Na mira dos Sarney, blogueiros e ativistas digitais defendem a Rádio Timbira

FELIPE BIANCHI

Patrimônio do povo maranhense e símbolo dos esforços por uma comunicação mais democrática no estado, a Rádio Timbira recebeu a solidariedade de comunicadores e ativistas digitais de 17 estados do país, reunidos no 6º Encontro de Blogueir@s e Ativistas Digitais. Durante o evento,que ocorreu nos dias 25 e 26 de maio, em São Paulo, foi aprovada uma moção de repúdio aos ataques que a emissora vem recebendo por parte da oligarquia Sarney.

Nós (…) repudiamos as recentes ameaças contra a liberdade de expressão e pluralidade de vozes que representaram os recentes anúncios de ações judiciais contra a emissora pública do Maranhão, a Rádio Timbira, e contra blogues independentes no estado.

De caráter público, a Rádio Timbira AM foi recuperada durante o governo de Flávio Dino (PCdoB-MA) e encontra-se na mira de fogo da família Sarney, acostumada a dominar e monopolizar a mídia maranhense e responsável pelo sucateamento da emissora. Através do deputado Eduardo Braide (PMN-MA), o clã e seu grupo político representaram contra a Rádio Timbira na Procuradoria Regional Eleitoral.

Diretor-Geral da emissora, Robson Paz criticou duramente a tentativa de censura. Em publicação no seu perfi no Facebook, Paz relembra que a censura é uma prática do sarneysmo que vem desde a época da ditadura, assim como o uso de seu império midiático para manter o povo alienado. Leia na íntegra:

Dono de um império midiático, Sarney ameaça em seu jornal retirar a Rádio Timbira do ar apenas por esta ousar informar a população maranhense. Não admite ver a emissora, extinta por Roseana Sarney, reestruturada e fazendo comunicação plural, ética, democrática e cidadã.

A censura é prática do sarneysmo desde a época da ditadura. Não satisfeitos em sucatear e extinguir a Rádio Timbira, governo Roseana Sarney proibiu a participação de ouvintes, em 2014. Por isso, usam laranjas para tentar calar a voz do povo do Maranhão. Absurdo!

Incômodo de Sarney e áulicos é porque a Rádio Timbira leva ao conhecimento da população informações de interesse público, que o império midiático de Sarney censura diariamente para tentar manter o povo alienado.

Exonerado ilegalmente da direção da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) por Michel Temer, o jornalista Ricardo Melo também falou sobre o caso. Atualmente na Rádio Trianon, de São Paulo, Melo afirmou, no ar, que a Rádio Timbira está sendo ameaçada de ser fechada pela oligarquia Sarney em dobradinha com a Rede Globo, no Maranhão. “A Rádio Timbira está para o Maranhão como a Rádio Cultura está para São Paulo. É ligada ao governo do estado, mas presta imenso serviço à população não apenas na questão de entretenimento e serviços públicos, mas também no que diz respeito ao jornalismo. Não é à toa que foi sucateada durante o governo de Roseana Sarney”.

Assista na íntegra:

Carta de São Paulo

Além de aprovar moção em defesa da Rádio Timbira, o 6º Encontro de Blogueir@s e Ativistas Digitais reafirmou, no documento final do evento, a exigência pela liberdade de Lula, o esclarecimento do assassinato de Marielle Franco, a demissão de Pedro Parente da presidência da Petrobras e a realização de eleição livre e democrática em outubro de 2018.

O evento reuniu mais de 175 comunicadores, promovendo debates e rodas de conversa sobre a luta pela democratização da comunicação e a resistência ao golpe em curso no país, amplamente sustentado pelos grandes meios de comunicação.

Sarney quer fechar rádio no Maranhão!

Blog do Garrone

Depois de ameaçar a imprensa com denúncias à Polícia Federal por causa de um meme, a oligarquia Sarney agora parte para cima da Rádio Timbira. O PMN, do deputado estadual Eduardo Braide, atendendo aos interesses do clã, representou contra a emissora na Procuradoria Regional Eleitoral. A tentativa de censura está clara em ambos os casos.

“Dono de um império midiático, Sarney ameaça em seu jornal retirar a Rádio Timbira do ar apenas por esta ousar informar a população maranhense. Não admite ver a emissora, extinta por Roseana Sarney, reestruturada e fazendo comunicação plural, ética, democrática e cidadã”, desabafou indignado o diretor da Rádio, o jornalista Robson Paz.

“A censura é prática do sarneysmo desde a época da ditadura. Não satisfeitos em sucatear e extinguir a Rádio Timbira, governo Roseana Sarney proibiu a participação de ouvintes, em 2014. Por isso, usam laranjas para tentar calar a voz do povo do Maranhão. Absurdo!”, detonou.

“Incômodo de Sarney e áulicos é porque a Rádio Timbira leva ao conhecimento da população informações de interesse público, que o império midiático de Sarney censura diariamente para tentar manter o povo alienado”, completou Paz.

Donos de um império midiático que passa o dia a moer reputações dos seus adversários, os sarneyzistas querem que somente uma voz seja ouvida durante as eleições de outubro. Essa estratégia nada mais é do que a certeza que eles têm de que no voto não conseguirão vencer o governador Flávio Dino.

O jeito é apelar para outras formas.

Dia da Mulher: Rádio Timbira tem programação especial apresentada por mulheres

Durante toda a quinta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, a Rádio Timbira oferece programação especial toda feita por mulheres. Produtoras, repórteres e locutoras tomaram conta dos estúdios da Nova 1.290 kHz, transformando a data de homenagens em um dia de muito trabalho e reconhecimento.

“É um prazer e uma honra hoje essa grande homenagem da Rádio Timbira AM. Empoderando as mulheres, dando com exclusividade vez a voz feminina. Adorei a iniciativa. As mulheres são capazes de fazer qualquer coisa e elas são valorizadas aqui na rádio, e eu faço parte desse time”, conta a jornalista e radialista, Mônica Moreira Lima que, pela primeira vez, apresentou o Comando da Manhã.

“São as mulheres que estão aqui nas redações, nos bastidores, e que juntas fazemos o melhor do conteúdo, da programação de qualidade. São grandes profissionais mostrando o seu valor. É muito bom participar desse momento de empoderamento feminino e de fortalecimento da voz e da vez da mulher”, completa Mônica.

A iniciativa da rádio, conta o diretor e secretário adjunto de Comunicação do Governo do Estado, Robson Paz, foi colocar as mulheres como protagonistas neste dia especial.

“As mulheres têm um papel fundamental ao longo da nossa programação, seja na produção, na apresentação ou nas reportagens, mas hoje nós buscamos, exatamente pelo simbolismo do Dia da Mulher, o convite à reflexão do importante papel profissional desempenhado pelas mulheres, e felizmente tem sido tem sido uma experiência exitosa”, explica o diretor da Timbira.

“A iniciativa foi abraçada por todas as profissionais e também muito elogiada pelos ouvintes que viram exatamente nisso uma forma de refletir e discutir sobre a luta das mulheres por igualdade, por igualdade de espaço, por igualdade de direitos e, felizmente, nós temos tido uma receptividade muito grande por parte dos ouvintes”, completa Robson Paz.

Do primeiro programa do dia, o De Primeira, até o Revista da Noite, as mulheres conduzem a programação. Inclusive num espaço que durante muito tempo foi apenas dos homens, o jornalismo esportivo.

Na liderança do Fome de Bola deste dia 8 de março, a jornalista e editora do portal da Rádio Timbira, Danielle Kline, falou sobre rodada do Campeonato maranhense de igual para igual com os ouvintes da rádio.

“A gente destaca justamente essa importância numa área que sempre foi desenvolvida por homens, não só na rádio maranhense, mas em todo o Brasil. Trazer hoje mulheres falando de esporte, falando de futebol, de futebol maranhense é inovador”, conta Danielle.

Além do caráter inovador, a Rádio Timbira também comemora a criação de novas oportunidades.

“É um dia diferente, além de homenagear as mulheres por meio de toda a programação, esse dia também ajuda a colocar novas vozes em destaque; hoje nós iniciamos muitas mulheres que ainda não tinham tido a oportunidade de apresentar programas, e agora estão começando suas carreiras em evidência”, conta Danielle Kline, que começou a carreira na Timbira.

No dia especial, a programa da Nova 1.290 ficou assim:

De Primeira – Flavianny Duarte
Comando da Manhã – Mônica M Lima
Jornal das Onze – Thaís Andrade / Daniele Kline
Ronda 1290 – Thayane Maramaldo
Fome de Bola – Daniele Kline
Contraponto – Maria Spíndola 
Coisa Nossa – Gisa Franco
Papo Cabeça – Daniela Bandeira / Leticia Castro
Reggae Night – Elizabeth Lago
Revista da Noite – Leticia Castro / Daniela Castro

Resenha Noturna – Marileide Lima

 

Rádio Timbira transmite o programa ‘Conversa com o Presidente’ nesta quarta-feira (20)

O programa ‘Conversa com o Presidente’, produzido pela Rádio Web Justiça do Maranhão, será veiculado nesta quarta-feira (21), às 8h, na Rádio Timbira AM, emissora pioneira no Maranhão, criada em 15 de agosto de 1941.

No programa – que pode ser ouvido em aparelho de rádio na frequência 1290 ou no site http://www.radiosaovivo.net/timbira-sao-luis/ – o presidente do TJMA, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, fala sobre o desafio de presidir o Tribunal de Justiça do Maranhão num momento de significativas mudanças sociais e em que as exigências em relação à qualidade da prestação jurisdicional crescem cada vez mais no Estado.

“As sociedades contemporâneas exigem transparência em todos os atos dos agentes públicos. Tudo deve ser claro. A cidadania precisa de informações, até porque as instituições são medidas pela verdade de seus atos”, ressaltou o desembargador Joaquim Figueiredo, acrescentando que o programa tem o objetivo de manter um canal direto de comunicação com a sociedade.

Ele afirma que a sociedade pode contar com o compromisso e empenho do Poder Judiciário para que seja garantida uma prestação jurisdicional rápida e eficiente de forma a atender aos anseios dos cidadãos.

Durante o programa, o desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos diz que considera importante a implementação de ações no âmbito da conciliação e da cidadania.

“A conciliação é uma alternativa viável para a Justiça diante da significativa demanda processual”, declara. O presidente do Tribunal de Justiça enaltece o trabalho da Ouvidoria do Poder Judiciário e diz que o órgão tem papel fundamental como canal de comunicação direta com a sociedade.

Lágrimas de alegria

Nas últimas semanas a Rádio Timbira AM foi alvo de homenagens da Câmara de Vereadores de São Luís e da Assembleia Legislativa, pelos 76 anos. Foram momentos felizes, de reencontro. Um destes, com o comunicador Raimundo Coutinho. Conversávamos sobre sua experiência na primeira rádio do Maranhão. Entre relatos sobre a época de ouro, a decadência e o atual momento da emissora, lágrimas desceram sobre o rosto daquele, que ancorou um dos mais populares programas de rádio do Estado: ‘Alegria na Taba’.

Voz embargada, Coutinho expressava a felicidade pelo resgate do patrimônio do povo maranhense. Lágrimas de alegria expressas também por outros experientes servidores da Timbira. Dois deles, os técnicos Welinthon Silva e Raimundo Marques, remanescentes do ápice da rádio.

A Timbira marcou gerações. Foi sonho e pesadelo. Muitos choraram a “morte” da “Voz Sonora de São Luís”. Primeiro slogan da rádio.

Depois de duas décadas de ostracismo, a rica história da Timbira se encontra com o presente. Construído, dia após dia, alicerçado na garantia do direito humano fundamental de livre acesso às informações e da liberdade de expressão. Esta tem sido a diretriz do governador Flávio Dino, ao fortalecer a experiência da comunicação pública, com a reestruturação da emissora estatal, como preconiza a Constituição ao prever a complementaridade dos sistemas comercial, público e estatal.

Iniciativa que não é um fim em si mesma, mas parte das políticas públicas em curso para democratizar a comunicação prevista no item 53 dos compromissos de campanha, qual seja o apoio às rádios comunitárias, os jornais regionais, os blogs noticiosos.

Todas as conquistas recentes da Rádio Timbira foram possíveis em conexão com a livre manifestação do pensamento. Novos conteúdos jornalísticos, culturais, esportivos e de entretenimento passaram a compor a grade de programação da emissora. E, o que é mais importante, com a também livre e gratuita manifestação do ouvinte através da plataforma 0800… Uma novidade no rádio do Maranhão, que concorre para a efetiva democracia, antes tolhida por aqueles que vêem nas liberdades e no conhecimento ameaças a seus privilégios e projetos de poder.

A Timbira conta com parceria de conteúdo com dezenas de emissoras comerciais, públicas, educativas e comunitárias em todas as regiões do Estado e no país, como as rádios da EBC (Empresa Brasil de Comunicação) e a Rádio Universidade FM.

Os investimentos realizados no complexo estrutural incluindo parque de transmissores, estúdios, modernos equipamentos seriam insuficientes não tivéssemos a valorização dos nossos profissionais e o espírito de equipe e o amor dedicado ao rádio. A emissora deixou de ser traço nas pesquisas de opinião para estar entre as mais ouvidas no Estado.

Uma sociedade justa e plural não acontece sem a livre e honesta circulação da informação. Não há democracia sem a plena liberdade e pluralidade dos meios de comunicação, pautados na verdade e na ética. Por isso mesmo, hoje, as lágrimas são de alegria. Viva a Rádio de Todos Nós!

Radialista, jornalista. Secretário adjunto de Comunicação Social e diretor-geral da Nova 1290 Timbira AM.

Rádio Timbira já é a segunda mais ouvida no MA

Sob o comando do subsecretário de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos (SECAP), o radialista e jornalista Robson Paz, a Rádio Timbira assumiu neste mês de junho de 2017 a segunda colocação entre as mais ouvidas do Maranhão. Em dezembro de 2016, a rádio era apenas a 10º colocada. O levantamento é do site radios.com.br. No inicio do ano, a emissora oficial do Estado – no segmento AM – passou por uma completa reformulação na grade de programação após investimentos técnicos e de profissionais, visando ampliar seu alcance no território estadual.

Nova 1290 Timbira é lançada com plataforma 0800

A Rádio Timbira foi totalmente repaginada e apresentada oficialmente na manhã desta quarta-feira (17), em solenidade no Palácio dos Leões. O governador Flávio Dino apresentou a Nova 1290 Timbira aos maranhenses e a linha telefônica 0800, que garantirá maior acesso aos ouvintes em todo o estado. Também foi lançado o novo portal e um moderno layout para redes sociais com o objetivo de democratizar o acesso à informação.

A Nova 1290 Timbira facilita o acesso ao conteúdo da rádio. Ela estreia a programação inovadora e moderna que fica disponível no site de forma quase simultânea. Ao todo, são 26 programas produzidos semanalmente. A grande novidade da 1290 AM é a plataforma ‘A voz do povo’, que disponibilizará, por meio do telefone 0800 098 1686, acesso gratuito de interação da população durante os programas.

Em seu discurso, o governador Flávio Dino ressaltou que o lançamento da Nova 1290 Timbira se insere em uma lógica de Governo de que é preciso consolidar experiências realizadas de modo duradouro, para que elas não sejam sujeitas às naturais flutuações da política. “E inserimos a comunicação pública neste rol de iniciativas que deve se perenizar por sobre divergências partidárias e as contingências naturais do processo democrático eleitoral”, pontuou.

De acordo com o governador, a Timbira cumpre múltiplos papeis. Um deles, é o de alargar o diálogo com a população. “Nesse sentido da ampliação do diálogo eu queria sublinhar uma das inovações deste evento que é o telefone 0800, disponível para todos os ouvintes. Há um debate clássico, sobre os direitos fundamentais, e um deles trata da remoção dos obstáculos econômicos ao exercício de direitos. É o que nós estamos fazendo”, explicou Flávio Dino, que destacou a necessidade de dar voz à população.

Outro ponto abordado pelo governador como essencial para o fortalecimento da Nova 1290 Timbira diz respeito ao objetivo de “funcionar como uma referência de formação de novos profissionais”. De acordo com ele, a nova grade foi formada com “mestres em jornalismo para servir como referência para as novas gerações”. “É importante nós fazermos um jornalismo sério, decente, responsável, que ajuda com que o jovem estudante de jornalismo e radialismo tenha como referência. Porque se trata de elevar o nível de consciência cidadã, educacional ou cultural do nosso povo”, reiterou.

Para o secretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), Márcio Jerry, esse é um momento de congratular e parabenizar a equipe, e superar o desafio de fazer com que os cidadãos maranhenses possam ter contato diário com a agenda de mudanças do Maranhão. “A Nova 1290 Timbira assegura e amplia direitos à comunicação. O cidadão tem esse direito e é importante que ele seja reproduzido e irradiado pelo Maranhão de maneira plural e democrática”, frisou.

Mudanças

A Nova 1290 Timbira tem parceria com mais de 40 rádios em todas as regiões do Maranhão. A repaginada programação conta com nomes históricos da radiodifusão maranhense como os apresentadores José Raimundo Rodrigues, Silvan Alves, Ivson Lima, Gisa Franco, Gilberto Lima, Marcus Saldanha, entre outros.

“Hoje já há um projeto de parcerias com dezenas de emissoras do Maranhão, há um diálogo permanente com portais, blogs, com a rede estadual de radiodifusão comunitária que é um espectro muito importante para a democratização da comunicação no nosso país”, explicou Márcio Jerry.

O secretário adjunto de Comunicação da Secap e diretor geral da Timbira, Robson Paz, contou que em 2015, quando a atual administração assumiu a rádio, o cenário era de completo estado de abandono. Equipamentos sucateados, instalações inadequadas, espaço insalubre para os profissionais que tinham que viver com ratos, baratas e cupins, “a rádio passou por um período de mais de 20 anos completamente abandonada”.

“Passado esse período nós tivemos, num primeiro momento, a transferência do parque de transmissores, depois de um estudo técnico realizado trouxemos a rádio para um parque novo. Toda a grande São Luís, parte do interior do estado e outras regiões hoje recebem o sinal direto com qualidade da Nova 1290”, disse Robson Paz, que classificou o novo momento como um investimento importante na valorização de profissionais buscando melhorar a qualidade da programação.

Governador lança linha 0800 e novo portal da Nova 1290 Timbira

O governador Flávio Dino lança, oficialmente, nesta quarta-feira (17), às 9h, o novo site e uma linha telefônica 0800 da Nova 1290 Timbira para permitir maior participação dos ouvintes. A emissora estreou recentemente uma nova programação, com foco na interação com os maranhenses das diversas regiões do estado.

Com a linha 0800, os ouvintes poderão dialogar com a emissora sem precisar pagar pelas ligações.

Além disso, o novo site da Nova 1290 Timbira tem um canal para participação direta do ouvinte. Basta entrar no portal e escrever uma mensagem, que vai direto para o locutor que está no ar.

Para facilitar o acesso ao conteúdo da rádio, a programação da emissora também fica disponível no site, de forma quase simultânea. São 13 programas produzidos diariamente, de segunda a sexta-feira, além do material do fim de semana, que inclui a transmissão de jogos.