6º Batalhão da PM, na Cidade Operária, será entregue até dezembro

“Essa reforma é uma grande luta nossa”, diz a feirante Maria José de Sousa Silva, 61 anos, sobre as obras… [ ]

19 de agosto de 2017

“Essa reforma é uma grande luta nossa”, diz a feirante Maria José de Sousa Silva, 61 anos, sobre as obras de reforma e ampliação do 6º Batalhão da Polícia Militar, na Cidade Operária. “Nossa satisfação é ainda maior porque a gente vê que o governo está fazendo uma obra à altura do nosso bairro”, acrescenta.

A retomada das obras do 6º BPM pelo Governo do Maranhão, por meio das secretarias de Segurança Pública (SSPMA) e Infraestrutura (Sinfra), vai permitir a inauguração da nova estrutura até dezembro deste ano. Foi investido R$ 1,2 milhão para conclusão das intervenções.

Para Maria José, a entrega da unidade de segurança totalmente revitalizada representa o fim de muitos problemas para a comunidade: “Quando o governo passado saiu, entregou uma reforma inacabada e cheia de lixo. A gente sofria demais”.

A inauguração do 6º BPM vai possibilitar o retorno dos policiais militares à unidade, localizada em frente à feira da Cidade Operária. Como presidente da comissão da feira, Maria José comemora a celeridade das obras: “Estamos acompanhando e a nossa ansiedade está grande”.

Atualmente, os policiais do 6º Batalhão estão acomodados na 3ª Companhia da Cidade Olímpica, inaugurada pela gestão Flávio Dino em dezembro de 2016. A sede provisória minimizou os problemas da tropa, sem unidade própria há dois anos.

Novo projeto

Novo prédio vai melhorar rendimento operacional da tropa, afirma coronel Aritanã Lisboa. (Foto: Handson Chagas)

Novo prédio vai melhorar rendimento operacional da tropa, afirma coronel Aritanã Lisboa. (Foto: Handson Chagas)

De acordo com o comandante de Policiamento Metropolitano de Área 2, coronel Aritanã Lisboa do Rosário, o reinício das obras pela atual gestão incluiu a revisão do antigo projeto de reforma, permitindo a ampliação das instalações.

Com o novo projeto, policiais militares e comunidade vão poder usufruir de uma unidade de segurança moderna e confortável, com alojamentos, auditório para reuniões e treinamentos, e duas quadras de esporte, sendo uma delas de futebol society e outra poliesportiva, coberta.

Melhorias também foram feitas no refeitório e na sala de reserva de armamentos do 6º BPM. Foram construídas, ainda, mais salas e o pátio foi ampliado para acomodar mais viaturas. “Essa intervenção vai trazer mais qualidade para o trabalho administrativo, influenciando, também, no desempenho operacional da tropa”, afirma coronel Aritanã. “Também permite o melhor atendimento da comunidade, com a promoção de ações sociais e maior proximidade com a polícia, em conformidade com o Pacto pela Paz”, conclui.

Pacto pela Paz

Instalações modernas aproximam a polícia da comunidade, declara major Marcelo Macedo. (Foto: Handson Chagas)

Instalações modernas aproximam a polícia da comunidade, declara major Marcelo Macedo. (Foto: Handson Chagas)

“Vamos trazer os jovens para perto, levar cidadania para eles por meio do esporte e da música”, diz o comandante do 6º BPM, major Marcelo José Macedo de Carvalho. A implantação de uma escola de música e realização de atividades esportivas e de lazer estão entre as ações planejadas.

O trabalho social será possível graças a nova estrutura do prédio, com quadras de esporte para os jovens e auditório, onde os próprios agentes da banda da Polícia Militar vão ensinar música para as crianças do bairro.

Segundo o major Marcelo, a tropa do 6º BPM está mais animada com a perspectiva do novo prédio: “Nós já temos uma boa unidade na Cidade Olímpica e, agora, com a entrega da unidade mãe na Cidade Operária, a expectativa é a melhor possível”.

A aproximação da polícia com a comunidade para fomento da cultura de paz é uma das metas do Pacto pela Paz, programa de reestruturação segurança pública instituído pela gestão Flávio Dino. Investimentos em cursos, tecnologia e infraestrutura para a polícia também fazem parte do programa.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!