Carlos Brandão recebe medalha Gomes de Sousa de Mérito Universitário em solenidade alusiva aos 35 anos da UEMA

Na noite de quarta –feira (02) aconteceu na Fiema o Prêmio UEMA, evento em comemoração aos 35 anos da universidade…. [ ]

3 de agosto de 2017

Na noite de quarta –feira (02) aconteceu na Fiema o Prêmio UEMA, evento em comemoração aos 35 anos da universidade. Na solenidade foi entregue a medalha Gomes de Sousa ,que é uma homenagem a pessoas e instituições importantes por sua grande contribuição científica, política, cultural e social. O evento contou com a presença do vice-governador Carlos Brandão, do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão Humberto Coutinho, vice –prefeito Júnior Pinheiro e Cleones Carvalho, Presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA).

Carlos Brandão foi um dos homenageados da noite e recebeu a medalha Gomes de Sousa, como ex –aluno de medicina veterinária o vice – governador sempre fez um trabalho em prol da valorização da educação e da medicina veterinária. Ao longo da sua carreira política Brandão fez indicações importantes para a área. “Essa homenagem me deixa muito orgulhoso e feliz, é um reflexo de um trabalho realizado ao logo desses anos”, ressaltou Brandão.

O vice–governador além de ser um dos  homenageados estava, também, representando o governo do Estado. Nós últimos dez anos a Uema recebeu R$ 28 milhões em recursos, mas apenas na primeira audiência entre o reitor Gustavo Pereira e o governador Flávio Dino foi autorizada a liberação de R$ 40 milhões para investimentos na Universidade Estadual do Maranhão.  Segundo Brandão “não adianta priorizar as coisas e dizer que a universidade é importante se não tiver investimento. No nosso governo estamos mostrando que, de fato, a Universidade é fundamental como canal de desenvolvimento do estado”.

A Universidade Estadual do Maranhão começou suas atividades no ano de 1967 com a criação da Escola de Administração, já em 1972, a Uema passou a ser composta por quatro unidades de ensino superior, e daí em diante só cresceu. Hoje, a instituição oferece 106 cursos de graduação com aproximadamente 18 mil alunos.

No ano de 2017, foi lançado o maior programa de permanência estudantil da história, com auxílio creche, moradia e alimentação para estudantes. A Universidade hoje possui unidades no interior do estado, cursos pela internet. “Ao olharmos para sua trajetória institucional positiva e desbravadora de grandes avanços acadêmicos e de forte presença territorial torna-se fácil entender o orgulho que desperta nos maranhenses”, ressaltou o reitor da Uema, Gustavo Pereira.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!