Frente parlamentar em defesa da candidatura de Lula recebe adesão de Othelino Neto

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB) assinou nesta manhã de sexta-feira (19) o ato de… [ ]

19 de janeiro de 2018

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB) assinou nesta manhã de sexta-feira (19) o ato de adesão à “Frente Parlamentar em Defesa da Democracia e do Direito de Lula Ser Candidato”, movimento que pretende denunciar ao país a complementação do golpe iniciado com a cassação da presidente Dilma e que a justiça pretende concluir condenando Lula por crime sem provas.

Para o deputado Zé Inácio, idealizador e autor do pedido de criação da Frente Parlamentar que vai promover eventos públicos em defesa da candidatura do ex-presidente, o simbolismo da adesão do presidente Othelino é de grande valia para o movimento. “O dia 24 de janeiro (dia do julgamento do recurso no TRF que pode tornar Lula inelegível) terá um significado muito maior que é garantir que Lula seja candidato a presidente”.

O presidente Othelino Neto, no ato de adesão e de oficialização da Frente, chamou atenção para a violência que foi a cassação de Dilma sem que ela tivesse cometido crime e pediu que fosse feito a seguinte reflexão. “Imagine que o Congresso que cassou Dilma é o mesmo que não permitiu que Aécio Neves, que cometeu crime, fosse processado. Quem não cometeu crime teve o mandato cassado, enquanto quem cometeu não sofreu qualquer penalidade”. E defendeu o direito da sociedade fazer sua livre escolha.

Para Othelino, é inadmissível que a Justiça impeça a candidatura de Lula e não permita que a sociedade se manifeste. O presidente da Assembleia alerta a decisão de condenar o ex-presidente sem provas do motivo da condenação está sendo considerado um absurdo por juristas. “O que aconteceu com Dilma agora se repete com o Lula, querem completar o serviço (golpe) impedindo que Lula seja candidato e nós precisamos denunciar”.

Participaram também do lançamento da Frente Parlamentar, representantes do PT, PCdoB, Centrais Sindicais, dirigentes de entidades, deputados e vereadores que apoiam a candidatura de Lula a presidente. Todos elogiaram a iniciativa e prometeram engajamento na luta para permitir que o ex-presidente seja candidato.

A Frente Parlamentar, de forma soberana, visa defender a Democracia no Brasil contra o uso abusivo de instrumentos jurídicos na perseguição política de Lula e no desmonte aos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras.

Blog do Jorge Vieira.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!