Iema realiza I Seminário de Produção Cultural

Os estudantes do curso técnico em Produção Cultural do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), unidade vocacional… [ ]

14 de agosto de 2017

Os estudantes do curso técnico em Produção Cultural do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), unidade vocacional da Praia Grande, promoveram durante os dias 11 e 12 de agosto, no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, o I Seminário de Produção Cultural de São Luís.

Na oportunidade, foi realizada uma programação vasta com mesas interativas, oficinas, atrações artísticas e culturais, feira de negócios criativos e festa temática. O evento ficou aberto ao público e foi produzido pelos 26 alunos que estão concluindo o curso.

A estudante Sâmia Viana destacou que a formação foi um divisor de águas em sua vida. “O curso marca a história por ser a primeira iniciativa voltada para a formação de produtores culturais em São Luís. Ele nos traz todo o aparato teórico e prático que sustenta a produção cultural. O seminário é a realização de um sonho, foi algo pensando em turma pelos alunos com a orientação dos professores dentro do cronograma do curso e inclui o processo de pré-produção e a capitação de recursos. Tudo o que aprendemos em sala de aula com esse evento estamos colocando em prática, pois isso é muito válido dentro da produção”, contou a Sâmia relatando que o Iema foi o grande mediador dessa formação. “Hoje estou tendo contato com minha área de atuação através de estágio na ONG Nave através do curso de produção cultural e a sensibilidade do reitor do Iema, dos coordenadores e gestores. É muito gratificante poder realizar, organizar e produzir um evento, só tenho a agradecer a oportunidade”, acrescentou.

De acordo com o reitor do Iema, Jhonatan Almada, a realização do evento é a prova de que vale a pena somar esforços e investir em educação profissional e tecnológica no Maranhão. “Parabenizo aos estudantes pelo seminário glorioso e bonito que organizaram e, principalmente, com a cara deles, reunindo todos os conhecimentos que agregaram ao longo do curso. É motivo de orgulho, o próximo passo é a certificação. Desejo muita sorte, e podem contar conosco”, disse o reitor.

Para o coordenador das unidades vocacionais do Iema, André Bello, uma das propostas dessas unidades è garantir qualificação e inserção no mercado de trabalho. “Com a realização desse evento os alunos provaram que estão prontos para enfrentar o mercado de produção cultural que só tem a crescer aqui em São Luís. Queremos qualificar, mas também queremos fomentar a geração de emprego e renda e o empreendedorismo”, relatou.“É impossível pensar no desenvolvimento do Maranhão sem pensar em cultura e turismo, não tínhamos nenhuma referência de instituição que formasse as pessoas para essa área. E hoje temos a primeira turma de produtores culturais que vão ajudar a fortalecer a nossa rede de cultura no estado que é um dos vetores mais importantes para o nosso desenvolvimento”, pontuou o deputado Bira do Pindaré.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!