SONHO REALIZADO

Inaugurado IEMA Campo da Vila Maranhão

A nova Unidade do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) do Campo, inaugurada, nesta quinta-feira (27),… [ ]

28 de janeiro de 2022

A nova Unidade do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) do Campo, inaugurada, nesta quinta-feira (27), em São Luís, chega para atender a demanda da comunidade da Vila Maranhão, por meio do Ensino Médio regular e integrado profissionalizante, além de Formação Continuada (FICs) em diversas áreas de atuação para a comunidade. É a segunda unidade do IEMA do Campo inaugurada no Maranhão. A primeira foi entregue pelo Governo do Estado à população do município de Timon.

A comunidade da Vila Maranhão escolheu os cursos de Eletrotécnica e o de Logística, por meio de audiência pública. Os cursos serão destinados para alunos que irão ingressar na 1ª série do Ensino Médio integral em Tempo Parcial, neste ano de 2022. Estão sendo destinadas 40 vagas para cada curso. A escola também ofertará cursos de Formação Inicial e Continuada em diversas áreas, de acordo com as demandas da comunidade em seu entorno, bem como das empresas locais.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, destacou as diversas ações do Governo do Estado já realizadas para ajudar a população do Maranhão. “O governo Flávio Dino vem inaugurando Escolas Dignas por todo o estado; é uma maratona de entregas. Na quarta-feira, estivemos na Baixada Maranhense, nas cidades de Olinda Nova, Penalva e Palmeirândia, onde entregamos, também, uma unidade do IEMA, fizemos certificações, tudo isso para melhorar a vida das pessoas”, ressaltou.

Felipe Camarão também destacou outras ações realizadas pelo Governo do Estado. “Estivemos em Paço do Lumiar e, também, estamos entregando novas unidades com essa nova modalidade, IEMA do Campo, para pessoas que moram na zona rural das cidades. Inauguramos o primeiro, na cidade de Timon e inauguramos o primeiro IEMA do Campo da cidade de São Luís; em breve teremos um na cidade de Peritoró.  O nosso objetivo é levar a essa população oportunidade de geração de emprego, renda e conhecimento. E com isso, acreditamos que o Maranhão vai se desenvolver cada vez mais”, anunciou o secretário.

“O IEMA do Campo representa mais oportunidade e dignidade, uma educação pública de mais qualidade. Iremos entregar mais sonhos para os jovens e, consequentemente, melhorar a educação pública do Maranhão”, emitiu o secretário adjunto de Educação Integral e Profissional, André Bello.

Eliane Silva Teixeira nasceu na Vila Maranhão, estudou no antigo prédio e, hoje, tem filha matriculada na escola. Ela destacou a importância da unidade escolar para a população. “Estou muito feliz porque é muito importante para a comunidade receber um IEMA aqui. É uma conquista para os alunos. Sei que será ofertado um ensino de qualidade e a população terá mais oportunidades no mercado de trabalho, porque os cursos vieram foram importantes para contribuir com a educação profissional da comunidade”, proferiu.

A gestora do antigo Centro de Ensino Vila Maranhão que, agora é uma unidade do IEMA Campo, Maria Hilda Santos, destacou que a comunidade está ansiosa para iniciar as aulas. Segundo a gestora, a procura para ingresso na escola e pelos cursos ofertados está muito grande. Hilda trabalha há 17 anos na escola e acredita que agora a população da região terá novas oportunidades.

“As expectativas são as melhores. A procura está muito grande e os jovens estão ansiosos por este momento, que parece único para eles, e nós estamos aqui para responder a essa expectativa tanto dos alunos como da comunidade. A entrega dessa escola contribui bastante, porque estamos em uma área industrial, com indústrias, fábricas, o Porto do Itaqui, e o objetivo é encaminhar a essa juventude, que está ociosa para o mercado de trabalho”, expressou Maria Hilda.

Tânia Albuquerque, atual gestora adjunta do IEMA do Campo, trabalha na escola há 17 anos. Ela conta que, mesmo sendo moradora de Paço do Lumiar, tem extrema paixão pela comunidade da Vila Maranhão e está muito feliz com esse novo momento para a comunidade.  “Eu moro em Paço do Lumiar, mas a minha paixão é Vila Maranhão, tanto que trabalho aqui há 17 anos. Para nós é um prazer enorme saber que temos um IEMA do Campo na comunidade. Agora, os alunos têm um meio de trabalhar, melhorar de vida e ter uma nova perspectiva de futuro pois tem uma escola dando oportunidades para que os estudantes tenham cursos e possam ingressar no mercado de trabalho, mudando a realidade de suas vidas. É uma felicidade grande, estou muito feliz”, exprimiu.

“O coração está acelerado, batendo a mil por hora e a expectativa é uma das melhores das últimas décadas. Vai mudar muita coisa, principalmente em relação aos nossos jovens porque, com a implantação do IEMA aqui na nossa comunidade, irão sair muito jovens capacitados para o mercado de trabalho na nossa região. Trabalho tem, falta mão de obra qualificada, mas, com o IEMA, temos certeza de que os nossos jovens serão capacitados e terão oportunidades. Por isso a minha alegria. Os jovens são o futuro da nossa nação”, ressaltou a líder comunitária da Vila Maranhão, Maria Alves, conhecida como Dona Roxa.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!