Sampaio vence Atlético Goianiense e deixa a zona de rebaixamento

Em jogo disputado no Estádio Antônio Accioly, na noite deste sábado, a Bolívia Querida abriu o placar com Joécio, que depois teve a infelicidade de marcar contra, mas Maracás entrou no fim da partida e fez o gol da vitória, que fez o Tricolor de São Pantaleão sair da linha vermelha na tabela.

O jogo         

Os donos da casa iniciaram o jogo exercendo pressão, ocupando o campo ofensivo e obrigando Andrey a trabalhar por duas vezes, evitando a abertura do placar.

Para evitar o sufoco, o Sampaio Corrêa adiantou a marcação e logo conseguiu uma falta na intermediária. Danielzinho bateu no primeiro pau e o zagueiro Joécio cabeceou para o fundo da rede. 1×0 Bolívia.

Em desvantagem no marcador, o Atlético tentou espremer o Sampaio no campo de defesa para buscar o empate, mas esbarrava no goleiro Andrey, que garantiu a vitória parcial até o fim do primeiro tempo.

Etapa final disputada em alta frequência, com o Atlético Goianiense com a guarda aberta para tentar igualar o confronto. O Tricolor seguia marcando forte, até uma jogada do adversário resultar em um gol contra, que deixou tudo igual no Estádio Antônio Accioly.

O duelo ficou franco, com os donos da casa atacando e o Sampaio devolvendo no contra-ataque. Misael teve duas chances de marcar o segundo gol. Na primeira oportunidade, o chute saiu por cima do travessão, e depois o goleiro salvou o disparo à queima-roupa.

O duelo caminhava para a igualdade, mas o Sampaio sentiu que podia arrancar os três pontos, e foi buscar, com outro zagueiro. Cobrança de falta na intermediária, o goleiro deu rebote e Maracás mandou para as redes.

Desesperado, o Atlético se jogou ao ataque e uma chuva de mísseis começou a cair sobre a cidadela boliviana, que se manteve inabalável até o fim. Vitória na raça e no coração.

Fora da zona de rebaixamento, o Sampaio Corrêa volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Londrina, às 21h, no Estádio Castelão, em confronto válido pela 32ª rodada da Série B.

Sampaio vence Figueirense e segue na luta contra rebaixamento

Poderia ter sido de dois, três, quem sabe, quatro a zero, mas o Sampaio Corrêa fez o dever de casa e bateu o Figueirense pelo placar mínimo, na noite desta terça-feira no Estádio Castelão.

A vitória foi construída com um belo gol do lateral Julinho, em cobrança de falta. O resultado levou a equipe Tricolor aos 29 pontos e mantém pulsante as chances de permanência na Série B.

O jogo  

Tendo a vitória como único resultado a interessar, o Sampaio Corrêa resolveu se impor desde os primeiros minutos, marcando com a linha alta e tentando achar uma brecha na defesa adversária para abrir o marcador.

O Figueirense marcava forte e esperava uma bola solta para arriscar o contra-ataque, mas a defensiva Tricolor estava bem postada, sem oferecer espaços, e controlava os avanços do time catarinense.

A postura do Sampaio em campo logo surtiu efeito. Em cobrança de falta na entrada da área, Julinho acertou um petardo, a bola estourou no travessão e caiu dentro do gol. Bolívia na frente no Castelão.

Em desvantagem, o Figueirense se soltou um pouco mais no jogo, e quase empata em um lance dentro da área, mas Andrey salvou com o pé. A equipe Tricolor desceu para o vestiário com a vitória parcial.

A vantagem no marcador não diminuiu a volúpia do Sampaio, que seguia pressionando, querendo ampliar, mas a trave resolveu ser protagonista do jogo. Primeiro em uma cabeçada de Eloir, no travessão, depois num chute rasteiro de Misael. A torcida ficou com o grito de gol entalado na garganta.

O final de jogo foi de puro desespero. Os misseis do Figueirense começaram a sobrevoar a cidadela boliviana, que se defendia de todas as maneiras. O contra-ataque estava aberto, e o Sampaio chegou a armar o bote fatal com quatro contra um, e não aproveitou.

O sufocou ainda perdurou com os sete loucos minutos de acréscimo dado pelo árbitro, mas o Sampaio sustentou a vitória até o fim.

A equipe Tricolor só voltará a campo no próximo dia 12 de outubro para enfrentar o Atlético Goianiense, em Goiânia.

Sampaio entra em campo para batalhar pela segunda vitória seguida na Série B

Vencer revigora as forças, traz confiança e renova a esperança. São com esses sentimentos que o Sampaio Corrêa entrará em campo, esta noite, para tentar emplacar a segunda vitória consecutiva na Série B, diante do CRB, às 21h.

Mais um duelo em território adverso, contra uma equipe que também deseja se afastar da zona de fogo na tabela. Fator que transforma a partida em uma autêntica decisão. E o Sampaio já está habituado a enfrentar este cenário, seja dentro ou fora de casa.

O desejo de pontuar pulsa fortemente no coração boliviano.

Sampaio demite treinador Roberto Fonseca campeão da Copa do Nordeste

Após uma longa reunião com Roberto Fonseca, o presidente Sergio Frota comunicou que o treinador não comandará mais o Sampaio no restante da Série B. A comissão técnica também será desligada do clube, ficando somente o preparador de goleiros, André Luiz.

“Agradeço o Roberto Fonseca, um profissional sério, competente, que deixou seu nome gravado na história do clube com a conquista da Copa do Nordeste, mas o futebol é muito dinâmico, e a mudança é necessária, mesmo sabendo que a culpa não é do treinador. Estou em contato com alguns jogadores, e até o início da próxima semana já teremos novidades, inclusive o novo técnico”, declarou o presidente Sergio Frota.

Para o jogo contra o Boa Esporte, a equipe será dirigida por Arlindo Maracanã, que viajará ainda esta madrugada para Sorocaba, onde se juntará à delegação e treinará o time para o confronto.

Sérgio Frota assume direção de futebol e diz que vai reforçar o Sampaio para a Série B

Com informações do Sampaio

O presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota, afastou o diretor de futebol Edivaldo Coelho assumiu o departamento de futebol do clube e anunciou que vai reforçar o time para o restante da disputa da Série B do Brasileiro. “Agradeço o trabalho prestado pelo Edivaldo Coelho, mas chegou o momento de algumas medidas mais enérgicas, pois teve jogador contratado que não fez uma partida sequer até agora. Daqui pra frente estou à frente de todas as negociações e contratações. A responsabilidade é minha, e sei o que deve ser feito para mudar esse panorama”, ressaltou.

Frota tranquiliza a torcida quanto ao futuro da equipe na Série B. “Quando perdemos o Estadual, campeonato extremamente deficitário, por escolhas que precisávamos fazer em termos financeiros, afirmei que estaríamos na Copa do Nordeste de 2019, como estaremos na condição de campeão, e na Copa do Brasil, entrando nas oitavas de final, a primeira vez do futebol maranhense nessa fase da competição. Ou seja, foram opções acertadas. Na Série B ocorreram situações semelhantes. Estávamos em meio às decisões da Copa do Nordeste, e, naquele momento, a prioridade era o título, que veio com sucesso. Agora estamos pagando a fatura, atuando em vários jogos com muitos desfalques, por conta da maratona. Para nós, foi importante priorizar as competições mais rentáveis, porque, infelizmente, as rendas dos jogos e o número insuficiente do quadro de sócios não custeiam nossas despesas, que são altíssimas. Mas o torcedor pode acreditar que iremos nos recuperar e o Sampaio não vai cair”, frisou.

As primeiras medidas estão sendo tomadas, com a adequação do elenco e liberação de alguns jogadores, além de contatos com diversos atletas para reforçar a equipe: “Estamos vindo de uma grande conquista, mas isso não pode de maneira nenhuma nos engessar e ficar acomodado. A Série B está em andamento e tenho plena consciência de nossas necessidades. Estamos em negociações com meias, atacantes e laterais. O torcedor pode ter certeza que iremos reforçar a equipe e em breve anunciaremos os nomes, tão logo sejam fechados os negócios”, afirmou o presidente boliviano.

Para não atrapalhar os acertos, os nomes que estão em negociação serão preservados, mas o presidente Sergio Frota adiantou que estão sendo feitos contatos com atletas em atividade nas Séries A, B e C. Os novos contratados devem começar a desembarcar em São Luís nos próximos dias.

Sampaio perde para o São Bento e segue na Zona de Rebaixamento da Série B

Em partida disputado na cidade de Sorocaba, o Sampaio Corrêa tomou dois gols no primeiro tempo e perdeu para o São Bento pelo placar de 2×1. Esquerdinha ainda marcou aos 44 minutos, mas não houve mais tempo para tentar a reação.

A equipe Tricolor volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Boa Esporte, em Varginha, pela penúltima rodada do turno da Série B.

Com a derrota, o Sampaio permanece na zona de rebaixamento, onde ocupa a penúltima colocação na tabela com 16 pontos ganhos.

Assista os gols e melhores momentos:

Sampaio perde de virada para o Goiás no Castelão pela Série B; assista os gols

A noite parecia que seria Tricolor. Após um primeiro tempo de muita imposição e vantagem no placar, com gol de Fernando Sobral, a equipe do Sampaio tomou a virada na etapa final e perdeu para o Goiás por 3×1.

Com a derrota, o Tricolor caiu para a 18ª posição na tabela de classificação com 16 pontos ganhos. O Goiás subiu duas posições e agora é o oitavo colocado com 24 pontos ganhos.

Resultado que deixa o Sampaio Corrêa com a obrigação de buscar os pontos perdidos em seus domínios longe de casa, nas duas próximas rodadas.

O próximo jogo do Sampaio será fora de casa contra o São Bento, na terça-feira (24), 21h30.

Veja os melhores momentos:

OPINIÃO | É pra comemorar

O Maranhão obteve resultados excepcionais no futebol e na gestão pública. O Sampaio Corrêa fez história ao conquistar inédito título de Campeão da Copa do Nordeste. Façanha ainda maior, pois conquistada em Salvador contra o Bahia, time da elite do futebol nacional, com a Arena Fonte Nova, completamente lotada.

Enquanto os maranhenses comemoravam o feito, o Imperatriz conquistou também pela primeira vez o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro, ao vencer o Manaus, na capital amazonense.

As proezas maranhenses repercutiram dentro e fora do Estado. Reconhecimento à mudança na organização e planejamento dos clubes. A Bolívia Querida e o Cavalo de Aço foram alvos de referências na mídia e nas redes sociais.

Triunfos que consolidam o futebol maranhense no cenário nacional. Na Série B, o Sampaio Corrêa é o único time brasileiro tricampeão em três Séries: B (1972); C (1997) e D (2012). Também ostenta dois títulos regionais Copa Norte (1998) e Copa do Nordeste (2018).

O Imperatriz que este ano foi vice-campeão Maranhense também entra para a galeria dos grandes do futebol da região. Em boa hora, a conquista do time tocantino devolve ao Estado a participação na Série C.

Feitos que premiam o trabalho dos dirigentes, o talento e a dedicação dos jogadores, comissão técnica e, claro, a paixão dos torcedores.

O presidente da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Antônio Américo, agradeceu e dedicou as conquistas ao governador Flávio Dino. “Governador Flávio Dino. O Sampaio Campeão do Nordeste, o acesso do Imperatriz à série “C”, e a excelente participação de Moto e Cordino na série “D”, são fruto da ajuda que V. Exa. tem dado ao futebol maranhense, via lei de incentivo. Parabéns, estas vitórias são suas.”, afirmou.

De fato, desde 2015 o apoio do governo do Estado aos clubes profissionais foi essencial para a realização do Campeonato Maranhense de Futebol e contribui para a participação dos nossos representantes nas competições nacionais.

Mas, as políticas voltadas para o esporte em todas as dimensões são parte de uma conquista ainda maior.

Nesta segunda-feira, 9, o portal G1, da Rede Globo, confirmou outro título que muito engrandece o Maranhão: O governador Flávio Dino é o mais eficiente do Brasil. A avaliação diz respeito ao cumprimento das propostas apresentadas nas eleições de 2014 e registradas na Justiça Eleitoral.

Com 94,5% dos compromissos cumpridos, Flávio Dino está mais de 15 pontos percentuais à frente do governador do estado de São Paulo com 79,41%.

Trocando em miúdos, são políticas públicas que melhoram a vida das pessoas. A construção de escolas dignas, valorização dos professores, Institutos de Educação Ciência e Tecnologia (IEMA) em tempo integral, universidades; hospitais regionais; Força Estadual de Saúde; ampliação do número de policiais, seriedade e transparência na gestão.

Goleada de serviços públicos e direitos, que deu ao Maranhão a taça da gestão pública do país. Vitórias que aumentam a autoestima de todos nós e por isso mesmo devem ser comemoradas. Viva o Sampaio! Viva o Imperatriz! Viva o Maranhão!

Radialista, jornalista, Secretário adjunto de Comunicação Social e diretor-geral da Nova 1290 Timbira AM.

Torcida do Sampaio recebe campeões no aeroporto

A euforia pela conquista inédita do título da Copa do Nordeste tomou conta da madrugada na ilha. A torcida Tricolor invadiu o aeroporto de São Luís para receber os campeões, que chegaram exatamente às 2h15, e transformou as dependências do Cunha Machado num verdadeiro reduto boliviano.

Torcida Tricolor fez a festa com os jogadores

Crianças, torcedores das antigas e os mais jovens. Todas as gerações marcaram presença, sem se importar com o horário. Queriam tocar a Orelhuda, tirar fotos com os campeões ou simplesmente só olhar e curtir o momento. Tudo valia a pena. O importante era estar perto daquela emoção sem fim.

Torcedores marcaram presença em peso para receber a delegação

Jogador mais festejado pela torcida, Andrey não desgrudava da taça e explodia de felicidade a cada canto entoado nas dependências do aeroporto: “Essa torcida é maravilhosa e merece demais essa alegria. Estou muito feliz com tudo isso. É indescritível”, declarou o muro de concreto Tricolor.

Alguns jogadores ficaram sem as camisas, outros eram puxados pelo pescoço e a maioria se juntava ao imenso universo tricolor para cantar, sorrir e celebrar. Um título grandioso, que mexe com o coração de todos.

Mas a festa não para na madrugada. Logo mais à tarde os jogadores se apresentam no CT para avaliações. Em seguida todos irão para participar da carreata do título, que sairá da entrada de São Luís, às 16h, e ganhará as ruas da cidade até a Avenida Litorânea.