Mais de 2 armas de fogo são apreendidas por dia em bairros de São Luís

O 6º Batalhão da Polícia Militar apreendeu 41 armas de fogo nos 100 primeiros dias de 2018. São mais de 2 armas ilegais retiradas das ruas pelo grupamento na sua área de atuação, que abrange 114 bairros da Região Metropolitana de São Luís.

As apreensões são resultado de rondas e abordagens em diversos pontos dos bairros limítrofes à Cidade Operária, onde funciona a sede do 6º BPM.

A última ação realizada pelo grupamento foi nesta quinta-feira (19) e resultou na prisão em flagrante de Wanderson Felipe da Silva Caldas, 25 anos, por posse ilegal de arma de fogo.

Wanderson foi encontrado com um revólver calibre 38 e quatro munições intactas, na praia de Guarapiranga. Após abordagem, o suspeito foi conduzido ao plantão do bairro Maiobão.

Para o comandante do 6º BPM, major Marcelo, a apreensão de armas é fundamental para a redução dos índices de criminalidade na região. “Nosso foco é reduzir os crimes de homicídios, assim como os contra o patrimônio, pois, quando investimos no desarmamento, estamos garantindo a prevenção dos delitos”, avaliou.

Estratégia 

Além das operações, as abordagens foram de suma importância para apreensão de armas. Foram montadas barreiras em pontos considerados estratégicos, onde ônibus, veículos, motocicletas e pedestres foram submetidos às abordagens.

No balanço, além das armas apreendidas, as ações do Batalhão da Polícia Militar resultaram também na prisão de vários suspeitos de homicídios, roubos e furtos, e na recuperação de veículos.

Portaria Unificada registra seu centésimo flagrante de ilícitos no Complexo Penitenciário São Luís

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) registrou, no último domingo (15), a centésima apreensão de ilícitos coibidos pela Portaria Unificada. Em quase um ano e meio, foi impedida a entrada de 5.771 gramas de maconha nas cinco unidades prisionais beneficiadas com a PU.

“O investimento feito pelo governador Flávio Dino na segurança prisional do estado já colocou o Maranhão entre as referências do país, e os números provam isso. Em 2014, registrou-se 61 homicídios intramuros, enquanto que, em 2017, esse quesito foi zerado”, destaca o secretário da Seap, Murilo Andrade de Oliveira.

Das 100 pessoas presas em flagrante, tentando entrar com objetos ilícitos nos estabelecimentos prisionais que integram o Complexo Penitenciário São Luís, nesse período, a grande maioria é do sexo feminino. Ao todo foram 98 mulheres e dois homens flagradas e presos.

O ilícito de número 100, registrado no fim de semana, foi de 72 gramas de substância semelhante a maconha. A droga estava em posse de um homem de 29 anos, que supostamente levaria a droga para um interno da Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 2 (UPSL 2).

O visitante e a droga apreendida foram levados pelos Agentes Estaduais de Execução Penal, lotados na Supervisão de Segurança Interna (SSI) da Seap, para a Delegacia Especial da Cidade Operária (Decop). Lá foram realizados os procedimentos de praxe pelo delegado de plantonista.

Além de drogas, a SSI, responsável pelo Controle de acesso à Portaria Unificada, impediu, ao longo de 1 ano e 5 meses, interceptou a entrada de 13 aparelhos celulares, 4 carregadores de celular, 19 chips de celular; 1 fone de ouvido; e 1 pen driver. Um total de 26 servidores atua na Portaria Unificada.

“Os agentes fazem, diariamente, a revista dos servidores e dos visitantes, bem como dos materiais levados por estes. Toda essa inspeção é feita por meio de equipamentos como: body scan, esteiras de raios-X, pórticos, bancos e raquetes detectores de metais, e câmeras de segurança”, explica o supervisor da SSI, Fredson Maciel.

Quando completou um ano de sua inauguração, a Portaria Unificada registrou mais de 41 mil entradas de visitantes nas unidades prisionais beneficiadas. Além de presas, as pessoas flagradas tiveram o benefício da visita suspenso por até 360 dias, conforme Portaria Nº 819/2017, que regulamenta a gestão das PU’s.

Com o aumento do volume de chuvas, Prefeitura intensifica serviços em diversos bairros de São Luís

Por ocasião das fortes chuvas na capital, a Prefeitura de São Luís intensificou o cronograma de serviços para conter erosões, executar reparos em estruturas e realizar desobstrução de bueiros e galerias. Diversos bairros são alvos das ações, sendo priorizadas as áreas onde foram identificados pontos de acúmulo de água. Até esta quarta-feira (18) já choveu quase 80% do previsto para todo o mês de abril. Ações de drenagem, limpeza, manutenção e infraestrutura, que são feitas ao longo do ano pelo poder público municipal, recebem reforço neste período de chuvas.

Na Avenida Jerônimo de Albuquerque, as equipes da Semosp realizaram desobstrução com hidrojato no trecho próximo ao Palácio Henrique de La Roque. O trabalho de desobstrução alcançou ainda pontos na Jerônimo de Albuquerque, na altura da Curva do Noventa, com contenção de erosão do canal e desobstrução com retroescavadeira. E ainda a sondagem para construção de ponte entre os bairros Divinéia e Vila Luizão.

No cronograma de serviços da Prefeitura realizado nesta quarta-feira (18), foram limpos os vários bueiros na extensão da Avenida Colares Moreira, que passa nos bairros São Francisco e Renascença. O trecho concentra um dos maiores recortes viários da cidade e possui diversos pontos de lançamento de águas pluviais.

Com a limpeza e drenagem, os pontos foram desobstruídos e estão em seu funcionamento regular. “São ações que integram a política pública do prefeito Edivaldo, realizada periodicamente, ao longo do ano. Temos um mapeamento que orienta todo o plano de serviços e sem essas ações de limpeza, principalmente no período chuvoso, as vias poderiam ficar comprometidas”, explica o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Antonio Araújo.

Rua Josué Montello, no Renascença, recebeu serviços da Prefeitura

O secretário Antonio Araújo ressalta que um dos principais resultados dessa ação de limpeza é a drenagem mais rápida das águas das chuvas, por exemplo. “Graças a esse trabalho, em alguns pontos, mesmo com o volume de chuvas, não houve alagamentos, a exemplo da área do Mercado Central e outras, como a Avenida Colares Moreira, em que os pontos de alagamentos cessaram brevemente”, exemplifica.

A gestão do prefeito Edivaldo priorizou obras de drenagem, com fins a prevenir alagamentos, destaca Antonio Araújo. “A gestão do prefeito Edivaldo tem realizado investimentos, mantendo os serviços permanentes e intensificando nos períodos chuvosos”, pontuou. O secretário reforça que é uma rotina de trabalho para evitar os alagamentos.

Os canais do Cohatrac e Santa Clara, além de trecho do Tropical Shopping (Renascença) são algumas das áreas que receberam drenagem diminuindo pontos de alagamentos. A Prefeitura atua com escavadeiras, ações manuais, caminhão, escavadeira hidráulica e outros equipamentos para atender à demanda dos bairros na desobstrução e drenagem.

DESCARTE IRREGULAR

Com o trabalho de limpeza, a Prefeitura tem retirado cerca de 300 toneladas de lixo e outros resíduos, fruto do descarte irregular nestas estruturas, o que impede o adequado escoamento das águas.

“É importante que se compreenda que o lançamento de resíduos irregulares inviabiliza as ações de drenagem e promove os alagamentos e entupimentos dos bueiros e galerias”, ressalta. Segundo Antonio Araújo, as equipes já retiraram sofás e colchões que estavam bloqueando a passagem das águas nestas estruturas.

PROGRAMAÇÃO

Os serviços da Prefeitura nesta semana contemplam ainda ações do Asfalto na Rua nas avenidas São Luís Rei de França, Franceses, Guajajaras, Jerônimo de Albuquerque, Daniel de La Touche, Vitorino Freire, Holandeses, Carlos Cunha, Paulo VI e no bairro João de Deus. Na zona rural, acesso ao Cujupe e Rua Brasília (Santa Bárbara), as equipes mecanizadas realizaram terraplanagem.

No bairro Olho d’Água, estão sendo feitas ações de manutenção preventiva com tratamento superficial do asfalto. Trata-se da colocação de camada de proteção no pavimento para garantir mais durabilidade ao pavimento. Serviços de concretagem no cruzamento de vias no bairro Janaína e de desobstrução de galerias na Vila Lobão também estão sendo executadas.

Ainda, drenagem na Avenida Jerônimo de Albuquerque para evitar avanço de erosão com solo cimento. Na margem do Rio Pimenta, uma ação preventiva com solo cimento evitará erosão. O poder público municipal trabalha ainda na desobstrução de bueiros na Curva do Noventa.

Acontece nesta terça (17) Café com Trade para discutir ações do turismo em São Luís

Promover a capital maranhense é uma tarefa que a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), incentiva e fomenta com ações em todo o Brasil. Para discutir e expor todas as atividades que estão sendo realizadas, será promovido o Café com Trade, no Pestana São Luís Hotel, nesta terça-feira (17), às 8h30. O evento é voltado para os hoteleiros, empresários, agentes, operadoras e viagens e todos os interessados pela área.

A secretária de turismo, Socorro Araújo, reforça o convite e ressalta que é importante para toda a cadeia produtiva ver de perto o trabalho que a Prefeitura vem desenvolvendo na área do turismo. “Nós realizamos esse evento uma vez por semestre para trocarmos experiências e impulsionar as ações. Todos saem ganhando se as atividades forem feitas em conjunto, mesmo que com sugestões”, explica a secretária.

PRODUÇÃO

Nos últimos meses, a Prefeitura ampliou a divulgação do São João 2018 de São Luís, levando para estados como São Paulo e Paraná as possibilidades para o turismo na Ilha do Amor. Além disso, cursos foram oferecidos para a população maranhense na área de recepção e gastronomia. E durante o Café com Trade será o momento para apresentar aos interessados na área o resultado das ações.

Mais duas cidades maranhenses decretam Situação de Emergência

As fortes chuvas que desaguam no Maranhão deixam mais duas cidades em Situação de Emergência, de acordo com a Defesa Civil Estadual. Formosa da Serra Negra e São Luís entram para a lista após a enxurrada de segunda-feira (16).

Também estão em situação grave os seguintes municípios: Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela do vale, Lago dos Rodrigues, Presidente Vargas, Brejo, São João do Sóter, Tuntum e Caxias.

Doações para as famílias afetadas podem ser entregues na Cruz Vermelha do Maranhão, no Monte Castelo, e na Defesa Civil do Estado,  no Parque Urbano Santos, Centro de São Luís.

Na capital, equipes da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) foram deslocadas para os pontos onde houve maior acúmulo de água para realizar ações de desobstrução de canais e galerias, recuperação de bueiros e contenção de erosão.

A Defesa Civil também reforçou o monitoramento com vistorias em locais de risco para avaliar os impactos das chuvas. Segundo o Núcleo de Meteorologia da Universidade Federal do Maranhão (Uema), em alguns pontos da cidade, o índice pluviométrico chegou à 100 mm, quase um quarto da média climatológica do mês.

Ainda segundo levantamento da Defesa Civil do Estado, são 20 municípios atingidos pelas fortes chuvas, sendo que 11 decretaram estado de emergência e seis estão em alerta. Totalizam 8.877 pessoas afetadas, em situação de desabrigo ou desalojamento.

Os danos incluem habitações danificadas ou destruídas; prédios públicos, ruas e obras de infraestrutura prejudicadas. O comitê emergencial, criado pelo Governo do Estado, prossegue em diálogo com as prefeituras para atender as demandas prioritárias das comunidades.

 

São Luís tem vários pontos de alagamento com as chuvas fortes desta segunda-feira

São Luís acordou sob forte chuva nesta segunda-feira (16), com diversos pontos de alagamento pela Ilha. O aguaceiro que começou na madrugada não deu trégua e causou ainda engarrafamentos quilométricos.

Carros foram vistos boiando embaixo da Ponte Bandeira Tribuzzi e no retorno do Olho D’água.

As avenidas Colares Moreira, no Renascença, e Jerônimo de Albuquerque, no Cohafuma, ficaram com o trânsito completamente parado.

Ainda na Colares Moreira, em frente o Tropical Shopping, a área ficou completamente alagada. O mesmo ocorre na Avenida dos Africanos, no Coroado.

No Alto do Calhau, parte do muro do Condomínio Brisas Calhau caiu com a força dá água acumulada da chuva.

A previsão do tempo para São Luís é de chuva durante todo o dia, com trovoadas. A máxima é de 29º e a mínima é de 24º.

Vídeos: Reprodução WPP.

Investigador da Polícia Civil morre após ser atropelado e arrastado em São Luís

O investigador da Polícia Civil, Urbano Silva Barbosa, morreu após ser atropelado por uma caminhonete na Avenida dos Franceses, na noite deste domingo (15).

Urbano estava em uma motocicleta quando foi colhido pela caminhonete Nissan Frontier, de placa NHP-6666, conduzida por Raimundo Nonato de Sousa.

Sousa ainda arrastou Urbano pela avenida por cerca de 50 metros, e depois tentou fugir sem prestar socorro, mas foi parado por uma equipe da Polícia Militar a 200 metros do local do acidente.

O motorista aparentava estar sob efeito de álcool, mas se recusou a realizar o teste no etilômetro. Ele foi conduzido para o Plantão da Área Itaqui-Bacanga, onde foi autuado por homicídio doloso.

Urbano Silva Barbosa estava seguindo, segundo um familiar, para o hospital Clementino Moura (Socorrão II) para visitar o irmão que está internado. A vítima se aposentaria em breve.

 

 

Flávio Dino entrega mais novo cartão postal para São Luís

“Temos realizado projetos muito importantes para o desenvolvimento do nosso Estado, nos aspectos da política pública de Turismo, a exemplo da promoção nacional e internacional e melhoria da infraestrutura turística. A entrega deste portal é um complemento destas ações, com uma entrada mais adequada para a cidade”, pontuou o governador Flávio Dino, durante a inauguração do Portal de São Luís, neste sábado (14), no Tirirical.

Com a nova estrutura, São Luís ganha mais um cartão postal. O elemento marca a urbanização da nova entrada da capital, que passou por revitalizações para embelezar a cidade, melhorar o tráfego e impulsionar o turismo. “Fizemos este embelezamento para que todos que desembarquem na nossa cidade se animem a ver uma São Luís cada vez melhor, com mais atrativos e mais humana”, reforçou o governador.

O projeto foi viabilizado sob a coordenação da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Sectur) e se estende a outras cidades turísticas como Barreirinhas, que será a próxima contemplada.

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, participou da solenidade e destacou a importância do programa. “Esta obra complementa as ações da Prefeitura, realizadas no trânsito desta área e reforça o trabalho parceiro das gestões estadual e municipal, com fins a melhorar a qualidade de vida da população e a infraestrutura da cidade”, reiterou.  Antecipando as ações, a Prefeitura promoveu intervenção no trânsito da área para solucionar os problemas de congestionamento.

Diego Galdino, secretário de Turismo e Cultura, avaliou esta como uma significativa ação do Governo do Estado pela melhoria da infraestrutura do turismo em São Luís. “Mais uma obra da gestão que vai estimular o turismo local. O portal se soma a outros cartões postais dessa cidade que possui o Centro Histórico mais bonito do mundo e uma rica história colonial. Uma obra fruto de dedicação, planejamento e muito apoio do governador Flávio Dino”, disse Galdino.

O Portal de São Luís fica localizado no km 0 da BR-135 e ocupa seis faixas da via, três no sentido BR-135 e três no sentido cidade. O portal simula uma fachada de casarão colonial português, Patrimônio da Humanidade, parte do conjunto arquitetônico encontrado no Centro Histórico de São Luís. São 45 metros de largura e investimento de R$ 833 mil.

O investimento em novos atrativos turístico para São Luís é um trabalho constante do Governo do Maranhão, que se consolida com outras melhorias em pontos e locais turísticos como o Espigão Costeiro, Praça da Lagoa, Forte de Santo Antônio da Barra e Museu do Reggae.

Portal turístico na entrada de São Luís será inaugurado neste sábado (14)

A Cidade dos Azulejos, São Luís, ganha neste sábado (14), mais um cartão postal, o portal turístico na entrada da cidade. A construção realizada pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), fica localizado no km 0 da BR-135 e ocupa seis faixas da via, três no sentido BR-135 e três no sentido cidade.

O Portal simula uma fachada de casarão colonial português Patrimônio da Humanidade, parte do conjunto arquitetônico encontrado no Centro Histórico de São Luís.

Com 45 metros de largura e investimento de R$ 833 mil, o portal de São Luís tem como objetivo valorizar a cultura e as belezas que os visitantes encontrarão na cidade. O secretário adjunto de turismo da Sectur, Hugo Veiga, disse que o novo portal remete a todo o patrimônio material que deu o título de Patrimônio Cultural da Humanidade em 1997, e que projetou São Luís e o Maranhão para o mundo inteiro.

“Toda a cidade que pensa em trabalhar o turismo como uma atividade econômica, se predispõe a encantar e receber bem o turista desde a sua chagada, então nós não tínhamos nenhum elemento representativo da cultura ludovicense, onde as pessoas tivessem um referencial do tipo de atrativo que irão encontrar ao se deparar com a capital do estado”, falou o secretário Hugo Veiga.

A cidade de São Luís é a única fundada por franceses, invadida por holandeses e colonizada por portugueses. A maior parte das fachadas revestidas de azulejos está no Centro Histórico de São Luís. Era o material que mais atenderia as condições climáticas da cidade, resistente ao verão muito forte e a chuva do verão chuvoso, funcionando como um isolante térmico. Dessa forma, os ambientes internos ficam mais frescos e mais agradáveis.

Atrativos turísticos
O investimento em novos atrativos turísticos para São Luís é um trabalho constante do Governo do Maranhão, por meio da Sectur. A atual gestão já instalou dois letreiros na cidade, que se consolidaram como pontos turísticos da capital: um no Espigão Costeiro e outro na Praça da Lagoa. Obras de reforma e expansão das casas de Cultura em São Luís também refletem na atração de turistas, como a restauração do Forte de Santo Antônio da Barra, que abriga os museus das Embarcações e da Imagem e Som, e a implantação do Museu do Reggae.

Suspeito de assalto é linchado e morre após cair de moto no São Francisco

Após um assalto em dupla, um dos suspeitos caiu da moto e foi linchado pela população no São Francisco, em São Luís. O caso teria ocorrido na Avenida Castelo Branco, na madrugada desta terça-feira (10), por volta das 4:30h.

A dupla teria roubado pertences de uma pessoa em uma parada de ônibus. Na fuga, a moto derrapou na pista molhada.

Segundo informações da Mirante AM, o piloto conseguiu levantar e fugiu rapidamente, deixando o companheiro para trás. Pessoas desceram de um ônibus agrediram o homem de 21 anos, conhecido como “Cheirinho no rosto”.

Os agressores só pararam quando a polícia chegou ao local. O suspeito de assalto foi levado Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), mas não resistiu.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública nenhum dos agressores foi preso ou identificado. A SSP também não tem informações de quantas pessoas participaram do linchamento.