SAÚDE

Hospital Presidente Vargas disponibiliza teleconsulta durante o lockdown para pacientes em acompanhamento

Para evitar o deslocamento de pacientes durante o período de lockdown em São Luís e demais municípios da Ilha, o… [ ]

8 de maio de 2020

Para evitar o deslocamento de pacientes durante o período de lockdown em São Luís e demais municípios da Ilha, o Hospital Presidente Vargas, que integra a rede estadual de saúde, está disponibilizando o serviço de teleconsulta para continuar acompanhando casos que são tratados nos ambulatórios de tuberculose e de HIV/Aids. A iniciativa é resultado do esforço que o poder público estadual vem realizando para manter os serviços essenciais durante a pandemia.

De acordo com Leyna Lima, diretora administrativa da unidade, o objetivo do serviço é evitar que os pacientes se exponham ao sair de casa. “Estamos iniciando esse serviço durante o lockdown justamente para tentar minimizar os riscos ao nosso paciente, de estar se expondo ao se deslocar de sua residência até a unidade. Então, a teleconsulta, tanto no ambulatório de HIV/Aids quanto no ambulatório de tuberculose, será para os pacientes que já estão em acompanhamento e em tratamento no Hospital Presidente Vargas”, explica.

Os agendamentos podem ser realizados por meio dos telefones 98412-7572 (Ambulatório de tuberculose) e 98411-7085 (Ambulatório HIV/Aids-SAE). O paciente entra em contato pelos telefones disponibilizados e é informado sobre o dia e horário da consulta. Na data e horário indicados, o médico que acompanha o paciente vai entrar em contato com ele para fazer a avaliação e dar o direcionamento necessário.

A diretora da unidade acrescenta que o serviço de teleconsulta é voltado para pacientes que já são atendidos pela unidade de saúde. “Mas, de qualquer forma, caso alguém ligue nestes números, referente a casos novos, a gente vai dar a orientação adequada”, acrescenta.

O Hospital Presidente Vargas integra a rede estadual de saúde sendo gerenciado pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh).

0 Comentários

Deixe o seu comentário!