Colinenses prestigiam lançamento da pré-candidatura de Márcio Jerry

O presidente estadual do PCdoB-MA, Márcio Jerry, reuniu centenas de pessoas nesta segunda-feira (16), durante ato de lançamento de sua pré-candidatura a deputado federal em sua cidade natal, Colinas.

O ato contou com a presença de lideranças colinenses e de várias cidades vizinhas, além de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, deputados estaduais e do vice-governador Carlos Brandão, (PRB), que também é natural de Colinas. Para Brandão, a pré-candidatura de Márcio Jerry é fundamental para que Colinas e o sertão maranhense tenham um legítimo representante em Brasília.

“Eu vejo a sua trajetória, Márcio, você começou como secretário, ajudando Colinas e vai ser deputado federal ajudando Colinas e a região. É um momento muito importante para os colinenses e os sertanejos refletirem para que a gente possa realmente ter um legítimo representante do nosso município. Os teus amigos estão aqui, Márcio, pra te ajudar nessa caminhada. Eu vou continuar aqui, ajudando o povo de Colinas e do sertão do Maranhão ao lado do governador, mas nós precisamos da sua voz lá em Brasília, para mostrar ao Brasil quem é Flávio Dino e o que ele está fazendo pelo Maranhão”, frisou Brandão.

A prefeita de Colinas, Valmira Miranda (PDT), também prestigiou o evento e ressaltou as realizações que Márcio Jerry ajudou a desenvolver no município como secretário de Estado no governo Flávio Dino.

“Está chegando a hora que nós escolhermos nosso representante. Márcio Jerry já mostrou a que veio através dos seus feitos não só em Colinas, mas em toda a região. Os colinenses estão muito bem representados. Hoje estamos aqui pra lhe dizer que vamos entrar nessa luta com você. Você como secretário já fez muito por Colinas e como deputado federal, nos representando lá em Brasília, irá fazer muito mais”, destacou a prefeita.

Ato regional

Márcio Jerry agradeceu a acolhida da população colinense e da região do médio sertão que recebeu com alegria e entusiasmo o anúncio da sua pré-candidatura à Câmara Federal.

“Obrigado aos meus amigos conterrâneos de Colinas e do médio sertão maranhense que vieram aqui prestigiar um evento que era pra ter sido só de Colinas, mas que acabou transbordando e virou um evento regional, o que mostra que estamos no caminho certo e que há uma grande adesão e simpatia ao projeto de nossa pré-candidatura a deputado federal e também uma adesão muito grande ao projeto de reeleição do nosso governador Flávio Dino”, pontuou Jerry.

O governador Flávio Dino não esteve presente no evento em Colinas, mas em vídeo, mandou mensagem de apoio à pré-candidatura de Márcio Jerry, ressaltando o trabalho incansável do ex-secretário de Comunicação e Articulação Política na organização do seu governo.

O ato em Colinas ainda com a presença de lideranças, amigos e apoiadores também dos municípios de Jatobá, Sucupira do Norte, Sucupira do Riachão, Mirador, Nova Iorque, Santo Antônio dos Lopes, Paraibano, São João dos Patos, Passagem Franca, Buriti Bravo, Barra do Corda, Lagoa do Mato, Governador Luiz Rocha, Santa Filomena, Alto Alegre, São Domingos do Azeitão, São Domingos do Maranhão, Presidente Dutra, Barão de Grajau

OPINIÃO | Pré-candidatura de Roseana Sarney agoniza

A 90 dias do fim do prazo de registro de candidaturas para as eleições de 7 de outubro, um mar de incertezas ronda a oposição sarneysista sobre o candidato que enfrentará o governador Flávio Dino na disputa pelo governo do Estado.

Há meses, escrevi neste espaço que o embate entre o governador Flávio Dino e a ex-governadora Roseana Sarney é improvável. Tese que se consolida à medida em que se aproxima o pleito.

A razão é simples. Sem apoio popular, político e aliada de Michel Temer, presidente mais rejeitado do país pós-ditadura, Roseana Sarney aposta as últimas fichas no poderio midiático do clã. E partiu para um festival de ataques Fake news ao governo Flávio Dino. Tentaram transformar em escândalo e envolver o governo no suicídio do médico Mariano Castro; no suposto monitoramento de políticos e a nomeação legal de capelães da Polícia Militar. Com baixa credibilidade e nenhum amparo na realidade, as investidas midiáticas da oposição sarneysista fracassaram, conforme atestam pesquisas.

A rejeição experimentada nas andanças pelo interior fez a emedebista recuar das aparições públicas. Aos defensores da candidatura de Roseana Sarney resta torcer por um ‘inusitado’ escândalo envolvendo o governo. Uma espécie de novo ‘Reis Pacheco’ para dar o mínimo de oxigênio ao projeto sarneysista de voltar ao poder. Chances remotas se considerarmos que o governo Flávio Dino se destaca como o mais eficiente do país, combate a corrupção e cuja transparência e controle dos gastos públicos saltou de zero para dez na escala da CGU (Controladoria Geral da União).

E na ausência de Roseana Sarney, qual será o posicionamento do clã? Apoiar Roberto Rocha? Estimular a candidatura de Eduardo Braide? Nenhuma coisa, nem outra. Ser a segunda força política do Estado não é a pior situação dos mundos. Menos ainda considerando que daqui a quatro anos haverá novo embate pelo governo e este não terá como candidato o governador Flávio Dino.

Por isso mesmo, Sarney não pensa na hipótese de transferir o espólio. Sabendo disso, o deputado estadual Eduardo Braide anunciará, nas próximas semanas, sua candidatura a deputado federal. Manterá, assim, o projeto de disputar a prefeitura de São Luís em 2020.

Pois bem, e o que faria o grupo Sarney? A prioridade do clã é eleger um senador. Com o olhar voltado para a eleição de 2022. A evidência aponta para a candidatura de Sarney Filho (PV). Mas, este poderá ser uma vez mais sacrificado e ceder a vaga para a irmã.

Qual seria a justificativa e quem substituiria Roseana Sarney? A explicação já começou a ser ensaiada. Roseana só aceitaria ser candidata ao governo no comando do MDB. Proposta, de pronto, recusada pelo senador João Alberto. Com a desistência de Roseana Sarney resta como alternativa a candidatura do fiel escudeiro de Sarney, João Alberto. Candidatura que cumprirá a tarefa de manter minimamente coeso os 25% orgânicos do grupo.

Aos demais candidatos do consórcio sarneysista restará resignarem-se à condição de linha auxiliar do projeto coronelista. E Flávio Dino segue com amplo favoritismo para conquistar o segundo mandato.

Radialista, jornalista. Secretário adjunto de Comunicação Social e diretor-geral da Nova 1290 Timbira AM.

Prefeito de Tuntum declara apoio a Zé Reinaldo

 

Lideranças políticas de várias regiões declaram apoio à candidatura de Zé Reinaldo

O prefeito e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), Cleomar Tema, reuniu neste último fim de semana na sua residência, na cidade de Tuntum, centenas de lideranças políticas de várias regiões do estado, que declararam apoio irrestrito à pré-candidatura ao Senado do deputado federal José Reinaldo Tavares (ainda no PSB).

O evento, denominado I Encontro da Gratidão e que lançou oficialmente a pré-candidatura do ex-governador, contou com as participações de prefeitos; ex-prefeitos; deputados estaduais; deputados federais; vereadores; ex-vereadores; secretários estaduais; além de presidentes de partidos, lideranças comunitárias e de movimentos sociais.

“O presidente Cleomar Tema está de parabéns e, mais uma vez, mostrou que, hoje, é uma das maiores e mais fortes lideranças políticas do estado. Liderados por ele, centenas de prefeitos e ex-prefeitos fizeram questão de reconhecer o trabalho do ex-governador José Reinaldo e declarar apoio ao seu nome para o Senado. Eu, mesmo pertencendo a um partido que não faz parte da base de apoio do governo, apoio e irei pedir votos para Zé Reinaldo senador em 2018”, disse o deputado federal Aluísio Mendes (PTN).

O presidente do PC do B no Maranhão e secretário estadual de Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, também destacou a liderança política de Cleomar Tema e a sua capacidade de aglutinar apoios.

Jerry elogiou a trajetória política de José Reinaldo e avaliou que a sua pré-candidatura a Câmara Alta nasce grande porque trata-se de um sentimento municipalista de reconhecimento ao seu trabalho pelo Maranhão.

“O ex-governador Zé Reinaldo dispensa comentários. Possui uma bela trajetória política e de excelentes serviços prestados ao estado e ao seu povo. Também quero salientar a força política do presidente Tema, que vem conduzindo muito bem os destinos da FAMEM”, afirmou.

Entre prefeitos e prefeitas, o clima era de união e de certeza sobre a força da pré-candidatura de Zé Reinaldo.

Todos foram unânimes ao afirmar que o ex-governador representa, como candidato ao Senado, o desejo dos gestores públicos municipais em ter um representante verdadeiramente municipalista no Senado.

Eles também destacaram a liderança de Cleomar Tema e o seu trabalho como presidente da FAMEM.

“Hoje, sem nenhuma dúvida, o Tema é a maior liderança municipalista do Maranhão. O Zé Reinaldo foi um dos melhores govenadores para os municípios. Portanto, essa parceria entre Tema e Zé Reinaldo é uma união em favor das cidades”, disse o prefeito Juran Carvalho (PP), de Presidente Dutra.

Para Djalma Melo (PTB), prefeito de Arari, a presença maciça de gestores municipais no lançamento da pré-candidatura de Zé Reinaldo mostrou, mais uma vez, que os prefeitos e prefeitas do Maranhão apoiam o ex-governador e o presidente Cleomar Tema.

Gratidão – Zé Reinaldo agradeceuo apoio recebido de todos que participaram do ato. O ex-governador chegou a emocionar-se com as diversas declarações enaltecendo seu nome como o melhor para o Senado e que representa verdadeiramente o sentimento de todos os atores do municipalismo no estado.

“Agradeço, do fundo do coração, o apoio que estou recebendo. Agradeço, de forma especial, ao amigo e irmão Cleomar Tema. Ratifico, mais uma vez, o meu compromisso de ser um senador totalmente voltado para as causas dos municípios do Maranhão”, assegurou.

Cleomar Tema também agradeceu a presença de todos os participantes. Ele avaliou como um sucesso o lançamento da pré-candidatura de Zé Reinaldo, destacando que, hoje, o ex-governador conta com o apoio dos gestores municipais porque sempre foi um político municipalista, que sempre atendeu bem prefeitos e prefeitas e que não mediu esforços, quando comandou o estado, para desenvolver as cidades.