ESTADO

Maranhão chegará a 50 Restaurantes Populares nesta quinta-feira (30)

Seguindo com a maior rede de Restaurantes Populares do Brasil, o Maranhão chegará à marca de 50 unidades em funcionamento,… [ ]

30 de abril de 2020

Seguindo com a maior rede de Restaurantes Populares do Brasil, o Maranhão chegará à marca de 50 unidades em funcionamento, nesta quinta-feira (30). Os municípios de Belágua e Milagres do Maranhão receberão do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), mais dois restaurantes para servir à população.

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Márcio Honaiser, garantir uma alimentação adequada aos maranhenses em situação de vulnerabilidade social é essencial em tempos de crise econômica e sanitária.

“Saímos de seis restaurantes, em 2015, para 50, em 2020. Nossa prioridade é o bem-estar da população, principalmente daqueles que contam com a assistência do poder público nesse momento tão delicado que atravessamos. Segurança alimentar é sinônimo de boa saúde e, apesar de toda dificuldade, seguiremos lutando para manter os nossos restaurantes funcionando, auxiliando na imunidade e nas despesas das famílias maranhenses”, afirmou o secretário.

Com um investimento semanal de R$ 1 milhão, mais de 20 mil refeições são ofertadas por dia em todo o estado, acessíveis a quem mais precisa. Neste mês, Pedro do Rosário, Belágua, Milagres do Maranhão, Araioses e Água Doce do Maranhão, que fazem parte dos 30 municípios de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do estado, foram os contemplados.

Além de alimentação nutritiva orientada por nutricionistas, os restaurantes populares também movimentam a economia local, já que 30% dos alimentos utilizados devem ser adquiridos obrigatoriamente da agricultura familiar. Nos restaurantes, também, são oferecidos atendimentos de saúde e capacitações, que no momento estão suspensos em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Como medida de prevenção ao Covid-19, os restaurantes estão disponibilizando as refeições em embalagens descartáveis, com higiene reforçada do local e dos funcionários. Nas filas para aquisição das fichas, as pessoas devem manter a distância de 2 metros uma da outra. Cada pessoa pode comprar até três refeições, desde que apresente os documentos de identificação de quem são os consumidores.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!