POLÍTICA

Governador Carlos Brandão reafirma compromisso da gestão estadual com a continuidade dos investimentos em saúde

Durante coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Leões, no sábado (2), o governador Carlos Brandão destacou os investimentos que… [ ]

4 de abril de 2022

Durante coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Leões, no sábado (2), o governador Carlos Brandão destacou os investimentos que já foram feitos na área da saúde e reafirmou o seu compromisso com a saúde dos maranhenses. Durante a gestão Dino-Brandão foram abertos 22 novos hospitais e há obras em andamento para implantação de novos serviços ainda em 2022.

“Nos últimos anos realizamos grandes investimentos que resultaram na ampliação da rede hospitalar do nosso estado, criamos as policlínicas, hospitais macrorregionais, expandimos os serviços de hemodiálise, ampliamos a oferta de leitos de UTI, avançamos muito com os serviços de oncologia e isso tudo tem um custo. Inicialmente, nosso desafio é manter essas unidades e serviços de saúde funcionando com qualidade e excelência”, destacou Brandão.

O governador também destacou o empenho para obter ainda mais avanços na saúde. “Eu conheço profundamente a máquina, ajudei a construir e não tenho dificuldade em dar continuidade. Com certeza vamos avançar, precisamos de mais policlínicas e hospitais. Vamos manter esses serviços e continuaremos ampliando”.

Presente na solenidade de posse, o ex-secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, parabenizou o novo governador e destacou os desafios da gestão no âmbito da saúde. “Ao todo, 101 inaugurações de serviços públicos de saúde por todo o Maranhão. O Estado praticamente não tinha hemodiálise e leitos de UTI e todos esses pontos foram ressaltados pelo governador Carlos Brandão em seu discurso de posse. Eu acredito que o caminho é continuar, manter essa grande rede que foi montada, continuar a expansão da hemodiálise e zerar a fila das cirurgias eletivas, legado deixado pela pandemia. Parabenizo o novo governador e estimo que ele faça um excelente governo”, disse.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!