Adriano Sarney atribui fraco desempenho em pesquisa à indefinição de Roseana

Mesmo discordando do resultado, o deputado estadual Adriano Sarney (PV) responsabilizou a ex-governadora Roseana Sarney pelo fraco desempenho na pesquisa de intenções de votos divulgada pela TV Difusora, na última terça-feira, 15.

Mesmo discordando do resultado, o deputado estadual Adriano Sarney (PV) responsabilizou a ex-governadora Roseana Sarney pelo fraco desempenho na pesquisa de intenções de votos divulgada pela TV Difusora, na última terça-feira, 15.

“Claro que precisaria de uma definição maior de quais serão os candidatos para o governo do Estado do Maranhão”, criticou o herdeiro político do clã Sarney, numa referência velada à tia, durante entrevista ao repórter Noel Soares da Rádio Timbira AM.

A pesquisa Data Ilha/TV Difusora aponta que, se as eleições fossem hoje o governador Flávio Dino seria reeleito no primeiro turno, com 60,03% dos votos. A candidata do MDB aparece com apenas 27,68% das intenções de votos.

Esta não foi a primeira vez que o sobrinho de Roseana tornou públicas as divergências no grupo do ex-senador José Sarney. Em entrevista ao Jornal Folha de S. Paulo, no início do mês, ele disse ser incerta a candidatura da emedebista.

“Não sei dizer sinceramente [se ela vai até o fim], porque é uma decisão muito dela, não sei o que o seu coração está falando”, disse, horas depois de Roseana afirmar que seria candidata na rádio da família.

Na mesma reportagem, o pré-candidato ao Senado Sarney Filho (PV) disse que tiraram o pijama de Roseana, mas ela não está se lançando ao governo.

Adriano Sarney criticou a pesquisa afirmando que o instituto teria histórico de erros e elogiou pesquisa do Vox Populi, realizada no ano passado, cujo resultado apontaria para segundo turno entre Flávio Dino e Roseana Sarney.

O Instituto DataIlha acertou o resultado do segundo turno das eleições para prefeito de São Luís em 2016, quando cravou a vitória de Edivaldo Júnior (PDT) sobre Eduardo Braide (PMN).

À época pesquisa DataIlha contratada pela Rádio São Luís AM, apontava Edivaldo com 53,75%, contra 46,25% de Braide. O resultado final divulgado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) mostrou Edivaldo com 53,94% dos votos válidos, enquanto Braide teve 46,06%.

Deixe uma resposta