CORONAVÍRUS

Ações de prevenção mantém controle da Covid-19 no Maranhão

O Governo do Maranhão segue investindo em ações para conter a transmissão da Covid-19 no estado e, ainda, garantir assistência… [ ]

8 de janeiro de 2021

O Governo do Maranhão segue investindo em ações para conter a transmissão da Covid-19 no estado e, ainda, garantir assistência adequada aos pacientes com a doença. Entre as estratégias adotadas pelo poder público estadual estão a realização de barreiras sanitárias, a continuidade das fiscalizações para garantir o cumprimento das medidas sanitárias, a testagem de casos suspeitos e a oferta de atendimento ambulatorial especializado para acompanhamento dos pacientes com a Covid-19.

Os investimentos contínuos têm gerado impactos positivos no estado como a estabilidade no número de mortos pela Covid-19 e o baixo ritmo de contágio da doença. O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, ressalta que apesar do momento ser de estabilidade, as ações de combate ao novo coronavírus continuam a ser prioridades do Governo para garantir o controle da pandemia no estado.

“Não podemos descansar, por isso estamos com obras em andamento para a abertura de novos leitos, tanto de enfermagem quanto de UTI. Além disso, nossas equipes da Vigilância Sanitária continuam nas ruas orientando estabelecimentos comerciais e a população e, em paralelo a isso, iremos manter ao longo deste mês as barreiras sanitárias, a fim de orientar e rastrear casos importados de outros estados na chegada ao nosso estado”, afirma o secretário Carlos Lula.

Ações

Desde a última semana, estão sendo realizadas barreiras sanitárias nas principais portas de entrada de São Luís e Imperatriz, para monitorar a chegada de pessoas com sintomas gripais. Mais de 41,5 mil abordagens já foram realizadas. As ações estão acontecendo no Aeroporto Marechal Cunha Machado, Terminal de Ferryboat, no Terminal Rodoviário de São Luís e no Aeroporto de Imperatriz.

Os casos considerados suspeitos realizam, na mesma hora, o teste rápido e em caso de resultado positivo, o paciente é regulado para uma unidade de referência, onde receberá a assistência médica adequada. Ainda na realização do rastreio e no tratamento da doença, o estado também conta com os Ambulatórios Covid-19 para acompanhamento de casos leves da Covid-19 e realização de testagem para diagnóstico do novo coronavírus. Os ambulatórios estão distribuídos no Hospital de Cuidados Intensivos (HCI), Hospital Dr. Genésio Rêgo, Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto (Imperatriz), Hospital Regional de Santa Luzia do Paruá e Hospital Regional de Lago da Pedra, cujas portas de entrada continuam sendo as Unidades de Pronto Atendimento (UPAS).

A Superintendência de Vigilância Sanitária do Estado (Suvisa), serviço ligado à Secretaria de Estado da Saúde (SES), também continua realizando ações com o objetivo de conter a transmissão do novo coronavírus. Desde o mês de março de 2020, mais de 4,5 mil ações de fiscalização, apuração de denúncias e blitzes para cumprimento de decretos estaduais foram realizadas. Além disso, o Governo segue realizando a testagem da população, especialmente de casos suspeitos da doença. Até esta quinta-feira (7), 483.830 testes já foram realizados no estado.

Rede de Assistência

Em paralelo às ações realizadas para manter o número de casos da Covid-19 sob controle, o governo continua trabalhando na expansão da rede de assistência para atendimento aos pacientes com a doença. Na última semana, foram entregues 12 novos leitos de UTI, sendo 2 de isolamento no Hospital Regional de Barreirinhas.

A rede estadual de Saúde conta atualmente com 269 leitos de UTI e 569 leitos clínicos exclusivos para assistência a casos da doença. Além destes, estão em fase de conclusão a expansão do Hospital Aquiles Lisboa, com 50 novos leitos, e a obra de instalação de 11 leitos de UTI no Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto, para fortalecer o combate da Covid-19 no Maranhão.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!