UFMA discute ampliação de cota para indígenas

Debate sobre o ingresso de indígenas na universidade foi promovido, nesta semana, pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Com informações da EBC e Ascom UFMA

Debate sobre o ingresso de indígenas na universidade foi promovido, nesta semana, pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), por meio da Pró-Reitoria de Ensino (PROEN). O evento reuniu representantes da Fundação Nacional do Índio (Funai), da Defensoria Pública, da Procuradoria da República, antropólogos, professores, alunos e servidores. A Audiência Pública compõe o projeto “Debates e seminários sobre ações afirmativas na pós-graduação da UFMA”.

A Pró-Reitora de ensino da UFMA, Dorivan Câmara, explica que a audiência discute novos critérios para o ingresso de indígenas através das cotas. “O Ministério Público tem demandado da universidade uma reflexão maior e uma definição melhor de critérios que possam minimizar possíveis fraudes.”  A coordenadora regional da Fundação Nacional do Índio, Eliane de Jesus, por sua vez, defende que “para que o índio seja reconhecido como índio ele tem que se auto-identificar e também ser reconhecido pela comunidade”.

Deixe uma resposta