Condenação de Lula repercute na imprensa internacional

A recente condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no início da tarde desta quarta-feira (12), está repercutindo… [ ]

12 de julho de 2017

A recente condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no início da tarde desta quarta-feira (12), está repercutindo na imprensa internacional. O ex-presidente da República foi condenado a 9 anos e seis meses de prisão em um dos cinco processos a que responde na Justiça, relativo ao caso do triplex do Guarujá.

Responsável pela Operação Lava Jato, o juiz Sérgio Moro considerou que o petista cometeu os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro ao ser o beneficiário de 3,7 milhões de reais em propina da construtora OAS.

A rede britânica BBC também repercutiu a condenação de Lula e lembrou que o ex-presidente rejeita as acusações e diz que o julgamento tem motivação de cunho político. O francês “Le Figaro” também destacou a condenação e se refere ao ex-presidente como “um ícone da esquerda” no Brasil.

O periódico argentino “El Clarín” deu destaque à notícia na capa do seu site e citou o ineditismo da primeira condenação direcionada a um político do PT na Operação Lava-Jato. O jornal espanhol “El País” frisou que Lula é o político mais famoso e popular do país e relembrou o caso da Petrobras.

O Daily Mail também noticiou a condenação de Lula e relembrou o encontro do político com o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, quando na ocasião o democrata rotulou o petista como “político mais popular do mundo”.

A condenação faz parte do primeiro processo dos cinco a que Lula responde. Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, acatada pelo juiz, ele teria recebido propina por meio de pagamentos dissimulados na entrega de um apartamento tríplex no Guarujá.

Do JC

0 Comentários

Deixe o seu comentário!