Prefeito Edivaldo expande e moderniza parque de iluminação no Tibiri, Vila Brasil e Parque Shalon

A Prefeitura de São Luís avança no trabalho de modernização do parque de iluminação pública da cidade. Entre os bairros que recebem ação de melhoria da iluminação estão o Tibiri, Vila Brasil e Parque Shalon. As ações de modernização incluem a manutenção com troca de lâmpadas por modelos mais eficazes, proporcionando um novo aspecto, mais segurança, beleza e qualidade de vida à população de bairros tanto da zona urbana como da zona rural, antes desassistidos pelo serviço. O trabalho é executado pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

“Por determinação do prefeito Edivaldo, seguimos investindo esforços e recursos nesse trabalho de melhorias nessa área da iluminação. Estamos ampliando nosso alcance, beneficiando novos bairros da cidade”, destacou o titular da Semosp, Antonio Araújo. O trabalho que vem sendo realizado este ano soma-se ao que já foi feito desde o início da gestão do prefeito Edivaldo.

Desde 2013, aproximadamente 43 mil luminárias já foram substituídas e mais de cinco mil pontos de luz branca foram instalados numa extensão de 60 quilômetros. Somente em 2017, mais de 5.800 ações de melhorias foram executadas na área da iluminação pública pela Prefeitura de São Luís. Com os serviços, moradores de mais de 150 bairros da cidade foram beneficiados.

Em muitos dos locais houve a substituição das lâmpadas denominadas amarelas pelas luminárias com tecnologia branca, que são econômicas e mais eficientes, além de não emitir radiação IV/UV, o que evita danos à pele das pessoas e às plantas. Somente nesses três bairros – Tibiri, Vila Brasil e Parque Shalon – são cerca de 600 pontos de iluminação que estão sendo modernizados. A programação de serviços na Vila Brasil contempla a manutenção de 314 pontos.

O morador da Vila Brasil, Agnaldo Campos, disse que a ação beneficia a comunidade

O morador da Vila Brasil, Agnaldo Campos, destaca como positiva a ação do poder público municipal e pontua os benefícios do trabalho realizado na região. “Esse é um trabalho muito bom porque beneficia a gente. As ruas estão mais iluminadas. É melhor para andar e a gente se sente até mais seguro com uma rua mais iluminada como essa”, disse o morador da Avenida 1º de Março.

O secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araujo, destacou que, além de tornar a cidade mais iluminada, a ação contribui para aumentar a sensação de segurança entre os moradores da cidade. “Estamos investindo na qualidade dos serviços públicos oferecidos para a população, primando sempre pelo bem-estar dos cidadãos e pela gestão racional dos gastos públicos”, ressaltou o titular da Semosp.

A modernização e melhoria do sistema nessas localidades acontece com a substituição de lâmpadas amarelas de vapor de sódio por outras brancas, do tipo vapor metálico. As novas lâmpadas possuem maior capacidade de iluminação, são mais econômicas e duráveis, reduzindo os gastos públicos com a troca.

No Tibiri, foram cerca de 70 pontos que receberam novas luminárias atendendo ruas como a da Pedreira, que recebeu serviços de modernização do sistema de iluminação pública.Já no Parque Shalon, a Prefeitura trabalha na substituição de mais de 170 pontos.

OUTROS BAIRROS

Na semana passada, as equipes estiveram no Renascença II, com a troca 82 lâmpadas; na Ponta d’Areia, com a substituição de lâmpadas antigas por novas luminárias nas ruas Girassóis, Hortências, Jasmins, Crisântemos, Gardênia, Amor Perfeito, Camélia, Açucena e Angélicas. O serviço tem beneficiado, ainda, a Avenida Litorânea, onde já foi realizada a manutenção e troca de 100 projetores, 80% do previsto para o local.

O projeto de expansão do parque de iluminação da capital contemplou ainda espaços históricos e de grande circulação de pessoas e turistas com iluminação especial, para destacar a arquitetura dos monumentos e valorizar as áreas de grande visitação de moradores e turistas. Entre os espaços contemplados por iluminação artística ou especial estão o Forte Santo Antônio e o Espigão, ambos na Ponta d’ Areia; a Praça do Foguetinho, na Lagoa da Jansen; a Casa do Maranhão, no Centro; o Palácio La Ravardière e dos Leões, no Centro; entre outros espaços históricos.

“Implantamos a nova iluminação de acordo com o espaço que vai receber o serviço. Há setores, como em bairros da zona rural, por exemplo, que requerem apenas a revitalização das luminárias ou a troca por novas, já há outros que a iluminação com luz branca é mais apropriada e outros pontos, como no Centro Histórico, que temos de preservar as características arquitetônicas e histórias do lugar, utilizando iluminação de acordo com o local”, concluiu Antonio Araújo.

Moradores do Tibiri interditam BR-135 em protesto

Moradores do bairro Tibiri, na zona rural de São Luís, interditaram a BR-135, na madrugada desta segunda-feira (19), no Km 4,5 da via.

Os populares reclaram das condições de infraestrutura do local onde moram. Durante o protesto foi ateado fogo em pneus e galhos de árvores para bloquear a passagem de veículos.

Por volta das 8h20 desta manhã a via já havia sido liberada.

Posto avançado do Detran-MA começa a funcionar na BR 135 na quinta feira, 15

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) colocará em funcionamento, a partir de quinta-feira (15), mais um posto avançado para atendimento aos usuários. Vai funcionar no km 3, na BR-135, no bairro do Tibiri, em São Luís.

O diretor Operacional do Detran-MA, David Ximenes explica que o novo posto vai oferecer principalmente os serviços de vistoria e cadastro. Vai priorizar o atendimento a veículos de grande porte, entre os quais ônibus, micro-ônibus e vans.

“Nós vamos oferecer uma estrutura voltada especialmente para veículos pesados, com mais espaço e mais conforto para quem tem esse tipo de transporte. Carros pequenos, também, serão atendidos, mas a prioridade será para caminhões, carretas, ônibus e vans”, explica David Ximenes.

O posto funcionará, das 8h30 às 15h30, de segunda a sexta-feira, com 14 funcionários incluindo vistoriadores e atendentes de veículos e habilitação e terá como coordenador Geral, o analista de trânsito Anderson Boás.