SAÚDE

Flávio Dino entrega primeira etapa do Hospital da Ilha em São Luís

O Governo do Estado inaugurou, na sexta-feira (1º), a primeira etapa da obra do Hospital da Ilha, no bairro do… [ ]

2 de abril de 2022

Hospital da IlhaO Governo do Estado inaugurou, na sexta-feira (1º), a primeira etapa da obra do Hospital da Ilha, no bairro do Turu, em São Luís. A primeira etapa da nova unidade conta com 59 leitos de enfermaria, 10 leitos de UTI adulto, 14 leitos de observação e 4 de estabilização, além de Centro Cirúrgico com 6 salas de cirurgia e 11 leitos de Recuperação Pós Anestésica (RPA).

Em seu discurso, o então governador Flávio Dino falou sobre a importância dessa obra para a saúde da população. “Esse hospital visa, sobretudo, superar as dificuldades históricas que se acumulam na Região Metropolitana de São Luís, uma vez que os hospitais municipais, notadamente os Socorrões, obviamente não dão conta da demanda existente na Ilha de São Luís e nos municípios vizinhos”, destacou.

O hospital vai ofertar também os serviços de Apoio Diagnóstico Terapêutico com Raio-X, ultrassom, ECG, endoscopia e tomografia. A unidade também vai contar com o serviço de hemodiálise para tratamento de pacientes internados. Inicialmente, a unidade vai receber pacientes transferidos de unidades públicas de saúde, por meio da Central Estadual de Regulação de Leitos.

O então secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, ressaltou os investimentos em saúde feitos pelo Governo do Estado nos últimos anos. “O Hospital da Ilha é o maior equipamento de urgência e emergência do estado do Maranhão, que foi sonhado e pedido durante anos por tantas pessoas. Quando esta unidade estiver entregue em todas as suas etapas ele terá quatro vezes o tamanho do Socorrão I, entregando dignidade e serviço público de qualidade para as pessoas”, afirmou.

Após a finalização de todas as etapas da obra executada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) e Secretaria de Governo (Segov), o Hospital da Ilha vai contar com 118 leitos de enfermaria e 66 de UTI, além da primeira ala exclusiva para tratamento de queimados do Maranhão, serviço de hemodinâmica e ressonância.

“O Hospital de Ilha foi uma das obras mais esperadas de toda a história do Maranhão e aguardado há décadas pela população. Agradeço a todos aqueles que contribuíram para que este momento fosse possível”, disse o então secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto.

Participaram ainda do evento, a secretária de Governo (Segov), Marcela Mendes; o chefe da Casa Civil e secretário de Estado do Meio Ambiente, Diego Galdino; o secretário de Estado Extraordinário da Região Tocantina (SEERT), Pastor Porto; a subsecretária da Saúde, Karla Trindade; o presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), Marcos Grande; o secretário de Estado de Articulação de Políticas Públicas (SEEP), Marcos Pacheco; o deputado federal Bira do Pindaré; os deputados estaduais Duarte Jr, Zé Inácio, Rafael e Antônio Pereira; além de diretores da unidade, o diretor clínico, Cláudio Revil, o diretor administrativo, Bruno Ricardo, e a diretora técnica, Tereza Nunes.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!