São João de Todos 2018 abre programação junina em Imperatriz

O São João de Todos marca a festança junina em Imperatriz, tendo como palco a Avenida Beira Rio, um dos cartões-postais e principal ponto de lazer da cidade. A avenida foi revitalizada e urbanizada pelo Governo do Estado ganhando praças, jardins, academia, concha acústica para shows, estacionamento e espaço para comercialização. O festejo junino coroa esse conjunto de benefícios com vasta programação de shows, bumba-meu-boi, forró e competição de quadrilhas, iniciada, neste sábado (23) e prosseguindo até dia 30 de junho.

Por meio de incentivos como esse, o governador Flávio Dino pontuou a marca do Governo do Estado que mantém uma política permanente de apoio às manifestações e eventos diversos em todo o Maranhão. “Integrando essa política e, também, quando nos solicitam, sempre apoiamos. Reconhecemos a importância econômica para geração de emprego e renda, além da importância cultural desta cidade e, por isso, a promoção de um festejo junino próprio na Avenida Beira Rio, uma área belíssima que melhorou com as obras de urbanização”, enfatiza.

Com a reforma promovida pelo Governo do Estado, o ambiente se tornou mais confortável, bonito, seguro para a população e turistas, pontuou o secretário de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), Diego Galdino. “A área, que antes já era bem frequentada, agora se consolidará como atrativo turístico e cultural de Imperatriz. Neste São João, que tem apoio do Governo, esperamos que a população venha se divertir, usufruir esse espaço e curtir a diversidade cultural maranhense”, destaca.

O forró pé-de-serra e o desfile de quadrilhas abrilhantam o primeiro dia de festejo junino. Na lista de atrações, os grupos Xaxado Pé de Serra do Seu Genu, Banda Retrô, trio sertanejo Brassalis, formado pelos filhos dos cantores Wilsinho Gogó de Ouro e Lílian Leite, conhecidos na Região Tocantina. Mais forró e grupos de bumba meu boi no segundo dia de festa, prometendo animar o público que comparecer ao arraial. Xote, forró e baião, com diversos grupos nas apresentações dos dias 25 e 26, levam ao palco da Beira Rio um repertório para movimentar a multidão.

Dono do sucesso nacional Morango do Nordeste, o cantor Lairton e Seus Teclados marca a programação do dia 27 de junho, sendo uma das atrações mais esperadas do festejo. Lairton brinda o público com um repertório de canções dos estilos brega e seresta, no clima junino, além de relembrar seus grandes sucessos. Dividem a programação com o artista as atrações Atemi dDi Barros, Kevin Baetz e os grupos folclóricos Boi Vitória e Quadrilha Arrasta Pé.

Bandas de forró e grupos de bumba meu boi estarão na programação do dia 28. O cantor cearense Toca do Vale, intitulado o Rei do Forró, apresenta seus sucessos mais recentes em um grande show no São João de Todos na Beira Rio. São mais de quatro décadas de carreira com sucessos como Farra de Vaqueiro e O Que Me Prometeu – esta última teve a participação do forrozeiro Wesley Safadão.

No encerramento, dia 30 de junho, um grande show de Gargamel na Zabumba e grupo Fama de Rei. O festejo também tem espaço para a I Mostra Competitiva de Quadrilhas Juninas do Maranhão, dias 29 e 30, que terá premiação aos vencedores. O São João de Todos 2018 será um dos grandes eventos promovidos na Avenida Beira Rio, após as ações de urbanização do Governo do Estado. A nova avenida foi inaugurada em dezembro de 2017.

Governo e Prefeitura dão a largada da programação oficial do São João de Todos 2018

O São João de Todos 2018 promete reunir os maranhenses e atrair milhares de visitantes à capital com as atrações do período. O festejo, maior manifestação da cultura popular local, teve a programação oficialmente aberta nesta sexta-feira, 15, em cinco arraiais oficiais, além de organizações nos bairros e municípios do interior. Promovido pelo Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de São Luís, a festança junina conta com mais de 500 atrações locais, shows de nomes da MPM e participação de artistas nacionais se apresentando até o dia 1° de julho.

Na capital, o público vai prestigiar as atrações dos arraiais do Centro Social dos Servidores do Estado – Ipem (Calhau), Praça Maria Aragão (Beira Mar), Vila Palmeira (Vila Palmeira), Praça Nauro Machado (Centro Histórico de São Luís); e em Imperatriz, na Beira Rio. No grupo de não-oficiais, o festejo do Largo de Santo Antônio, na Igreja Santo Antônio (no período de 23 a 30 de junho), Centro Histórico; nos bairros de Fátima, Liberdade, Cohatrac, Anil, Cohajap, João Paulo, João de Deus, Cidade Operária, Anjo da Guarda e Vila Embratel.

O São João é uma festa para a família, para reunir, para diversão, avalia o secretário de Estado de Cultura e Turismo (Sectur), Diego Galdino. “Todos os arraiais oficiais seguem um parâmetro de estrutura que garante a segurança, possibilita espaço à diversidade das manifestações que se apresentam e vai, certamente, atrair um grande público – de dentro e fora do Estado. Uma festa que já é sucesso, repetindo os períodos juninos anteriores. Esperamos que as famílias venham curtir e prestigiar essa variedade cultural maranhense”, enfatizou.

“O São João de Todos, realizado pela Prefeitura em parceria com o Governo do Estado, vai presentear São Luís com 17 dias de festejos juninos em arraiais tradicionais e em bairros da cidade. Esse é um esforço conjunto para valorizar as danças folclóricas e artistas da cultura popular, além de shows nacionais”, completa o secretário municipal de Cultura, Marlon Botão.

Ainda na festa de abertura, os grupos de Bumba Meu Boi e Tambor de Crioula deram as boas vindas aos amantes do período. Nomes aclamados como o Boi de Axixá, Boi Barrica, Nina Rodrigues, Maioba e Morros se apresentaram para saudar o São João no primeiro dia de atrações. Os arraiais do Ipem e da Praça Maria Aragão ofertaram o Barracão do Forró, onde grupos do estilo se apresentam ao longo das noites e prometem fazer o público ‘arrastar chinela’.

Os arraiais oferecem ao público uma vasta programação com uma média de seis apresentações por noite entre shows e apresentações de brincadeiras que valorizam a riqueza e diversidade de expressões da cultura popular maranhense, além de comércio de pratos típicos da gastronomia maranhense e peças do artesanato.

O Governo do Estado apoia, ainda, festas tradicionais como a Festança Junina do Ceprama, o Encontro de Gigantes, os encontros de grupos de Bumba Meu Boi da Capela de São Pedro (29), na Madre Deus, o festejo de São Marçal (30), no bairro do João Paulo, o Festival de Zabumbas e o Encontro de Miolos de Boi.

Homenagem

O São João 2018 traz o tema Bumba Meu Costa de Mão, homenageando os grupos de Bumba Meu Boi deste sotaque. São originários da região do Litoral Ocidental Maranhense, com berço em Cururupu, vindo também de Serrano do Maranhão, Bacuri e São Luís. O ritmo é cadenciado e marcado por instrumentos de percussão, como caixa, maracá e pandeiro. A indumentária é rica em bordados e adereços. Na cultura popular maranhense, representam, com o sotaque de Zabumba, a identidade do povo negro dentro do Bumba-meu-boi.

“A proposta é valorizar esses grupos de estilo único, que se caracteriza pela batida do pandeiro feita com as costas das mãos”, reforça o titular da Sectur, Diego Galdino. Na abertura do festejo, os grupos Boi de Soledade e Boi da Vila Conceição do Coroadinho representaram o sotaque nos arraiais das praças Nauro Machado e Maria Aragão, respectivamente.

Com mais de 500 grupos locais, São João de Todos 2018 celebra a maior festa popular do Maranhão

O São João do Maranhão já começou, e quem se adiantou nesta primeira semana de junho para brincar nas prévias juninas pôde sentir o clima da festa democrática, rica em diversidade cultural e tradição que anualmente é programada para encantar o público e celebrar São João, São Pedro e São Marçal.

Com mais de mil apresentações, o São João de Todos 2018, promovido pelo Governo do Maranhão e Prefeitura de São Luís, animará os arraiais com atrações de bumba meu boi, danças regionais, tambor de crioula, grupos alternativos e shows musicais.

Um total de 512 atrações foram contemplados na programação. São 169 grupos de bumba meu boi (16 zabumba, 34 matraca, 38 baixada, 74 orquestra e 7 costa de mão), 72 grupos de tambor de crioula, 22 grupos de forró, 120 danças regionais, 10 danças tradicionais, 13 danças boiadeiro, 40 danças portuguesas, 21 grupos de cacuriá, 14 quadrilhas tradicionais, 22 quadrilhas estilizadas, 21 grupos alternativos e 80 shows.

Só a temporada oficial, prevista para o período de 15 de junho a 1º de julho, contará com 17 dias de festa nos arraiais. Já nos bairros os festejos terão em média 10 dias de programação. Em Imperatriz, 8 dias de festa farão a animação do público da região.

Além disso, o Governo apoia as tradicionais festas, como a Festança Junina do Ceprama, o Encontro de Gigantes, os encontros de grupos de bumba meu boi da Capela de São Pedro (29), na Madre Deus, o festejo de São Marçal (30), no bairro do João Paulo, o Festival de Zabumbas e o Encontro de Miolos de Boi.

Os arraiais oficiais acontecerão no Ipem (Calhau), no Parque Folclórico da Vila Palmeira, na Praça Maria Aragão (Centro), na Praça Nauro Machado (Centro Histórico) e na cidade de Imperatriz.

Os espaços vão oferecer ao público uma vasta programação com uma média de seis apresentações por noite entre shows e apresentações de brincadeiras que valorizam a riqueza e diversidade de expressões da cultura popular, além de comércio de pratos típicos da gastronomia maranhense e peças do artesanato.

Prévias

As prévias juninas, que começaram no dia 1º de junho, estão acontecendo no Centro Histórico, todas as sextas-feiras, a partir das 18h, no Canto da Cultura, localizado no cruzamento das ruas Portugal e da Estrela, na Praia Grande. E aos domingos, o Pré São João também conta com programação especial no Parquinho da Litorânea.

Neste fim de semana, dias 8 e 10 de junho, a programação terá como atração principal o Boi Barrica no Canto da Cultura, e no Parquinho da Litorânea quem faz a festa do público é a Cia Encantar, com suas músicas e coreografias que retratam a riqueza e diversidade da cultura popular maranhense.

São João de Todos 2018 homenageará o Bumba Meu Boi Costa de Mão

Os festejos juninos deste ano, promovidos pelo Governo do Maranhão em parceria com a Prefeitura de São Luís, terão como grande homenageado um dos mais peculiares sotaques de bumba meu boi, o Costa de Mão. A ideia é valorizar esses grupos que têm um estilo único, conhecido pela batida do pandeiro que é feita com as costas das mãos e um ritmo cadenciado marcado por instrumentos de percussão.

Na programação do São João de Todos 2018, os grupos de Bumba meu boi Costa de Mão foram contemplados com apresentação de abertura em todos os arraiais oficiais. A ideia é dar maior visibilidade a esse estilo de Bumba-meu-boi, levando toda a magia e brilho para o público.

Para o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Diego Galdino, valorizar os Bois Costa de Mão significa evidenciar todo o conjunto cultural do Bumba meu boi do Maranhão. “É preciso manter viva essa brincadeira, com sua diversidade de estilos e riqueza de expressões. Este ano, esperamos repetir o sucesso que é o São João de Todos, uma festa democrática com um maior número de brincadeiras, feita para encantar o público com tradição e diversidade cultural”.

Conforme levantamento feito pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Maranhão (Iphan), de um total de 18 grupos identificados no estado, de 2001 a 2017, apenas seis ainda estão em atividade e destes, somente quatro fizeram apresentações públicas em 2017.

O presidente do Conselho Estadual de Cultura, Neto de Azile, afirmou que a campanha pela valorização dos bois de Costa de Mão é fundamental por se tratar de um bem cultural em risco. “A ideia é dar visibilidade e assegurar o reconhecimento da expressão como parte do conjunto de sotaques do Bumba-meu-boi. A extinção de um sotaque pode inclusive comprometer a revalidação do título de patrimônio cultural brasileiro atribuído ao Bumba meu boi”, alertou.

Os grupos de Bumba meu boi, sotaque Costa de Mão, são originários da região do Litoral Ocidental Maranhense, tendo como berço o município de Cururupu. Tem um ritmo cadenciado marcado por instrumentos de percussão, como caixa, maracá e pandeiro.

A indumentária é caracterizada pela riqueza dos bordados em calças, casacos e chapéus. São originários de grupos dos municípios de Cururupu, Serrano do Maranhão, Bacuri e São Luís. Na cultura popular maranhense, representam, com o sotaque de Zabumba, a identidade do povo negro dentro do Bumba-meu-boi.

Prévias e temporada Junina

O São João de Todos 2018 dá início à sua programação nesta sexta-feira, 1º de junho, com a programação das prévias juninas que acontecem a partir das 18h, no Canto da Cultura, localizado no cruzamento das ruas Portugal e da Estrela, na Praia Grande, centro histórico. Aos domingos, o Pré São João também conta com programação especial no Parquinho da Litorânea. No canto da cultura as prévias acontecem sempre às sextas-feiras e no Parquinho da Litorânea, sempre aos domingos.

A temporada oficial do São João de Todos 2018 será realizada de 15 de junho a 1º de julho com festejos em vários pontos de São Luís e Imperatriz. Na capital os arraiais oficiais serão no Ipem (Centro Social dos Servidores do Estado), Vila Palmeira, Praça Maria Aragão e Nauro Machado no centro histórico (somente às sextas-feiras).

Os arraiais de bairros, que contam com apoio do Governo do Estado, levarão alegria e tradição para o João Paulo, Bairro de Fátima, João de Deus, Liberdade, Cohatrac, Anil, Anjo da Guarda, Cidade Operária, Vila Embratel, Largo Santo Antônio (no período de 23 a 30 de junho), e Cohajap (de 1º a 13 de junho).

Os espaços vão oferecer ao público uma vasta programação com uma média de seis apresentações por noite entre shows e apresentações de brincadeiras que valorizam a riqueza e diversidade de expressões da cultura popular, além de comércio de pratos típicos da gastronomia maranhense e peças do artesanato.

O Governo do Estado apoia, ainda, as tradicionais festas, como a Festança Junina do Ceprama, o Encontro de Gigantes, os encontros de grupos de Bumba Meu Boi da Capela de São Pedro (29), na Madre Deus, o festejo de São Marçal (30), no bairro do João Paulo, o Festival de Zabumbas e o Encontro de Miolos de Boi.

Abertura das prévias do São João terá Boi Pirilampo nesta sexta-feira, 1º, no Centro Histórico

A exuberância da grande festa popular, o São João do Maranhão, e toda a sua criatividade presente nos vários estilos de brincar, começa nesta sexta-feira, 1º de junho, nas prévias do São João de Todos 2018. O evento é promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur).

Nessas duas semanas que antecedem a abertura oficial do São João de Todos, as prévias juninas serão realizadas às sextas-feiras, a partir das 18h, no Canto da Cultura, localizado no cruzamento das ruas Portugal e da Estrela, na Praia Grande, centro histórico. Aos domingos, as prévias também contam com programação especial no Parquinho da Litorânea, no mesmo horário.

Boi Pirilampo
Nesta sexta-feira, 1ª, o público pode conferir no canto da cultura a apresentação do Boi Pirilampo, sotaque de orquestra, um dos grupos de Bumba-meu-boi de maior destaque no Maranhão, fundado há 22 anos, conhecido pela toada ‘Esqueça’, uma das mais tocadas nos arraiais. A apresentação está prevista para as 18h30.

Ainda no canto da cultura quem abre a programação é o grupo de forró ‘Raimundinho Pé no Chão’, prometendo muita animação para o público. A brincadeira começa às 18h.
No domingo, 3, no Parquinho da Litorânea, o Boi Novilho Branco movimenta o espaço com todos os tipos de sotaque, a partir das 18h30. Na abertura, o forró ‘Raimundinho Pé no Chão’ leva um repertório variado com sucessos do ritmo, ao som de sanfona, zabumba e triângulo.

No próximo fim de semana, dias 8 e 10 de junho, a programação terá como atração principal o Boi Barrica no canto da cultura, e no Parquinho da Litorânea quem faz a festa do público é a Cia Encantar, com suas músicas e coreografias que retratam a riqueza e diversidade da cultura popular maranhense.

Temporada oficial
O São João de Todos 2018 começa oficialmente no dia 15 de junho, no circuito oficial formado pelos arraiais da praça Nauro Machado, praça Maria Aragão, Ipem e Vila Palmeira. Com seis atrações por noite em cada arraial, entre grupos de bumba-meu-boi, quadrilhas, danças tradicionais e shows de artistas locais e nacionais, a programação segue até o dia 1º de julho.

Já os arraiais de bairros, que contam com apoio do Governo, levarão alegria e tradição para o João Paulo, Bairro de Fátima, João de Deus, Liberdade, Cohatrac, Anil, Anjo da Guarda, Cidade Operária, Vila Embratel, Largo Santo Antônio (no período de 23 a 30 de junho), e Cohajap (de 1º a 13 de junho).

Programação prévias juninas
Dia 1º de junho (sexta-feira)
Canto da Cultura – Praia Grande, centro histórico
18h – Forró ‘Raimundinho Pé no Chão’
18h30 – Boi Pirilampo

Dia 3 de junho (domingo)
Parquinho da Litorânea
18h – Forró ‘Raimundinho Pé no Chão’
18h30 – Boi Novilho Branco

Dia 8 de junho (sexta-feira)
Canto da Cultura – Praia Grande, centro histórico
18h – Forró ‘Raimundinho Pé no Chão’
18h30 – Boi Barrica

Dia 10 de junho (domingo)
Parquinho da Litorânea
18h – Forró ‘Raimundinho Pé no Chão’
18h30 – Cia Encantar

Divulgado resultado final do credenciamento para o São João

A Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur) divulgou lista final das propostas artísticas habilitadas no processo de credenciamento para o São João de Todos 2018, conforme Edital de Credenciamento nº 01/2018 – CSL/Sectur. O resultado pode ser conferido no site da Sectur (www.sectur.ma.gov.br), sessão Credenciamento Cultural.

A partir de agora será iniciada a segunda etapa do credenciamento, quando as propostas passarão por processo de classificação para fins de definição dos valores dos cachês e composição da programação. A classificação será realizada com base em critérios como qualidade artística cultural, tradição, identificação, preservação, tempo de existência, entre outros.

Participarão da comissão de avaliação do mérito cultural o Conselho Estadual de Cultura do Maranhão, a Comissão Maranhense de Folclore, a Comissão de Folclore de São Luís, o Conselho do Patrimônio Imaterial do Maranhão e o Conselho Nacional de Cultura.

A divulgação do resultado preliminar da classificação está prevista para o dia 21 de maio, e a lista final, após análise de recursos, sairá no dia 24.

Após esse processo, a programação do São João de Todos será divulgada no dia 28, conforme previsto no Edital.

Este ano, o São João de Todos será realizado no período de 15 de junho a 1º de julho, com arraiais em vários pontos de São Luís e Imperatriz.

Começa nesta quarta-feira, 4, processo de credenciamento cultural para o São João de Todos 2018

A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Sectur) divulgou, nesta terça-feira (27), o edital de credenciamento cultural para o São João de Todos 2018, previsto para o período de 15 de junho a 01 de julho. O edital completo pode ser acessado no site da Sectur, http://www.sectur.ma.gov.br/ sessão Credenciamento Cultural.

A inscrição começa, nesta quarta-feira (4), e segue até o dia 20 de abril. O atendimento será realizado na Biblioteca Pública Benedito Leite, Praça Deodoro, s/n, Centro, São Luís, no horário das 14h às 18h.

O credenciamento tem por objetivo a habilitação, seleção e contratação de serviços artísticos de grupos, bandas e artistas para apresentações durante os festejos juninos.
O resultado da análise das propostas está programado para o dia 14 de maio. E a divulgação da programação completa para o período de São João sairá no dia 25 de maio.

Imperatriz

Com apoio do Governo do Maranhão, o São João de Todos 2018 em Imperatriz será realizado de 22 de junho a 1 de julho. O credenciamento cultural para os festejos será realizado de 16 a 20 de abril.

Para este ano o prazo de inscrição foi definido de forma segmentada, por modalidade artística, conforme cronograma estabelecido no edital

Tabela do prazo de inscrição:

Danças Regionais e Grupos Alternativos – 04/04 a 06/04.

Tambor de Crioula – 09/04 a 11/04

Shows Musicais e Forró Pé de Serra – 12/04 (quinta) a 16/04.

Bumba Meu Boi – 17/04 a 20/04.