As Avenidas Elis Barros, Frederico Martins e Avenida Brasil, em Carolina, no Sul do Maranhão, recebem do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), serviços de recuperação de pavimento. Com as obras de pavimentação, estão sendo beneficiadas quase 24 mil pessoas que moram na cidade de Carolina.

O Governo do Maranhão possui outras obras em andamento na cidade de Carolina para a melhoria da qualidade de vida da população. Entre elas está a construção de um hospital em Carolina, que está previsto para ser entregue no primeiro semestre de 2018. Para a obra foi destinado R$ 7.929.266,35 do Tesouro Estadual.

A iniciativa faz parte do Mais Asfalto que garante apoio às prefeituras na manutenção e pavimentação de vias urbanas. “Antes a gente não tinha nada e agora a gente está vendo esses serviços. A gente só tem a agradecer porque a população de Carolina merece esse investimento e o governo reconheceu isso”, avaliou o aposentado Antônio Noronha.

Na Avenida Brasil, está sendo preparada a base para receber a camada asfáltica e as demais vias ganham serviços de drenagem. Segundo o secretário da Sinfra, Clayton Noleto, com a pavimentação, as pessoas ganham mais qualidade de vida e mobilidade urbana.

“Esse investimento é muito importante para melhorar a qualidade de vida das pessoas, gerar emprego, renda, promover o desenvolvimento econômico e social. Além disso, o asfalto novo ajuda no escoamento da produção, garante o acesso aos serviços públicos, entre outros benefícios. Dessa forma, o governador Flávio Dino avança com a correta aplicação dos recursos públicos, elevando os índices do Maranhão”, relata o secretário da Sinfra, Clayton Noleto.

 

Os moradores estão entusiasmados com a construção do hospital. “Esse hospital vai facilitar o acesso a saúde, já não precisaremos sair correndo para outras cidades como Araguaína e Balsas, isso melhora o atendimento e ainda movimenta o comércio, traz novas perspectivas para a cidade”, comenta Thiago Ribeiro, que trabalha como vendedor.

Carolina também foi uma das primeiras cidades do sul do estado a ser beneficiada com a entrega da reforma e ampliação de escolas. O Centro de Ensino Sertão Maranhense, que há cerca de 30 anos não recebia reparos, foi completamente recuperado. Foram praticamente refeitos 11 salas de aula, laboratórios de Química, Biologia e de Informática, auditório, biblioteca e setor administrativo, além da construção da quadra poliesportiva e da cobertura do pátio.

Para o diretor adjunto da unidade de ensino, Pablo Santos, a obra revolucionou o processo de ensino e aprendizagem na escola. “Era complicado falar em educação em um ambiente feio e sujo, ninguém gosta de estar em lugar assim. O Governo Flávio Dino está de parabéns, toda a comunidade está muito feliz com a escola”, afirmou.

Audiência no MPT debate situação dos rodoviários nesta quinta-feira (18)

O Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) realiza nesta quinta-feira (18), às 15h, em sua sede, no Calhau, uma audiência para discutir os descontos salariais sofridos por motoristas e cobradores de ônibus e a falta de estrutura nos pontos finais das linhas de transporte público.

A reunião será presidida pelo procurador-chefe do MPT-MA, Marcos Rosa, e é um desdobramento da audiência realizada na última quinta (11), na Câmara de Vereadores de São Luís. Além de parlamentares, representantes da prefeitura, sindicatos patronal e obreiro e usuários do transporte coletivo devem participar do encontro.

 

Motoristas da Uber se reúnem com vereadores de São Luís

Profissionais motoristas da empresa de transporte privado Uber estiveram em reunião com vereadores da Câmara Municipal de São Luís na manhã desta terça-feira (2), para tratar do funcionamento do aplicativo na cidade.

Alisson Dourado, motorista e representante dos trabalhadores da Uber, deixou claro que sua presença na Câmara não era uma manifestação, mas uma reunião em busca de apoio para a legalização do trabalho na capital maranhense.

“Essa reunião não tem nenhum intuito de manifestação, mas sim buscar apoio desta Câmara Municipal”, disse o motorista.

Dourado disse ainda que o aplicativo já conta com mais de 550 integrantes e que diante da crise que já deixa milhões de desempregados, o Uber é uma oportunidade de emprego e também complementação financeira.

Segundo Astro de Ogum, presidente do legislativo muncipal, a promulgação da lei que torna ilegal o serviço oferecido pela Uber na cidade foi o cumprir de um dever legal da Casa.

“Se não fizesse isso [promulgasse a lei] estaria incorrendo em crime de improbidade administrativa”, afirmou Ogum, que declarou ser esta a primeira vez que um grupo de motoristas da recém instalada empresa procurou a Câmara.

[Exclusivo] Uber diz que continua em SL

Da Redação

Em resposta à promulgação da Lei Municipal nº 119/2015 que proíbe a sua atuação em São Luís, a assessoria da empresa Uber disse que o serviço continuará sendo oferecido na cidade, uma vez que a decisão da Câmara de São Luís é, segundo a Uber, inconstitucional.

Confira a resposta na íntegra:

Milhares de pessoas que usam a Uber para se movimentar e para ganhar dinheiro em São Luís podem ser afetadas quando for publicada a Lei 429/2017, promulgada hoje pela câmara dos vereadores da cidade. É importante lembrar que a justiça brasileira já reiterou que os serviços prestados pela Uber e seus motoristas parceiros são legais, sendo que proibições como esta são inconstitucionais. Desta forma, reforçando o nosso compromisso com esses usuários e parceiros, a Uber vai continuar operando em São Luís.

 

Entenda o caso

Após protestos de taxias e motoristas de carrinhos lotação, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PM) promulgou o Projeto de Lei nº 119/2015 que proíbe o serviço da empresa americana Uber na cidade.

O projeto é de autoria da ex-vereadora Luciana Mendes e deverá ser divulgado no Diário Oficial do Município nos próximos dias.

Desde o ano passado o projeto estava aprovado na Casa, tendo sido enviado ao prefeito Edivaldo Holanda Jr para que fosse sancionado, o que não aconteceu. Assim, o PL voltou para o legislativo municipal e foi promulgado nesta quarta-feira (26).

Câmara de São Luís proíbe Uber na cidade

Redação com informações de Câmara de São Luís e Uber

Após protestos de taxias e motoristas de carrinhos lotação, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PM) promulgou o projeto de lei que proíbe o serviço da empresa americana Uber na cidade.

O projeto é de autoria da ex-vereadora Luciana Mendes e deverá ser divulgado no Diário Oficial do Município nos próximos dias.

Desde o ano passado o projeto estava aprovado na Casa, tendo sido enviado ao prefeito Edivaldo Holanda Jr para que fosse sancionado, o que não aconteceu. Assim, o PL voltou para o legislativo municipal e foi promulgado nesta quarta-feira (26).

Reposta da Uber

Em notas enviadas à imprensa, a Uber tem se posicionado contrária às tentativas de barrar o seu funcionamento em São Luís. “A Uber não concorda com apreensões porque o serviço prestado pelos motoristas parceiros não só encontra respaldo na legislação Federal mas ainda na própria Constituição Federal. Reforçamos que nossos parceiros precisam ter os seus direitos constitucionais de trabalhar (exercício da livre iniciativa e liberdade do exercício profissional) preservados. Todo cidadão tem o direito de trabalhar honestamente, assim como o direito de escolher como quer se movimentar pela cidade”, declarou a empresa ainda no começo deste ano.

Segundo a assessoria da Uber, o uso do serviço é legal em todo o Brasil. ” Os motoristas parceiros da Uber prestam o serviço de transporte individual privado, que tem respaldo na Constituição Federal e é previsto em lei federal (Política Nacional de Mobilidade Urbana – PNMU Lei Federal 12.587/2012)”, disse.

Mobilidade urbana será debatida em São Luís

Na próxima quarta-feira (26) a a Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa do Maranhão receberá os trabalhadores do transporte alternativo que atuam nos quatro municípios da Ilha de São Luís. O anúncio foi feito pelo deputado Bira do Pindaré.

O parlamentar estadual destacou que a regulação dos serviços oferecidos é um dos principais temas que será tratado na reunião. Os representantes dos trabalhadores reclamam das dificuldades que sofrem em prestar serviço à população.

“Há muitos problemas e conflitos em relação todos esses serviços que complementam o sistema de transporte da nossa cidade e de toda a região metropolitana. Então, fui procurado na qualidade presidente da Comissão de Assuntos Municipais, e decidimos receber as comitivas dessas categorias para iniciar uma discussão”, informou o deputado.

Bira informou ainda que foram convidados para a reunião os prefeitos e os secretários de trânsito e transporte da capital e dos municípios de São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar, assim como representantes da Agência de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos e da Agência Metropolitana do Estado do Maranhão.

Carrinhos

No começo da semana, motoristas de táxis-lotação fizeram um protesto na região do Centro de São Luís, eles pediam a regularização do serviço que há anos oferecem, principalmente no Centro, Itaqui-Bacanga e Cidade Olímpica.