CULTURA

Livro produzido por alunos de escola estadual é destaque na Holanda

O livro Linhas do Tempo, produzido por estudantes do Centro de Ensino Dionilo Gonçalves Costa, escola da rede pública estadual… [ ]

22 de janeiro de 2020

O livro Linhas do Tempo, produzido por estudantes do Centro de Ensino Dionilo Gonçalves Costa, escola da rede pública estadual localizada no município de Magalhães de Almeida, foi destaque em Amsterdam (Holanda). A obra literária, resultado do projeto ‘Anne Frank – construindo a tolerância’, foi entregue, no início desta semana, ao coordenador internacional da Anne Frank House, naquele país, Jan Erik Dubbelman.

O projeto foi financiado pelo Edital Com Ciência Cultural, parceria da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) com a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico do Maranhão (Fapema), para promover a integração entre escolas e iniciativas culturais atuantes nas comunidades, que contribuam para a formação de sujeitos de cidadania.

De acordo com o professor Raimundo Júnior, que está em Amsterdam, o projetou teve como objetivo proporcionar ao alunado maior capacidade de tolerância e respeito ao próximo. Visa, também, segundo o professor “estimular a leitura, por meio do livro diário de Anne Frank; exercitar a escrita, pois os alunos tinham que produzir seus próprios diários que foram organizados e transformados em livro, entre outros”, pontuou.

“Fizemos contato com a representante da Casa Anne Frank no Brasil, Joelke Ofringa, do Instituto Plataforma Brasil, que teve conhecimento do projeto e suas atividades, e intermediou nosso contato com o coordenador da Casa em Amsterdam”, acrescentou o professor.

Raimundo Júnior, juntamente com os professores Paula Fabrícia (Rede Estadual do Maranhão), Renan Cerveira (RJ) e Ana Maria (PI), entregaram em mãos a Jan Erik Dubbelman, o livro produzido pelos alunos. Na ocasião, também, foi entregue o pôster com o poema ‘Anne’, do poeta maranhense Salgado Maranhão.

“Jan Erik ficou encantado com o trabalho realizado. O reconhecimento internacional de um projeto desenvolvido na escola da rede estadual do Maranhão só prova o quanto o trabalho realizado pelos alunos é de excelente qualidade e deixa todos orgulhosos e estimulados para continuarem perseverantes nos estudos”, ressaltou o professor.

Quem foi Anne Frank

Annelies Marie Frank (1929-1945) foi uma adolescente alemã de origem judaica, vítima do Holocausto. Morreu no campo de concentração de Bergen-Belsen, na Alemanha, deixando escrito um diário, que foi publicado por seu pai, sobrevivente do campo de concentração de Auschwitz (Polônia), intitulado ‘O Diário de Anne Frank’. Tornou-se uma das figuras mais discutidas do século XX após a publicação do Diário, que tem inspirado várias peças de teatro e filmes ao longo dos anos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!