PRF apreende 17 quilos de maconha dentro de um ônibus em Caxias

Polícia Federal do Maranhão desarticula quadrilha de tráfico de drogas

A Polícia Federal no Maranhão, por meio da Delegacia de Repressão a Drogas (DRE), deflagrou na manhã de hoje, em São Luís, a 2ª Fase da Operação “MD”, com o objetivo de desarticular um grupo criminoso especializado no tráfico de drogas utilizando-se dos Correios.

A Polícia Federal cumpriu cinco Mandados de Prisão Temporária e quatro Mandados de Busca e Apreensão em São Luís. As ordens judiciais foram expedidas pela Justiça Estadual do Maranhão, com o objetivo de colher provas do crime que auxiliassem nas investigações.

Na 1ª fase da operação, em abril deste ano, quatro pessoas foram presas em São Luís e uma em Teresina. A partir dos interrogatórios e da análise de algumas mídias, foram identificados os outros integrantes do grupo criminoso especializado na distribuição de ecstasy e LSD, além de cocaína, skunk e maconha, em festas na capital maranhense, especialmente em eventos de música eletrônica, onde há grande concentração de jovens.

A equipe de investigação interceptou várias encomendas contendo as substâncias entorpecentes que chegavam até os investigados, via postal, proveniente dos estados do Rio de Janeiro, Pernambuco e Mato Grosso do Sul.

Os envolvidos foram conduzidos à Superintendência de Polícia Federal no Maranhão, onde serão indiciados por tráfico de drogas e associação para o tráfico, crimes previstos nos arts. 33 e 35 da Lei nº 11.343/06. Caso sejam condenados, responderão por penas que chegam até 15 anos de reclusão.

“MD” são as letras iniciais da substância (metileno-dióxido) que compõe o ecstasy, uma das principais drogas traficadas pelo grupo criminoso.

Homem é preso em flagrante por tráfico de drogas no Residencial Paraíso

Em ação realizada na última segunda-feira (13), o 1ºBPM da Polícia Militar do Maranhão, prendeu em flagrante um homem identificado por Kleiton Santos Pinto por crime de tráfico de drogas. A prisão ocorreu no bairro Residencial Paraíso, localizado na região Itaqui Bacanga, em São Luís.

A policia recebeu várias denuncias que relatavam que na rua Topázio havia um ponto de comercialização intensa de entorpecentes. Uma guarnição do 1ºBPM se deslocou, então, até endereço suspeito.

Ao perceber a presença dos policiais, Kleiton Pinto, fugir para o interior de sua residência. No interior do local, foram localizadas 10 trouxinhas de substância semelhante a maconha e cerca de 48 reais em espécie.

Segundo a Polícia Militar, o suspeito admitiu ser dono do entorpecente. Kleiton Santos Pinto foi encaminhado ao plantão da área Itaqui-Bacanga.

10 suspeitos de envolvimento no crime organizado são presos em São Luis


Os meliantes foram detidos na segunda fase da operação “alvo certo” por suspeita de comandar a organização criminosa que realiza movimentações financeiras e recrutamento de integrantes para o crime organizado e tráfico de drogas no estado.

Dário Oliveira, foi preso com cocaína e cerca de meio quilo da maconha, avaliada em 12 mil reais. Rubenal Filho, preso no Pirapora; Johnyson Gomes, preso em São José de Ribamar; João Carlos Santos, preso no Tirirical; Janaína Serra, presa no Cantinho do Céu; Robson Douglas Oliveira, preso no Sacavêm; Suena Gusmão Cabral, presa na Vila Ryod; Lilian Serra, presa no Coroado; Lilian Rodrigues, do cantinho do céu e Davi Andrade, preso no Cantinho do Céu.

Nesta fase alem das prisões, foram apreendidos diversos cadernos de anotações contendo informações sobre as ações do controle do tráfico; celulares e notebook, e também cadastro de integrantes de facções criminosas.
Segundo o delegado-geral da Policia Civil, Leonardo Diniz “são pessoas que articulam a facção criminosa, financiam , recebem o dinheiro e aplicam para praticas criminosas, há mulheres e filhos de presos que pertecem a facção e movimentam o dinheiro do grupo”.

A operação foi realizada pela Policia Civil e contou com a participação de 83 policiais.

Jovem de 18 anos é preso pela PRF transportando 10 Kg de maconha em ônibus de turismo

Um jovem de 18 anos foi preso, na manhã de sábado (26), transportando 10kg de maconha prensada em um ônibus de turismo, quando agentes da Polícia Rodoviária Federal fiscalizavam um ônibus em frente à Unidade Operacional da PRF em Porto Franco, no Km 156 da BR 010.

Segundo o jovem, ele pegou a droga em Goiânia e teria como destino Chapadinha.

Diante das evidências, os agentes da PRF deram voz de prisão e conduziram o indivíduo para a Delegacia de Polícia Civil em Estreito.

Polícia prende membros de facções criminosas na Liberdade e Coroadinho

Reprodução/Aline Cantanhede

Uma operação coordenada pelo Comando de Missões Especiais (CME), em conjunto com a Polícia Civil, Militar e o Centro Tático Aéreo (CTA), iniciou buscas por criminosos membros de facções nos bairros Coroadinho e Liberdade ainda na madrugada desta quinta-feira (22).

Cerca de 100 policiais ocupam os bairros. “Quem entra e sai está sendo revistado, a operação não tem hora e nem dia para acabar”, informou o comandante do CME, Marques Neto, que acompanha a ação.

Foram detidas, Valdirene Pereira, acusada de comandar o tráfico na região, e sua filha, e encaminhadas para a Superintendência Especial de Investigações Criminais (SEIC).

Valdirene seria o alvo de uma facção criminosa. A polícia informou que está realizando revistas nos imóveis que seriam dela na comunidade.

Segundo os policiais, mais três homens foram presos: Wanderson Borges Frazão (29), que tem envolvimento com tráfico de drogas na área; Ederson da Silva Rocha (31), que responde por homicídio; e um outro suspeito não teve autuação e nem identificação revelada.

Sargento da PM é preso vendendo pistola em São Luís

Carlos Magno Alves, 2º sargento da Polícia Militar do Maranhão foi preso em São Luís, na noite desta terça-feira (20), após vender uma pistola .38 por R$ 3.200,00 na área do Itaqui Bacanga.

Segundo a polícia, o comprador da arma é um homem envolvido com o tráfico de drogas na baixada maranhense, Eliseu de Jesus Diniz Filho. Ele é natural de Penalva e também foi detido.

Grupo suspeito de montar esquema interestadual de roubo e venda de carro é preso no Maranhão

Um grupo de homens suspeitos de participar de uma quadrilha interestadual de roubo e venda de carros foi preso em Araioses do Maranhão, no último sábado (10), pela “Operação Larapius”, da Polícia Civil.

Com os suspeitos, foram apreendidos 30 papelotes de maconha, 19 pedras de crack, uma pistola artesanal e quatro veículos roubados.

Os dois maiores e os dois adolescentes foram presos e apreendidos nos Povoados Melancias e Novo Horizonte (40km da sede do município). De acordo com a polícia, os adolescentes já tinham passagens pela polícia por tentativa de homicídio, em Teresina (PI).

Os menores seriam os responsáveis pelo roubo dos veículos em Parnaíba, e os repassavam, após retirar as identificações, ao acusado de tráfico Pedro José de Costa Neto (35 anos), e Geovan dos Santos Barros (42 anos), responsáveis, por sua vez, à venda para os receptadores.

Com o dinheiro, o grupo financiaria o tráfico de drogas.

Polícia apreende 130 quilos de drogas em janeiro deste ano

A Polícia Civil apreendeu 130 quilos de drogas em janeiro deste ano. O montante, avaliado em R$ 300 mil, é resultado de apreensões da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) em diversos bairros de São Luís.

Do total de drogas apreendias, cerca de 110 quilos são maconha, que permanece no topo das drogas mais traficadas. No período foram presos 15 suspeitos, apreendidas quatro armas de fogo e dinheiro em espécie.

Dando prosseguimento às ações preventivas e de combate, a Senarc elabora planejamento de contenção deste crime para o período oficial de carnaval. Agentes vão se concentrar em pontos estratégicos do circuito na Região Metropolitana de São Luís realizando abordagens a suspeitos, barreiras policiais e monitoramento da venda de entorpecentes.

Neste pré-carnaval, a polícia cobre os bairros onde há festejos e áreas com histórico deste crime.

“Esse comércio tende a crescer nas festas carnavalescas e vamos prosseguir com essa organização focando as operações na capital e cidades mapeadas nos interiores para prevenir a incidência deste crime”, reforçou o superintendente da Senarc, delegado Carlos Alessandro Rodrigues. A operação também ocorre nas regionais da Senarc em Timon e Imperatriz e em municípios estratégicos considerados rota do tráfico de drogas. A operação prossegue até dia 14, na Quarta-Feira de Cinzas.

“O Governo do Estado vem investindo fortemente na Segurança Pública, equipando, treinando e valorizando as polícias, contribuindo decisivamente para o êxito das operações”, reforça o delegado Carlos Alessandro.

Para colaborar com a polícia no combate ao tráfico de drogas estão disponíveis o Whatsapp (98) 99163.4899; o Disque-Denúncia (98) 3223-5800; o CIOPS, pelo telefone 190; e o aplicativo ByZu 2.0, que aceita texto, fotos e vídeos.

Ação permanente

Vinculada à Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), a Senarc tem como foco o combate aos crimes ligados ao tráfico de drogas. O trabalho especializado colocou o Maranhão em primeiro do Nordeste no volume de apreensões, ano passado.

A Senarc conta com departamentos especializados, setor de cinofilia com dois cães farejadores e canais direto com a população para denúncias. O órgão desenvolve ainda projetos educativos na rede pública de ensino para informar e conscientizar crianças e jovens sobre o perigo das drogas.

Mulheres são presas transportando drogas em ônibus

Duas mulheres foram presas na tarde dessa quinta-fera (29) com 200kg de maconha prensada em duas malas. Elas foram abordadas por policiais em um ônibus que fazia viagem de São Paulo para São Luís.

Uma das mulheres, cujos nomes não foram identificados, tem 20 anos e a outra 35. Elas foram encaminhadas à uma delegacia.