Prefeitura garante circulação integral da frota de ônibus para o Enem e reforça ações de trânsito

Como apoio à realização do processo seletivo do Exame Nacional de Ensino Médico (Enem), a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), vai reforçar o disciplinamento e ordenamento do trânsito em vários pontos estratégicos e de maior fluxo durante o acesso de estudantes aos locais de prova. Além da ação no trânsito, a Prefeitura de São Luís também autorizou, por meio de portaria, a circulação integral da frota de ônibus urbano da capital. A ação, que segue orientação do prefeito Edivaldo, será realizada durante os dois domingos de prova, dia 04 e 11 de novembro.

Para a efetivação das ações de trânsito a SMTT disponibilizará um total de 60 agentes de trânsito, 15 motos e 11 viaturas nos dois dias do certame. As motocicletas serão utilizadas para chegar com agilidade aos locais de difícil acesso em decorrência de possíveis colisões e bloqueios viários.

Serão reforçadas, nos dias do Enem, as linhas de ônibus Campus/Terminal Praia Grande, Campus/Praça Deodoro, Uema/Ipase e Terminal/BR 135, garantindo assim o deslocamento dos candidatos. As empresas do Sistema de Transporte Urbano de São Luís deverão operar nos dias 4 e 11 de novembro, nas faixas de horários das 7h às 11h e das 14h às 18h, com frota total operante programada para os dias úteis.

A operação de trânsito será realizada com a intensificação do disciplinamento e orientação dos condutores, destacando as intervenções em rotatórias, bloqueio de conversões e retornos, liberação de áreas de embarque e desembarque, regularização e orientação de estacionamentos, além de ações para garantir a preferencial do fluxo no sentido das instituições de ensino, locais de realização do Enem.

A Prefeitura fará ações em pontos como Avenida Jerônimo de Albuquerque (elevado da Cohama, rotatória da Cohab); avenidas São Luís Rei de França (Faculdade Pitágoras/Fama) e São Sebastião; cruzamento da Forquilha com Cruzeiro do Anil; cruzamento do Parque Vitória, Posto Natureza; rotatória da Polícia Militar (Calhau); rotatória Avenida dos Holandeses com a Avenida Daniel de La Touche; Ceuma Anil; UNDB; Canto da Fabril; cabeceira da Ponte São Francisco; CEST (Anil); Cintra; e pontos estratégicos no Centro.

De acordo com o superintendente de trânsito da SMTT, Rodrigo Fonseca, locais não citados nesta lista podem ser inseridos de acordo com a necessidade. “As equipes de apoio de fiscalização de trânsito estarão a postos para intervir conforme a demanda e gerar fluidez no trânsito. Alertamos aos candidatos que façam o deslocamento com antecedência, evitando possíveis atrasos e transtornos na via pública”, enfatizou Rodrigo Fonseca.

Intervenções estratégicas da gestão do prefeito Edivaldo dão mais fluidez ao trânsito de São Luís

A exemplo de muitas cidades e capitais brasileiras, São Luís tem o desafio de promover investimentos que resultem na melhoria da mobilidade urbana e garantam mais qualidade de vida para a população. Nos últimos anos, a gestão do prefeito Edivaldo vem trabalhando para superar esse desafio com intervenções viárias em diversos pontos da capital, sobretudo nas vias de maior tráfego de veículos como as avenidas Guajajaras, Colares Moreira, Jerônimo de Albuquerque, São Luís Rei de França e Holandeses.

Segundo dados do Departamento de Trânsito do Maranhão (Detran) a capital maranhense conta atualmente com uma frota de mais de 390 mil veículos, 20% a mais do que em 2013, quando o prefeito Edivaldo assumiu a Prefeitura de São Luís em seu primeiro mandato e começou a promover as mudanças nesta área. São Luís – que tem uma população superior a um milhão de habitantes – é a 15ª cidade mais populosa do país e tem a 4ª maior população do Nordeste. A melhoria da mobilidade urbana tem, segundo os estudiosos da área, forte impacto na qualidade de vida e na economia da cidade.

“As melhorias são fruto de planejamento e de um trabalho organizado que estamos promovendo em diversas vias de fluxo intenso da capital e que tem melhorado o trânsito nestes locais, tanto para condutores, quanto para pedestres. São intervenções importantes que contribuem para a mobilidade urbana, para o melhor reordenamento do tráfego nos principais corredores da cidade, redução dos engarrafamentos e proporciona bem-estar para a população”, reforçou o prefeito Edivaldo.

Segundo especialistas, a melhoria na mobilidade urbana impacta positivamente na qualidade de vida da população e na economia da cidade. Com este entendimento é que a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) tem pensado as mudanças no trânsito da capital.

“Ficou muito melhor, ainda mais para quem vem da Cidade Operária com destino à Cohab. O engarrafamento nesse pedaço praticamente não existe mais. Essa obra aí deu resultado, sem dúvidas”, pontuou o taxista Nilton Ribeiro, 56 anos, sobre a intervenção que contemplou o principal corredor viário do bairro São Cristóvão. Na intervenção, houve retirada da rotatória e instalação de um conjunto semafórico de dois tempos.

Realizada pela Prefeitura de São Luís, a obra se soma a uma série de outras promovidas na gestão do prefeito Edivaldo, pela melhoria na mobilidade urbana da capital. Grandes e importantes complexos de transporte foram reordenados, garantindo mais fluidez ao trânsito e maior segurança a condutores e pedestres.

A Prefeitura vem promovendo uma verdadeira mudança no trânsito da capital, uma vez que tem feito um trabalho de reorganização do fluxo em corredores de transporte de grande movimentação e que precisavam de mais fluidez, pontuou o secretário municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros. Ele citou as mudanças na Jerônimo de Albuquerque, corredor específico da cidade que necessitava de várias intervenções; e o trabalho promovido na entrada da cidade, entre outros. Algumas das intervenções tiveram a parceria da Secretaria de Estado da Infraestrutura.

“São trechos e corredores que precisavam de maior agilidade e ganharam com estas intervenções da gestão municipal. Todas estas obras foram pensadas para criar fluidez nos pontos mais congestionados e com isso, ganhamos também mais agilidade no transporte coletivo que soma às ações pelos 406 anos da nossa cidade”, reforçou Canindé Barros.

SÃO CRISTÓVÃO

A modificação no São Cristóvão está entre as intervenções mais significativas. A fluidez no tráfego se percebe com a mudança que alterou o acesso de quem vai para a Cidade Operária, a partir da Avenida Guajajaras. A via agora é de mão única do terminal de integração do São Cristóvão à Guajajaras, o que confere mais agilidade ao trânsito. A alteração inclui ainda um retorno de quadra com acesso à Avenida 2, no sentido Cidade Operária, significando mais agilidade no trajeto. “Trabalho há oito anos passando por este trecho e percebi que com essa mudança o trânsito andou. Está fluindo melhor e tem muito menos engarrafamentos”, destacou o taxista Nilton Ribeiro.

Mais fluidez também com as modificações promovidas no cruzamento entre as avenidas Guajajaras e Santos Dumont, ainda no bairro São Cristóvão. A melhoria reduziu o congestionamento e agilizou o fluxo naquele corredor de transporte. Foram eliminadas rotatórias da rua em frente à Paróquia de São Cristóvão e no fechamento do retorno no sentido Aeroporto/Avenida Santos Dumont; e instalados dois semáforos de três tempos de abertura e implantado retorno de quadra que dá acesso a Santos Dumont.

As mudanças garantiram mais satisfação para o trabalho do estivador Luís Henrique Mendes da Cruz, 56 anos, que há mais de duas décadas trabalha nas proximidades do Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, no Tirirical – outro trecho reorganizado. “Antes dessa intervenção, os engarrafamentos aqui eram toda hora. Qualquer coisa, o trânsito parava. Com essa obra ficou muito mais rápido, de verdade, mesmo nos horários de maior pico”, afirma. No local foi retirada a rotatória, criadas duas faixas de rolamento sentido bairro e saída da cidade e implantados semáforos de acesso à Avenida dos Franceses. “O trânsito está mais tranquilo”, reitera.

As mudanças promovidas pela Prefeitura tornou mais ágil o tráfego no Aririzal. Foi criado um retorno que dá acesso à Avenida Daniel de La Touche. No local, a Prefeitura construiu um prolongamento da pista de retorno da Cohama. O comerciante José Nilton Nogueira, 44 anos, que tem um pequeno negócio próximo ao cruzamento da via, elogiou a alteração, “essa modificação melhorou para quem anda de carro. Agora, o trânsito flui e melhorou consideravelmente”, enfatiza.

BEQUIMÃO

Na Avenida Jerônimo de Albuquerque, próximo ao Hospital São Domingos, bairro Bequimão, um dos corredores de transporte mais críticos da capital, recebe intervenção da Prefeitura que trará significativas melhorias para condutores e pedestres. A obra está em andamento e será feito o alargamento da rotatória da Cohab até a subida do Bequimão e a iluminação pública que é aérea, será toda substituída por fiação subterrânea.

O mototaxista Edvan dos Santos, 46 anos, aprovou as melhorias, que, para ele, melhoraram o fluxo dos veículos e o trabalho que ele desenvolve. “A nova sinalização com essas faixas bem visíveis e o semáforo bem localizado trouxe mais organização para o trânsito e mais segurança para os pedestres, além de diminuir o engarrafamento. Para mim, ficou mais fácil a clientela se aproximar”, disse o mototaxista.

As melhorias impactaram ainda na Avenida Lourenço Vieira da Silva, altura da Forquilha, em cuja extensão as obras tiveram parceria com a Secretaria de Estado da Infraestrutura. No local, foi eliminada a rotatória, criadas duas alças de retorno para o Anil e Cohab e implantado grupo semafórico de dois tempos nos sentidos Maiobão-Anil/Anil-Maiobão. O trecho recebeu também drenagem profunda, novos retornos, divisão do fluxo de veículos, novo asfalto, além da construção de calçadas, meios-fios e sarjetas.

“É mais segurança para quem anda por aqui a pé ou de carro. Porque antes o trânsito era muito confuso e arriscado. Agora, com essa sinalização, tanto o condutor, quanto o pedestre estão bem orientados nesse local”, pontuou o motorista de ônibus Joel de Jesus Bogea, 56 anos, há 28 anos na profissão e percorrendo este trecho.

o motorista de ônibus Joel Bogea dirige há 28 anos no trecho do Bequimão que recebe intervenção da Prefeitura

MAIS INTERVENÇÕES

A Prefeitura promoveu, ao longo da gestão do prefeito Edivaldo, intervenções na Avenida São Luís Rei de França (Turu), Avenida Africanos com Franceses/Avenida Africanos com Parque Timbiras, Curva do 90 (Vinhais), entrada do Cohatrac, Avenida Carlos Cunha (Jaracaty), Anel Viário e Bacanga, entre outros.

Veja as alterações no trânsito em função do desfile de 7 de setembro e aniversário de São Luís

Em virtude das comemorações pelo Dia da Independência, sexta-feira (07) e aniversário de 406 anos de São Luís, sábado (08), a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), fará a interdição de algumas ruas e avenidas da capital nos entornos do Anel Viário e Praça Maria Aragão. O itinerário das linhas de ônibus que circulam nestas vias também será modificado.

Na sexta-feira (07), no horário das 6h às 14h fica estabelecido que o Anel Viário, trecho compreendido entre a Fonte do Bispo (concentração) até o cruzamento da Avenida Senador Vitorino Freire com Avenida Kennedy (área de dispersão) será interditado para a realização dos desfiles. Por conta disso, fica proibido o tráfego de veículos naquela área, bem como o acesso de veículos nas transversais nos horários de 6h às 14h, de sexta-feira.

As alterações dos itinerários das linhas de ônibus ocorrerão da seguinte forma:

Sentido 1 – Origem: Fonte do bispo/Área Itaqui Bacanga.

Desvio: Fonte do Bispo, Passarela do samba, desvio pela rua auxiliar do Marujo, Barragem do Bacanga, Avenida dos Portugueses, seguindo itinerário normal.

Sentido 2 – Origem: Área Itaqui-Bacanga/Avenida Africanos/Fonte do Bispo

Desvio: Barragem do Bacanga, Av. Senador Vitorino Freire (pista em mão dupla dividida por cones), segue pela Avenida dos Africanos. Os veículos que vão sentido Fonte do Bispo/Anel Viário devem fazer o retorno fundo da Rádio São Luís, trafegando em mão dupla (dividida por cones) na Avenida Vitorino Freire, passando pela entrada da Barragem do Bacanga seguindo até a Rotatória da Fonte do Bispo.

Sentido 3 – Origem: Avenida dos Africanos/Avenida Vitorino Freire/Fonte do Bispo.

Desvio: Avenida dos Africanos, desvio no retorno fundo da Rádio São Luís, trafegando em mão dupla (dividida por cones) na Avenida Vitorino Freire, passando pela entrada da Barragem do Bacanga seguindo até a Rotatória da Fonte do Bispo.

Sentido 4 – Origem: Avenida dos Africanos/Avenida Vitorino Freire/Avenida Kennedy

Desvio: Avenida dos Africanos, Avenida Vitorino Freire, devia pela Rua Trinta e segue pela Avenida Jaime Tavares na Areinha até a Avenida Kennedy.

A Prefeitura destaca que o ingresso de veículos na área interditada se restringirá aos carros de serviços do evento, devidamente credenciados, veículos da SMTT, da limpeza urbana, além de viaturas da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Ambulâncias.

A Prefeitura destaca que o ingresso de veículos na área interditada se restringirá aos carros de serviços do evento, devidamente credenciados, veículos da SMTT, da limpeza urbana, além de viaturas da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Ambulâncias.

TRÂNSITO NA PRAÇA MARIA ARAGÃO

Em função dos eventos que ocorrerão na Praça Maria Aragão, por conta das comemorações do aniversário de 406 anos de fundação da cidade, todo o trânsito da Rua Rio Branco e Rua Barão de Itapary (em frente ao Hospital Dutra) que descem em frente à praça, será desviado e descerá pela Rua Coelho Neto, das 15h de sexta-feira (07) até 1h da manhã do sábado (08); e das 15h do sábado (08) até 1h da manhã de domingo (09).

A SMTT disponibilizará para cada dia de evento 40 agentes de trânsito, em viaturas e motocicletas durante todo o período de interdição para orientar os motoristas. Vale ressaltar que de acordo com a demanda do público no evento, os agentes de trânsito posicionados no cruzamento semafórico da Rua Coelho Neto com a Avenida Beira-Mar, poderão interditar, caso necessário, a Avenida Beira-Mar sentido Camboa. Há ainda a possibilidade de interdição nos dois sentidos da Avenida Beira-Mar para garantir a segurança do público no evento.

Trânsito no Centro terá mudanças a partir de segunda-feira (13); veja

Para que as obras de requalificação do Centro de São Luís, realizadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em parceria com a Prefeitura de São Luís, sigam o cronograma planejado, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), fará algumas modificações no trânsito, com alteração de sentido de fluxo e nas paradas de ônibus instaladas na Rua do Passeio, a partir desta segunda-feira (13). As obras no Centro compreendem o Complexo Deodoro (formado pelas praças Deodoro e Pantheon e as alamedas Silva Maia e Gomes de Castro) e ainda Rua Grande, Praça Pedro II e Praça da Mãe d’Água.

A alteração se dá pela necessidade de continuidade dos serviços executados nas primeiras quadras da Rua Grande e entrono. Assim, a Rua do Passeio, no que compreende às duas primeiras quadras e a Rua de Santana, no trecho entre a Rua do Passeio até Rua do Outeiro, serão interditadas para o desenvolvimento das obras de revitalização.

Com a interdição parcial da Rua do Passeio, fez-se necessário a inversão do sentido de fluxo da Rua do Outeiro, que funciona sentido Rua das Cajazeiras/Deodoro, para atender a demanda dos veículos que seguem sentido Praça Deodoro/Rua Cajazeiras. A Rua Grande, no trecho que compreende entre a Rua Urbano Santos até a Rua do Outeiro (em frente ao Iema), também terá o sentido de fluxo do trânsito invertido, para dar acesso à Rua do Outeiro.

Os ônibus do sistema de transporte coletivo de São Luís que trafegam pela Rua do Passeio, irão circular pela Rua do Outeiro até a Rua das Cajazeiras, e de lá seguindo itinerário normal. As paradas de ônibus também situadas nesta região sofrerão alterações. As paradas de ônibus também situadas nesta região sofrerão alterações.

As paradas da Alameda Gomes de Castro (enfrente ao Banco do Brasil) serão remanejadas para a Rua Grande e as localizadas na Rua do Passeio serão distribuídas ao longo da Rua do Outeiro.

Vale ressaltar que a Avenida Gomes de Castro, na Praça Deodoro, e a Rua da Paz, não estão interditadas e seguem sentido normal. Os veículos que transitam na Rua de Santana sentido Rua do Passeio irão trafegar normalmente, Já os veículos que seguem da Deodoro com sentido Rua do Passeio, podem transitar pela Rua Grande e Rua do Outeiro (já com novo sentido de fluxo) e desviar pela Rua da Inveja até a Rua do Passeio.

Prefeitura disciplina e interdita trânsito nas imediações das festas de São Pedro e São Marçal

Com o intuito de orientar e disciplinar o trânsito durante as festividades de São Pedro (29) e São Marçal (30), a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), intensificará as fiscalizações e fará disciplinamento e intervenções nas imediações dos locais onde ocorrem os festejos. Na Madre Deus, onde se localiza a Capela de São Pedro será feito disciplinamento e no João Paulo, palco da festa de São Marçal, serão feitas interdições que visam garantir maior fluidez ao trânsito e segurança ao público.

Na noite de quinta-feira (28), na Avenida Senador Vitorino Freire, Areinha, em frente à Capela de São Pedro, a SMTT fará o disciplinamento do trânsito com agentes de trânsito, em função das festividades em louvor do santo. Não haverá interdição de vias no local, serão designados agentes de trânsito em viaturas que atuarão de acordo com a necessidade e demanda do trânsito local.

Na noite de sexta-feira (29) devido às festividades de São Marçal, no bairro João Paulo, além do disciplinamento do trânsito feito pelas equipes de fiscalização da SMTT, haverá três pontos de interdição: Avenida São Marçal, próximo à Feira do João Paulo; Avenida Getúlio Vargas, próximo ao Curso Wellington; e Avenida Kennedy, próximo ao Colégio Gonçalves Dias. As interdições ocorrerão às 22h de sexta-feira (29) e segue no sábado (30) até terminar as festividades.

No sentido bairro-centro, pela Avenida São Marçal, o trânsito será desviado na Jordoa, pela Rua 5 de Janeiro, seguindo até o Elevado Alcione Nazaré. No trecho centro-bairro, serão feitas duas interdições: a primeira na Avenida Kennedy, onde o trânsito será desviado para a Rua Armando Vieira da Silva (em frente ao Colégio Gonçalves Dias), seguindo em direção à Avenida Getúlio Vargas; e a outra, na Avenida Getúlio Vargas, sentido centro-bairro, próximo ao Curso Wellington, com desvio em direção à Avenida dos Franceses. Também serão interditadas as ruas transversais que dão acesso à Avenida São Marçal, no trecho compreendido entre a feira do João Paulo e a Rotatória São Marçal.

Os ônibus do Sistema de Transporte Coletivo de São Luis que trafegam pelo João Paulo terão seus itinerários modificados conforme desvios programados pela SMTT, até o fim das festividades na Avenida São Marçal. A SMTT pede a compreensão dos condutores para que evitem transitar nas respectivas avenidas a fim de diminuir transtornos e, consequentemente, maiores complicações ao trânsito no local.

Prefeitura altera trânsito em trecho da Rua Rio Branco para avanço das obras do Complexo Deodoro

A Prefeitura de São Luís vai realizar nova alteração de trânsito na área do Centro da cidade, para garantir o avanço das obras de reforma do Complexo Deodoro, que abrange as praças do Pantheon e Deodoro e as Alamedas Silva Maia e Gomes de Castro e estão sendo executadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parceria com a Prefeitura de São Luís. A partir das 17h deste sábado, será interditado o trecho da Rua Rio Branco, que fica entre as praças do Pantheon e Deodoro. Com a modificação, 26 linhas de ônibus passarão a fazer novo trajeto.

Com a interdição desse trecho, as linhas de ônibus que circulam na Avenida Gomes de Castro, seguindo para a Rua Rio Branco, terão que desviar o trajeto passando agora por trás do Ginásio Costa Rodrigues, seguindo pela Silva Maia, para depois descer a Rua Rio Branco. A modificação será coordenada pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT).

Segundo o titular da SMTT, Canindé Barros, não haverá alterações para as linhas que trafegam pela Gomes de Castro, para depois descer a Rua do Passeio. Estas continuam realizando o mesmo trajeto, pois o trecho interditado não atinge a Rua do Passeio. O secretário explica ainda que com a mudança do trajeto para os veículos que seguem para a Rua Rio Branco, as paradas de ônibus dessas linhas, que antes ficavam na Alameda Gomes de Castro, serão agora redistribuídas ao longo da Avenida Silva Maia.

“As alterações no trânsito na área também estão valendo para a circulação de carros de passeio. Para orientar os motoristas sobre as mudanças do trânsito na área e facilitar o acesso correto às vias que eles precisam seguir, estaremos atuando com agentes de trânsito nas imediações do Ginásio Costa Rodrigues, para melhor indicar os acessos liberados”, observou Canindé Barros.

Com a modificação, 26 linhas de ônibus passarão a fazer este novo trajeto. Entre elas estão Sá Viana, Campus, Gapara, Vila Embratel, São Mateus/Ariri, Vila Nova/Sol Nascente, Ilha da Paz, Vila Nova/ Mauro Fecury, São Francisco, Ponta d’Areia, Calhau Litorânea, Circular Anel Viário, Calhau/Bandeira Tribuzzi, Terminal Praia Grande/ Terminal Cohama, Calhau Litorânea, Altos do Calhau, Parque Timbira/Bom Jesus, Parque Timbira/Coroadinho, Alemanha, Bom Milagre, Bairro de Fátima/Parque Amazonas, Parque Dos Nobres, Cidade Operária/São Francisco, Cidade Olímpica/Ipase, Socorrão 2 e Ipem Turu.

OBRAS

As alterações nesse trecho da Rua Rio Branco estão sendo executadas para permitir a continuidade das obras de reforma do Complexo Deodoro. Nessa área da via, a intervenção compreende a retirada da camada asfáltica para colocação de novo revestimento em bloco de concreto intertravado, com resistência para a circulação de veículos pesados. O espaço entre as praças do Pantheon e Deodoro será nivelado, para unificar os dois logradouros, priorizando os espaços destinados à circulação de pedestres.

Na manhã desta sexta-feira (15), o superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), no Maranhão, Maurício Itapary, realizou nova vistoria às obras no local. Segundo o gestor o Iphan no estado, a intervenção faz-se necessária, pois, de acordo com o projeto da obra, a configuração da Praça do Pantheon foi reformulada para unificar os dois logradouros a partir da escadaria da Biblioteca Pública Benedito Leite.

Na vistoria, Itapary destacou também a importância da obra para a cidade e ressaltou o avanço dos serviços na área. “Já estamos com mais de 75% dos serviços concluídos no Complexo Deodoro. Na área da Praça do Pantheon, por exemplo, falta praticamente apenas a parte de implantação de mobiliário urbano, como bancos, lixeiras e sinalização. É uma obra que vai contribuir significativamente com a revitalização desse setor da capital. A Prefeitura de São Luís tem contribuído com todo esse processo, que vai resultar em muitos benefícios para a população que ganhará uma área completamente reestruturada”, disse o superintendente do Iphan.

Com a obra, São Luís ganhará novas ambientações no Centro da cidade, adquirindo uma nova configuração urbanística com espaços de lazer para moradores, turistas, frequentadores do centro comercial da cidade e trabalhadores da região.

MPMA promove seminário sobre municipalização no trânsito

O Ministério Público do Maranhão promoveu, na manhã desta terça-feira, 29, no auditório do Fórum de Balsas, no Bairro Potosi, o Seminário Sobre Municipalização do Trânsito e o lançamento do projeto “Todos pela vida no trânsito – A preferência é pela cidadania”.

O evento faz parte da campanha de mesmo nome desenvolvida em parceria com o Poder Judiciário, Governo do Estado do Maranhão, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Assembleia Legislativa, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Conselho Estadual de Trânsito, Observatório do Trânsito e Campanha SOS Vida.

O seminário foi voltado para os prefeitos e outras autoridades dos municípios da região e buscou fomentar a adoção das medidas de municipalização do trânsito. Essa obrigação por parte dos municípios está prevista no Código de Trânsito Brasileiro de 1997, mas tem sido cumprida por poucas cidades.

O evento contou com representantes, entre prefeitos e secretários municipais, dos municípios de Alto Parnaíba, Balsas, Fortaleza dos Nogueiras, Nova Colinas, Loreto, São Félix de Balsas, Riachão, Feira Nova do Maranhão, São Raimundo das Mangabeiras, Sambaíba, São Domingos do Azeitão e Benedito Leite.

Na abertura do evento, o procurador-geral de justiça explicou o objetivo do evento, enfatizando a importância da parceria com as outras instituições e o retorno para os cidadãos e para as administrações municipais. “Estamos aqui para unir esforços e mudar a realidade do trânsito no nosso estado”, citou. Luiz Gonzaga também lembrou que dos 59 municípios com trânsito municipalizado, apenas 10 cumprem integralmente as determinações legais. “Nosso trabalho aqui hoje, com esta campanha, é em prol da vida e da cidadania”, afirmou.

O diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais do MPMA, Marco Antônio Santos Amorim, destacou as vantagens da municipalização e apresentou dados sobre mortes no trânsito no Maranhão. “Municipalizar o trânsito significa que o município será formalmente integrado ao Sistema Nacional de Trânsito, assumindo a gestão local do trânsito. Poderá firmar convênios com os governos federal e estadual, aumentar a receita municipal para executar obras de engenharia, fiscalização e educação para o trânsito”, afirmou. Ele também citou que “o número de mortes no trânsito ainda é altíssimo. Investir na municipalização do trânsito é garantir um trânsito seguro para o cidadão”, concluiu Marco Amorim.

Para o diretor das promotorias de Balsas, Antônio Lisboa de Castro Viana Júnior, “ a municipalização do trânsito é um tema atual, que precisa ser debatido e implementado, de fato, pelos municípios. Por isso este evento foi tão importante, um passo decisivo para a implementação de um projeto que vai fazer a diferença na vida das pessoas.” Ele também citou os dados apresentados. “Os dados estatísticos mostram que 60% dos leitos de UTI em todo o estado são utilizados por vítimas de trânsito. Isso também implica em gastos elevados para o tratamento e recuperação dessas pessoas. São números alarmantes e que precisam ser mudados”, pontuou Antônio Lisboa.

Em sua fala, o diretor administrativo do Detran/MA, José Rorício Aguiar de Vasconcelos Jr., destacou que o órgão está a disposição para auxiliar no processo de municipalização.

Participaram do evento o prefeito de Balsas, Erik Augusto Silva; o prefeito de São Raimundo das Mangabeiras representando a FAMEM, Rodrigo Coelho; o defensor público de Balsas, Germano Coelho; o superintendente de Articulação Política Regional de Balsas, Manoel Carvalho Martins, representando o governador Flávio Dino; o comandante do 4º Batalhão da PMMA, coronel Medeiros; o delegado regional de Balsas, Fagno Vieira; e o coordenador de educação da SOS Vida, Antônio Evaristo de Lima.

ASSINATURAS

Ao final do evento, o diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais do MPMA, Marco Antonio Santos Amorim apresentou o termo de adesão, explicando a responsabilidade dos gestores e o apoio das instituições presentes para colaborar com a municipalização do trânsito.

Representantes dos municípios de Alto Parnaíba, Balsas, Fortaleza dos Nogueiras, Nova Colinas, Loreto, São Félix de Balsas, Riachão, Feira Nova do Maranhão,

São Raimundo das Mangabeiras,Sambaíba, São Domingos do Azeitão e Benedito Leite assinaram o termo de adesão à campanha “Todos pela vida no trânsito – A preferência é da vida”.

Governo do Maranhão edita decreto e inova na educação do trânsito

O Maio Amarelo é um mês dedicado internacionalmente a campanhas educativas para o trânsito. No Maranhão, há diversas iniciativas nesse sentido e, neste ano, o Governo do Estado inovou e adotou uma medida inédita para reforçar o caráter educativo do Maio Amarelo: é o decreto que prevê um prazo para a regularização do veículo com licenciamento atrasado.

Isso significa que os veículos não serão apreendidos quando forem parados em uma blitz, por exemplo. Os motoristas vão receber um prazo para regularizar a situação, mediante recolhimento do último Certificado de Licenciamento Anual. Até que seja feita a regularização, o veículo não pode circular.

Essa regra não vale para carros ou motos que estejam em condições que ofereçam perigo ao trânsito. E nem se houver indícios de roubo ou furto dos veículos.

Além disso, em caso de infrações leves ou médias – e desde que o motorista não seja reincidente –, não serão aplicadas multas, e sim advertências por escrito. É outra medida para reforçar o caráter educativo.

Inovação

A iniciativa do Governo do Maranhão em relação à não-retenção dos veículos é inovadora. E se antecipa a uma medida que pode ser tomada em nível nacional.

A Câmara dos Deputados está analisando um projeto de lei que acaba com a apreensão de veículos em caso de atraso no licenciamento. A proposta é do deputado Heuler Cruvinel (PSD-GO) e, caso aprovada, valerá para todos os Estados e todas as autoridades de trânsito.

O deputado afirma que o procedimento mais adequado inclui “a notificação do contribuinte, instauração de procedimento administrativo fiscal, em que seria assegurado a ampla defesa e contraditório e, em seguida, se esgotada a fase administrativa com a constituição definitiva do crédito tributário, a inclusão do débito em dívida ativa”.

O Projeto de Lei 8494/17 precisa ser analisado pelas comissões de Viação e Transportes; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Caso aprovada, a proposta segue para o Senado. E depois, se não houver modificações, vai à sanção presidencial. Não há prazo para o projeto ser analisado.

Campanhas 

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) está fazendo diversas campanhas no Estado neste Maio Amarelo. Já houve, por exemplo, blitz educativa na Avenida Litorânea, em São Luís.

A equipe de educadores conversou com motoristas sobre medidas para aumentar a segurança no trânsito e distribuiu kits com lixocar, flanela, adesivos e banners educativos. O tema deste ano é “Nós Somos o Trânsito”.

O professor Silas Dias foi um dos abordados pela blitz educativa: “É importante lembrar que o trânsito é feito por seres humanos, e não números. Todo motorista, pedestre ou motociclista é uma pessoa com família, com pais, com filhos. Eu acho que, se a gente lembrar disso, vai passar a dirigir com mais calma e responsabilidade”.

“Todos nós estamos envolvidos nessa campanha de conscientização pela vida. É importante frisar que essas ações estão acontecendo em todos os cantos do Maranhão, com participação das Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans), Departamentos de Trânsito e demais colaboradores”, diz o diretor Operacional do Detran, David Ximenes.

Interior

Nas Regionais de Barra do Corda, Timon e Codó, já houve mobilizações e palestras. Foram feitas blitzen educativas e eventos para mobilizar servidores e moradores.

Segundo o chefe da 10ª Ciretran de Timon, Kennedy Robert Pedreira Gedeon, a programação do Maio Amarelo será intensa: “O objetivo da campanha é reduzir o índice de acidentes de trânsito. Nossa ideia é sensibilizar a população sobre os riscos de desobedecer a legislação viária e dirigir sem segurança”.

Maio Amarelo

O Movimento Maio Amarelo é uma campanha lançada pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o objetivo mobilizar órgãos públicos e a sociedade civil em prol da segurança no trânsito.

Acidente deixa uma pessoa morta e outras feridas no Olho D’Água

Uma pessoa morreu em um acidente envolvendo um carro de passeio e um ônibus na  na Avenida Conselheiro Hilton Rodrigues, próximo ao bairro do Olho D’Água, em São Luís., na noite desta quinta-feira (26).

A vítima, Viriato Ribeiro Silva, de 58 anos, teria perdido o controle do carro, um Honda Civic, capotando e atingindo um ônibus frontalmente, segundo a polícia.

A perda do controle do veículo pode ter sido provocada pela velocidade excessiva. Viriato Silva ficou preso às ferragens, que foram cortadas pelos Bombeiros para a retirada de seu corpo.

O coletivo da linha Vila Luizão atingiu então um muro, próximo à um ponto de combustíveis deixando algumas pessoas feridas.

Governo leva atividades do Projeto Direção Certa para a Feirinha São Luís

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), por meio da Coordenação de Educação para o Trânsito, realizou, neste domingo (15), na Feirinha São Luís, na Praça Benedito Leite, mais uma ação do Projeto ‘Direção Certa: mais que um papo de bar’, com o objetivo de conscientizar a população sobre suas responsabilidades no trânsito.

Segundo a coordenadora de Educação para o Trânsito do Detran-MA, Rositânia  de Farias, o local da atividade educativa proporciona o alcance a pessoas de diversas  faixas etárias.

“A Equipe do Detran-MA escolheu a Feirinha São Luís para o trabalho de conscientização dos perigos da mistura  entre bebida alcoólica e direção, por reunir semanalmente centenas de pessoas  em busca de alimentos, artesanatos regionais e atividades culturais. Encontramos desde familiares até amigos reunidos para um momento de lazer”, afirmou ela.

A equipe de educadores do Detran-MA distribuiu material  informativo sobre a Lei Seca e realizou o teste educativo do etilômetro em dezenas de pessoas que procuraram a tenda do órgão curiosos  sobre o uso do aparelho e em busca de informações.

Para o farmacêutico Fabrício Azevedo Leite, a ação de demostrar como funciona o teste do etilômetro é muito importante.

“O diferencial dessa ação é que, além de fazer o teste, o pessoal do Detran-Ma também  explica  o que pode acontecer se formos pegos em uma blitz e como  estamos  arriscando a nossa vida e a do próximo”, disse ele.

O autônomo Ricardo José Silva Santos, parabenizou o Detran-MA pela participação de membros do Projeto Humanizar, que reúne vítimas de acidentes de trânsito, na ação educativa.

“Colocar vítimas de acidentes de trânsito para compartilhar as suas experiências com outras pessoas é sensacional. É um alerta de que a vida não tem preço e que devemos respeitar a legislação”, declarou Ricardo.