OBRA

Hospital da Ilha dará mais qualidade ao serviço de urgência e emergência, afirma secretário Clayton Noleto

O secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, informou que as obras do Hospital da Ilha serão concluídas até o… [ ]

12 de maio de 2021

O secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, informou que as obras do Hospital da Ilha serão concluídas até o final deste ano e que a unidade garantirá ainda mais qualidade aos serviços de saúde na área de urgência e emergência. As declarações foram feitas durante a vistoria às obras do hospital, na terça-feira (11), com a presença do vice-governador Carlos Brandão e do secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

O Hospital da Ilha é expansivo e pode chegar a 400 leitos. “Esse é um hospital que cumpre todas as exigências da vigilância sanitária, que começa com 220 leitos, mas com capacidade de expansão para alcançar os 400 na próxima etapa e, com certeza, vai ajudar na qualidade da prestação de serviço na saúde aqui na ilha. É uma obra aguardada há muito tempo e que já está bastante avançada. Agora, estamos trabalhando na parte de acabamento”, detalhou Clayton Noleto.

Os serviços são executados pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra). A unidade de saúde vai contar com atendimento de urgência e emergência adulto e pediátrico. O hospital possui uma área construída de 32 mil m² em um terreno com 62 mil m², nove centros cirúrgicos, UTIs, Unidade de Tratamento de Queimados, laboratórios, setor de hemodiálise, tomografia, oito elevadores (sendo cinco exclusivos para maca e pacientes), além de auditório, amplo estacionamento e um heliponto.

Nesta primeira etapa da obra, serão entregues 220 leitos, distribuídos em sete blocos de atendimento. Também estão sendo executados trabalhos na infraestrutura elétrica, execução de aterro, reboco, piso, tubulação de combate a incêndio, instalação de equipamentos de automação, infraestrutura de gases medicinais, rede fria e quente. Na parte externa, o prédio passa por execução de pintura da fachada, estrutura de concreto e rampa de acesso, muro e área de lavagem para ambulância. Tudo isso, segundo o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, vai possibilitar um atendimento diferenciado para a população do Maranhão. “Essa obra vai revolucionar o atendimento de urgência e emergência no estado”, enfatizou Carlos Lula.

São R$ 150 milhões de investimento, sendo referência por conta dessa estrutura moderna. A área de manutenção será toda automatizada, o que representa qualidade de trabalho para servidores e pacientes, possibilitando uma prestação de serviço de ponta. Além de melhorar o atendimento na saúde, a obra já traz o benefício da geração de emprego e renda, que minimiza o impacto da crise econômica nacional. São 270 pessoas empregadas diretamente com a construção do Hospital da Ilha, como confirmou o vice-governador Carlos Brandão.

“Essa obra gera emprego, renda e cuida da vida das pessoas. Esse hospital é um destaque, que coroa os investimentos realizados pelo governo na área da saúde. Imperatriz também recebe outra unidade. Com esses dois Socorrões, vamos atender muito bem a população”, afirmou o vice-governador.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!