CORONAVÍRUS

Governo apresenta políticas de enfrentamento à Covid-19 durante encontro com a OPAS

Durante os dias 24 e 28 de agosto, membros do Gabinete de Crise da Secretaria de Estado da Saúde (SES)… [ ]

25 de agosto de 2020

Durante os dias 24 e 28 de agosto, membros do Gabinete de Crise da Secretaria de Estado da Saúde (SES) estarão reunidos com profissionais da área de vigilância, assistência e comunicação que atuam em outros estados do país. A iniciativa, realizada em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), e com o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), objetiva a troca de experiências, bem como as políticas de enfrentamento à Covid-19 executadas no Maranhão.

“É muito gratificante perceber que os nossos esforços têm despertado o interesse de outros estados. Isso evidencia que trilhamos e mantivemos as nossas estratégias no caminho certo, de forma que fossem resolutivas, com base em evidências científicas. Estamos aqui para somar, pois um governo sério busca de todas as formas estabelecer diálogos a fim salvar vidas”, disse o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Durante os cinco dias, os participantes debaterão as linhas de atuação, assim como visitas a mais de 20 unidades de saúde. A comitiva poderá ver de perto as medidas desenvolvidas em hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h), Unidades Básicas de Saúde (UBS) e serviços laboratoriais, instaladas em São Luís, Pinheiro, São José de Ribamar e Santa Inês.

De acordo com a coordenadora de Vigilância, Preparação e Resposta a Emergências e Desastres do escritório da OPAS no Brasil, Maria Almiron, a agenda conjunta pretende facilitar o intercâmbio de experiências. “Temos aqui profissionais de vários estados e áreas diferentes para proporcionar a troca de conhecimento relacionada às medidas de controle da Covid-19. Juntos vamos avaliar e identificar boas práticas e lições aprendidas para serem aproveitadas no estado”, pontuou.

A missão conjunta teve início com apresentação, para as autoridades locais, dos objetivos e produtos esperados, além de experiências de outros estados, como Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Em seguida, os gestores locais apresentaram o plano de ação e resposta do Maranhão à situação epidemiológica da Covid-19, bem como os principais avanços e desafios encontrados.

Segundo a diretora da Escola de Saúde Pública da SES, Ananda Marques, as estratégias compartilhadas poderão servir de inspiração. “Em fevereiro, antes mesmo de termos casos confirmados, elaboramos a primeira versão do Plano de Contingência. O documento é o nosso plano de ação no que diz respeito a implementação de medidas práticas, que em conjunto com as diretrizes lançadas pelo gabinete de crise, nos ajudou a vencer um dia de cada vez até chegarmos ao momento atual”, destacou.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!