EDUCAÇÃO

De olho no PAES – 2022: estudantes participam do simulado online

De olho em uma vaga na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA e UEMASUL) e em outras universidades, na tarde desse… [ ]

9 de maio de 2022

De olho em uma vaga na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA e UEMASUL) e em outras universidades, na tarde desse sábado (7), centenas de estudantes decidiram testar seus conhecimentos, participando do Simulado PAES – 2022, ofertado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio da Plataforma Gonçalves Dias.

O link para o simulado ficou disponível no período das 13h às 17h e possibilitou que qualquer estudante, tanto da rede pública quanto da privada pudessem acessar o simulado e responder as questões.

Os estudantes responderam 60 questões abrangendo os conteúdos exigidos no Programa de Acesso à Educação Superior (PAES), da UEMA, nas áreas de Linguagens: Língua Portuguesa, Literatura e Língua estrangeira (Espanhol ou Inglês); Humanas: Filosofia, Geografia, História e Sociologia; Matemática; e Ciências da Natureza: Biologia, Física, Matemática e Química, todos conteúdos programáticos relacionados ao Edital do PAES – 2022.

A estudante Larissa Ferreira, da 3ª série do Centro Educa Mais Almirante Tamandaré, que pela tarde participou do simulado online, e pela manhã, do Aulão presencial, destacou o apoio da Seduc aos estudantes.

“São duas ações muito importantes para nós que estamos nos preparando para o PAES\UEMA e futuramente para o ENEM. É muito bom saber que a Seduc sempre se preocupa com a gente, aumentando a nossa chance de sair do ensino médio direto para a universidade”, reconheceu Larissa.

Mais de 1000 estudantes da rede participaram de 2º Aulão Presencial

Pela manhã, antes do simulado, mais de mil estudantes lotaram salas de aula para o 2º Aulão Presencial nas escolas: C.E. Erasmo Dias (Paço do Lumiar), C.E. José França de Sousa (Raposa), Educa Mais Cidade de São José de Ribamar (São José de Ribamar) e C.E. Vicente Maia, Educa Mais Almirante Tamandaré, IEMA Centro e C.E. Cidade Operária I (São Luís). Além do Colégio Militar 02 de Julho XIII – Estado da Guanabara.

Para os estudantes que tiveram a oportunidade de revisar conteúdos e aprofundar conhecimentos foi uma manhã para agregar aprendizados. “Esses Aulões têm sido muito importantes, principalmente, para os estudantes que não têm internet em casa, que podem vir para a escola e ter acesso a esses conteúdos”, disse Davi, estudante da 3ª série do CEM Almirante Tamandaré.

“O fato de ser totalmente gratuito, para todos os alunos, é extremamente importante para ajudar nos nossos conhecimentos, no nosso aprendizado e alcançar o sucesso no vestibular”, pontuou a estudante Gabriela, estudante da 3ª série do CEM Almirante Tamandaré.

“Passamos a manhã com os nossos alunos do Terceirão que estão a todo vapor. E a gente convida a todos os alunos que perderam a revisão nesse sábado, que venham no próximo, porque está bom demais”, ressalta a professora Karine, gestora Pedagógica do CEM Almirante Tamandaré.

O professor de Arte, Marcos Dominici, que trabalhou com os alunos a análise das obras exigidas pela UEMA: A Escrava, de Maria Firmina dos Reis, e Canaã, de Graça Aranha, deu dicas importantes para os candidatos.

“O mais importante não é só você saber quem são os personagens ou saber do spoiler da história. Mas entender criticamente e se identificar para que você consiga ter prazer pela leitura, entender uma história nova, se ver na história ao identificar situações sociais. Essa é a importância do projeto da gente dando aula todos os sábados nas escolas”, pontuou Marcos Dominici.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!