CENTRO HISTÓRICO

Inscrições de imóveis para o projeto Aluguel no Centro são prorrogadas

As inscrições para o projeto Aluguel no Centro, que visa garantir o pagamento de 80% do pagamento do aluguel de… [ ]

28 de fevereiro de 2021

As inscrições para o projeto Aluguel no Centro, que visa garantir o pagamento de 80% do pagamento do aluguel de moradias históricas e que estejam em condições de habitação na região do Centro Histórico de São Luís, foram prorrogadas até o dia 30 de março.

As inscrições dos imóveis podem ser realizadas, via internet, no site aluguelnocentro.ma.gov.br. “Essa é uma grande oportunidade para os proprietários de imóveis da região central de São Luís. O projeto do Governo do Maranhão incentiva a habitação, facilita a locação e beneficia os interessados na moradia. É uma forma de melhorar a qualidade de vida de quem trabalha ou deseja morar no Centro Histórico, além de preservar os imóveis e fomentar o comércio”, disse o secretário de Estado de Governo, Diego Galdino.

A partir do dia 1° de abril, a Segov vai disponibilizar a relação de imóveis que poderão ser locados por meio do projeto. A lista de imóveis selecionados estará disponível no site aluguelnocentro.ma.gov.br.

Quem pode ser beneficiado

O público-alvo da iniciativa são servidores públicos das esferas federal, estadual e municipal (de São Luís), comerciantes com CNPJ ativo e trabalhadores com carteira assinada.

Como um dos motes do projeto é favorecer a mobilidade urbana, viabilizando a moradia perto do trabalho, serão priorizadas pessoas que comprovem que trabalham no centro da cidade.

A partir do dia 5 a 9 de abril estarão abertas as inscrições para quem deseja locar um imóvel por meio do projeto Aluguel no Centro. As inscrições serão realizadas pelo site aluguelnocentro.ma.gov.br.

O beneficiário poderá consultar a validação da sua inscrição no site do projeto nos dias 12 e 13 de abril.

Regras de participação
A duração do benefício do Aluguel no Centro pode ser de até cinco anos, com a possibilidade de ampliação, mas os contratos serão assinados anualmente e dependerão, por exemplo, da comprovação de adimplência, que será um dos critérios de desempate. Caso mais de um inscrito tenha interesse no aluguel do mesmo imóvel, a Secretaria de Estado de Governo (Segov) vai realizar sorteio online para garantir a isonomia do processo.

Se o imóvel precisar de reparos, o Governo do Estado vai realizar todas as intervenções necessárias em até 30 dias, antes de entregar ao locador beneficiário do projeto.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!