Inscrições para o Prêmio ‘Você faz a diferença’, voltado aos servidores do governo do Maranhão, vão até dia 30 de agosto

Muitos outros servidores também desenvolvem ou querem desenvolver ações para ajudar a sociedade. Se você é um deles, chegou a… [ ]

10 de agosto de 2017

Muitos outros servidores também desenvolvem ou querem desenvolver ações para ajudar a sociedade. Se você é um deles, chegou a hora de se inscrever no Prêmio Você Faz a Diferença, uma iniciativa do Governo do Maranhão para reconhecer e valorizar os servidores do Estado. As inscrições para o Prêmio ‘Você faz a diferença’ poderão ser feitas até o dia 30 de agosto, no site da Escola de Governo do Maranhão (Egma): www.egma.ma.gov.br .

Pode se inscrever quem tem um projeto ou ação inovadora que possa ser integrado a cinco programas governamentais: Mais Saúde, Escola Digna, Mais IDH, Pacto Pela Paz e Gestão Pública. A secretária de Estado da Gestão e Previdência (Segep), Lílian Guimarães, destaca que o prêmio será dado da seguinte forma: os dez primeiros colocados receberão um troféu e um kit personalizado. Os três primeiros lugares receberão, além do troféu e do kit, uma premiação em dinheiro: R$ 5 mil para o primeiro colocado; R$ 3 mil para o segundo lugar; e R$ 2 mil para o terceiro lugar.

A gestora da Segep explica que premiação quer valorizar e dar maior visibilidade às práticas que contribuam para a inovação da gestão pública, estimular ações que promovam um ambiente de trabalho criativo e eficiente, revelar novos talentos e reconhecer a contribuição do servidor para a melhoria da gestão pública.

O prêmio foi instituído pelo Decreto nº 32.297. A premiação será concedida, anualmente, aos servidores públicos do Executivo estadual pela autoria de ações e projetos. A secretária Lílian Guimarães ressalta que a iniciativa inovadora pretende estimular os servidores estaduais, além de valorizá-los: “A instituição do Prêmio Você Faz a Diferença é muito importante, pois ao estimular os servidores estaduais a produzirem projetos e ações inovadoras, estamos também valorizando o funcionalismo público”.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!