URGENTE: tarifa de ônibus em São Luís poderá custar até R$ 4,00

A passagem passará de R$ 3,10 para R$ 4,03.

Acontecerá na tarde desta quarta-feira, 31, uma reunião entre Rodoviários, Sindicato das Empresas de Transportes e Ministério Público do Trabalho (MPT). A intenção do órgão, é mediar as discussões, em torno das negociações da nova Convenção Coletiva de Trabalho, que estabelece todos os direitos dos Rodoviários que atuam no transporte urbano de São Luís. Além das duas partes, foi convocado também, o Município de São Luís.

O impasse resultou na última sexta-feira (26), em paralisação dos ônibus na capital, nas primeiras horas da manhã. Além de não garantir reajuste salarial e nem no valor do ticket alimentação, os patrões querem ainda suspender o plano odontológico, que é um direito assegurado aos Rodoviários e o que é pior, acabar com a função de cobrador, o que deverá resultar em demissões em massa, propostas consideradas pelos Rodoviários, um insulto.

O Sindicato que defende os interesses dos trabalhadores ressalta ainda, que não descarta a paralisação por tempo indeterminado, se durante o encontro, não ocorrerem avanços, no que se referem as discussões em torno da Convenção Coletiva de Trabalho.

Luís Cláudio Siqueira, superintendente do SET afirma que caso isso aconteça  esse repasse aos Rodoviários só poderá ser feito com um aumento de cerca de 30% no valor das tarifas cobradas atualmente. Ou seja, a passagem passará de R$ 3,10 para R$ 4,03. “Isso tudo será definido nesta reunião entre nós, os Rodoviários e a Justiça. Agora cabe a Justiça definir o que será feito e qual será o reajuste que deveremos repassar aos Rodoviários”, revelou Luís Cláudio Siqueira, superintendente do SET.

Deixe uma resposta