Centro de São Luís recebe maior volume de obras de requalificação dos últimos 30 anos

O prefeito Edivaldo, a presidente do Iphan, Kátia Bogéa, e o superintendente do instituto no Maranhão, Maurício Itapary, acompanharam de perto o andamento dos serviços de requalificação do Centro de São Luís. Considerado um dos maiores investimentos de revitalização realizados na região nos últimos 30 anos, o trabalho na área segue avançando dentro do cronograma previsto. A obra tem como reflexo a preservação de importantes espaços que referenciam a capital como Patrimônio da Humanidade.

Os serviços, executados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em parceria com a Prefeitura de São Luís, contemplam as Praças Pantheon, Deodoro, as alamedas Silva Maia e Gomes de Castro, além da reforma da Rua Grande e da Praça Dom Pedro II e o seu entorno. São mais de R$ 50 milhões em investimentos somando o conjunto de serviços em andamento e as obras já entregues.
Durante a vistoria, o prefeito Edivaldo destacou a grandiosidade do trabalho que está sendo feito na região. “O Centro Histórico de São Luís tem recebido atenção especial da nossa gestão, e essa obra de requalificação urbanística do Iphan, realizada com apoio da Prefeitura de São Luís, é um exemplo. Aqui estão sendo reformados símbolos da cidade, a exemplo das praças Deodoro, Pantheon, as alamedas Gomes de Castro e Silva Maia, a Rua Grande e a Praça Pedro II. Em breve, vamos iniciar também a reforma do Largo do Carmo, em mais uma parceria com o Iphan. Em trinta anos, esse é o maior investimento feito na recuperação do patrimônio histórico de São Luís. É uma obra muito importante para impulsionar a economia no maior centro de comércio da capital e para impulsionar o turismo na cidade. Grande legado do Iphan e da Prefeitura para São Luís”, enfatizou, o prefeito Edivaldo que esteve acompanhado da primeira-dama Camila Holanda e do vice-prefeito, Júlio Pinheiro e de secretários municipais.

“São Luís é reconhecida como patrimônio mundial pela Unesco, e nossa responsabilidade como órgão de preservação é muito grande e não medimos esforços para que esse patrimônio público fosse revitalizado”, reiterou a presidente do Iphan nacional, Kátia Bogéa. A intenção da obra é restituir o espaço urbanístico à cidade, em conjunto com o maior complexo comercial, que é a Rua Grande. “São obras estruturantes para melhorar as condições do Centro Histórico”, reafirma Kátia Bogéa.

O superintendente do Iphan-MA, Maurício Itapary, aponta o simbolismo da parceria na obra de requalificação do Centro e entorno. “Essa parceria Iphan e Prefeitura é extremamente proveitosa para a cidade e para a população. As obras seguem o cronograma esperado e, sem dúvidas, são de grande importância para a preservação do patrimônio histórico de São Luís. É um projeto extremamente importante para a recuperação do Centro Histórico e externo meu agradecimento à parceria da Prefeitura de São Luís”, destaca.

A região do Centro é importante pelo que representa para a história da cidade e por compreender o maior centro comercial de São Luís. As áreas estão ganhando novo reordenamento do espaço urbano, contemplando pedestres e possibilitando maior interação social. São diversas ações de urbanismo e arquitetura com fins a revitalizar e recuperar todo o trecho.

A obra de Requalificação Urbanística no Complexo Deodoro contempla a realização de ações de drenagem e de tratamento sanitário, colocação de novos calçamentos, mobiliários e iluminação, fiação subterrânea, dutos de passagem de fibra ótica, banheiros públicos, sinalização, acessibilidade total, entre outros serviços. A área já conta com um conjunto de caramanchões – espaço de vivência que vai contar ainda com bancos e servirá para sombreamento – obra segue com a construção de muro de arrimo no entorno, polimento e lapidação do piso, instalação de mobiliário urbano e pavimentação da pista de rolagem com piso intertravado.

As praças vão ganhar novos mobiliários urbanos, com bancos de pedras de lioz e lixeiras. Para os espaços, é proposta ainda uma nova configuração da iluminação pública, com a utilização de luminárias mais eficientes. A obra favorecerá a acessibilidade, com faixas de pedestres, rampas nas calçadas com contrapiso em concreto, além de sinalização tátil. Os espaços ganham ainda bancos de madeira com encosto e contarão com amplas áreas de sombreamento e diversas árvores nativas, sendo conservadas as existentes.

Frequentadora do centro da cidade, a geógrafa Ângela Almeida, 60 anos, defende a revitalização da área por considerar este um dos mais significativos espaços de vivência da cidade. “Aqui não era mais uma praça e eu, que todos os dias venho para cá, ficava triste de ver um belo cartão postal ocupado de forma inadequada. O que a gente espera que seja entregue a nova Deodoro e que todos preservem um patrimônio que é nosso. Que a população reconheça esse grande trabalho que está sendo feito e ajude a manter”, disse ela, que diariamente vai ao local por morar nas proximidades e acompanhar as netas à escola.

MAIS OBRAS

A obra de requalificação urbanística da Rua Grande vai promover a recuperação das redes subterrâneas de eletricidade; drenagem profunda e esgotamento sanitário; novo conjunto de postes metálicos com iluminação de led; fiação elétrica subterrânea retirando das fachadas dos imóveis; pavimentação de toda a rua com piso de granito nas laterais, blocos intertravado no piso central e marcação de calçada, mantendo nivelamento e contemplando acessibilidade.

No projeto de reforma e restauração da Praça Dom Pedro II e seu entorno, incluindo a Avenida Pedro II e a Praça da Mãe d’Água, estão contemplados serviços como a recomposição de toda a pavimentação em pedra portuguesa; iluminação substituída e ampliada com novas instalações; mobiliário urbano e lixeiras; além de projeto paisagístico com preservação das espécies existentes e complementação com outras novas.

A fonte luminosa da Praça da Mãe d’ Água e a escultura, de autoria do maranhense Newton Sá, serão recuperadas com limpeza mecânica e química, desobstrução dos drenos de água, camada de proteção e polimento para preservar o bronze, troca de tubulações, colocação de bancos, iluminação reformulada com tom artístico e projeto paisagístico. A obra está na fase de conclusão do pavimento do perímetro da Avenida Pedro II e parte central da praça onde fica a escultura da Mãe d’Agua.

PARCERIA

A série de serviços de recuperação de áreas públicas históricas de São Luís se consolidou em 2015, com a ampla obra de recuperação da Praça da Alegria, seguindo com reformas do Teatro Artur Azevedo, Palácio Cristo Rei, Fórum Universitário (prédio dos cursos de pós-graduação em Direito da Universidade Federal do Maranhão), Casarão Tech da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

O pacote contempla, ainda, revitalização do anexo do curso de História da Universidade Estadual do Maranhão, fachada do Solar dos Belfort (antigo Hotel Ribamar) e revitalização do Museu de Artes Visuais – estas já concluídas e inauguradas. “São ações que reforçam a união das gestões federal e municipal para a melhor infraestrutura da cidade, promovendo setores importantes para o desenvolvimento e beneficiando diretamente a população”, pontuou o prefeito Edivaldo.

Obras do Iphan em parceria com a Prefeitura requalifica praça e o entorno da Dom Pedro II no Centro

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parceria com a Prefeitura de São Luís , segue avançando nas obras de melhorias da Praça Pedro II e seu entorno. Os serviços, executados com recursos oriundos do PAC Cidades Históricas, visam à requalificação do espaço que dá acesso a importantes monumentos históricos como o Palácio dos Leões, a Igreja da Sé e o Palácio de La Ravardière. O trabalho integra o pacote de obras que estão sendo realizadas no Centro de São Luís e inclui as praças Deodoro, Pantheon e alamedas, Rua Grande e Praça da Mãe d’Água. Nesta semana, entre outros serviços, está sendo feita a troca do calçamento nas proximidades do bancos Bradesco e do Brasil.

No local, o piso em placas de pedras pré-moldadas, que já se encontrava deteriorado, está sendo trocado por piso em concreto industrializado. O novo material favorece a durabilidade do calçamento, considerando a alta resistência do concreto. Além do acabamento mais bonito, o novo piso favorece a acessibilidade, facilitando a passagem de pedestres. Os serviços serão realizados também no calçamento na área da Corregedoria Geral de Justiça e da Capitania dos Portos do Maranhão.

O prefeito Edivaldo acompanha o andamento das obras e destaca que o trabalho vai beneficiar a população ludovicense. “A requalificação de todo esse espaço é fruto de um trabalho conjunto em prol dos cidadãos. Esse trabalho que vem sendo executado pelo Iphan em parceria com a Prefeitura deixará o nosso Centro Histórico ainda mais bonito”, ressaltou o gestor municipal.

O superintendente do Iphan no Maranhão, Maurício Itapary, afirma que o ritmo do trabalho segue o cronograma previsto. “Estamos trabalhando para finalizar os serviços o quanto antes, garantindo a qualidade do trabalho que vem sendo executado em toda essa área”, disse.

Quem trafega pelo local aprova a iniciativa. “Passo frequentemente aqui e acho muito bom e importante que estejam fazendo esse trabalho, que favorece também o acesso de outras pessoas que precisam passar por aqui para ter acesso aos serviços do banco, por exemplo”, disse a professora, Alcina Nogueira, 47 anos.

A reforma do espaço que inclui a recuperação da Praça da Mãe d’Água e entorno está em fase de finalização. Na área, já foram realizados serviços como a instalação de bancos de concreto, a recuperação do piso em pedras portuguesas, a colocação de novas lixeiras, a troca da tubulação da fonte também reformada e a instalação de bancos de madeira no entorno.

Flávio Dino inaugura obras no Centro Maranhense

A agenda de entregas e inaugurações de obras do Governo do Maranhão chegará a três municípios da Região Centro Maranhense nesta quinta-feira (5). O governador Flávio Dino estará nas cidades de São José dos Basílios, Joselândia e São Domingos do Maranhão, nos quais entrega obras do Mais Asfalto e de abastecimento de água, entre outros.

A primeira parada será em São José dos Basílios, às 11h30, onde haverá a entrega das obras de duplicação e de iluminação em LED da entrada da cidade.

Em Joselândia, onde o governador chega às 13h, haverá a entrega da MA –336, no trecho que liga o município a Miranorte, além da inauguração da primeira fase do novo sistema de abastecimento de água, poço e rede da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema).

Às 15h será a vez de São Domingos do Maranhão, onde haverá a entrega da MA que ligará a cidade até o município de Governador Luís Rocha, além das obras de pavimentação realizadas pelo programa Mais Asfalto.

Obras inauguradas por Flávio Dino são marcantes para a Baixada, diz presidente da AL

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, na tarde desta sexta-feira (29), em São Bento, ao lado do governador Flávio Dino (PCdoB) e do prefeito da cidade, Luisinho Barros (PCdoB), da inauguração do primeiro módulo do campus da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e do Complexo de Segurança Pública, compreendendo os prédios da 2ª Companhia do 10º Batalhão da Polícia Militar e da Delegacia da Polícia Civil.

A unidade da Uema, inaugurada na área da antiga Fazenda Escola, integra uma estrutura de seis prédios, que comporão o campus daquela instituição de ensino superior em São Bento. Ao se pronunciar, o deputado Othelino Neto afirmou que a inauguração do primeiro módulo e do Complexo de Segurança Pública são duas obras marcantes para o desenvolvimento da região da Baixada Maranhense. “Educação e segurança são marcas fortes do governo Flávio Dino e do nosso projeto de mudar o Maranhão para melhor. Estão de parabéns o governador, o prefeito e a população de São Bento e da Baixada Maranhense”, parabenizou.

O governador explicou que são duas ações congruentes com o objetivo do Governo do Estado de promover o desenvolvimento da Baixada Maranhense: o Complexo Policial e a expansão do ensino superior da Uema. “Os cursos estarão funcionando em sua plenitude no começo de 2019. Em julho deste ano, lançaremos edital oferecendo 450 vagas. Isso também é segurança pública, porque não se faz segurança só com repressão. É preciso também prevenção. E a educação representa exatamente isso. Vamos completar 31 escolas inauguradas somente no mês de junho. Nenhum governo no Maranhão fez isso”, declarou Flávio Dino.

O reitor da Uema, Luís Gustavo Pereira, disse que se trata de uma obra de transformação e de garantia de desenvolvimento da Baixada Maranhense. “Estamos inaugurando o primeiro prédio onde funcionarão a biblioteca e a parte administrativa. Por determinação do governador, depois de São Luís, a Uema de São Bento terá uma das maiores estruturas do Maranhão”.

O prefeito Luizinho Barros agradeceu ao governador Flávio Dino por tudo que seu governo tem feito por São Bento e pela região da Baixada Maranhense. “Agradeço, imensamente, ao governador e, também, aos deputados Othelino Neto e Rubens Júnior, por tudo que eles têm feito em favor do povo de São Bento. Não posso pedir mais, mas nunca deixamos de pedir. Por isso, solicito ao governador a instalação de um batalhão da PM e uma Ciretran em São Bento. Obrigado mais uma vez”, assinalou.

Os deputados Rubens Júnior (PCdoB), Eliziane Gama (PPS) e Weverton Rocha (PDT) elogiaram as ações do governo Flávio Dino, principalmente nas áreas de Educação e Segurança. “Nunca tinha visto um governo investir tanto em segurança”, frisou Rubens Júnior.

Já Eliziane Gama destacou que “Flávio Dino é o governador da educação e da segurança, e o melhor governador do Brasil”.

Weverton Rocha, por sua vez, foi enfático: “Enquanto Temer faz intervenção militar, Flávio Dino faz uma intervenção na educação do Maranhão, ao inaugurar mais de uma escola por dia”.

Nomeações e vestibular

Na entrega do Complexo de Segurança Pública, o segundo momento das inaugurações, o governador Flávio Dino anunciou a nomeação, em breve, de mais 1.200 policiais militares. “Já aumentamos de nove para 12 mil, o número de policiais militares. Já compramos mais de mil viaturas, entre carros e motos. Vamos aumentar o contingente policial de São Bento e doar mais 10 km de asfalto para o prefeito Luizinho fazer recapeamento e pavimentar bairros desta cidade que nunca receberam asfalto”.

Participaram do evento, entre outras autoridades, os prefeitos José Sisto (Bacurituba), Conceição Castro (São Vicente Férrer), Jorge Serra (Cajari), entre outros; o ex-deputado Marcelo Tavares; o secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portella; o comandante da Polícia Militar, cel. Jorge Luongo; os deputados federais Weverton Rocha (PDT), Eliziane Gama (PPS) e Rubens Júnior (PCdoB); o delegado geral da Polícia Civil, Leonardo Diniz; os vereadores de São Bento, Iranei Trinta, presidente da Câmara de Vereadores, Mário Barros, Henrique Vale, Flávio Barbosa (Gaúcho), Neto do Sindicato, Dárcio Pinto, Djalma Pereira, Beco Pinheiro e Apolo.

Prefeitura altera trânsito em trecho da Rua Rio Branco para avanço das obras do Complexo Deodoro

A Prefeitura de São Luís vai realizar nova alteração de trânsito na área do Centro da cidade, para garantir o avanço das obras de reforma do Complexo Deodoro, que abrange as praças do Pantheon e Deodoro e as Alamedas Silva Maia e Gomes de Castro e estão sendo executadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parceria com a Prefeitura de São Luís. A partir das 17h deste sábado, será interditado o trecho da Rua Rio Branco, que fica entre as praças do Pantheon e Deodoro. Com a modificação, 26 linhas de ônibus passarão a fazer novo trajeto.

Com a interdição desse trecho, as linhas de ônibus que circulam na Avenida Gomes de Castro, seguindo para a Rua Rio Branco, terão que desviar o trajeto passando agora por trás do Ginásio Costa Rodrigues, seguindo pela Silva Maia, para depois descer a Rua Rio Branco. A modificação será coordenada pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT).

Segundo o titular da SMTT, Canindé Barros, não haverá alterações para as linhas que trafegam pela Gomes de Castro, para depois descer a Rua do Passeio. Estas continuam realizando o mesmo trajeto, pois o trecho interditado não atinge a Rua do Passeio. O secretário explica ainda que com a mudança do trajeto para os veículos que seguem para a Rua Rio Branco, as paradas de ônibus dessas linhas, que antes ficavam na Alameda Gomes de Castro, serão agora redistribuídas ao longo da Avenida Silva Maia.

“As alterações no trânsito na área também estão valendo para a circulação de carros de passeio. Para orientar os motoristas sobre as mudanças do trânsito na área e facilitar o acesso correto às vias que eles precisam seguir, estaremos atuando com agentes de trânsito nas imediações do Ginásio Costa Rodrigues, para melhor indicar os acessos liberados”, observou Canindé Barros.

Com a modificação, 26 linhas de ônibus passarão a fazer este novo trajeto. Entre elas estão Sá Viana, Campus, Gapara, Vila Embratel, São Mateus/Ariri, Vila Nova/Sol Nascente, Ilha da Paz, Vila Nova/ Mauro Fecury, São Francisco, Ponta d’Areia, Calhau Litorânea, Circular Anel Viário, Calhau/Bandeira Tribuzzi, Terminal Praia Grande/ Terminal Cohama, Calhau Litorânea, Altos do Calhau, Parque Timbira/Bom Jesus, Parque Timbira/Coroadinho, Alemanha, Bom Milagre, Bairro de Fátima/Parque Amazonas, Parque Dos Nobres, Cidade Operária/São Francisco, Cidade Olímpica/Ipase, Socorrão 2 e Ipem Turu.

OBRAS

As alterações nesse trecho da Rua Rio Branco estão sendo executadas para permitir a continuidade das obras de reforma do Complexo Deodoro. Nessa área da via, a intervenção compreende a retirada da camada asfáltica para colocação de novo revestimento em bloco de concreto intertravado, com resistência para a circulação de veículos pesados. O espaço entre as praças do Pantheon e Deodoro será nivelado, para unificar os dois logradouros, priorizando os espaços destinados à circulação de pedestres.

Na manhã desta sexta-feira (15), o superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), no Maranhão, Maurício Itapary, realizou nova vistoria às obras no local. Segundo o gestor o Iphan no estado, a intervenção faz-se necessária, pois, de acordo com o projeto da obra, a configuração da Praça do Pantheon foi reformulada para unificar os dois logradouros a partir da escadaria da Biblioteca Pública Benedito Leite.

Na vistoria, Itapary destacou também a importância da obra para a cidade e ressaltou o avanço dos serviços na área. “Já estamos com mais de 75% dos serviços concluídos no Complexo Deodoro. Na área da Praça do Pantheon, por exemplo, falta praticamente apenas a parte de implantação de mobiliário urbano, como bancos, lixeiras e sinalização. É uma obra que vai contribuir significativamente com a revitalização desse setor da capital. A Prefeitura de São Luís tem contribuído com todo esse processo, que vai resultar em muitos benefícios para a população que ganhará uma área completamente reestruturada”, disse o superintendente do Iphan.

Com a obra, São Luís ganhará novas ambientações no Centro da cidade, adquirindo uma nova configuração urbanística com espaços de lazer para moradores, turistas, frequentadores do centro comercial da cidade e trabalhadores da região.

Caravana Mais IDH entrega dezenas de obras, inaugura Escola Digna e faz aluno voltar a estudar

A Caravana Mais IDH levou dezenas de entregas a nove cidades maranhenses nesta quarta-feira (13), incluindo escola, sistemas de abastecimento de água, cisternas, títulos de terra, sementes e kits de irrigação, entre outras ações.

Trata-se de um esforço concentrado do Governo do Maranhão para melhorar a qualidade de vida nesses locais, que fazem partes dos 30 municípios mais pobres do Estado. O Plano Mais IDH foi lançado logo no início da gestão Flávio Dino.

As cidades desta quarta-feira foram Água Doce do Maranhão, Centro Novo do Maranhão, Jenipapo dos Vieiras, Lagoa Grande do Maranhão, Marajá do Sena, Primeira Cruz, São João do Caru, São Raimundo do Doca Bezerra e Satubinha.

Uma nova Escola Digna foi inaugurada em Marajá do Sena, substituindo uma casa improvisada de taipa que não oferecia condições adequadas. A nova Escola Municipal Princesa Isabel, no povoado Bandeira, já coleciona histórias de impacto.

Welligton Cândido da Conceição, de 14 anos, tinha parado de estudar: “A escola mais perto ficava no Jenipapo. E agora eu tô feliz porque vou estudar nessa escola perto de casa”.

Franciel Alves da Silva, 10 anos, conta que “a minha escola antiga era bem ruinzinha. Era de taipa, não tinha banheiro, a gente tinha que ir pro mato. Hoje a escola nova é muito bonitona com essas cadeiras novas, e tem banheiros pra gente”.

Raisa Cândido da Conceição, de 11 anos, diz que a transformação é radical: “Eu estudava em uma escolinha de taipa, e não era boa. O chão tinha buraco, a gente saía tudo sujo. Essa escola nova é muito bonita. A gente vai aprender muito nela”.

Mais Água

Quatro Sistemas de Abastecimento de Água foram entregues em Centro Novo, São João do Caru, Jenipapo dos Vieiras e São Raimundo do Doca Bezerra, beneficiando mais de mil pessoas. São novos poços com interligação até a residência dos moradores.

“Já estávamos há algum tempo aguardando o poço. A gente agradece porque vai melhorar muito. A gente era obrigado a fazer poço longe de casa, comprar bomba. Era dispendioso. Assim vai ficar mais fácil”, diz Antônio Lucena, morador do povoado de Jabuti, em São João do Caru.

Já as 166 famílias da aldeia indígena El-Betel, em Jenipapo dos Vieiras, receberam 18 cisternas de 25 mil litros destinadas para produção da agricultura familiar e criação de animais, além de uma cisterna escolar com capacidade de 52 mil litros para o colégio Cacique Adebaldo, beneficiando centenas de estudantes.

As comunidades indígenas da cidade receberam 85 cisternas para o consumo dos animais e agricultura familiar. “A preocupação do Governo é garantir água nas escolas, água na agricultura, água para os animais, e com isso, melhorar a produção e qualidade de vida nas aldeias indígenas”, afirma o secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves.

Direitos e benefícios

Dois novos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) agora estão funcionando em Marajá do Sena e Jenipapo dos Vieiras. Os prédios atendem crianças, adolescentes, idosos e grupos familiares, garantindo direitos básicos e benefícios como o Bolsa Escola e o Bolsa Família.

O Mais Renda também participou da Caravana, entregando dez kits de beleza para cabeleireiro e manicure em Água Doce do Maranhão. O programa forma microempreendedores, que recebem assistência técnica e acompanhamento para que o negócio dê certo.

Reforço para o produtor

Também foram feitas três Feiras de Agricultura Familiar. Uma delas foi em Lagoa Grande, onde o agricultor Amilton de Araújo esteve presente: “Estava com duas barracas, vendi tudo em uma hora. Chegou a ter fila para comprar o feijão verde. Agradeço demais todo o auxílio dos técnicos do Mais IDH”.

A Caravana Mais IDH também entregou kits de irrigação e sementes a agricultores familiares. E cerca de 80 títulos de terra agora estão nas mãos dos moradores.

Exames e consultas

A Força Estadual de Saúde (Fesma) também esteve presente. Em Lagoa Grande, foram feitos exames de pressão, de glicose e atendimento médico. “É muito bom achar esse pessoal fazendo esse trabalho belíssimo aqui”, diz Raimunda Lopes

Em São João do Caru, Damiana dos Santos da Silva, 33 anos, recebeu os médicos em casa, no povoado Jabuti. “A gente queria levar a mãe no médico, mas ela é daquele pessoal antigo. Só vai se for o jeito. A equipe veio aqui em casa. Nunca tinha acontecido isso de alguém vir aqui em casa consultar. Me sinto orgulhosa”, conta.

Cidadania

A Caravana Mais IDH levou também o Orçamento Participativo para oito cidades. É uma iniciativa para que os moradores escolham as prioridades que serão incluídas no Orçamento do próximo ano.

Flávio Dino entrega escola, Ciretran e obras em São João dos Patos e Barão do Grajaú nesta terça (12)

Escola Digna, nova Ciretran, sistema de água, Mais Asfalto e uniformes estão entre as entregas que serão feitas nesta terça-feira nas cidades de São João dos Patos e Barão do Grajaú pelo governador Flávio Dino.

Em São João dos Patos, a partir das 11h, Flávio Dino inaugura as novas instalações da 15ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran). O novo prédio oferece mais conforto para os usuários e servidores, com ambiente climatizado, móveis novos e atendimento informatizado.

Ainda no município, ele entrega um Sistema Simplificado de Abastecimento de Água, no bairro Cajazeiras. Além disso, alunos da rede estadual vão receber 1.032 uniformes. Desde 2017, o Governo do Maranhão já entregou mais de 800 mil fardamentos para os alunos do Estado.

Flávio Dino também vai entregar obras do Mais Asfalto e assinar um convênio para a construção do Estádio Municipal Celsão.

A partir das 15h, em Barão do Grajaú, um dos destaques é a inauguração de uma escola com seis salas de aula na sede do município. E 1.840 uniformes serão distribuídos para alunos da rede estadual.

E tem mais reforço na educação: o governador vai vistoriar as obras de reforma e ampliação do Centro Estudantil Ney Braga.

Flávio também vai vistoriar a construção da MA-278, entre Barão de Grajaú e São Francisco.

Flávio Dino destaca combate à desigualdade social com obras em Belágua

“Estamos ampliando um plano de desenvolvimento que combate a desigualdade social, garantindo uma série de ações importantes para o município em diversas áreas. Fiquei muito feliz em ver que o trabalho unido do governo estadual com o municipal está ajudando e fazendo a diferença para a população de Belágua e de todo Maranhão”, pontuou o governador Flávio Dino, durante agenda na cidade de Belágua.

Belágua é um dos municípios com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do estado e foi contemplado com um pacote de benefícios do Governo do Maranhão nesta sexta-feira (8). A cidade está incluída no Plano Mais IDH, do Governo do Maranhão, que tem como meta melhorar os índices de desenvolvimento com obras na saúde, educação, saneamento básico, infraestrutura, cidadania e outras áreas.

“O Governo está presente em nosso município como outro nunca esteve. Hoje, Belágua tem uma gestão de Estado que apoia e é compromissada com as melhorias. O governador Flávio Dino está ajudando a nossa comunidade. Trouxe água, escola, vias melhores. É um gestor que está conosco, todos os dias”, destacou o prefeito Helton Costa.

A entrega do sistema de abastecimento de água, que inclui poço e novo reservatório de água, contemplou moradores do Conjunto Alvorada, na sede do município. Foram seis quilômetros de rede de abastecimento que ampliou em 85% a capacidade de armazenamento.

No bairro Santa Clara, pela primeira vez os moradores terão sistema de abastecimento de água. Para Fabiana Alves Araújo, 45 anos, a medida é umas das mais importantes. “Antes a gente tinha que pegar água longe da casa, agora não vamos ter mais esse problema. Tenho criança e ter água em casa é uma benção”, disse.

A dona de casa Raimunda Nonata Saminês, 30 anos, mora com o marido e a filha de três anos no povoado Santa Clara. A chegada da água encanada trouxe alívio para ela. “Era bem difícil quando mudei para cá e ser beneficiada com essa água na nossa casa é um sonho. Poder fazer a comida sem preocupação, tomar banho quando a gente quiser, não tem alegria maior. Melhorou cem por cento. Estou gostando demais”, ressaltou a moradora.

Além da água encanada, moradores ganharam ainda banheiros equipados. Moradores do Conjunto Alvorada também foram beneficiados com a ação.

Durante a agenda, equipes da Secretaria de Estado de Saúde (SES), por meio da Força Estadual de Saúde do Maranhão (Fesma), garantiram serviços à população com atendimento básico e consultas.

“A importância dessa equipe na minha vida é como um milagre. Eles me ajudaram a conseguir o atendimento que minha filha precisava e hoje ela está bem e eu feliz que nem sei como agradecer. Ela está em tratamento e tenho, até hoje, todo o apoio que preciso”, disse a dona de casa Eliete Araújo, mãe da pequena Sara.

As famílias agricultoras também foram beneficiadas com as políticas públicas estaduais e receberam uma patrulha agrícola para impulso da atividade rural.

Outro avanço é o acesso à internet com a implantação do projeto Maranet, rede de internet gratuita disponibilizada pelo Governo do Estado. O sistema foi inaugurado no povoado Lagoa dos Costas. O projeto consiste em wi-fi grátis, instalado em locais que possibilitem a participação da população, a exemplo de praças e feiras livres.

“Este é o primeiro de outros pontos de internet que serão instalados pelo Maranhão e nos alegra começar por Belágua, que é um dos municípios mais carentes e esse recurso vai garantir a possibilidade de aprendizado e maior acesso a informações diversas. O objetivo é oferecer internet gratuita em locais de grande movimento para que mais maranhenses sejam incluídos no mundo digital”, explicou o secretário Davi Telles.

A Rede de Internet Grátis do Maranhão (Maranet) integra o programa Cidadania Digital.

Políticas públicas em Urbano Santos

O projeto Maranet também foi inaugurado na cidade de Urbano Santos durante agenda do governador Flávio Dino nesta sexta-feira. Na ocasião, foram entregues oito mil fardamentos escolares para alunos da rede pública e o governador anunciou a ampliação da equipe de obras da estrada que liga Urbano Santos a Barreirinhas. Nesta etapa são realizados serviços de drenagem e piçarra preparando para a colocação do asfalto, no trecho de Barreirinhas.

“Essa união faz a força e, dessa forma, conseguiremos vencer os problemas. Vamos seguir lutando para desenvolver essa cidade e o Maranhão”, reforçou Flávio Dino.

A prefeita Iracema Vale destacou a presença do governador como “mais um motivo a comemorar na realização de obras, a exemplo da estrada, que é um sonho sendo realizado, somado à série de benefícios que estão garantidos à nossa população”.

O município também recebeu uma viatura, obras do Mais Asfalto, motoniveladora, recursos de apoio à agricultura familiar, além de R$ 700 mil destinados à área da saúde.

Mais obras em Coelho Neto e Aldeias Altas

Obras e ações da gestão estadual também foram entregues para a população de Coelho Neto e Aldeias altas nesta sexta-feira. Além da assinatura de ordens de serviços para obras do Mais Asfalto e construção de uma unidade do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), o governador vistoriou as obras de conservação e manutenção do Entroncamento da BR-316, entregou o novo prédio do Centro de Ensino de Coelho Neto, participou da entrega da Escola Municipal Francisco Cleber Sampaio dos Santos e visitou a sede do Viva/Procon.

O prefeito de Coelho Neto, Américo dos Santos, agradeceu ao governador o atendimento de demandas para a cidade. “Isso mostra a sensibilidade do governador com a educação maranhense e com nosso município. Essa escola era um pedido antigo e que agora foi atendido. O Governo do Estado está de parabéns”, reforçou o prefeito.

No município de Aldeias Altas, a transformação chegou ao Centro de Ensino Teófilo Dias. Construída em 1965, desde 2001 a escola não passava por uma reforma. Para levar uma estrutura digna e mais qualidade de ensino e aprendizagem para 950 estudantes, o Governo do Maranhão investiu mais de R$ 730 mil mudando o cenário que antes era de uma escola sucateada para uma escola digna.

Governo do Estado investe R$ 500 milhões em obras para Imperatriz

Imperatriz já recebeu do Governo do Maranhão, desde o início da gestão de Flávio Dino, um investimento de R$ 500 milhões distribuídos nas áreas de educação e cultura, esporte e lazer, infraestrutura, saúde e segurança pública. Segundo o titular da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto, a cidade conta com a presença do Governo do Estado e sua política baseada na descentralização dos investimentos.

“Imperatriz e todas as cidades da Região Tocantina sempre contaram com a preocupação do Governo Flávio Dino. Temos desde o primeiro ano de gestão até hoje ações em todas as áreas, porque nossa prioridade é melhorar a qualidade de vida do nosso povo, reconhecendo a dinâmica e as potencialidades da região”,  enfatizou.

Em educação e cultura, foram realizadas ações importantes como a reforma de cinco centros de ensino, entre elas a adaptação do Tancredo Neves, que será a primeira escola de tempo integral da cidade. Houve a reforma do campus do Centro e está em andamento a construção do Centro de Agrárias da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UemaSul), em suporte à regionalização do Ensino Superior no estado.

Nas áreas de esporte e lazer, houve a revitalização da pista de skate Praça Mané Garrincha, das praças João Castelo, na Vila Cafeteira; São Miguel, no Parque Anhanguera; Jarbas Passarinho na região do Santa Rita, além da revitalização dos dois maiores espaços de lazer de Imperatriz: Praça da Bíblia e da Beira-Rio.

As obras oferecem espaços públicos adequados e momentos gratuitos de esporte, lazer e integração social à população. Já na parte da infraestrutura, houve a entrega de uma motoniveladora, mais de 70 quilômetros de pavimentação e recuperação de ruas, alcançando todos os polos do município, como Parque do Buriti, Alvorada, Bacuri, São José, Vila Redenção, Parque Santa Lúcia e Santa Rita.

A pavimentação da Rodovia Josimo Tavares, conhecida como Estrada do Arroz, é outra obra que merece destaque. Foram 47 quilômetros de pavimentação completa e 11 quilômetros de recuperação dos trechos que já estavam asfaltados, mais a construção de nove pontes de concreto, interligando Imperatriz à Cidelândia. A pavimentação melhorou a mobilidade e ofereceu uma alternativa de rota ao Pará, o que contribui para desafogar o fluxo de veículos na BR-010.

A saúde também conta com grandes avanços, graças às obras do Governo do Estado, como reforma e ampliação do Hospital Materno Infantil Imperatriz, que recebe intervenções na parte hidráulica, elétrica, sanitária e a construção de enfermarias. As obras estão em andamento, mas uma parte já foi entregue, melhorando 7 mil atendimentos mensais.

A construção do Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto é outro avanço que tem oferecido aos maranhenses atendimentos especializados de alta e média complexidade. A unidade abrange 43 municípios e tem sido referência no atendimento em toda a região.

Outro grande investimento foi adaptação e reforma da Casa da Gestante. De um prédio abandonado, passou a ser um local seguro e acolhedor, que abriga pacientes de toda a região, dispondo de estrutura de 20 leitos, copa, administração, estacionamento, recepção, auditório e área de vivência. O lugar funciona como residência provisória de cuidado, voltada para pacientes que necessitem de vigilância diferenciada sem, entretanto, ter perfil para internação.

Na segurança, houve a reforma e modernização de vários aparelhos públicos como: 3º BPM, ampliação do CIOPS, CJ Cidadã, Semear, das Unidades de Segurança Comunitária de Imperatriz, no Bom Sucesso, Sanharol e na Lagoa Verde.

Obras de pavimentação beneficiam dez bairros de São Luís

Residir e transitar em dez bairros de São Luís passará a ser mais fácil e seguro após o Mutirão Rua Digna, ação do Governo do Maranhão de pavimentação de vias públicas coordenado pela Secretaria de Estado do Trabalho e Economia Solidária (Setres) em parceria com organizações comunitárias.

Neste mês, o secretário do Trabalho Hernando Macedo visitou organizações que estão executando a pavimentação em 31 ruas nos bairros Coquilho, São Raimundo, Conjunto São Raimundo, Matinha, Alto da Esperança, Bairro Porto Grande, Janaína, Radional, Santa Bárbara e Pedrinhas.

O total de investimentos do Governo do Maranhão no Mutirão Rua Digna é de R$ 13.424.368,50, atingindo 20 municípios maranhenses que participam do programa Mais IDH. Além da implantação das vias, o programa impulsiona a economia com geração de renda para os próprios moradores que participam da obra.

“O Rua Digna gera trabalho e renda para a população, uma vez que são os moradores que trabalham na obra. O programa é essencial para muitas famílias e alcança diversos setores da sociedade, pois além de melhorar a mobilidade das pessoas, sendo deficientes ou não, propicia geração de renda para os trabalhadores que estão desempregados e residem na rua em que está acontecendo as obras”, analisou o secretário Hernando Macedo.

Outro eixo é a geração de renda aos comerciantes locais, com a venda de materiais utilizados na estruturação das vias. O projeto também inclui a reintegração dos apenados da justiça, dando oportunidade de trabalho na fabricação e fornecimento dos bloquetes utilizados nas vias do Rua Digna.

O Mutirão Rua Digna é coordenado pela Setres, em parceria com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), Secretaria de Infraestrutura (Sinfra) e Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop). A ação conta, ainda, com apoio do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão (CREA/MA) e da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

Ruas que receberam o mutirão

Confira a lista das ruas que estão recebendo pavimentação pelo Mutirão Rua Digna:

Av. Principal, Ruas 8, 9 e 12 (Bairro Coquilho)
Rua Nova, Rua Tancredo Neves, Rua São Luís (São Raimundo)
Rua 7, Rua 8 e 2ª Travessa da Rua 8 (Conjunto São Raimundo)
Rua Principal, Rua São José e Rua do Campo (Bairro Matinha)
Rua das Margaridas e Rua São Raimundo (Alto da Esperança)
Rua Bom Jardim e Rua Projetada (Bairro Porto Grande)
Rua Tiradentes, Rua Santa Efigência e Rua Boa Esperança (Janaína)
Ruas 1, 2, 3 e a Travessa Dr. Cesar Viana do Residencial Apaco (Radional)
Rua 2, Rua 3, Travessa 1 e Travessa 2 – Loteamento Parque Sol Nascente (Santa Bárbara)
Rua do Caju e Rua da Uva – Ananadiba (Pedrinhas)