Gestão do prefeito Edivaldo promove ação de atenção à Saúde do Homem na região de Pedrinhas

No mês em que se comemora o Dia do Homem, a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior reforça as ações… [ ]

21 de julho de 2019

No mês em que se comemora o Dia do Homem, a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior reforça as ações voltadas para esse público com a oferta de serviços na área da Saúde. Organizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus), via coordenação de Saúde do Adulto e Idoso, a ação aconteceu na sexta-feira (19), em frente à Unidade Básica de Saúde de Pedrinhas II, no Distrito Industrial. Na ocasião, foram oferecidos atendimentos prioritariamente para o público masculino e voltados para o controle da pressão arterial e aferição das taxas de glicose no sangue.

Além de verificação da pressão e testes de glicemia, os pacientes também puderam – por opção – se submeter a testes rápidos de hepatites B e C e sífilis. Em alguns casos, homens foram diagnosticados com instabilidade no controle arterial ou variabilidade na concentração de glicose. Estes casos específicos serão acompanhados pela unidade de saúde em Pedrinhas.

Para o secretário de Saúde do Município, Lula Fylho, as atividades reforçam o objetivo da gestão do prefeito Edivaldo de ampliar a oferta de atendimentos e, ao mesmo tempo, especializar os serviços. “Nossa ação tratou prioritariamente da saúde do homem, diagnosticando casos comuns a eles, em especial após os 50 anos de idade. A ação, além dos mais velhos, também alcançou os mais jovens, que foram em busca dos serviços”, disse o titular da Semus.

Segundo o representante da coordenação de Saúde do Adulto e Idoso da Semus, Jadilson Neto, a qualidade de vida do homem é uma temática pouco abordada, principalmente porque os homens buscam menos os serviços de saúde. “É preciso mudar a percepção dos homens nos cuidados com a própria saúde, pois a maioria só procura os serviços de saúde quando já ocorreu agravo da morbidade pelo retardamento da atenção”, afirmou.

O aposentado João Nascimento, de 73 anos, teve a taxa glicêmica identificada como fora dos padrões. “Nunca havia percebido isso, e foi a partir desta ação que foi diagnosticado”, disse.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!