Polícia Federal do Maranhão desarticula quadrilha de tráfico de drogas

A Polícia Federal no Maranhão, por meio da Delegacia de Repressão a Drogas (DRE), deflagrou na manhã de hoje, em São Luís, a 2ª Fase da Operação “MD”, com o objetivo de desarticular um grupo criminoso especializado no tráfico de drogas utilizando-se dos Correios.

A Polícia Federal cumpriu cinco Mandados de Prisão Temporária e quatro Mandados de Busca e Apreensão em São Luís. As ordens judiciais foram expedidas pela Justiça Estadual do Maranhão, com o objetivo de colher provas do crime que auxiliassem nas investigações.

Na 1ª fase da operação, em abril deste ano, quatro pessoas foram presas em São Luís e uma em Teresina. A partir dos interrogatórios e da análise de algumas mídias, foram identificados os outros integrantes do grupo criminoso especializado na distribuição de ecstasy e LSD, além de cocaína, skunk e maconha, em festas na capital maranhense, especialmente em eventos de música eletrônica, onde há grande concentração de jovens.

A equipe de investigação interceptou várias encomendas contendo as substâncias entorpecentes que chegavam até os investigados, via postal, proveniente dos estados do Rio de Janeiro, Pernambuco e Mato Grosso do Sul.

Os envolvidos foram conduzidos à Superintendência de Polícia Federal no Maranhão, onde serão indiciados por tráfico de drogas e associação para o tráfico, crimes previstos nos arts. 33 e 35 da Lei nº 11.343/06. Caso sejam condenados, responderão por penas que chegam até 15 anos de reclusão.

“MD” são as letras iniciais da substância (metileno-dióxido) que compõe o ecstasy, uma das principais drogas traficadas pelo grupo criminoso.

Polícia Militar prende trio por assalto de veículo em São Luís

A Polícia Militar do Maranhão através do 9ºBPM, prendeu em flagrante, no início da tarde desta terça-feira (14) no bairro Cutim Anil, em São Luís, três homens suspeitos de cometer assalto e por posse ilegal de arma de fogo. Foram presos Glauber Francisco oLopes Lima (33), Fernando Matos da Costa (27) e Marcelo Rafael do Sousa Santos (30).

Durante rondas táticas no bairro do João Paulo, uma guarnição da polícia militar, recebeu um comunicado relatando um roubo de veículo executado por três indivíduos com uso de arma de fogo. O veículo estava sendo rastreado por uma empresa de segurança privada, que informou às autoridades policiais a localização do veículo, que trafegava, no momento, pela avenida dos Africanos sentido avenida dos Franceses.

Os policiais conseguiram interceptar o trio de suspeitos na avenida Edson Brandão, no bairro Cutim Anil. Foi realizada uma vistoria pessoal e buscas no interior do veículo, onde foram encontrados: um revólver calibre 38 com uma munição intacta, um revólver calibre 44 com munição intacta, jóias, uma mochila e documentos pessoais da vítima.

Os três indivíduos foram encaminhados para Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV)onde serão tomadas as providências cabíveis.

Homem é preso em flagrante por tráfico de drogas no Residencial Paraíso

Em ação realizada na última segunda-feira (13), o 1ºBPM da Polícia Militar do Maranhão, prendeu em flagrante um homem identificado por Kleiton Santos Pinto por crime de tráfico de drogas. A prisão ocorreu no bairro Residencial Paraíso, localizado na região Itaqui Bacanga, em São Luís.

A policia recebeu várias denuncias que relatavam que na rua Topázio havia um ponto de comercialização intensa de entorpecentes. Uma guarnição do 1ºBPM se deslocou, então, até endereço suspeito.

Ao perceber a presença dos policiais, Kleiton Pinto, fugir para o interior de sua residência. No interior do local, foram localizadas 10 trouxinhas de substância semelhante a maconha e cerca de 48 reais em espécie.

Segundo a Polícia Militar, o suspeito admitiu ser dono do entorpecente. Kleiton Santos Pinto foi encaminhado ao plantão da área Itaqui-Bacanga.

Homem é preso no Distrito Federal após cometer estupro em Cururupu, no Maranhão

Um homem identificado com Olegário Carvalho Júnior foi preso, na última segunda-feira (13), no Distrito Federal, em cumprimento a mandado de prisão expedido pela Comarca de Cururupu, no Maranhão.

Olegário Júnior é suspeito de ter praticado crime de estupro na cidade de Cururupu no ano de 2012. Após o crime ele fugiu para outro estado.

Após investigações do paradeiro do suspeito, policiais da 21ª Delegacia Regional de Cururupu repassaram a localização para a polícia do Distrito Federal prender o foragido, por meio da Divisão de Capturas e Polícia Interestadual (DCPI).

Essa não é a primeira vez que a Delegacia Regional de Cururupu atua em conjunto com policiais de outros estados. Em abril, outros três criminosos foram presos no Estado do Pará após investigações iniciadas em Cururupu.

Policial suspeito de vender armas de fogo é preso no MA

Um policial militar reformado do estado do Pará identificado como Silvestre Ramos de Carvalho Júnior foi preso na quarta-feira (8) no bairro Nova Imperatriz, no município de Imperatriz, a 626 km de São Luís, por ser suspeito de vender armas de fogo.

Segundo a polícia, uma escopeta calibre 12 foi encontrada no interior do veículo de passeio do PM reformado durante uma abordagem. Além da escopeta, os policiais ainda encontraram um revólver calibre 38 e mais uma arma de brinquedo durante buscas na residência do suspeito que foi preso em flagrante.

Silvestre Ramos, que também advogado, foi preso pelo Serviço de Inteligência da Polícia Militar sob a suspeita de vender armas de fogo ilegalmente.

O delegado Vital Rodrigues, que investiga o caso, informou que policial reformado já foi preso por outros tipos de crimes. “A informação que nós temos é que ele é policial militar reformado do estado do Pará e que teria tido lá antes da sua reforma e, portanto, enquanto estava ainda em atividade envolvimentos com crimes de outra natureza que a gente ainda vai verificar para saber exatamente sobre a veracidade dessas informações”.

Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra membro do CV

O 18º Distrito Policial (DP), Cidade Olímpica, deu cumprimento, na manhã desta segunda-feira (6), a mandado de prisão preventiva contra um membro da facção criminosa Comando Vermelho (CV), naquela região, em São Luís. Dyelison da Silva Nascimento, conhecido como “Didi Peste”, está encarcerado no Complexo Penitenciário de Pedrinhas desde 10 de março, por ter cometido um homicídio.

O mandado de prisão, segundo a Delegacia da Cidade Olímpica, é referente ao crime de roubo, em concurso de pessoas e com utilização de arma de fogo. Esse delito foi cometido com mais três comparsas, sendo que foi registrado em um comércio da área pertencente à circunscrição do 18º DP

Preso o assassino da travesti em Bacabal

José Ferreira, de 29 anos se apresentou à polícia da cidade de Pio XII após ter confessado ser o autor do assassinato da travesti Melissa, de 30 anos. O corpo foi encontrado sem roupas em um matagal com as mãos decepadas próximo a uma quadra de esportes, na Vila São João, em Bacabal.

De acordo com informações da polícia, o crime aconteceu no sábado (4). José Ferreira foi levado para a Delegacia Regional de Santa Inês, onde ficará preso pois já existe um mandado de prisão contra ele.

Cinco militares presos por envolvimento em grupo de extermínio no Maranhão

Cinco policiais militares e dois homens suspeitos de pistolagem foram presos numa grande operação desencadeada contra um grupo de extermínio que vinha agindo nas cidades de Aldeias Altas, Caxias e Coelho Neto. Quatro estão presos em Caxias e um em Aldeias Altas, foco principal dos crimes. Dois deles, os sargentos identificados como Enedino e Nonatão, são apontados como os principais envolvidos. A função deles seria a de recrutar os pistoleiros para os crimes de encomenda. Enedito, inclusive, enfrenta vários processos e está afastado das funções de campo, só podendo desenvolver atividades administrativas.

Além de dois integrantes da milícia, a operação tenta prender outros civis recrutados para os crimes de pistolagem cometidos principalmente em Aldeias Altas, onde funcionaria o QG (Quartel General do grupo de extermínio). Informações preliminares dão conta de que até um padre de Aldeias Altas já teria vindo a São Luís pedir providências contra os militares que agiam ostensivamente naquela cidade.

Nonatão e Enedito são ligados ao prefeito Zé Reis, de Aldeias Altas, que está bastante agitada na manhã desta feita diante das prisões efetuadas. Os policiais militares agiam como intermediários dos crimes, fazendo o recrutamento dos pistoleiros. Os suspeitos presos foram identificados como Toinho e Cícero e um terceiro – Paulo Bala – está sendo procurado, juntamente com outros envolvidos nos crimes de encomenda.

O trabalho está sendo realizado pelas delegacia de Homicídios de Caxias, Timon, juntamente com o CTA e equipes de policiais civis de Codó, que dão apoio no cumprimento de mandados de apreensão em residências de Caxias e Aldeias. A Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa e o Gaeco, do Ministério Público, coordenam os trabalhos. Há suspeitas de que os suspeitos de pistolagem recrutados pelos militares cometeriam também assaltos. A operação está em andamento.

Viúvo de sobrinha-neta de Sarney é preso acusado de estuprar sobrinha de 15 anos

Foi preso nesta quinta-feira (25), por um Mandado de Prisão Preventiva, Marcos Renato Ribeiro Serra Pinto, de 39 anos. A acusação é de que ele teria estuprado a própria sobrinha, de 15 anos, no último final de semana em uma fazenda no município de Itapecuru-Mirim, no interior do Maranhão. O homem é viúvo da sobrinha-neta de José Sarney, Mariana Costa, estuprada e morta pelo cunhado em 2016.

Segundo a delegada Ana Zélia, Marcos havia acabado de voltar de uma festa e estaria alcoolizado. Chegando à fazenda, pediu para assistir um filme com a sobrinha. Quando acabou, o homem teria imobilizado a adolescente e cometido o ato sexual violento.

A denúncia foi feita inicialmente na Casa da Mulher pelos pais da menina, mas quem assumiu a investigação foi a Delegacia Especial da Criança e Adolescente, por se tratar de uma menor de idade.

A Polícia afirma que a vítima deu depoimento especial, onde descreveu com detalhes o acontecido. Depois, foi encaminhada para todos os exames periciais. Investigadores estão no aguardo destes resultados. Enquanto isso, estão sendo prestados à adolescente atendimentos psicológicos e a assistência social.

O depoimento de Marcos estava marcado para esta quinta (25), mas o advogado do acusado afirmou que ele não se apresentaria na data. Por causa disso, o Mandado de Prisão Preventiva foi expedido e Marcos foi preso no final da tarde do mesmo dia, no bairro Araçagy, em São Luís.

Caso acusado, Marcos pode ser preso de 14 a 18 anos. O preso foi encaminhado ao Centro de Triagem de Pedrinhas.

Ex-agente penitenciário é preso suspeito de aplicar golpes no MA

O ex-agente penitenciário Charles William Campos Correa foi preso na quarta-feira (24) após ser suspeito de aplicar golpes em lojas do município de Santa Inês, a 250 km de São Luís.

Segundo a polícia, Charles William foi preso em flagrante quando tentava fazer compras utilizando uma identidade falsa em um estabelecimento comercial do município. Ele foi preso após uma denúncia anônima informando sobre o ocorrido.

De acordo com a polícia, o ex-agente penitenciário ainda foi flagrado com vários documentos falsos e cartões bancários. No momento da prisão, ele estaria tentando comprar uma TV.

A polícia diz que Charles William teria deixado de ser agente penitenciário temporário há seis meses e estava prestes a ser nomeado para a Polícia Militar do Maranhão.

Charles William Campos Correa foi levado para a Delegacia Regional de Santa Inês e autuado pelo crime de estelionato, que consiste em uma infração penal, que envolve o induzimento a erro, a enganação, o golpe e má conduta.