Prefeitura de São Luís e parceiros promovem Dia D de combate ao Aedes aegypti

A Prefeitura de São Luís, em parceria com o Governo do Estado e o município de São José de Ribamar, realizou neste sábado (11) o Dia D de combate ao mosquito Aedes aegypti em bairros da região metropolitana. As atividades, que foram a culminância de uma série de ações executadas ao longo da semana, tiveram como foco a região do Cohatrac e áreas limítrofes. Durante toda a manhã, diversos serviços de saúde, limpeza urbana e de conscientização foram realizados na região para coibir a proliferação do mosquito e evitar o surgimento de casos de dengue, zika vírus e febre chikungunya na Ilha. A ação reforça o trabalho nessa área que vem sendo realizado pela gestão do prefeito Edivaldo durante todo o ano.

A Prefeitura de São Luís participa da força-tarefa que tem como tema “Vencer o Aedes é um trabalho em equipe: junte-se a essa batalha” por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), do Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur), do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Secretaria Municipal de Educação (Semed). As atividades do Município são coordenadas pela Secretaria Municipal de Governo (Semgov).

A ação colocada em prática na gestão do prefeito Edivaldo tem apresentado resultados positivos. Nos primeiros cinco meses deste ano, houve redução de aproximadamente 50% no número de casos de dengue notificados no município, em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo dados da Semus, de janeiro até a primeira semana de junho de 2017 foram notificados 650 da doença, enquanto em 2018, no mesmo período, este número caiu para 324. A primeira ação concentrada em apenas um bairro foi realizada em abril pela Prefeitura de São Luís. Desde então, já foram contempladas as regiões dos bairros Vinhais, Planalto Vinhais e Cohafuma.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, destaca a importância do combate ao mosquito na Região Metropolitana de São Luís. “A ação desta semana é a continuidade da campanha iniciada no Vinhais, em abril, e que está sendo realizada em diversos bairros de São Luís para coibir a proliferação do mosquito. É uma ação importante, quem vem sendo reforçada pela gestão do prefeito Edivaldo, para garantir a saúde pública na nossa cidade. Com a ampliação dos serviços para a região metropolitana nós fortalecemos esse trabalho e garantimos que toda a Ilha fique protegida”, afirmou.

Com a parceria dos órgãos do Governo do Estado e das prefeituras das demais cidades da Ilha o trabalho foi ampliado ao longo da semana e desta vez as ações foram realizadas nos bairros Cohatrac I, Cohatrac III, Cohatrac IV, Itapiracó e Residencial Primavera, em São Luís, e Conjunto Itaguará, Jardim Araçuaí, Cohabiano e Trizidela em São José de Ribamar.

PARCERIA COM O GOVERNO

O Governo do Estado participa da ação metropolitana de combate ao Aedes aegypti por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a Agência Executiva Metropolitana (AGEM). O secretário adjunto de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Marcelo Rosa, destacou a importância da união de forças entre o Governo do Estado e as prefeituras dos municípios da Ilha. “Cabe a cada prefeitura desenvolver ações para prevenir o surgimento de casos de doenças causadas pelo Aedes aegypti e o Governo do Estado apóia porque entende que quanto maior o investimento em saúde pública melhor para toda a população. Então, estamos fazendo esta primeira ação metropolitana para garantir que toda a Ilha de São Luís estará protegida.

Por meio da parceria com o Governo do Estado foram viabilizadas consultas médicas, atendimento odontológico e oftalmológico, testes rápidos de HIV, diabetes e sífilis. Quem passava pelo consultório oftalmológico e era diagnosticado com algum problema já recebia o encaminhamento com data marcada para fazer exames mais detalhados e verificar com precisão qual o tratamento é o mais adequado.

AÇÕES DE SAÚDE

Segundo o coordenador do Programa de Prevenção à Dengue e Arboviroses da Semus, Pedro Tavares, ao longo da semana foram realizadas mais de 2000 visitas domiciliares para inspeção da presença de criadouros do mosquito. “Durante as visitas, os agentes de controle de endemias realizaram ações educativas, informando a população sobre os cuidados para evitar o surgimento de focos do mosquito, também foi feita a aplicação de larvicida e o carro fumacê circulou pelas ruas do bairro”, informou. Ainda na área da saúde, durante todo o sábado foram oferecidos serviços de vacinação humana e animal.

Como nas demais ações o serviço de vacinação era um dos mais procurados pela população. Poliana Machado aproveitou para manter atualizada a carteira de vacinação do filho de três anos. “Durante a semana é muito difícil ir a um posto de saúde porque a gente trabalha, então, uma ação como essa feita diretamente nos bairros facilita muito a vida da população. Eu tinha visto que ela estava acontecendo em outros bairros e estava esperando chegar ao Cohatrac também”, disse.

LIMPEZA URBANA

Os serviços de limpeza urbana também foram intensificados durante a ação de combate ao mosquito Aedes aegypti. Ao longo da semana foram executados serviços de capina e roçagem das ruas do entorno dos bairros Cohatrac I, Cohatrac III, Cohatrac IV, Itapiracó e Residencial Primavera, em São Luís.

Além disso, durante todo o sábado as caçambas do bota fora circularam pelaregião recolhendo o chamado entulho volumoso: móveis e eletrodomésticos sem utilidade, restos de entulho de construção civil, poda e capina domésticas. O Cidadão Limpeza também participouda ação, conversando com a população sobre o descarte ambientalmente adequado do lixo domiciliar e o uso adequado dos Ecopontos.

PAISAGISMO URBANO

A Prefeitura de São Luís também realizou serviços paisagísticos às avenidas, rotatórias, praças, áreas de vivência do Cohatrac e adjacências com a execução de serviços de poda de árvores, supressão de galhos e árvores mortas, remoção de erva daninha, capina e roçagem além de levantamento técnico dos exemplares que apresentam alterações.

Principal corredor de passagem do Círio de Nazaré, um dos maiores festejos religiosos da cidade, a Avenida Leste Oeste e também a Avenida Cinco, que liga a Cohab ao Cohatrac começaram a receber as ações de paisagismo desde a sexta-feira da semana passada (3).

Os serviços paisagísticos são realizados por meio do Impur. O presidente do Impur, Fábio Henrique Carvalho, destaca o volume de serviços na área. “Estamos com uma rotina muito intensa de serviços e a determinação do prefeito Edivaldo é que as necessidades das comunidades sejam levantadas, executadas e concluídas em sua totalidade. Somente no Cohatrac estenderemos os trabalhos a cerca de 2,5 quilômetros”, garantiu o secretário.

AÇÕES EDUCATIVAS

Também foram realizadas durante a semana palestras educativas nas escolas públicas dos municípios envolvidos, com temas voltados ao combate à proliferação do Aedes aegypti. Por meio de teatro de bonecos os estudantes da rede pública municipal foram conscientizados para se tornarem multiplicadores e ensinarem os pais a evitar que o mosquito se reproduza em suas casas.

Temporada do Reviva 2018 começa nesta sexta-feira (10) com Sarau Histórico

A Prefeitura de São Luís dará início nesta sexta-feira (10), às 19h, à programação de 2018 do Programa Reviva. Com o tema “O Grande Baile”, a primeira atividade a ser realizada será o Sarau Histórico. O programa, realizado por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), inclui ainda o Passeio Serenata e o Roteiro Reggae e tem o objetivo de movimentar ainda mais o Centro Histórico da capital.

O Programa Reviva, que começa no dia 10 de agosto, segue com programações até o fim de 2018. A ação é uma iniciativa do prefeito Edivaldo para tornar a cultura ludovicense ainda mais conhecida pelos visitantes que prestigiam os eventos, e também para movimentar o Centro da cidade com cultura, teatro, música e poesia.

Os eventos do Reviva têm o objetivo de valorizar a cultura e as riquezas de São Luís, já que, além de repassar a história ao público, leva as pessoas para conhecerem o nosso Centro Histórico. “Nós utilizamos os eventos para levar uma grande número de pessoas para os espaços públicos. Dessa maneira, além de cumprir a missão de oferecer um produto turístico, nós tornamos os espaços mais movimentados e, por consequência, aquecemos a economia da cidade”, observa a secretária municipal de Turismo, Socorro Araújo.

Sarau Histórico: O Grande Baile

“Numa noite clara de verão, um grande baile é promovido no largo da Igreja da Sé, em São Luís, para recepcionar o renomado escritor e ensaísta Arthur Azevedo, que chegara à capital maranhense depois de passar alguns anos no Rio de Janeiro. O largo da igreja é adornado e preparado para o baile, músicos são contratados e diversas personalidades são convidadas, dentre poetas, escritores, políticos e pessoas de renome na sociedade ludovicense do século XIX, tais como: Arthur Azevedo, Gonçalves Dias, Graça Aranha, Maria Firmina dos Reis, Ana Jansen, Catarina Mina, dentre outros. Enquanto o baile se desenvolve, questões do dia a dia da época são debatidas, tais como preconceito, abolição, empoderamento feminino, tendo como plano de fundo a sociedade e o comportamento estabelecido na época”.

A peça será realizada pela Cia Teoria das Artes. A noite contará, ainda, com a apresentação musical do Combo 363, que tocará músicas que marcaram época em São Luís. Todas as edições apresentam novidades e são feitas por companhias diferentes, dando a oportunidade para grupos culturais da cidade apresentarem o seu trabalho para o público. Além disso, todos os saraus também têm temas diferentes.

PROGRAMAÇÃO

Agosto
10 – Sarau Histórico (O Grande Baile)
22 – Passeio Serenata

Setembro
6 – Roteiro Reggae
14 – Sarau Histórico
26 – Passeio Serenata

Outubro
19 – Sarau Histórico
31 – Passeio Serenata

Novembro
9 – Sarau Histórico
21 – Passeio Serenata

Dezembro
7 – Sarau Histórico
19 – Passeio Serenata.

Prefeitura de São Luís leva frente de trabalho paisagístico ao bairro Cohatrac

A Prefeitura de São Luís vem seguindo criteriosamente o cronograma de serviços paisagísticos e levado às avenidas, rotatórias, praças, áreas de vivência e pontos turísticos da capital ações de cuidado e embelezamento. As intervenções, que seguem orientação do prefeito Edivaldo, já beneficiaram várias regiões da cidade e agora atendem às demandas do bairro Cohatrac. No local serão executados serviços de poda de árvores, supressão de galhos e árvores mortas, remoção de erva daninha, capina e roçagem além de levantamento técnico dos exemplares que apresentam alterações. Avenidas, praças e outros logradouros públicos receberão as equipes do município.

Principal corredor de passagem do Círio de Nazaré, um dos maiores festejos religiosos da cidade, a Avenida Leste Oeste e também a Avenida Cinco, que liga a Cohab ao Cohatrac estão recebendo, desde sexta-feira (3), serviços paisagísticos realizados por meio do Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur).

O presidente do Impur, Fábio Henrique Carvalho, destaca o volume de serviços que a área vai receber. “Estamos com uma rotina muito intensa de serviços e a determinação do prefeito Edivaldo é que as necessidades das comunidades sejam levantadas, executadas e concluídas em sua totalidade. Somente no Cohatrac estenderemos os trabalhos a cerca de 2,5 quilômetros”, garantiu o secretário.

AÇÕES

Fábio Henrique lembrou que a Prefeitura realizou serviços paisagísticos nas praças Vereador Raimundo Silva e Menino Jesus de Praga, além de áreas de vivência localizadas na Cohama. “Estamos com uma força-tarefa, executada a cada semana, em prol da beleza do nosso município e que envolve várias frentes de trabalho, a exemplo do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, que atua conjuntamente com o Impur na manutenção dos espaços de nossa cidade”, completou o secretário.

As ações já realizadas contemplaram também toda a extensão das avenidas Jerônimo de Albuquerque, Holandeses, Castelo Branco e Colares Moreira. Os equipamentos receberam tratamento das árvores atacadas por fungo ou outras doenças; supressão de árvores, tocos e galhos mortos; retirada de ervas daninhas, limpeza da área e preparação do terreno para receber novas mudas.

As intervenções continuam e após finalização dos serviços na Avenida Contorno Leste, no Cohatrac, o cronograma segue executando serviços paisagísticos no bairro do Anjo da Guarda.

Prefeitura de São Luís realiza neste sábado (4) Dia D de Vacinação contra Sarampo e Poliomielite

Atenta aos cuidados de saúde preventiva da população, a Prefeitura de São Luís trabalha para a realização do Dia D Municipal de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite, que acontece neste sábado (4). A iniciativa de promover um dia de culminância municipal da campanha segue a orientação do prefeito Edivaldo, como mais uma ação desenvolvida com o objetivo de proteger a população contra as doenças e atingir a meta estipulada pelo Ministério da Saúde, que é imunizar 95% de 61.700 crianças pertencentes ao grupo prioritário, na capital. Um total de 63 postos estarão abertos neste sábado para vacinação. Crianças de um ano até menores de cinco anos são o público-alvo.

Ainda como parte da estratégia para garantir uma maior cobertura, a campanha em São Luís foi iniciada dia 23 de julho, 15 dias antes do início da mobilização nacional definida pelo Ministério da Saúde que começa somente na segunda-feira (6) de agosto. Com a iniciativa da antecipação a Secretaria Municipal de Saúde já contabiliza resultados positivos ao atingir, nos 10 primeiros dias de vacinação, um percentual de cobertura perto de 13%. A expectativa é que um número representativo de pessoas compareçam aos postos de vacinação neste sábado levando os filhos para tomar as doses.

Para o Dia D Municipal de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite, a Prefeitura de São Luís vai disponibilizar 63 postos de vacinação, em todos os distritos de saúde da capital. A ação acontece das 8h às 17h, para imunizar as crianças nas idades determinadas pela campanha e, também, pessoas com idades até 49 anos, que poderão se vacinar contra o sarampo.

Com o Dia D Municipal de Vacinação a população da capital irá contar com dois dias de culminância da ação, uma vez que a Prefeitura também irá seguir o calendário nacional e promover no dia 18 o Dia D Nacional de Vacinação. O titular da Semus, Lula Fylho, destacou que a saúde é uma prioridade da gestão do prefeito Edivaldo, que não mede esforços no sentido de garantir à população os cuidados preventivos necessários. “A imunização contra doenças como o sarampo e a poliomielite, infecções altamente contagiosas, é uma dessas ações. Para isso, o município adotou diversas estratégias para atingir o público-alvo da campanha e chegar a meta estipulada”, observou o secretário.

O registro de casos de sarampo e pólio representa uma grande preocupação no país inteiro. “A população deve atentar que esta é uma preocupação real, mas que os óbitos podem ser evitados com a vacina. A Prefeitura está fazendo a sua parte, mas as pessoas precisam atentar para a gravidade dessas doenças e buscar o quanto antes a vacinação nas unidades de saúde e imunizar suas crianças. O Dia D Municipal é uma oportunidade para quem não consegue ir aos postos durante a semana”, observou Lula Fylho.

“Queremos continuar mantendo a marca da erradicação dessas doenças na capital, pois há duas décadas não se tem registro de um único caso sequer de sarampo e pólio no município. Manter a população imunizada contra doenças contagiosas é uma preocupação constante da gestão, por isso temos adotados nossas próprias estratégias de mobilização, com planejamento, cuidados especiais e organização”, acrescentou o secretário.

Além disso, outras estratégias também serão realizadas visando à massificação da imunização aos grupos prioritários. Entre estas está a vacinação de crianças diretamente nas creches e escolas da rede municipal de ensino, a partir de segunda-feira (6), quando os alunos retornam às aulas para o segundo semestre letivo.

A mesma estratégia também foi adotada para massificar as ações preventivas contra a gripe Influenza. As ações resultaram no cumprimento da meta de vacinação contra a doença, estipulada pelo Ministério da Saúde na capital, que era imunizar 90% das pessoas dos grupos mais suscetíveis à doença.

Mesmo atingindo a meta da campanha, a Prefeitura continua com a vacinação contra a Influenza disponível nos postos de saúde do município, para que 100% do público-alvo possa se proteger da gripe, em especial crianças, que tiveram a idade limite estendida de cinco para até nove anos. Os idosos também tiveram a idade alterada. Antes podiam se vacinar idosos a partir de 60 anos, agora podem ser imunizadas pessoas a partir dos 50 anos de idade.

IMUNIZAÇÃO

O sarampo, doença altamente contagiosa, pode ser transmitido pelo contato com secreções. Os primeiros sintomas são parecidos com os da gripe, mas evoluem ainda para o aparecimento de manchas vermelhas pelo corpo.

Já a poliomielite ou paralisia infantil causa paralisia repentina e pode afetar desde só as pernas, até o corpo inteiro, comprometendo até a respiração. A contaminação se dá por contato fecal-oral, por objetos, alimentos e água contaminados com fezes de portadores, ou ao falar, tossir ou espirrar.

O vírus influenza é transmitido por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz).

Concurso da Prefeitura de São Luís reúne candidatos maranhenses e de outros estados

O domingo foi de provas do Concurso Público para Auditor Fiscal de Tributos da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz). Promovido pela Prefeitura de São Luís, o certame, que reuniu candidatos maranhenses e de outros estados, contribuirá para o fortalecimento das ações na área da Fazenda Pública, considerando que o último concurso para o cargo foi realizado há quase trinta anos. Este é o quinto concurso realizado pela gestão do prefeito Edivaldo que tem como objetivo dar excelência aos serviços prestados aos cidadãos ludovicenses em todas as áreas.

As provas objetiva e discursiva para o provimento de dez vagas, mais cadastro de reserva, aconteceram manhã e tarde na Universidade Ceuma – Campus Renascença. Os candidatos disputam o preenchimento de dez cargos de nível superior, mais cadastro de reserva. Após trinta anos da realização do último concurso público para auditor, com a defasagem de profissionais e o aumento de demandas na área de fiscalização, a realização do certame para o fisco se tornou de grande necessidade.

As provas objetivas de Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos I foram aplicadas pela manhã e as provas discursivas de Conhecimentos Específicos II foram realizadas a tarde. O concurso está sendo executado pela Fundação Carlos Chagas (FCC).

Para o secretário municipal da Fazenda, Delcio Rodrigues, com a contratação de novos profissionais, a prestação de serviços tende a melhorar. “A realização do concurso faz parte de uma série de ações realizadas na gestão do prefeito Edivaldo que visam à modernização da gestão tributária do município de São Luís”, garantiu o titular da pasta.

Este é o quinto concurso realizado pela gestão do prefeito Edivaldo que tem como objetivo dar excelência aos serviços prestados aos cidadãos ludovicenses em todas as áreas. De acordo com informações da FCC 1.673 candidatos se inscreveram no concurso.

“Diante de um certame valorizado, constatamos o quão oportuna é sua realização tanto para a melhoria dos serviços prestados pela Prefeitura de São Luís quanto pela oferta de empregabilidade aos profissionais interessados em ingressar no funcionalismo municipal”, assegurou a secretária Municipal de Administração, Mittyz Rodrigues.

A remuneração inicial bruta dos cargos será de R$ 10.181,24. São oferecidas dez vagas para o cargo de Auditor Fiscal de Tributos I, sendo oito vagas para a área de Abrangência Geral e duas para a de Tecnologia da Informação.

A contadora Tânia Freitas estava aguardando o lançamento do edital para o concurso na área. “É um concurso muito bom e muito esperado, porque já faz quase trinta anos da realização do último concurso na área, e tinha muita gente esperando que a Prefeitura renovasse esse quadro da Semfaz. É um bom salário que garante uma boa estabilidade financeira, mas como todo concurso é bem concorrido”, ressaltou.

Profissionais de outros estados vieram a São Luís para prestar o concurso. O advogado Adriel de Aguiar, natural de Fortaleza, prestou concurso para a área há duas semanas no estado de São Paulo e agora veio à capital maranhense. “Estou fazendo concurso para a área de fiscalização em diversas cidades na tentativa de passar e a gente estuda e se prepara é pra conseguir uma aprovação. Achei muito boa a iniciativa da Prefeitura de São Luís em promover um concurso bom como este”, afirmou.

O resultado preliminar das provas objetiva e dissertativa está previsto para ser divulgado no dia 26 de setembro no Diário Oficial (www.saoluis.ma.gov.br) e também no site da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br).

Inscrição para novo Cadastro Habitacional de Interesse Social começa nesta quarta (25)

A Prefeitura de São Luís inicia nesta quarta-feira (25), o início do novo Cadastro Habitacional de Interesse Social. A ação vai permitir que as famílias se inscrevam para participar dos próximos sorteios de moradias subsidiadas por programas como o ‘Minha Casa, Minha Vida’, disponibilizadas na capital. As inscrições se estendem até o dia 8 de agosto e podem ser feitas de forma online no portal da Prefeitura de São Luís, no endereço www.saoluis.ma.gov.br. Postos de apoio serão disponibilizados pela Prefeitura de São Luís para atender aqueles que não tiverem acesso a internet. Serão 19 locais, entre eles a Central de Atendimento da Habitação, na Avenida Marechal Castelo Branco, nº 559, São Francisco.

“O novo cadastro vai permitir que mais famílias tenham oportunidade de adquirir a tão sonhada casa própria. Temos números que demonstram grandes avanços na área habitacional. São cerca de 15 mil imóveis já entregues, beneficiando mais de 55 mil pessoas. Temos outros sete mil imóveis para serem entregues, sendo que alguns já estão prontos e outros em fase de construção”, destacou o prefeito Edivaldo enfatizando ainda o esforço empreendido pela gestão municipal para reduzir o déficit habitacional na capital maranhense.

Podem participar do novo cadastro pessoas que atendam aos critérios estabelecidos pelo Ministério das Cidades, preenchendo a requisitos básicos como ter idade superior a 18 anos, possuir renda familiar até R$ 1.800,00 mensais e que não tenham imóvel em seu nome. O cadastramento seguirá as normas do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’.

O secretário de Habitação e Urbanismo (Semurh), Mádison Leonardo, destaca a iniciativa como uma ação importante para o setor habitacional do município, em benefício de milhares de famílias. “A iniciativa de fazer um novo cadastro habitacional reforça o compromisso da gestão do prefeito Edivaldo de dar oportunidades a todos que desejam ter sua casa própria. O cadastramento visa contemplar o maior número possível de famílias que necessitam de moradia”, afirmou o gestor.

Uma novidade deste cadastro é a inscrição online. Quem tiver dificuldade pode procurar os postos de apoio. A Central de Atendimento da Habitação, no São Francisco, é um dos pontos para atender quem não tiver acesso à internet. O preenchimento do cadastro na central e nos pontos de apoio será efetuado até a data limite de inscrição, dia 8 de agosto. A descentralização objetiva manter a dignidade das pessoas interessadas, evitando as filas e longa espera para realizar o processo.

Para preenchimento do formulário online no endereço www.saoluis.ma.gov.br é permitido acesso pelo computador, celular ou tablet.

BASE DE DADOS

O cadastro habitacional visa fazer um novo banco de dados que servirá de base tanto para seleção de pessoas interessadas como para subsidiar sorteios do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ ou outros programas habitacionais que a Prefeitura de São Luís venha realizar na cidade. O último cadastro realizado com essa finalidade foi feito em 2009 e apresenta defasagem de informações relativas à renda e endereço dos inscritos.

O primeiro sorteio, já com base nestes dados, será realizado 15 dias após o término das inscrições, por meio de editais específicos para imóveis do Minha Casa, Minha Vida que estão para ser entregues. Os dados subsidiarão também o preenchimento de vagas ociosas em outros residenciais do programa já entregues na capital.

LEVANTAMENTO

O novo cadastramento habitacional irá possibilitar, ainda, que a Prefeitura realize um levantamento quantitativo da necessidade de moradias em São Luís, direcionando programas habitacionais conforme a demanda.

A família do vigilante Nelson Flávio Matos, 48 anos, é uma das que aguarda para se inscrever no novo cadastramento habitacional e pleitear uma das unidades que serão sorteadas. “Eu e minha esposa já estamos juntando a documentação para realizarmos a inscrição logo no primeiro dia do cadastramento. Pagamos aluguel há anos, mas agora temos fé que conquistaremos uma dessas moradias do programa”, relatou o vigilante.

LOCAIS PARA CADASTRAMENTO

CENTRAL DE ATENDIMENTO DA HABITAÇÃO
Avenida Marechal Castelo Branco, nº 559 – São Francisco. (8h às 17h)

CEMARC ALEMANHA
Avenida dos Franceses, S/N, Alemanha. (14h às 18h)

CEMARC APAE
Granja Barreto, S/N, Oiteiro da Cruz. (14h às 18h)

CEMARC HOSPITAL MULHER
Av. dos Portugueses, S/N, Itaqui Bacanga. (14h às 18h)

CEMARC CS TIBIRI
Rua Santo Antonio, S/N, Tibiri. (14h às 18h)

CEMARC CS QUEBRA POTE
Praça do Cemitério, S/N, Quebra Pote. (14h às 18h)

CEMARC CS COHAB
Avenida Principal, S/N, Cohab Anil. (14h às 18h)

CEMARC CS AMAR
Rua Dep. Luís Rocha, S/N, Vicente Fialho. (14h às 18h)

CEMARC CS FABRICIANA MORAES
Rua 05, Qd 07, Conj Hab Nice Lobão – Cid. Operária. (14h às 18h)

CEMARC SALOMÃO FIQUENE
Avenida Leste Oeste, S/N, Cohatrac. (14h às 18h)

CEMARC VILA ITAMAR
Rua do Fio, S/N, Vila Itamar. (14h às 18h)

SEMCAS
Avenida Senador Vitorino Freire S/N. (8h às 17h)

CASA BRASIL – ITAQUI BACANGA
Rua da China, quadra 49, S/N – Anjo da Guarda. (8h às 17h)

CRAS CENTRO
Rua Melvin Jones, nº135 – Apicum. (8h às 17h)

CRAS COHAB
Rua 13 Padre Antônio Vieira, Qd. 21, S/N – Cohab Anil lV. (8h às 17h)

CRAS MARACANÃ
Rua Tomás Soares, nº06 – Vila Esperança. (8h às 17h)

CRAS ESTIVA
Rua do Posto Médico, nº 2.000 – Estiva. (8h às 17h)

CRAS CIDADE OLÍMPICA
Av 01, Jailson Alves Viana, S/N- Cidade Olímpica. (8h às 17h)

EGGEM

Escola de Governo e Gestão Municipal

Rua das Andirobas, nº 26 – Renascença. (14h às 18h)

Prefeitura de São Luís e CMAS empossam novos conselheiros da área da Assistência Social

Novos conselheiros do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) tomaram posse na manhã desta terça-feira (24). Durante a cerimônia, foram empossados para o biênio 2018-2020, quarenta membros, entre titulares e suplentes, representantes da sociedade civil e do poder público. O evento promovido pela Prefeitura de São Luís e pelo CMAS aconteceu no Espaço Orienta, no Renascença. A posse de novos membros do CMAS comprova que a gestão do prefeito Edivaldo valoriza a contribuição dos conselhos para a criação e a consolidação das políticas públicas.

“Temos o desafio de desenvolver políticas que garantam os direitos dos cidadãos. Esse espaço do conselho é fundamental para a discussão e elaboração dessas políticas”, afirmou o vice-prefeito Julio Pinheiro que representou o prefeito Edivaldo na cerimônia.

A secretária municipal da Criança e Assistência Social, Andreia Lauande, também considerou as dificuldades do cenário nacional como um dos desafios a ser superado. “O cenário político nacional nos exige uma articulação muito maior, pois o repasse aos municípios despencou nos últimos anos. Então, precisamos nos organizar, nos unificar e somar forças para enfrentar os desafios e executar essa missão de avançar ainda mais no desenvolvimento das políticas públicas na área da assistência social”, disse.

O Conselho Municipal de Assistência Social tem a função de acompanhar, avaliar e fiscalizar a execução da política de assistência social na capital e também de fazer o acompanhamento e avaliação da aplicação dos recursos municipais e da gestão financeira. É composto por representantes governamentais – servidores que representam a Prefeitura e que atuam nas secretarias – e pela sociedade civil, por meio de entidades sociais que prestam serviços e defendem usuários e trabalhadores assistencialistas.

A presidente do Conselho Municipal da Assistência Social, Ana Kelma Ballerio, destacou o papel do conselho. “A valorização desse conselho e a participação de cada membro com a contribuição de cada instituição que representa a sociedade civil e o poder público são fundamentais para que tenhamos uma sociedade mais justa e igualitária”, reforçou. “O trabalho conjunto, entre poder público e sociedade civil, é fundamental para que tenhamos uma cidade mais harmônica, com políticas públicas consolidadas”, destacou o representante da Associação dos Deficientes Visuais do Maranhão, Vilson Morais da Silva.

Na área governamental, fazem parte do conselho representantes das secretarias municipais de Assistência Social, Agricultura, Pesca e Abastecimento, Educação, Saúde, Planejamento, Urbanismo e Habitação, Instituto de Previdência, Segurança Alimentar e Coordenadoria da Mulher.

Representando a sociedade civil, participam do conselho instituições como Instituto de Desenvolvimento Humano e de Proteção Ambiental, Centro de Assistência Comunitária e Integração Social, Movimento das Mulheres da Vila Dom Luís, Centro Educacional Genir, Pastoral da Pessoa Idosa, Grupo Gayvota, Associação dos deficientes visuais do Maranhão, Movimento de População de Rua, Fórum Municipal dos Trabalhadores do SUAS e o Sindicato de Assistentes Sociais do Estado do Maranhão.

Também participaram da cerimônia de posse, o secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Nonato Chocolate, e o secretário municipal de Governo, Pablo Rebouças. O conselho se reúne regularmente e durante o próximo encontro do colegiado será realizada a escolha da nova mesa diretora.

Prefeitura de São Luís inicia campanha de vacinação contra sarampo e poliomelite

A Prefeitura de São Luís iniciou nesta segunda-feira (23) a campanha de vacinação contra o sarampo e a poliomielite na capital. Devido à antecipação, os postos de vacinação da rede municipal de São Luís registraram grande movimentação de crianças que integram o público-alvo da mobilização, para fazer a imunização contra as duas doenças. A ação acontece duas semanas antes do início da campanha nacional, dia 6 de agosto, por orientação do prefeito Edivaldo. A meta da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) é vacinar 95% de 61.700 crianças da capital, pertencentes ao grupo prioritário definido pelo Ministério da Saúde.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, o objetivo da antecipação é ampliar a cobertura vacinal na cidade, para alcançar o público prioritário da campanha aproveitando o período de férias escolares. De acordo com o secretário, nesta fase do ano, as crianças dispõem de mais tempo vago para irem aos postos de saúde e tomar as vacinas. Crianças de um ano a menores de cinco anos constituem o público-alvo.

“Há duas décadas não há registro de casos dessas doenças em São Luís. Por isso, é muito importante que os pais atentem para o comparecimento de seus filhos que estão dentro da faixa etária atendida pela campanha, pois tanto o sarampo como a poliomielite são doenças graves que podem ocasionar sequelas muitas vezes irreversíveis. Portanto, o caminho é a prevenção. Para isso, nós estruturamos todas as nossas unidades de saúde para fazer a imunização nesse período e atender plenamente a demanda na capital”, afirmou o secretário Lula Fylho.

Ainda conforme o gestor, a partir do dia 6 de agosto, com o reinício das aulas, a campanha contra o sarampo e a poliomielite será reforçada também nas escolas e creches da rede municipal, onde serão disponibilizadas vacinas para os alunos incluídos na faixa etária específica da mobilização.

Em São Luís, a campanha terá culminância em dois sábados. Dia 4 de agosto, quando será realizado o Dia D Municipal de Vacinação contra as doenças; e 18 de agosto, Dia Nacional de Mobilização contra o Sarampo e Pólio. A campanha segue até o dia 31 de agosto.

A Prefeitura de São Luís vai disponibilizar postos e demais unidades de saúde para as ações da campanha, funcionando de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Nos dias ‘D’, os postos funcionarão das 8h às 17h, para imunizar as crianças das idades determinadas na campanha.

A vacinação está disponível nas 63 unidades de saúde da rede municipal. Pessoas com idades até 49 anos também poderão se vacinar contra o sarampo durante a semana, no período da campanha.

Uma das unidades de saúde do município que teve grande procura pelas vacinas foi o Centro de Saúde Paulo Ramos, no Centro da cidade. “Além de imunizar as crianças que vêm exclusivamente por conta da campanha contra o sarampo e a pólio, nós também estamos analisando o cartão de todas das crianças que chegam aqui à procura de outras vacinas. Se elas estiveram dentro da faixa etária prioritária, nós aproveitamos para aplicar logo a dose adicional contra o sarampo e a pólio”, disse a diretora da unidade, Lêda Lincoln.

Uma das crianças vacinadas na manhã desta segunda-feira, no Centro de Saúde Paulo Ramos, foi o pequeno Jonas Gabriel, de um ano e sete meses. “Achei importante a Prefeitura antecipar a campanha, para realizarmos logo a prevenção de nossas crianças. Eu trouxe meu filho para tomar a vacina contra o rotavirus e como ele estava dentro da idade exigida pela campanha contra o sarampo e a pólio, tomou logo também as vacinas contra essas doenças”, relatou a mãe do menino, Regiane Cristina da Conceição, de 29 anos.

A enfermeira Hildeane Silva Martins, de 32 anos, também aproveitou para levar logo sua filha, Tainá da Silva Furtado, de um ano e dois meses. “As campanhas são sempre muito importantes para intensificar a vacinação de crianças que já cumpriram as doses de rotina e, assim, terem um reforço contra doenças como o sarampo, por exemplo. A gente sabe o quanto o sarampo e a poliomielite são doenças sérias e que requerem atenção redobrada tanto dos pais como do poder público”, observou a enfermeira.

Assim foi também com a pequenina Isabelle Santos de Castro, de 4 anos, filha da autônoma Tânia Cristina Araújo, de 27 anos. “Eu estou sempre atenta à prevenção de doenças e mantenho em dia as vacinas de minha filha. Por isso me programei para trazê-la logo no primeiro dia, pois soube na semana passada que a campanha seria antecipada para hoje na cidade”, disse ela.

IMUNIZAÇÃO

O sarampo, doença altamente contagiosa, pode ser transmitido pelo contato com secreções. Os primeiros sintomas são parecidos com os da gripe, mas evoluem ainda para o aparecimento de manchas vermelhas pelo corpo.

Já a poliomielite ou paralisia infantil causa paralisia repentina e pode afetar desde só as pernas, até o corpo inteiro, comprometendo até a respiração. A contaminação se dá por contato fecal-oral, por objetos, alimentos e água contaminados com fezes de portadores, ou ao falar, tossir ou espirrar.

Prefeitura de São Luís inicia vacinação contra sarampo e poliomielite nesta segunda-feira (23)

A campanha de vacinação contra o sarampo e a poliomielite em São Luís inicia-se nesta segunda-feira (23). Por orientação do prefeito Edivaldo, a ação na capital começa 15 dias antes da mobilização nacional. O objetivo é ampliar a cobertura vacinal na cidade, alcançando o público prioritário: crianças de um ano até menores de cinco anos. A campanha é coordenada pelo Ministério da Saúde e a ação nacional será realizada no dia 6 de agosto e se estende até o dia 31, quando também será encerrada na capital.

Na capital, a campanha terá culminância em dois sábados. Dia 04 de agosto será o Dia D Municipal de Vacinação contra as doenças e o dia 18 de agosto, dia de mobilização nacional.

“Vamos nos antecipar para que possamos garantir e reforçar a imunização de todas as crianças que por ventura não estejam com essas vacinas em dia. É importante que os responsáveis compareçam com suas crianças e contribuam para a saúde delas e para que a capital se mantenha livre dessas doenças. É uma campanha importante e a população deve participar”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Lula Fylho.

A Prefeitura de São Luís vai disponibilizar postos e demais unidades de saúde para as ações da campanha, funcionando de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Nos dias ‘D’, os postos abrem das 8h às 17h, para imunizar as crianças das idades determinadas na campanha. A meta de vacinação estipulada pelo Ministério da Saúde para a capital é 95% do público-alvo de 61,7 mil crianças. Há mais de 20 anos não há registro de casos dessas doenças em São Luís.

Totalizam 63 unidades de saúde da rede municipal que disponibilizarão as vacinas, de segunda a sexta-feira. Pessoas com idades até 49 anos também poderão se vacinar contra o sarampo durante a semana, no período da campanha. As estratégias de mobilização na capital são coordenadas pela Superintendência de Vigilância Sanitária e Epidemiológica da Semus.

A vacina é contraindicada em casos de gripe muito forte e febre alta; crianças com imunodeficiência congênita ou adquirida; neoplasia maligna; e que estão em tratamento com uso de corticoides em doses elevadas ou quimioterapia e radioterapia. A campanha prosseguirá até dia 31 de agosto.

IMUNIZAÇÃO

A poliomielite ou paralisia infantil causa paralisia repentina e pode afetar desde só as pernas, até o corpo inteiro, comprometendo até a respiração. A contaminação se dá por contato fecal-oral, por objetos, alimentos e água contaminados com fezes de portadores, ou ao falar, tossir ou espirrar.

Já o sarampo, doença altamente contagiosa, pode ser transmitido pelo contato com secreções. Os primeiros sintomas são parecidos com os da gripe, mas evoluem ainda para o aparecimento de manchas vermelhas pelo corpo.

Prefeitura de São Luís apoia Campeonato Maranhense de Quadrilhas Juninas na Praia Grande

O mês de junho terminou, mas as festividades juninas continuam. Nesta quinta-feira (19) e sexta-feira (20), das 18h30 às 2h, a praça da Casa do Maranhão, na Praia Grande, será palco da primeira edição do Campeonato Maranhense de Quadrilhas Juninas. O Campeonato é promovido pelo Instituto de Desenvolvimento Social Vitor Silva, em parceria com a Associação das Danças Sanfonadas Quadrilhas Juninas do Estado do Maranhão, e conta com a correalização da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult).

A quadrilha vencedora do campeonato irá representar o Maranhão no Festival Nacional de Quadrilhas Juninas, que será realizado em Brasília – DF, de 3 a 5 de agosto, com apoio do Ministério do Esporte. “Este é o primeiro campeonato e vem fortalecer os grupos juninos de São Luís e de todo o Estado, porque a campeã vai representar o Maranhão no campeonato nacional na cidade de Samambaia, em Brasília – DF. É uma forma de reconhecimento de nossas quadrilhas”, destacou o secretário municipal de cultura, Marlon Botão.

Ao todo, 11 quadrilhas disputam o Campeonato. Mocinha do Sertão, Flor do Amor, Flor da Amizade, Asa Branca e Princesa do Sertão foram selecionadas por meio de edital e representaram a Associação das Danças Sanfonadas e a Confederação Brasileira de Quadrilhas Juninas (Conaqj) no Festival de Quadrilhas de Imperatriz, que aconteceu nos dias 29 e 30 de junho.

No Arraial da Maria Aragão, no dia 30 de junho, foram classificados outros quatro grupos: Fogo Caipira, Juventude do Sertão, Rainha do Sertão e Alegria da Vila. Também se apresentará no evento a quadrilha Dançando ao Luar, da cidade de Pinheiro, representante da Baixada Maranhense, e o grupo Chamego de São João, representante da região de Carutapera.

Ubiraci Arerê é representante da Conaqj, presidente da Associação das Danças Sanfonadas e Quadrilhas Juninas do Estado do Maranhão e coordenador da quadrilha junina Mocinha do Sertão. Ele conta que este é um momento ímpar. “O secretário de Cultura Marlon Botão foi sensível e decidiu apoiar o trabalho da gente. Isso é importante porque vai ser a primeira vez que o Maranhão participa oficialmente do campeonato nacional”, disse.

As quadrilhas terão trinta minutos para apresentação e, durante a programação, outros tipos de danças folclóricas farão apresentações especiais. O regulamento prevê que as cinco primeiras quadrilhas estarão classificadas para a próxima edição do evento, em 2019.

PROGRAMAÇÃO

QUINTA-FEIRA (19)
18h30 – Apresentações especiais
20h – Quadrilha Alegria da Vila
20h35 – Quadrilha Juventude do Sertão
21h10 – Quadrilha Flor Amor
21h45 – Quadrilha Flor da Amizade
22h20 – Quadrilha Rainha do Sertão
22h55 – Quadrilha Fogo Caipira
23h30 – Apresentações especiais

SEXTA-FEIRA (20)
18h30 – Apresentações especiais
20h – Quadrilha Princesa do Sertão
20h35 – Quadrilha Chamego de São João
21h10 – Quadrilha Asa Branca
21h45 – Quadrilha Mocinha do Sertão
22h20 – Quadrilha Dançando ao Luar
23h – Apresentações especiais