DIAGNÓSTICO SNIS

Índices de saneamento básico avançam no Maranhão, aponta relatório do SNIS

Os índices de saneamento no Maranhão avançaram. É o que evidencia o Diagnóstico SNIS de 2021, relatório publicado pelo Sistema… [ ]

17 de fevereiro de 2022

Os índices de saneamento no Maranhão avançaram. É o que evidencia o Diagnóstico SNIS de 2021, relatório publicado pelo Sistema Nacional de Informações de Saneamento (SNIS), e que tem o ano de 2020 como referência. O percentual de atendimento urbano de água no Estado saltou para 76,29% e o de coleta de esgoto alcançou 32,49%, resultado dos investimentos realizados pelo Governo do Maranhão, por meio da Caema.

No último ano, o Governo do Estado entregou obras importantes que impactam diretamente na cobertura de serviços de água e esgoto no Maranhão. Em 2021 foram entregues 15 Sistemas de Abastecimento de Água (SAA) em 14 cidades maranhenses, além da execução de mais de 7.000 metros de rede adutora. Somente em 2021, os investimentos na garantia de água de qualidade e serviços de esgotamento sanitário alcançam R$ 60 milhões.

Esgotamento Sanitário

Para melhoria dos índices de esgotamento sanitário, o Governo do Maranhão implantou mais de 50 km de rede coletora de esgoto em São Luís: na Avenida Mario Andreazza, no Cohajap, na Avenida Litorânea, e nas bacias dos rios Claro e Pimenta. Foram também concluídas novas Estações Elevatórias de Esgoto como a do Canaã e do Rio Claro e realizadas melhorias nos sistemas existentes com reformas estruturais e substituição de equipamentos nas Estações Elevatórias de Esgoto do Iemanjá, Pimenta I, Ponta da Areia, Calhau I, Calhau II e  Cohajap.

Investimentos em 2022

Ainda em 2022, está prevista a entrega do Sistema Anil, em São Luís, com a ampliação da rede coletora na Vila Conceição e intervenções no esgotamento sanitário no São Francisco e Renascença, somando mais de R$ 80 milhões em investimentos.

Em fase de finalização, o Sistema Anil conta com implantação de mais de 7 km de rede coletora e 6 estações elevatórias, incluindo uma Estação de Tratamento de Esgoto, que tem capacidade para tratar 162 litros de efluentes por segundo e deve atender a mais de 55 mil moradores da região. Na Vila Conceição, estão sendo implantados mais de 9 km de tubulação, beneficiando mais 4.500 moradores.

Há, também, investimentos na segunda maior cidade do Estado, Imperatriz. Nesta última sexta-feira (11), o governador Flávio Dino inaugurou um Sistema de Abastecimento de Água (SAA) na Vila Fiquene, e anunciou mais um sistema na Vila Esperança.

“Na cidade de Imperatriz, eu fui à Vila Fiquene inaugurar um Sistema de Abastecimento de Água. Autorizei, também, a construção de um outro sistema na Vila Esperança. Nós estamos, com isso, ampliando permanentemente os direitos dessas populações, inclusive de bairros novos que estão surgindo”, afirmou o governador.

A aposentada Maria Pereira, que é moradora da Vila Fiquene, em Imperatriz, comemora a chegada da água. “A gente ia pegar água no baldinho, lá no pé do poste, pra cá do Cras. Agora tá bom, a água já chegou aqui no poço, dá pra arrecadar pra nós todos. Vai beneficiar muita gente, tô alegre, satisfeita”, comemorou a aposentada.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!