Via Sacra na São Pantaleão começa hoje

A produção conta com a participação de integrantes dos grupos Foliões e Raízes de Portugal. Como novidade e atração especial, a presença de artistas do elenco do filme Muleque Té Doido. A entrada é franca

A Companhia Getsemani apresenta o espetáculo Via Sacra 2017 nessa Sexta-feira Santa, dia 14, a partir as 16h, no teatro da igreja de São Pantaleão, no Centro de São Luís. A produção conta com a participação de integrantes dos grupos Foliões e Raízes de Portugal. Como novidade e atração especial, a presença de artistas do elenco do filme Muleque Té Doido. A entrada é franca.

Segundo o diretor-geral do projeto, Paulo Victor, o objetivo fundamental da montagem é evangelizar através da arte. Mas, se trata de um espetáculo artístico, e quanto melhor for a sua realização, maior alcance e repercussão junto à comunidade.

Os trabalhos iniciaram em outubro do ano passado. Em março desse ano, foi realizada a pré-via sacra, quando foram  apresentados os novos figurinos e cenários que constituirão o espetáculo principal. Os quadros que foram mostrados foram   “A Sogra de Pedro”, “Sermão da Montanha”, “As Bem-aventuranças”, “A Escolha dos 12 Apóstolos”, “A Multiplicação dos Pães e Peixes” e “o Encontro de Madalena com Jesus”. Nenhum desses será reapresentado na sexta-feira. No Domingo de Ramos, foi encenada pelas ruas do Centro a entrada de Jesus em Jerusalém.

O roteiro da Via Sacra conta com a Santa Ceia, Getsemani, Tentação e Cristo, Prisão de Jesus, Sinédrio, Corte de Herodes, Pilatos, Via Crucis e Crucificação, com uma surpresa no final. No intervalo de cada quadro, são feitos monólogos dos principais personagens da trama.

O elenco é composto por um núcleo de 20 atores fixos, todos da comunidade da paróquia de São José-São Pantaleão. Como núcleos de apoio, mais 60 figurantes. A direção de palco de Silvana, com apoio de Felipe Borges e William Moraes Corrêa. A direção geral é de Paulo Victor e Rodrigo Duarte. Os textos e trilha sonora são de Ítalo Henrique e William.

Histórico

A encenação da Via Sacra na comunidade de São Pantaleão vem dede os anos 80, quando a então JUSP (Juventude União de São Pantaleão) encenava os quadros da Via Crucis pelas ruas do Centro. Merece destaque a interpretação de Jesus pelo então jovem ator Sérgio Smith.

Nos anos 2000, a Via Sacra foi revitalizada pelo núcleo de jovens da igreja de São Pantaleão, que criara a Companhia Getsemani.  O espetáculo continuou sendo encenado pelas ruas até que, em 2006, foi montado um trabalho para palco, cujo resultado agradou em cheio ao elenco e à comunidade, passando-se a investir mais no espetáculo dentro do teatro, que foi redimensionado e reaparelhado para receber as novas produções que seriam encenadas ao longo do ano.

Ainda em 2006, o trabalho ganhou mais força com a entrada dos grupos Foliões e Raízes de Portugal, que passaram a dar suporte ao projeto através do ponto de cultura Bordados e Encantarias, Força e Tradição do Maranhão.
Vale destacar que a Via Sacra alterna quadros ao vivo e cenas gravadas. Outra surpresa é que, integrando o núcleo dos Foliões, encontram-se integrantes do filme Muleque Té Doido, a exemplo de Ricardo Santos “Zé Mucura”, Marcos Santo Sorriso e Will Tin Rex.

Os trabalhos foram iniciados em outubro de 2016, com realização de oficinas, laboratórios e ensaios, elaboração de texto, pesquisas e avaliação de figurinos e cenários. Em dezembro, foi encenado o auto natalino em forma de musical, além de outras performances para a época.

Deixe uma resposta