CIDADE

Com intervenções estruturantes em bairros da área Itaqui-Bacanga Prefeitura de São Luís amplia ações e melhora infraestrutura da região

Com os serviços de drenagem profunda e superficial, pavimentação e construção de pontes de concreto, Prefeitura sanará problemas de alagamentos,… [ ]

29 de julho de 2020

Com os serviços de drenagem profunda e superficial, pavimentação e construção de pontes de concreto, Prefeitura sanará problemas de alagamentos, esgoto a céu aberto e falta de mobilidade urbana

O prefeito Edivaldo Holanda Junior, por meio do programa São Luís em Obras, está executando diversas frentes de trabalho na área Itaqui-Bacanga, com obras estruturais estratégicas como drenagem profunda e superficial, além de pavimentação e construção de pontes. Com estas obras, locais que sofrem todos os anos com problemas de alagamento nos períodos de chuva, como a falta de saneamento básico, terão seus problemas resolvidos com a conclusão das obras em execução. Bairros como Vila Embratel, Vila Nova, Sá Viana, Parque da Palmeiras, Jambeiro e Fumacê estão entre as localidades que recebem obras da Prefeitura por meio do programa.

“Este conjunto de serviços como a construção de galerias e a execução de obras de drenagem profunda e asfaltamento são essenciais, neste momento, para sanar deficiências estruturais em muitos pontos da cidade, em áreas onde são constantes os alagamentos e que são densamente povoados como é o caso da área Itaqui-Bacanga. É pensando no bem-estar destas comunidades que estamos intensificando os trabalhos de infraestrutura neste e em dezenas de bairros da capital”, ressaltou o prefeito Edivaldo.

No caso do bairro Jambeiro, localizado entre o Sá Viana e a Vila Embratel, o problema dos alagamentos é grave. A comunidade cresceu na faixa de transição entre o terreno firme e o manguezal, em uma área que, historicamente, servia de escoadouro do fluxo intenso da enxurrada da região para uma área de mangue e, depois, para o lago formado pelo Aterro do Bacanga.

“Estão trabalhando aqui todos os dias. A gente, que mora aqui, percebe que o serviço está andando. Estamos muito ansiosos com esta obra, pois é um serviço que a gente vem solicitando das autoridades faz muitos anos”, destacou Beatriz Borges, que mora no Jambeiro há 14 anos, mais precisamente na Rua da Alegria, com aproximadamente 200 metros de extensão, um dos pontos do bairro onde está sendo feita a obra de drenagem.

Nesta semana, as equipes da Prefeitura estão preparando o terreno, reforçando o leito com piçarra para a passagem da máquina retroescavadeira, na Rua São Benedito, uma via bastante estreita e enlameada, isto é, instável, suscetível a atolamentos de veículos pequenos e de grande porte também.

Em toda a extensão desta rua, com cerca de 70 metros de comprimento, será escavada uma vala para a instalação de tubulações de concreto armado, que vai se interligar a outra tubulação, na Rua da Alegria, formando um sistema interligado de drenagem profunda em direção ao mangue.

Os serviços estão concentrados inicialmente na limpeza e desobstrução (desassoreamento) de galerias na Rua São Benedito, Rua da Alegria e também na Rua Roberto Sales, entre outras que são os pontos atualmente em situação mais crítica quanto ao fluxo pluvial intenso.

PARQUE DAS PALMEIRAS

Também no polo Vila Embratel, a Prefeitura está implantando drenagem profunda na Avenida Principal do Parque das Palmeiras. O serviço está adiantado e os trabalhos nesta semana serão concentrados na cobertura das caixas de ligação dos tubos de concreto, sarjetas e bocas de lobo.

Já foram concluídos 160 metros de extensão de galerias, feitas de tubulação de concreto armado de 1 metro de diâmetro; segmentados por seis poços de visita, construídos de alvenaria de blocos de concreto. A Prefeitura, paralelamente, está realizando também a pavimentação da Avenida Principal do Parque das Palmeiras.

FUMACÊ

Na área Itaqui-Bacanga, além do bairro Jambeiro e o Parque das Palmeiras, a Prefeitura de São Luís está executando uma obra de drenagem profunda na área do Fumacê, com a construção de uma galeria dupla de alvenaria de concreto, com cerca de 100 metros de extensão, no trecho final da Avenida do Vaticano, onde o fluxo pluvial desemboca em uma área de mangue.

Esta obra integra um conjunto de ações naquela localidade, que interliga-se à ponte de concreto que está sendo construída a cerca de 100 metros do local. A ponte, com 10 metros de extensão, localizada nas proximidades da Rua Antilhas, travessa com a Rua Polinésia, está com os serviços estruturais avançados, tendo sido concluída a cravação das estacas e terraplanagem das cabeceiras. Nesta semana, as equipes da Prefeitura estão construindo os moldes e as armações de aço para posterior concretagem das vigas horizontais de sustentação sobre as estacas.

Em outro ponto do Fumacê, no limite com o bairro Anjo da Guarda, a Prefeitura está construindo uma galeria de blocos de concreto armado em um ponto localizado no final da Rua do Grêmio. Serão 150 metros de extensão de galeria de concreto, medindo 2 metros de altura por 1,5 metro de largura, isto é, 3 m² de área.

A obra está dividia em duas etapas, sendo a primeira uma galeria com 70 metros de extensão, feita de alvenaria de blocos de concreto, que vai se conectar a um poço de visita (espécie de caixa de blocos de alvenaria, coberta por concreto armado e boca de lobo). Esta estrutura vai ser interligada a uma tubulação dupla de concreto armado de 1 metro de diâmetro, que está sendo construída na Rua São Benedito, formando um sistema único de escoamento no local.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!