Entidades de proteção ao idoso já estão à procura de agressor

A juíza titular da 8ª Vara Criminal da capital, Oriana Gomes, além do promotor de justiça, José Cutrim, Conselho Municipal… [ ]

26 de maio de 2017

A juíza Oriana Gomes também investiga a denúncia

A juíza titular da 8ª Vara Criminal da capital, Oriana Gomes, além do promotor de justiça, José Cutrim, Conselho Municipal do Idoso e a Secretaria Estadual de Direitos Humanos do Maranhão (Sedihpop) e demais entidades de defesa do idoso, estão acompanhando o caso da senhora agredida pelo filho Roberto Elisio Coutinho de Freitas.

[ATUALIZADO] A delegada do Idoso, Igliana Freitas já pediu medidas protetivas para a idosa e a prisão do agressor que devem ser expedidas pela juíza Oriana Gomes.

O vídeo divulgado amplamente nas redes sociais gerou grande revolta. Na gravação anônima, Roberto agride a mãe física e verbalmente, além de ameaçá-la de internação. Logo depois, em entrevista à rádio AM, o homem tentou se justificar, o que causou ainda mais indignação popular.

O agressor, segundo informações de vizinhos dele, já não se encontra mais no endereço que mora e está foragido. Aguarde mais informações.

 

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!