CENTRAL-BEQUIMÃO

Frentes de serviço intensificam ações na MA-211 com a construção da ponte sobre o Rio Pericumã

Uma das maiores obras para o Litoral Ocidental no Maranhão, a construção da ponte sobre o Rio Pericumã, entre os… [ ]

24 de março de 2021

Uma das maiores obras para o Litoral Ocidental no Maranhão, a construção da ponte sobre o Rio Pericumã, entre os municípios de Central e Bequimão, reforçam o compromisso da Gestão Estadual em gerar investimento e ampliar a perspectiva de desenvolvimento em ambos os municípios.

Sob a gestão da Secretaria de Estado das Infraestrutura (Sinfra), as equipes iniciaram as atividades na MA-211, mobilizando duas frentes de serviços, uma em cada município, para a execução dos trabalhos na rodovia que interliga as duas cidades, ao acesso à ponte.

O projeto de pavimentação e sinalização da rodovia também faz parte do conjunto da obra que beneficia toda a Região da Baixada Maranhense.

Para o secretário Clayton Noleto, a obra é uma das mais complexas para as equipes e também um marco histórico na realidade dos dois municípios. “Já estive pessoalmente na obra, acompanhei de perto desde as primeiras movimentações de estrutura, projeto, lançamento de vigas e também já pude ouvir da comunidade o quanto essa obra é um sonho de décadas que está sendo realizado através da gestão do governador Flávio Dino. Sinto-me honrado em ver a grandiosidade deste projeto que, em breve, será uma realidade para toda a população”, disse.

Já a estrutura da ponte, segue em bom ritmo, com mais de 80% de avanços na obra. Atualmente, as equipes iniciaram a montagem para solda das estrutura metálicas, que correspondem as vigas do dos blocos 13 e 14, em solo, do lado de Bequimão. Todo o trabalho tem cumprido um rigoroso planejamento de execução e também de segurança, devido ao coronavírus. Apenas nesta etapa, são mais de 1,600 toneladas de estruturas metálicas compondo 42m de comprimento.

A ponte tem extensão de 589 metros e vai interligar 13 municípios da Baixada Maranhense, diminuindo o percurso de deslocamento em mais de 125 quilômetros. Com a finalização da obra, prevista para o segundo semestre, a nova rota vai fomentar o escoamento de produtos e a ampliação da oferta de serviços integrando o Maranhão e o Pará.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!