Governo do Maranhão e Prefeitura de São Luís realizam abertura do São João de Todos nesta sexta-feira (15)

Bandeirinhas, barracas de comidas típicas, atrações culturais, artesanato e muitas brincadeiras. Tudo pronto para a abertura da temporada oficial do São João de Todos nesta sexta-feira (15), numa realização do Governo do Maranhão e Prefeitura de São Luís. A programação completa está no site da Sectur: www.sectur.ma.gov.br

“São dezenas de arraiais no Maranhão , mais de 500 atrações de grupos culturais do nosso estado, mostrando a pluralidade, a diversidade, a força e a criatividade e inovação da cultura do Maranhão”, diz o governador Flávio Dino, que vistoriou nesta quinta-feira (14) o Arraial do Ipem, no Calhau, um dos locais da festa em São Luís.

“Todos os anos eu faço esse acompanhamento porque para nós é um momento de alegria, mas também de muito trabalho . Trabalho para nossa equipe, trabalho para todos aqueles que fazem a grandiosidade das festas juninas do Maranhão. E também muito trabalho em razão dos milhares de postos de que são gerados em razão dessa importante manifestação cultural”, acrescenta Flávio.

São 17 dias de apresentações, com os mais de 500 grupos e artistas maranhenses, sete participações especiais e uma programação com mais de mil apresentações animando os arraiais com muito bumba meu boi, danças regionais, tambor de crioula, forró e shows musicais.

“Vamos mostrar a força da cultura maranhense, com toda a sua diversidade, ritmos, cores e sabores. Montamos uma estrutura em São Luís e em Imperatriz para festejar com alegria o São João de Todos e também promover essa tradição cultural que gera fluxo de turista e movimenta a economia”, ressalta Diego Galdino, secretário de Estado da Cultura e Turismo.

O titular da Secretaria Municipal de Cultura de São Luís, Marlon Botão, destaca a diversidade das atrações na programação: “Iniciaremos nesta sexta-feira mais uma grande festa da nossa cultura popular, primando pela diversidade das nossas manifestações, dos nossos folguedos, para proporcionar ao público uma vasta e alegre programação que agrade a ludovicenses e visitantes”.

Arraiais

Os festejos acontecem nos arraiais oficiais do Ipem, Praça Maria Aragão (Centro), Parque Folclórico da Vila Palmeira e Praça Nauro Machado (Centro Histórico).

A partir do dia 22, a festança também estará presente no Ceprama e bairros de Fátima, João Paulo, Vila Embratel, Anjo da Guarda, Cohatrac, Largo de Santo Antônio, João de Deus, Liberdade, Anil e Cidade Operária.

E no final da temporada, há ainda as tradicionais festas de São Marçal (30), no bairro do João Paulo, o Festival de Zabumbas, o Encontro de Miolos de Boi e os encontros de grupos de bumba meu boi da Capela de São Pedro (29), na Madre Deus.

Os espaços vão oferecer ao público uma vasta programação com uma média de seis atrações por noite, entre shows e apresentações de brincadeiras da cultura popular, além de comércio de pratos típicos da gastronomia maranhense e peças do artesanato.

Atrações

Nesta sexta-feira (15), um dos grupos que abrem a programação do Arraial da Praça Nauro Machado é o Boi de Soledade, tradicional de Costa de Mão, a partir das 20h. O sotaque Costa de Mão é o tema deste ano do São João de Todos, que reverencia a singularidade do estilo aderindo à campanha de valorização deste patrimônio cultural.

Ainda na Nauro Machado, está prevista apresentação do Boi de Santa Fé, que neste ano completa 30 anos de fundação, Boi de Axixá, show do cantor maranhense Djalma Chaves, Fruto da Raça Show e Tambor de Crioula união da Baixada.

No Arraial do Ipem, é a vez de Boizinho Barrica, bumba meu boi de São Simão (de Rosário, sotaque de orquestra), Santa Fé, Nina Rodrigues, Pirilampo, e show de Gargamel na Zabumbada. Quem abre a programação, às 19h, é o Tambor de Crioula Maracrioula, do bairro da Liberdade, com 14 anos de existência e cerca de 30 integrantes entre percussionistas e coreiras.

Neste ano, o Arraial do Ipem contará com dois espaços exclusivos para os grupos de forró. Quem faz a festa nesta sexta-feira são o Trio Mulundus e o grupo Kambada do Forró.

Na Praça Maria Aragão, a programação começa às 19h, com tambor de crioula de Apolônio. Em seguida, às 20h, apresenta-se o Boi da Vila Conceição (costa de mão). Às 21h, será a vez do Boi do Oriente (baixada). No palco principal, às 22h, show de Eugênia Miranda. Ainda na mesma noite, a programação conta com Boi de Axixá (orquestra), Boi da Maioba (matraca) e Boi de Morros (orquestra). Na Arena do Forró, a partir das 20h, tem os grupos Forró do Cabo Zé e Forró do Forró do Rui Mário.

E na Vila Palmeira, o arraial contará com diversas atrações nesta sexta-feira. São três bois de orquestra, Boi de Corda, Boi Brilho da Juventude e Boi de São Simão. Tem ainda os grupos Boi Capricho de Bom Jesus (sotaque da baixada) e Boi de Ribamar (matraca), que fecha a noite em apresentação prevista para 1h.

PROGRAMAÇÃO

Dia 15 de junho (sexta-feira) 

Arraial da Nauro Machado
19h     TC UNIÃO DA BAIXADA
20h     BOI DE SOLEDADE (CM)
21h     BOI DE SANTA FÉ (B)
22h     FRUTO DA RAÇA SHOW (A)
23h     SHOW DJALMA CHAVES
00h     BOI DE AXIXÁ (O) 

Arraial do IPEM
19h     TC MARACRIOULA
20h     BOI DE SÃO SIMÃO (O)
21h     BOIZINHO BARRICA (A)
22h     SHOW GARGAMEL NA ZABUMBADA
23h     BOI DE SANTA FÉ (B)
00h     BOI PIRILAMPO (A)
01h     BOI NINA RODRIGUES (O)

Barracão do Forró – Ipem
20h TRIO MULUNDUS
Vila Junina – Ipem
20h KAMBADA DO FORRÓ 

Arraial da Maria Aragão
19h TC DE APOLÔNIO 
20h BOI DA VILA CONCEIÇÃO DO COROADINHO (CM)
21h BOI ORIENTE (B)
22h SHOW EUGÊNIA MIRANDA
23h BOI DE AXIXÁ (O)
00h BOI DA MAIOBA (M)
01h BOI DE MORROS (O)

Barracão do Forró – Maria Aragão
20h FORRÓ DO CABO ZÉ
22h FORRÓ DO RUI

Arraial da Vila Palmeira
19h     TC PUNGAR DA ILHA
20h     BOI DE CORDA (O)
21h     BOI BRILHO DA JUVENTUDE (O)
22h     SHOW MÁRCIO GUIMARÃES
23h     BOI CAPRICHO DE BOM JESUS (B)
00h     BOI DE SÃO SIMÃO (O)
01h     BOI DE RIBAMAR (M)

Prefeitura de São Luís promove blitz informativa de alerta contra o trabalho infantil

Donos de bares e restaurantes, ambulantes e visitantes do bairro Praia Grande, Centro, foram alertados na tarde desta terça-feira (12), sobre a problemática do trabalho infantil. A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) em parceria com o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil no Estado do Maranhão (Fepetima) realizaram uma blitz informativa que se concentrou inicialmente no Mercado das Tulhas e depois se estendeu aos comércios da região. A ação foi alusiva ao Dia Mundial de Luta contra o Trabalho Infantil – 12 de junho.

A blitz iniciou os 18 dias de atividades conjuntas realizadas no mês de junho desenvolvidas com o objetivo de sensibilizar a sociedade sobre esse grave problema que prejudica o pleno desenvolvimento de crianças e adolescentes. A programação inclui palestras em escolas públicas, panfletagem em arraiais juninos, roda de diálogos em órgãos públicos e uma programação especial no arraial da Praça Maria Aragão, dia 16, dedicado à temática.

“Essa é uma importante ação de articulação com os demais órgãos de defesa da criança e do adolescente, numa luta conjunta contra o trabalho infantil. A blitz é informativa, mas nosso grande foco é mostrar o que é feito diariamente pela Semcas, em todas as feiras e mercados com o objetivo de erradicar essa chaga que o Brasil ainda tem. A gestão do prefeito Edivaldo tem a clareza do trabalho e por isto desenvolvemos ações durante todo ano”, afirmou a gestoras da Semcas, Andréia Lauande.

Em março do ano passado, a Prefeitura de São Luís foi reconhecida pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), como uma das 11 cidades brasileiras que se destacam no combate ao trabalho infantil, por desenvolver com êxito as Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Aepeti), de acordo com os cinco eixos: informação e mobilização/ identificação/ proteção social/ defesa e responsabilização e monitoramento.

As ações desenvolvidas este mês contam com a parceria do Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil no Estado do Maranhão (Fepetima) e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social. Aliando o momento da copa, a campanha de sensibilização tem o nome “Trabalho Infantil é falta Grave. Denuncie, não seja só mais um espectador!”.

A comerciante, Rosinete Leitão, 52 anos, considera a ação esclarecedora. “Importante e muito bom esse tipo de atividade. O movimento está bonito. Eu particularmente, às vezes fico na dúvida sobre essa questão, as crianças de hoje são muito diferentes. Então é importante termos essas informações”, disse.

Até abril de 2018, em São Luís, o CadÚnico registrou 223 crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil. De acordo com a Pesquisa Nacional de Amostra Por Domicílio (PNAD-2015), mais de 2,7 milhões de crianças e adolescentes, de 5 a 17 anos, estão em situação de trabalho no Brasil.

AÇÕES ESTRATÉGICAS

O público identificado pelo CadÚnico participa atualmente do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) executado de forma direta pela Semcas nos 20 Centros de Referência da Assistência Social (Cras) da cidade, e por via indireta, em uma das 58 Organizações da Sociedade Civil conveniadas com a Secretaria – que auxiliam na execução do SCFV. O SCFV atua na perspectiva da prevenção e ao mesmo tempo, atendimento de crianças e adolescentes já identificados na condição de trabalho infantil.

Outra ação exitosa são as oficinas de sensibilização, direcionadas às escolas públicas do município para a faixa etária de 8 a 13 anos. No primeiro quadrimestre desse ano foram realizadas sete oficinas com a participação de 228 crianças e adolescentes.

Outra prática positiva é o Serviço Especializado de Abordagem Social. O trabalho, desenvolvido com o serviço de Busca Ativa, consiste na identificação de crianças e adolescentes para atendimento pelo Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas). A criança também é incluída nos programas sociais, como o Bolsa Família e os familiares são instruídos para evitar a reincidência dos casos.

A atuação das equipes de educadores sociais se dá em espaços públicos como praças, entroncamentos de estradas, terminais de ônibus, rotatórias, sensibilizando as comunidades para a não utilização da mão de obra infantil.

12 DE JUNHO

A data foi instituída em 2002 em virtude da publicação do relatório da Conferência sobre o Trabalho Infantil de Genebra. No Brasil, a semana de mobilização é coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e pela OIT.

Trabalho infantil é toda forma de trabalho exercido por crianças e adolescentes abaixo da idade mínima legal permitida para o trabalho. A Convenção nº 138 da OIT, de 1973, que fixa como idade mínima recomendada para o trabalho em geral os 16 anos, exceto na condição de aprendiz, a partir de 14 anos.

Gestão de resíduos sólidos implantada pelo prefeito Edivaldo é destaque em evento internacional

As ações da Prefeitura de São Luís na área de limpeza urbana implantadas na gestão do prefeito Edivaldo foram apresentadas nesta quinta-feira (7) no 1º Congresso Internacional Cidades Lixo Zero (Zero Waste Cities), que acontece até esta sexta-feira (8) em Brasília (Distrito Federal). Durante o evento, a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, que foi representando a gestão municipal, apresentou os resultados do fechamento do Aterro da Ribeira, os dois anos de implantação dos Ecopontos, além de ter falado sobre os desafios na gestão de resíduos sólidos.

A atuação do setor público na Política Nacional de Resíduos (Lei Federal nº 12.305/2010) foi o tema da apresentação da presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana que fez um balanço dos avanços feitos pela Prefeitura de São Luís na área desde o fechamento do Aterro da Ribeira, em julho de 2015. “Este foi um grande desafio que o prefeito Edivaldo assumiu e que também foi um marco na profissionalização da gestão de resíduos sólidos na nossa cidade. A partir disto, iniciamos a implantação de diversas políticas que colocaram São Luís no grupo de 7% das cidades brasileiras que têm, de fato, políticas de promoção da sustentabilidade e reciclagem”, destacou Carolina Moraes Estrela.

Durante sua apresentação, Carolina Moraes Estrela destacou os avanços da gestão de resíduos sólidos em São Luís, apresentando o processo de fechamento do Aterro da Ribeira e o envio dos resíduos sólidos urbanos recolhidos em São Luís para a Central de Tratamento de Resíduos Titara, um aterro sanitário moderno que segue todas as normas ambientais vigentes. “Os catadores que antes viviam em condições precárias no antigo aterro da cidade foram integrados ao sistema de limpeza urbana do município. Com isso, garantimos ainda a inclusão social destas pessoas, garantindo emprego e renda para elas”, informou.

Carolina Moraes Estrela também frisou o diferencial dos Ecopontos implantados em São Luís. “A implantação de Ecopontos é uma tendência mundial. Os Ecopontos de São Luís, não são somente um local de acondicionamento de resíduos, mas também um local de educação ambiental, de conscientização e, acima de tudo, são trabalhados de forma ética, econômica, eficiente e visionária”, afirmou.

Ainda segundo a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, em 2016, quando foi inaugurado o primeiro Ecoponto, no Parque Amazonas, o desafio da Prefeitura de São Luís era convencer a comunidade da importância do equipamento. “Superamos este desafio apresentando o projeto dos Ecopontos à população de São Luís por meio de ações de educação ambiental. Agora, com 10 Ecopontos em pleno funcionamento, o nosso desafio é atender a todos os pedidos de implantação destes equipamentos em diversos bairros da cidade”, destaca.

CIDADES LIXO ZERO

O 1º Congresso Cidades Lixo Zero é realizado no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília. O evento está sendo organizado pelo Instituto Lixo Zero Brasil (ILZB), em parceria com o Governo de Brasília e reúne representantes de todos os continentes e especialistas apresentando as melhores práticas e as mais avançadas tecnologias em gerenciamento de resíduos sólidos. A ideia é que gestores públicos, legisladores, consultores, consumidores, acadêmicos e sociedade troquem experiências e possam discutir propostas futuras.

Carolina Moraes Estrela avalia que a participação no evento é importante para que São Luís continue avançando na gestão de resíduos sólidos. “A redução da geração de resíduos é uma tendência e necessidade mundial. Conhecer outros modelos e experiências nesta área é fundamental para que possamos continuar com este trabalho de profissionalização da gestão de resíduos em São Luís”, afirmou.

Prefeitura de São Luís promove atividades educativas no Dia Mundial do Meio Ambiente

No Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta terça-feira (5), a Prefeitura de São Luís promoveu no Parque do Bom Menino uma série de atividades educativas. Cerca de 600 estudantes participaram da ação, que se estende até sexta-feira (8). Entre as atividades que estão sendo desenvolvidas estão o plantio consciente de árvores pelo parque, oficinas com materiais recicláveis, jogos educativos e rodas de conversa.

A ação, que segue determinação do prefeito Edivaldo, é organizada pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semmam) com o envolvimento de outros órgãos municipais como o Instituto da Paisagem Urbana (Impur) e as secretaria municipais de Educação (Semed) e Segurança com Cidadania (Semusc). O resultado da articulação é a realização de uma série de atividades no Parque do Bom Menino em prol do meio ambiente e da preservação dos recursos naturais.

O presidente do Impur participou da programação na manhã desta terça-feira (5). “No Dia do Meio Ambiente, queremos unir forças, com o intuito de mostrar na prática não apenas para nossas crianças como para toda a família, que precisamos ampliar o nosso olhar em prol de espaços mais verdes e, consequentemente, de um mundo melhor. O plantio consciente e o reaproveitamento de materiais com a reciclagem são atividades que contribuem para isso”, disse.

O plantio das mudas está sendo realizado ao longo de toda a semana por crianças da rede municipal de ensino. Entre as espécies, estão sendo plantados ipês do tipo roxo e amarelo, jambo, jacarandá e abil, árvores de porte médio que, com o passar do tempo, substituirão os exemplares que atualmente existem no parque.

Com a atividade, as crianças aprendem a cuidar ainda melhor do meio ambiente. “Temos que cuidar do meio ambiente porque hoje em dia muita gente não cuida, suja o planeta e depois reclama”, contou Naysllam Lopes, 10 anos. “Eu nunca tinha plantado uma árvore antes e achei muito legal. Precisamos cuidar do meio ambiente, não poluir, pois precisamos da água e das árvores para viver”, acrescentou Alysson Felipe Marinho, 10 anos.

PROGRAMAÇÃO

Além do plantio consciente de mudas, a programação da Semana do Meio Ambiente no Parque do Bom Menino inclui oficinas de confecção de brinquedos elaborados com materiais recicláveis, atividades com jogos educativos, debates sobre resíduos sólidos em roda de conversa, distribuição de mudas e abraço simbólico em uma árvore do parque.

O coordenador da área de Educação Ambiental da Semmam, Adaías Ataíde, explicou que o objetivo da semana é, por meio de atividades articuladas, sensibilizar a população, especialmente as crianças para a preservação do meio ambiente. “Nossa proposta é revitalizar ainda mais esse espaço do Parque do Bom Menino, fortalecendo esse contato com o meio ambiente e trabalhando essa questão da educação ambiental com o público que frequenta o local”, destacou o coordenador.

DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

O Dia Mundial do Meio Ambiente passou a ser comemorado todo dia 5 de junho, desde 1972, por conta da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, realizada em Estocolmo. Instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), a ideia da data é alertar a população para a importância da preservação dos recursos naturais e para a necessidade do desenvolvimento de estratégias para a proteção do meio ambiente.

Prefeitura de São Luís convoca beneficiários do Residencial Piancó V para sorteio de endereços

A Prefeitura de São Luís convoca os contemplados com os apartamentos do Residencial Piancó V a comparecerem ao sorteio de endereço dos imóveis que será realizado na Central de Atendimento do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, localizada na Avenida Marechal Castelo Branco, nº 59, São Francisco. O sorteio acontecerá na segunda-feira (11), a partir das 14h. Na ocasião, o beneficiário do programa terá informação do endereço do imóvel e da data para fazer a vistoria. Somente após esses procedimentos, poderão assinar o contrato dos seus imóveis.

O secretário municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), Mádison Leonardo Andrade, reforçou a importância de que todos compareçam e não percam o prazo do sorteio. “Dessa forma, o beneficiário vai garantir o recebimento de seu imóvel e concretizar o sonho de ter a casa própria. Esta é mais uma etapa importante do programa habitacional da Prefeitura de São Luís e que consolida o compromisso do prefeito Edivaldo em possibilitar o acesso à moradia digna para as famílias que mais necessitam”, pontuou o gestor.

Estão incluídas no sorteio famílias em vulnerabilidade que integram a lista ativa do aluguel social e cadastrados nos programas habitacionais da Prefeitura de São Luís. Os imóveis, em condomínio fechado, possuem seis compartimentos – sala, dois quartos, banheiro, cozinha e área de serviço – sendo beneficiado ainda com área de lazer, guarita e quadra esportiva. O projeto Piancó tem em sua infraestrutura ruas pavimentadas, abastecimento de água, drenagem pluvial e energia elétrica. Durante o sorteio, é necessário apresentar os documentos de identificação RG e CPF.

HABITAÇÕES

Em parceria com o Governo Federal, o programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ é executado pela Prefeitura de São Luís, a quem cabe a realização de todas as etapas procedimentais, desde a captação dos recursos, a realização dos projetos, a prospecção e aquisição das áreas para construção dos empreendimentos e o cadastramento e seleção das famílias beneficiadas pelo programa.

As unidades habitacionais do ‘Minha Casa, Minha Vida’, em São Luís, estão distribuídas em cerca de 10 conjuntos residenciais localizados em áreas como Maracanã, Santa Bárbara, Piancó, Ribeira, Vila Maranhão, Tajaçoaba, entre outras regiões da capital.

Prefeitura de São Luís retorna com ação do Saúde para Todos aos bairros Cajueiro e Ilhinha

Cumprindo um cronograma semanal de atividades em diversos bairros da capital, o programa Saúde para Todos – Consultório Volante retorna na nesta sexta-feira (1º) e no sábado (2) aos bairros Cajueiro e Ilhinha, respectivamente. Ao retornar aos bairros por onde a ação passou, a Prefeitura de São Luís leva, além dos demais serviços do programa, os resultados dos exames realizados. Desde o início das atividades no mês de março, o Saúde para Todos já realizou cerca de 30 mil atendimentos, reforçando a política de Saúde do município de São Luís colocada em prática na gestão do prefeito Edivaldo.

O programa é coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus). No domingo (3) as ações do Saúde para Todos estará na Escola Adventista, na Avenida Daniel de La Touche. A cada edição do programa, a população tem acesso a serviços de saúde como consultas médicas, exames laboratoriais, vacinação, aferição de pressão e glicemia, entre outros na área da Atenção Básica.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, ressalta que o Saúde para Todos cumpre na rede municipal de Saúde a função de ampliar o alcance dos serviços, beneficiando toda a população de São Luís. “De forma itinerante, levamos as nossas ações até a população, garantindo e facilitando o acesso aos serviços essenciais para a preservação de uma boa saúde. Assim, o programa contribui para o fortalecimento dessa rede de cuidados, especialmente na área da Atenção Básica”, diz.

A ação do Saúde para Todos conta com o apoio do Consultório Volante, fruto de emenda parlamentar do vereador Pavão Filho. O suporte do veículo favorece a itinerância do programa e possibilita atendimento odontológico, bem como espaço adequado para a realização de exames preventivos. “Com as ações desse programa, nossa intenção é também reduzir a demanda nas Unidades Básicas de Saúde, levando os serviços para os bairros e permitindo que a população seja atendida nas proximidades da sua própria casa”, acrescentou o titular da Semus.

No último fim de semana, na quinta (24) e sexta-feira (25), as atividades do programa retornaram para o Residencial Luís Bacelar, no Gapara, levando os resultados dos exames para a população. O Saúde para Todos – Consultório Volante, que iniciou suas atividades no mês de março, também já beneficiou moradores de bairros como Ilhinha, Vila Riod, Habitacional Turu, Centro, Vila Conceição, Gancharia e Liberdade.

PROGRAMAÇÃO

– Sexta-feira (1º), atendimentos na U.E.B. Manuela Varela, na Rua Principal do Cajueiro, das 8h às 16h.

– Sábado (2), atendimentos na Igreja Católica São José, na Avenida Rio Anil na Ilhinha, das 8h às 12h30.

– Domingo (3), atendimentos na Escola Adventista, na Avenida Daniel de La Touche, das 8h às 13h.

Prefeitura convoca sorteados nos residenciais Piancó I, II, III e IV para assinatura de contratos

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), convoca os contemplados com unidades habitacionais dos residenciais Piancó I, II, III e IV, do programa federal ‘Minha Casa, Minha Vida’, para assinatura do contrato de financiamento do imóvel. A assinatura do documento ocorrerá no período de 4 a 8 de junho de 2018, das 8h às 17h, na Central de Atendimento Social do programa, localizada na Avenida Marechal Castelo Branco, nº 559 – bairro São Francisco.

A lista dos contemplados que estão sendo convocados pode ser acessada no site da Prefeitura (http://www.saoluis.ma.gov.br) na aba ‘Editais’. Para a assinatura do contrato, os sorteados deverão apresentar documentos de identificação, CPF e o documento de vistoria entregue pela construtora. Para as pessoas casadas ou em situação de união estável, é preciso que o companheiro ou companheira também esteja presente para assinatura do contrato.

O não comparecimento implica na substituição do beneficiário por outro do cadastro de reserva. Esta é a penúltima etapa do processo para que os selecionados concretizem o sonho da casa própria. A próxima será a entrega das chaves. Para a seleção dos proprietários, foram analisados critérios como a renda familiar de até R$ 1.800,00 a existência de crianças com microcefalia na família e a moradia em situação de risco geológico, de acordo com a Portaria 321/2016, do Ministério das Cidades.

Prefeitura de São Luís paga servidores municipais nesta sexta-feira (1°)

A Prefeitura de São Luís paga na próxima sexta-feira (1º) os salários dos servidores municipais referentes ao mês de maio. O pagamento acontece quatro dias antes da data prevista no Calendário de Pagamento do Servidor Municipal para 2018 . A gestão municipal continua cumprindo o calendário com planejamento e organização das contas públicas. A valorização dos profissionais do serviço público é uma das prioridades da gestão do prefeito Edivaldo que, apesar da crise econômica nacional, tem somado esforços para quitar a folha de pagamento em dia conseguindo, em alguns meses, antecipar a data, como é o caso de agora.

De acordo com o Secretário Municipal da Fazenda (Semfaz), Delcio Rodrigues, o município de São Luís tem se destacado em âmbito nacional, por ser um dos poucos que continua investindo na cidade e no cidadão. “A crise existe, as baixas na arrecadação e nos repasses da União são reais, mas o prefeito Edivaldo não tem medido esforços para enfrentar as dificuldades financeiras e continuar trabalhando”, garantiu.

Para ter acesso às informações sobre seus vencimentos, os servidores municipais podem se dirigir a qualquer terminal de auto-atendimento do Banco do Brasil e acessar o contracheque eletrônico. O documento pode ser emitido na opção Outros Serviços, Contracheque BB e depois informar o número da matrícula e o mês desejado do documento. As informações também podem ser acessadas pelo site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br), no Portal do Servidor, informando a matrícula e a senha.

‘Equipes da Prefeitura estão mobilizadas para garantir serviços essenciais’, afirma prefeito de São Luís

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior garantiu que as equipes da Prefeitura de São Luís permanecem mobilizadas para assegurar os serviços à população durante a paralisação dos caminhoneiros, que já vem provocando desabastecimento de combustível e outros produtos no país inteiro. Ele afirmou neste sábado (26), durante visita à edição do programa municipal Todos Por São Luís, no bairro Liberdade, que a Prefeitura está mobilizada para minimizar o máximo possível os impactos da greve na capital.

“O país tem passado momentos difíceis com a paralisação dos caminhoneiros, mas nós temos nos empenhado e trabalhado, com o apoio do Governo do Estado, no sentido de manter os serviços essenciais funcionado em São Luís. Temos reunido diariamente com nossas equipes, reunido com a equipe do governador Flávio Dino, a fim de buscar solução para esta crise”, ressaltou Edivaldo.

Em relação ao transporte urbano, o prefeito informou que a frota de ônibus iniciou a manhã deste sábado operando com 55% dos veículos, mas com abastecimento dos veículos garantido durante a manhã o percentual de ônibus circulando no sábado chegou a 70% da frota circulante aos sábados.

Edivaldo destacou também que o serviço de limpeza está operando regularmente. A paralisação ocasionou problemas à coleta de lixo apenas na quinta-feira (24), em razão dos pontos de interdição na BR-135, que inicialmente impossibilitou o transbordo para a Central de Tratamento de Resíduos Titara, no município de Rosário, mas ainda durante a madrugada o serviço foi regularizado, seguindo o cronograma nos bairros.

“Além de regularizar a coleta, também estamos conseguindo manter o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Temos combustível para o funcionamento das ambulâncias e vamos fazer tudo para dar continuidade a esse importante serviço e evitar que a greve afete o setor da saúde em nosso município”, frisou.

O prefeito afirmou ainda que também seguem sendo executados normalmente os serviços de capina, roçagem, varrição, manutenção da iluminação pública, fiscalização de trânsito, Guarda Municipal, Defesa Civil, entre outros.

Edivaldo pediu calma à população para manter a ordem pública nesse momento de crise que afeta a todos. “Esperamos também que prevaleça o bom senso de quem esteja na liderança do movimento para que a população seja minimamente afetada”, concluiu Edivaldo.

Desobstrução da BR

Outra medida da Prefeitura em relação à crise federal dos caminhoneiros foi o pedido de desobstrução da BR-135. O juiz federal Clodomir Reis, da 3ª Vara Federal Cível do Maranhão, concedeu a liminar determinando a intervenção do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) na entrada da cidade e no acesso ao Porto do Itaqui no sentido de liberar a rodovia, único acesso por terra ao município de São Luís e que encontra-se interditado desde a última quinta-feira (25).

O protesto federal dos caminhoneiros chegou, neste sábado, ao sexto dia causando muitos transtornos à população de todo o país.

Prefeitura realiza blitz de Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Semcas) e através do Creas (Centro de Referência Especializada de Assistência Social), realiza nesta sexta-feira (18) cinco blitz simultâneas, das 7h às 9h da manhã, em pontos estratégicos da capital, sobre o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

O tema trabalhado esse ano pela Prefeitura é “Proteja Nossas Crianças e Adolescentes. Faça bonito!”. O objetivo da ação é mobilizar e convocar a sociedade a participar do enfrentamento e prevenção à violência sexual contra crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.

As blitz de conscientização estarão acontecendo em locais como Terminal Rodoviário de São Luis, Terminal de Integração do São Cristóvão, rotatória do São Francisco, semáforos da Avenida São Luis Rei de França (ao lado e em frente ao Posto Natureza) e Avenida dos Portugueses (em frente à Unidade Mista do Itaqui-Bacanga).

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes existe desde o ano 2000, quando houve o bárbaro assassinato da menina Araceli Cabrera Sánchez Crespo, de 8 anos, vítima de extrema violência e abuso sexual, em Vitória, no Espírito Santo.

É importante lembrar também que o Estado dispõe de perícia técnica especializada para o atendimento às vítimas, no Centro de Proteção à Criança e ao Adolescente, na Praça Maria Aragão. Lá, também há uma delegacia especializada que recebe denúncias e relatos de abuso sexual.

Serviço

Blitz de conscientização do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Quando: Sexta-feira (18)

Horário?: 7h30

Local: Rotatória do São Francisco