MEIO AMBIENTE

Maranhão é destaque em live sobre ações de combate a desmatamentos

O secretário Diego Rolim participou de uma live realizada pela Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Mato Grosso. Com… [ ]

9 de junho de 2020

O secretário Diego Rolim participou de uma live realizada pela Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Mato Grosso. Com o tema “Estados Amazônicos contra o desmatamento ilegal e outros ilícitos ambientais”. A atividade envolveu também os representantes dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Os debatedores Israel Milani, do Acre; Robério Nobre, do Amapá; Eduardo Taveira, do Amazonas; Mauren Lazzaretti, de Mato Grosso; Mauro O’de Almeida, do Pará; Elias de Oliveira, de Rondônia; Ionilson Sampaio, de Roraima; Renato Jaime, de Tocantins abordaram como suas respectivas Secretarias de Meio Ambiente estão desenvolvendo ações relativas ao combate do desmatamento e ilícitos ambientais durante o período de pandemia, levando em consideração as particularidades de cada Estado.

Durante sua fala, Diego Rolim anunciou a aprovação do ZEE da Região Amazônica no Estado do Maranhão, além de enfatizar o benefício do zoneamento: “agora teremos uma legislação para aparar, acima de tudo, essa região que sofre tantos tipos de degradações”, afirmou

Diego Rolim também abordou as ações realizadas pela SEMA quanto ao monitoramento e à fiscalização desde o início da pandemia. “Reforçamos que aqui na SEMA nós possuímos um setor de monitoramento do desmatamento através de estudos de satélites que implementamos através da Planet, só que amparado principalmente pelo PRODES e DETER, juntamente com a TerraBrasilis, conseguimos fazer todo esse monitoramento e, assim, ponderarmos quais as áreas que necessitam de uma atuação maior, onde a fiscalização poderá atuar de uma forma mais incisiva”, pontuou.

O secretário também destacou a diversidade de biomas que o Maranhão possui e enfatizou a atuação da SEMA no bioma amazônico: “na questão do monitoramento, há uma preocupação constante com as áreas com desmatamento. E o Maranhão, juntamente com vocês (Secretários da Amazônia) que compomos a região amazônica, é uma preocupação constante”, frisou.

Durante a live, Diego Rolim também abordou a alteração das dinâmicas de funcionamento da SEMA durante a pandemia, que levou em consideração o Decreto nº 35.667, de 16 de Março de 2020, onde se estabeleceu as primeiras medidas de prevenção ao contágio e de combate à propagação do COVID-19, alterado pouco tempo depois pelos Decretos nº 35.677, de 21 de março de 2020 e  nº 35.678, de 22 de Março de 2020.

“Estamos passando por um momento turbulento e algo único na humanidade. A humanidade parou por conta dessa pandemia que está assolando todos nós. E quanto às queimadas, que agora irá começar aqui também no Maranhão temos um período praticamente idêntico (ao Amazonas) . Então estamos aqui, junto ao Governo do Maranhão, junto com as parcerias que a Secretaria está fazendo com os demais órgãos, para que possamos já nos preparar para o que está vindo”, afirmou o Secretário.

O Secretário também enfatizou a criação de canais de comunicação para o atendimento não-presencial do público: “criamos ferramentas virtuais, temos hoje o Sistema GED, que é o Gerenciador Eletrônico de Documentos, onde as pessoas podem fazer suas reclamações, solicitações e contribuições junto à Secretaria. E eles são prontamente atendidos. Também abrimos canais no WhatsApp e Telegram para que possamos ter um acesso maior, pois sabemos que existem demandas em locais distantes. O Maranhão é um estado extenso, com populações que vivem muito distantes da capital e das principais cidades, então nós temos que dar o aparato total aos maranhenses como todo” enfatizou.

A live completa está disponível no Canal da SEMA do Mato Grosso no Youtube. Acompanhe mais notícias da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais nas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter – @maranhaosema

0 Comentários

Deixe o seu comentário!