SAÚDE

Gestão do prefeito Edivaldo inicia dia 10 de fevereiro campanha de vacinação contra o sarampo

A Prefeitura de São Luís dará início, a partir de segunda-feira, dia 10 de fevereiro, às ações da  campanha de… [ ]

7 de fevereiro de 2020

A Prefeitura de São Luís dará início, a partir de segunda-feira, dia 10 de fevereiro, às ações da  campanha de vacinação contra o sarampo 2020. A proposta é intensificar a mobilização e conscientização sobre os riscos da doença e a importância da imunização, que é oferecida constantemente pela rede municipal de saúde, de forma gratuita. A iniciativa faz parte do trabalho da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior para o fortalecimento da área da atenção básica, responsável por um conjunto de ações que abrange a promoção e a proteção da saúde, a prevenção de agravos, diagnóstico, tratamento, reabilitação, redução de danos e a manutenção da saúde.

A campanha, que segue orientações do Ministério da Saúde, acontecerá em duas etapas, sendo a primeira entre o período de 10 de fevereiro a 03 de março, com público-alvo de vacinação as pessoas na faixa etária de 5 a 19 anos de idade, com dia D de mobilização nacional em 15 de fevereiro. A  segunda etapa, de 3 a 31 de agosto, para o público de 30 a 59 anos de idade, com dia D de mobilização nacional em 22 de agosto.

“A nossa gestão tem tratado a saúde como uma das prioridades e tem investido para a melhoria da estrutura das unidades e para ampliar o alcance das ações executadas nesta área. A campanha é uma forma de intensificar nosso trabalho na área da atenção básica, protegendo a população contra doenças como o sarampo. Não vamos medir esforços para que em São Luís as ações alcancem todo o público-alvo”, ressalta o prefeito Edivaldo Holanda Junior.

O público-alvo deve comparecer às salas de vacina levando a caderneta de vacinação para que seja avaliada e o esquema vacinal atualizado. A primeira etapa tem o objetivo de resgatar pessoas de 5 a 19 anos de idade não vacinadas ou com esquema de vacinação incompleto para o sarampo e será realizada de forma seletiva, de acordo com as indicações do Calendário Nacional de Vacinação, a partir da avaliação do cartão ou caderneta de vacinação deste público.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, destaca a importância das campanhas para ampliar o alcance da vacina. “Com ações como essa, reforçamos o trabalho permanente que a gestão do prefeito Edivaldo realiza na área da imunização e mobilizamos o público-alvo a buscar os postos de saúde ou locais onde as equipes estejam vacinando. As estratégias visam informar a população sobre os riscos da doença e sobre a importância da vacina, única forma de evitar o sarampo”, destaca o secretário.

Todas as salas de vacinação e profissionais que atuam nessa área estarão voltados para atender à demanda da campanha. Além dos esforços municipais, o sucesso da ação depende do envolvimento e da participação de todos que integram a faixa etária da campanha.

A DOENÇA

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. A transmissão do vírus ocorre de pessoa a pessoa, por via aérea, ao tossir, espirrar, falar ou respirar. O sarampo é tão contagioso que uma pessoa infectada pode transmitir para 90% das pessoas próximas que não estejam imunes. A transmissão pode ocorrer entre quatro dias antes e quatro dias após o aparecimento das manchas vermelhas pelo corpo. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!